• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 35
  • Tagged with
  • 35
  • 35
  • 12
  • 9
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Avaliação bioquímica in vitro do concentrado de eritrócitos felino Armazenado em soluções de cpda-1 e cpd/sagm durante 35 dias / Biochemistry changes of feline erythrocyte concentrates stored in cpda-1 and cpd-sagm during 35 days

Sonaglio, Franciele January 2014 (has links)
O curto tempo de armazenamento dos hemocomponentes é um dos fatