• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 85
  • Tagged with
  • 86
  • 86
  • 76
  • 51
  • 25
  • 22
  • 21
  • 18
  • 17
  • 15
  • 14
  • 14
  • 11
  • 11
  • 10
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Tecnologias Educacionais para Incentivo ao Autocuidado de Pacientes em Pré-operatório de Revascularização Miocádica.

DINIZ, J. S. P. 16 March 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T23:27:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_10799_dissertação defesa - capa dura.pdf: 3879225 bytes, checksum: e6e43d02d51c0182fcfa8cba8515a41b (MD5) Previous issue date: 2017-03-16 / Objetivo: avaliar antes e após o uso de uma tecnologia educacional em forma de jogo segundo o nível de conhecimento para o autocuidado e o nível de ansiedade e estresse de pacientes em pré-operatório de revascularização do miocárdio. Metodologia: trata-se de um estudo transversal de intervenção. Pesquisa foi realizada com 30 pacientes em pré-operatório de revascularização miocárdica internados em dois hospitais, um público e outro filantrópico. O período de coleta de dados foi de maio a novembro de 2016. Foram utilizados quatro instrumentos:Formulário I estruturado com perguntas abertas baseado na Teoria de Betty Neuman relacionado aos dados sociodemográficos e a avaliação dos incômodos do paciente frente a internação; Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE); o questionário I, Lista de Sintomas de Stress-LSS/VAS; questionário II, Avaliação do grau de conhecimento sobre os cuidados e procedimentos no pré e pós-operatório de cirurgia cardíaca. Utilizou-se, na realização das análises, o programa IBM SPSS Statistics version 21. Resultados: Observou-se que, após a aplicação do jogo educativo, houve aumento significativo do nível de conhecimento do paciente para o autocuidado e redução dos níveis de ansiedade de estresse. Conclusões: O uso da tecnologia educacional contribuiu de forma significativa na redução dos níveis de ansiedade e de estresse e no aumento do nível de conhecimento dos pacientes a respeito dos cuidados no pré e pós-operatório de revascularização miocárdica.
2

Assistência direta do enfermeiro à família

Sagebin, Helena Victoria January 1988 (has links)
O presente trabalho elaborado a partir de um Plano de pesquisa, teve como propósito reconhecer, quantificar e qualificar as atividades diretas de assistência a família,vivenciadas pelos enfermeiros. Foram também abordados aspectos que interferem na prestação da assistência. O estudo de campo descritivo foi realizado no período de 1987, no município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A população de estudo e constituída de 26 enfermeiros da Secretaria da Saúde e Meio Ambiente do Rio Grande do Sul. Os resultados mostraram que, na percepção da amostra, prestado 52.5% da assistência esperada; que e reconhecido que existem fatores facilitadores e restritivos a prestação da assistência do enfermeiro a família, mas estatisticamente não guardam relação com a execução das atividades; que o nível de assistência prestada tem relação com o nível hierárquico que as atividades ocupam dentro de uma escala de valores. / The present paper is developed from a research plan and has the purpose of recognizing, quantifying and qualifying the direct activities of attendance to the family experienced by nurses. Aspects that interfere in attendance are also discussed. The descriptive study of field was made during 1987, in Porto Alegre, Rio Grande do Sul. The researched population is formed by 26 nurses that work at Secretaria da SaGde e Meio Ambiente do Rio Grande do Sul. The results show that, in the perception of the sample, it is given 52,5% of expected attendance; that it is recognized the existence of factors that facilitate and limit the nurse's attendance to the family, but, statiscally, they do not have relationship with the execution of the activities; that there is a relationship between the level of attendance given and the hierarchical level that the activities have in a scale of values.
3

Assistência direta do enfermeiro à família

Sagebin, Helena Victoria January 1988 (has links)
O presente trabalho elaborado a partir de um Plano de pesquisa, teve como propósito reconhecer, quantificar e qualificar as atividades diretas de assistência a família,vivenciadas pelos enfermeiros. Foram também abordados aspectos que interferem na prestação da assistência. O estudo de campo descritivo foi realizado no período de 1987, no município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A população de estudo e constituída de 26 enfermeiros da Secretaria da Saúde e Meio Ambiente do Rio Grande do Sul. Os resultados mostraram que, na percepção da amostra, prestado 52.5% da assistência esperada; que e reconhecido que existem fatores facilitadores e restritivos a prestação da assistência do enfermeiro a família, mas estatisticamente não guardam relação com a execução das atividades; que o nível de assistência prestada tem relação com o nível hierárquico que as atividades ocupam dentro de uma escala de valores. / The present paper is developed from a research plan and has the purpose of recognizing, quantifying and qualifying the direct activities of attendance to the family experienced by nurses. Aspects that interfere in attendance are also discussed. The descriptive study of field was made during 1987, in Porto Alegre, Rio Grande do Sul. The researched population is formed by 26 nurses that work at Secretaria da SaGde e Meio Ambiente do Rio Grande do Sul. The results show that, in the perception of the sample, it is given 52,5% of expected attendance; that it is recognized the existence of factors that facilitate and limit the nurse's attendance to the family, but, statiscally, they do not have relationship with the execution of the activities; that there is a relationship between the level of attendance given and the hierarchical level that the activities have in a scale of values.
4

Avaliação da qualidade de vida de pacientes com lesão medular acompanhados em regime ambulatorial

MELO, Valdenice Rumão de 31 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T22:57:29Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo1427_1.pdf: 1631568 bytes, checksum: ad12d95e352e6e0ddb52872d25a4e679 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / A lesão medular é uma síndrome neurológica complexa do ponto de vista orgânico, social e psicológico e de dimensões catastróficas, para o paciente, família e a sociedade. Estatísticas indicam maior incidência em pessoas jovens e na fase mais produtiva de suas vidas, o que torna essa lesão um grande problema de Saúde Pública. Pela complexidade das complicações possíveis, requer assistência de equipe multidisciplinar com dinâmica interdisciplinar. A reabilitação dos portadores de lesão medular é parte integrante dos cuidados de enfermagem, através da Sistematização da Assistência na fase aguda e após a alta hospitalar. Os alvos do trabalho de reabilitação são: restaurar a independência do paciente, auxiliar na recuperação da autoestima e criar condições para uma vida de qualidade. Este estudo teve como objetivos auxiliar na construção do perfil epidemiológico do lesado raquimedular tratados na região Nordeste do Brasil e avaliar a qualidade de vida do paciente com lesão medular em regime ambulatorial. Para tanto, analisou-se dados obtidos de 24 pacientes com lesão medular, de ambos os sexos com idade variando de 15 a 64 anos, em acompanhamento no Programa Multidisciplinar de Cuidados ao Paciente com Lesão Medular do Hospital Getúlio Vargas. Trata-se de um estudo observacional, com abordagem quantitativa dos problemas relacionados à qualidade de vida, utilizando, como instrumento de avaliação da qualidade de vida, o Medical Outcome Study - SF 36, versão em português. O significado de qualidade de vida para os pacientes entrevistados relacionou-se à avaliação dos domínios de qualidade de vida, sendo verificado, após seis meses de acompanhamento pelo programa, que a percentagem de qualidade de vida nos domínios variou de 16,6% a 61%, sendo, em ambas as avaliações, os mais comprometidos, o aspecto físico e a capacidade funcional, seguindo-se, respectivamente, do aspecto emocional e social. Foram observadas pontuações mais favoráveis na segunda avaliação em todos os domínios, sendo, no entanto, mais evidenciada no aspecto social e dor, e menor influência foi observada nos domínios vitalidade e saúde mental. A partir dos resultados obtidos, concluiu-se que o reconhecimento do perfil epidemiológico e da estimativa da qualidade de vida em pacientes com lesão raquimedular permite identificar as medidas mais efetivas nesse cuidado e orienta as correções necessárias ao tratamento vigente, dessa forma, o direcionamento de esforços e recursos terá maiores chances de resultar em modificações positivas na qualidade de vida a partir da ótica do paciente com lesão raquimedular
5

Assistência direta do enfermeiro à família

Sagebin, Helena Victoria January 1988 (has links)
O presente trabalho elaborado a partir de um Plano de pesquisa, teve como propósito reconhecer, quantificar e qualificar as atividades diretas de assistência a família,vivenciadas pelos enfermeiros. Foram também abordados aspectos que interferem na prestação da assistência. O estudo de campo descritivo foi realizado no período de 1987, no município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A população de estudo e constituída de 26 enfermeiros da Secretaria da Saúde e Meio Ambiente do Rio Grande do Sul. Os resultados mostraram que, na percepção da amostra, prestado 52.5% da assistência esperada; que e reconhecido que existem fatores facilitadores e restritivos a prestação da assistência do enfermeiro a família, mas estatisticamente não guardam relação com a execução das atividades; que o nível de assistência prestada tem relação com o nível hierárquico que as atividades ocupam dentro de uma escala de valores. / The present paper is developed from a research plan and has the purpose of recognizing, quantifying and qualifying the direct activities of attendance to the family experienced by nurses. Aspects that interfere in attendance are also discussed. The descriptive study of field was made during 1987, in Porto Alegre, Rio Grande do Sul. The researched population is formed by 26 nurses that work at Secretaria da SaGde e Meio Ambiente do Rio Grande do Sul. The results show that, in the perception of the sample, it is given 52,5% of expected attendance; that it is recognized the existence of factors that facilitate and limit the nurse's attendance to the family, but, statiscally, they do not have relationship with the execution of the activities; that there is a relationship between the level of attendance given and the hierarchical level that the activities have in a scale of values.
6

Características sociodemográficas e clínicas que afetam a qualidade de vida em pacientes estomizados intestinais

Crepalde, Patrícia Aparecida Francelino January 2016 (has links)
Orientador: Magda Cristina Queiroz Dell'Acqua / Resumo: Introdução: O estomizado é o indivíduo submetido à cirurgia de desvio do trânsito intestinal, que consiste na abertura da parede abdominal de um segmento, desviando os efluentes para o meio externo. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida dos estomizados assistidos em serviço especializado e estudar a associação destes desfechos com as características sociodemográficas e clínicas. Método: Trata-se de um estudo transversal analítico. Este estudo foi realizado no Núcleo de Assistência ao Ostomizado, do Hospital das Clínicas de Botucatu, no período de outubro de 2014 a agosto de 2015, e aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Faculdade de Medicina de Botucatu-Unesp, por meio do protocolo nº 291.707/2013. A amostra foi composta de 60 pacientes. Para a coleta de dados utilizou-se dois instrumentos, sendo o primeiro um formulário, compreendido pelas etapas: caracterização sociodemográficas e clínicas, aspectos fisiológicos, psicossociais, nutricionais e legais; e para a avaliação da QV, utilizou-se o instrumento WHOQOL-bref, composto por 2 questões gerais de QV e 24 facetas, que se referem a quatro domínios: físico, psicológico, relações sociais e meio ambiente. Resultados: Do total de 60 pacientes estomizados predominou o sexo feminino (51,7%), idade acima de 61 anos (60%), da cor branca (93,3%), residentes em Botucatu (53,3%), vivem com companheiro (55%), têm renda familiar entre 1 a 3 salários mínimos (78,3%), são aposentados (63,3%) e o ensino fundamental, com (61,7%). Refe... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Introduction: An ostomized individual is the one who underwent an intestinal transit bypass surgery, which consists of opening the abdominal wall of a segment to diverting the effluent to the outside. Objective: To evaluate the quality of life of ostomized patients assisted in specialized service and study the association of those outcomes with the sociodemographic and clinical characteristics. Method: This is an analytical cross-sectional study. This study was conducted at the Ostomized Patients Assistance Center of Botucatu Clinical Hospital, from October 2014 to August 2015, and approved by the Research Ethics Committee of Botucatu - Unesp Medical School, through protocol No. 291,707 / 2013. The sample consisted of 60 patients. To collect the data we used two instruments: first, a form consisting of sociodemographic and clinical characterization, physiological, psychosocial, nutritional and legal aspects. To evaluating their quality of life, we used the WHOQOL -BREF instrument , consisting of two general questions of quality of life and 24 facets, which relate to four realms: physical, psychological, social relationships and environmental. Results: Of the 60 ostomized prevalences were: females (51.7%) , above the age of 61 years (60%), white (93.3%), living in Botucatu (53.3%), living with partner (55%), family income between 1-3 minimum wages (78.3%), retired (63.3%) and elementary schooling (61.7%). Referring to a colostomy time, (71.7%) had been ostomized for 6 years on... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
7

Características sociodemográficas e clínicas que afetam a qualidade de vida em pacientes estomizados intestinais / Sociodemographic and clinical characteristics that affect the quality of life in intestinal ostomy patients

Crepalde, Patrícia Aparecida Francelino [UNESP] 02 March 2016 (has links)
Submitted by PATRICIA APARECIDA FRANCELINO CREPALDE null (patyfrancelino@hotmail.com) on 2016-04-25T18:37:18Z No. of bitstreams: 1 Dissertação final 25042016.pdf: 2555633 bytes, checksum: 7dd6dc7e149f14d20c4a3b7468c1c711 (MD5) / Approved for entry into archive by Felipe Augusto Arakaki (arakaki@reitoria.unesp.br) on 2016-04-27T20:05:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 crepalde_paf_me_bot.pdf: 2555633 bytes, checksum: 7dd6dc7e149f14d20c4a3b7468c1c711 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-27T20:05:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 crepalde_paf_me_bot.pdf: 2555633 bytes, checksum: 7dd6dc7e149f14d20c4a3b7468c1c711 (MD5) Previous issue date: 2016-03-02 / Introdução: O estomizado é o indivíduo submetido à cirurgia de desvio do trânsito intestinal, que consiste na abertura da parede abdominal de um segmento, desviando os efluentes para o meio externo. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida dos estomizados assistidos em serviço especializado e estudar a associação destes desfechos com as características sociodemográficas e clínicas. Método: Trata-se de um estudo transversal analítico. Este estudo foi realizado no Núcleo de Assistência ao Ostomizado, do Hospital das Clínicas de Botucatu, no período de outubro de 2014 a agosto de 2015, e aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Faculdade de Medicina de Botucatu-Unesp, por meio do protocolo nº 291.707/2013. A amostra foi composta de 60 pacientes. Para a coleta de dados utilizou-se dois instrumentos, sendo o primeiro um formulário, compreendido pelas etapas: caracterização sociodemográficas e clínicas, aspectos fisiológicos, psicossociais, nutricionais e legais; e para a avaliação da QV, utilizou-se o instrumento WHOQOL-bref, composto por 2 questões gerais de QV e 24 facetas, que se referem a quatro domínios: físico, psicológico, relações sociais e meio ambiente. Resultados: Do total de 60 pacientes estomizados predominou o sexo feminino (51,7%), idade acima de 61 anos (60%), da cor branca (93,3%), residentes em Botucatu (53,3%), vivem com companheiro (55%), têm renda familiar entre 1 a 3 salários mínimos (78,3%), são aposentados (63,3%) e o ensino fundamental, com (61,7%). Referente ao tempo de estomizado (71,7%), está em média há 6 anos. O motivo que levou a confecção do estoma foi câncer (61,7%) e o agravo crônico que prevaleceu entre os indivíduos estomizados foi a hipertensão arterial sistêmica (31,7%). Quanto à derivação, evidenciaram-se as colostomias descendentes, com (53,3%). O seguimento médico regular é evidente em (90%) dos indivíduos. No que diz respeito ao dispositivo coletor, (80%) utiliza de uma peça drenável, variando de 25 a 102 milímetros de diâmetro; com relação à troca do dispositivo, (33,3%) troca a cada três dias e relata ter “muita” dificuldade no autocuidado com o estoma (65%) e com a bolsa coletora (61,7%). Quanto à presença da insônia, (35%) referiu insônia após a estomia. A atividade sexual foi mantida pela minoria, (31,5%), após a presença do estoma. Referente aos aspectos emocionais de dependência (50%) evidenciou ser fato, após o estoma. A respeito da ajuda recebida após estomia, (100%) relata ter a família como suporte. Quanto às orientações recebidas no pós-operatório, (96,7%) dos indivíduos relataram ter recebido orientação. Do total de 60 pacientes estomizados, (80%) relatou que os dispositivos são suficientes no mês e apenas (20%) dos indivíduos estomizados conhecem os seus direitos legais. O domínio psicológico apresentou a média mais elevada, 70,8, evidenciando que mesmo a autoimagem podendo estar prejudicada pela confecção de um estoma, esse domínio teve uma avaliação melhor, comparada com outros domínios da QV. Considerando p>0,10, as seguintes associações, foram realizadas: ter diabetes mellitus, fazer seguimento médico regularmente, sentir dependência após estomia, ter atividade sexual após estomia, visitar os amigos após estomia, índice de massa corporal ser mais elevado e conhecer os direitos legais. As variáveis que associaram negativamente na QV no domínio físico foram “diabetes mellitus” (p=0,021) e “sente dependência após a estomia” (p=0,016). Nos domínios físico e psicológico, a variável “faz seguimento médico regularmente” (p=0,007 e p=0,062) melhorou a QV, respectivamente. A variável “visitar os amigos após estomia” (p=0,000 e p=0,007) associou positivamente nos domínios psicológico e social. Ainda no domínio psicológico, a variável “ter atividade sexual após estomia” (p=0,035) contribui para uma melhor QV. A variável “conhecer os direitos” (p=0,001), no domínio ambiental, associou positivamente na QV do indivíduo estomizado. Como produto deste estudo foi construído uma cartilha com a descrição de conceitos sobre o estoma e suas causas, o fluxo de atendimento nos diferentes níveis de atenção à saúde, e as diretrizes legais que subsidiam a assistência do indivíduo estomizado. Conclusão: Portanto, pode-se concluir que os indivíduos estomizados deste estudo, avaliaram a QV de maneira positiva e que com a aquisição de novos conhecimentos dos direitos legais, poderá haver uma melhora da QV. / Introduction: An ostomized individual is the one who underwent an intestinal transit bypass surgery, which consists of opening the abdominal wall of a segment to diverting the effluent to the outside. Objective: To evaluate the quality of life of ostomized patients assisted in specialized service and study the association of those outcomes with the sociodemographic and clinical characteristics. Method: This is an analytical cross-sectional study. This study was conducted at the Ostomized Patients Assistance Center of Botucatu Clinical Hospital, from October 2014 to August 2015, and approved by the Research Ethics Committee of Botucatu - Unesp Medical School, through protocol No. 291,707 / 2013. The sample consisted of 60 patients. To collect the data we used two instruments: first, a form consisting of sociodemographic and clinical characterization, physiological, psychosocial, nutritional and legal aspects. To evaluating their quality of life, we used the WHOQOL -BREF instrument , consisting of two general questions of quality of life and 24 facets, which relate to four realms: physical, psychological, social relationships and environmental. Results: Of the 60 ostomized prevalences were: females (51.7%) , above the age of 61 years (60%), white (93.3%), living in Botucatu (53.3%), living with partner (55%), family income between 1-3 minimum wages (78.3%), retired (63.3%) and elementary schooling (61.7%). Referring to a colostomy time, (71.7%) had been ostomized for 6 years on average. The reason that led to the stoma was cancer (61.7%) and the chronic aggravation that prevailed among the ostomized individuals was hypertension (31.7%). As for the derivation, the descending colostomies stood out (53.3%). Regular medical follow-up is evident in (90%) of the individuals. With respect to pickup device 80 uses a draining % workpiece, ranging from 25 to 102 mm diameter; regarding the device exchange, (33.3%) changed every three days and reports having "a lot of of" difficulty in self-care of the stoma and 65% with the collection bag (61.7%). For the presence of insomnia, (35%) reported insomnia after ostomy. Sexual activity was maintained by the minority (31.5%) after the presence of stoma. Referring to the emotional aspects of dependence, (50%) showed to be real. Regarding the aid received after ostomy, (100%) reported having help in the family. The Guidelines received in the postoperative period, (96.7%) reported having received guidance. Of the total 60 ostomized patients, (80%) reported that the devices are sufficient in the month and only (20%) knew their legal rights. The psychological domain had the highest average (70.8%), showing that even the self-image can be impaired by making a stoma, this area had a better evaluation, compared with other areas of quality of life. Associations were made, but only a few were associated ( p> 0.10) , as having diabetes mellitus, regular medical follow-up, dependency feeling after ostomy, sexual activity after ostomy , visit friends after ostomy, body mass index being higher and knowledge of legal rights. The variables that negatively associated quality of life in the physical domain were "diabetes mellitus" (p = 0.021) and "feels dependence after stoma" (p = 0.016). The physical and psychological domains, the variable" makes regular medical follow-up" (p = 0.007 and p = 0.062) improved quality of life, respectively. The variable visiting friends after stoma" (p = 0.000, p = 0.007) positively associated in the psychological and social domains. Even in the psychological domain, the variable "sexual activity after stoma" (p = 0.035) contributes to a better quality of life. The variable "know your rights" (p = 0.001), in the environmental field, associated positively on the quality of life of ostomized patients individual. As a product of this study a booklet was made, with descriptions of concepts about the stoma and its causes, the flow of care at different levels of health care, and legal guidelines that support the care of ostomized individuals. Conclusion: Therefore, we can conclude that the ostomized individuals in this study evaluated their quality of life in a positive way and that, with the acquisition of new knowledge of their legal rights, there can be a better quality of life.
8

Cuidados nutricionais na assistência pré-natal realizada por enfermeiras do Programa Saúde da Família em Recife

OLIVEIRA, Sheyla Costa de January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:03:33Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo8769_1.pdf: 2569467 bytes, checksum: 538ff004db0c5d922917430a5579e243 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / Com o objetivo de assinalar a presença e avaliar a adequação do cuidado nutricional prestado durante o acompanhamento pré-natal, um estudo de natureza quantitativo e qualitativo foi realizado em Recife Pernambuco, mediante observação de consultas de pré-natal feitas por enfermeiras do Programa Saúde da Família. Foi verificado que a assistência de enfermagem relacionada com os cuidados nutricionais durante o acompanhamento pré-natal tem se mostrado inadequada de acordo com as necessidades apresentadas pelas gestantes. Essa inadequação diz respeito não apenas aos conhecimentos e aplicação dos conteúdos técnicos científicos, mas também à forma de repasse das informações e à sensibilidade dos profissionais ao perfil sócio econômico e cultural das usuárias. Fica evidente, assim, a necessidade de melhor sensibilização e qualificação das equipes neste sentido, bem como a presença de profissional nutricionista fornecendo apoio e retaguarda técnica para as unidades de Saúde da Família
9

"Vivenciando a sexualidade na assistência de enfermagem: um estudo na perspectiva cultural" / Experiencing sexuality in nursing attendance: a study in the cultural perspective.

Lúcia Beatriz Ressel 20 March 2003 (has links)
A sexualidade é uma condição humana presente em todas as fases de vida das pessoas. Neste estudo, objetivei compreender de que forma o tema sexualidade, condicionado culturalmente, é vivenciado na prática da assistência de enfermagem, pelas enfermeiras. Para tanto, adotei como opção conceitual a Antropologia Cultural, uma vez que ela apresenta uma concepção de sexualidade como construção histórica-social-cultural progressiva, singular, dinâmica, flexível e contextualizada, vale dizer, como uma elaboração prória de cada pessoa. A abordagem qualitativa adotada foi o método etnográfico e os dados foram obtidos por intermédio das técnicas do grupo focal e da entrevista semi-estruturada. Emergiram da análise dos dados os descritores culturais, que permitiram a identificação dos sub-temas: construções singulares, tornando-se enfermeira, vivenciando a sexualidade na assistência de enfermagem e descontruções e reconstruções. Acrescentei, nessa análise o capítulo emergindo analogias, que contém um confronto entre a representação do eu-enfermeira e a simbolização das deusas gregas, refletindo a forma como as colaboradoras experenciam o tema da sexualidade no fazer enfermagem. Este estudo viabilizou a expressão dos significados particulares acerca da sexualidade, junto com cada colaboradora; possibilitou perceber que tais significados foram condicionados ao longo da socialização específica de cada uma delas; e mostrou que vivência da sexualideade, na prática da assistência de enfermagem, tem sido singular a cada enfermeira. Isso tem oportunizado semelhanças e diferenças nas experiências, nas emoções e nas expressões vivenciadas no fazer enfermagem em relação a esta temática. Conclui-se ao final, que a interpretação cultural da sexualidade possibilita entender seus significados singulares e a que se relacionam; oportuniza a expressão das diferentes visões de mundo, no complexo contexto cultural da enfermagem; e permite aceitar o sincretismo, concorrendo para uma experiência qualitativamente mais significativa nessa prática e em relação a esse tema, tanto para a enfermeira, quanto para o sujeito do seu cuidado. / Sexuality is a human condition present in all phases of people's life. In this study, I aimed at understanding how the theme sexuality, culturally conditioned, is experienced in the practice of nursing attendance by the nurses. For such, I have adopted as a conceptual option Cultural Anthropology, once it represents a conception of sexuality as historical-social-cultural construction, progressive, singular, dynamic, flexible and contextualized. It is still worth mentioning that is a person's own elaboration. The qualitative approach adopted was the ethnographic method and the data was obtained via techniques of focal group and semi-structured interview. From the data analysis, emerged the cultural reporters, that permitted the identification of the sub-themes: singular constructions, becoming a nurse and experiencing sexuality in nursing attendance, I added, in this analysis the chapter emerging analogies, which contains a confrontation between the representations of the I-nurse and the symbolization of the greek-goddesses, reflecting the way how the collaborators experience the theme of sexuality in performing nursing. This study made viable the expression of the private meanings about sexuality, together with each collaborator; it made possible to perceive that such meanings were conditioned along the specific socialization of each of them and, it showed that the experience of sexuality in the practice of nursing attendance has been particular to each nurse. This has allowed the existence of similarities and differences in the experiences, in the emotions and in the expressions experienced in performing nursing concerning this theme. It is concluded that the cultural interpretation of sexuality makes possible the understanding of its singular meaninigs and what they relate to; it provides an opportunity for the expression of the different views of the world in the complex cultural context of nursing and, it allows for the acceptance of syncretism, running for a qualitatively more significant experience in this practice and, in relation to this theme, both for the nurse and for the person under his/her care.
10

Conflitos éticos vivenciados por enfermeiros relativos a pacientes terminais / Ethical conflicts experienced by nurses relative the patient terminals

João Gregorio Neto 07 July 2010 (has links)
O presente estudo teve como objetivos conhecer os conflitos éticos relativos a pacientes terminais identificados por enfermeiros das clinicas médica, cirúrgica e pronto socorro adulto de um hospital público e geral; compreender como os enfermeiros tomam as decisões frente a conflitos éticos referentes a esses pacientes e conhecer o que é levado em consideração, pelos enfermeiros, para a tomada de decisão frente a conflitos éticos relacionados a pacientes terminais. Foi feito um estudo exploratório, descritivo e de abordagem qualitativa. Para análise dos dados foi utilizada a análise de conteúdo proposta por Bardin. Foram entrevistados dez enfermeiros de um hospital público e geral do Município de São Paulo. Após a análise, emergiram três categorias e quinze sub-categorias: Categoria 1- A vivência dos enfermeiros em relação ao paciente terminal. Subcategorias: Cuidados como condição essencial para assistência aos pacientes terminais; Postura da família frente ao paciente terminal; Conseqüências da vivência profissional com pacientes terminais; e Postura profissional frente aos pacientes terminais. Categoria 2- Fatores geradores de conflitos éticos em relação ao paciente terminal. Subcategorias: Obstinação terapêutica; Situações administrativas; A quebra do sigilo e desrespeito à privacidade do paciente terminal; Despreparo profissional; e Falta de autonomia do enfermeiro. Categoria 3- Fatores considerados para a tomada de decisão em relação aos conflitos éticos frente ao paciente terminal. Subcategorias: Os aspectos ético-legais; O uso do conhecimento científico; A participação das equipes multiprofissional e de enfermagem; O respeito à autonomia do paciente e da família; A importância do esclarecimento de pacientes e familiares; e A multifatorialidade concorrendo para a tomada de decisão. O estudo evidenciou que os conflitos éticos relativos aos pacientes terminais, vivenciados pelos enfermeiros, emergem de seu cotidiano e são decorrentes de diversos fatores relacionados à assistência, ao gerenciamento e à capacitação dos profissionais. Foi evidenciado, ainda, que os enfermeiros apontam fatores que devem ser levados em consideração no processo de tomada de decisão, mas revelam sua pouca participação nesse processo frente aos conflitos éticos relativos a pacientes terminais. / The present study aims to identify and understand the ethical conflicts related to terminal patients experienced by nurses and are what considered for decision making to cope with these conflicts. The methodology adopted was the qualitative strand, using the content analysis proposed by Bardin. Ten nurses were interviewed in a general hospital in Sao Paulo. After the analysis emerged three categories and fifteen sub-categories: Category 1 - The experience of nurses in relation to the patient terminal. Subcategories: care as an essential condition for assistance to terminally ill patients; Posture family towards the patient terminal; Consequences of professional experience with terminal patients, and professional attitude to patients facing terminal. Category 2 - Factors generators to ethical conflicts in respect to the terminal patient. Subcategory: Therapeutic futility; Situations administrative on generating of conflict; The breaking secrecy and privacy disrespect of the patient terminal; A lack of professional preparation; and lack of autonomy of nurses. Category 3 - Factors considered in the decision-making in relation to the conflicts ethic facing the terminally ill patient. Subcategories: ethical and legal aspects; The use of scientific knowledge; The participation of multidisciplinary teams and nursing staff; The Respect for patient autonomy and family; The importance of clarifying patients and families, and, The multifactorial competing to decision-making. The study showed that ethical conflicts related to the patients, experienced by nurses, emerge from their everyday and are caused by several factors related to assistance, to management and capacitation professional. It was evidenced, also, that the nurses point to factors that must be taken account in decision-making process, but they reveal their little participation in this process front to the ethical conflicts related to terminally ill patients.

Page generated in 0.1134 seconds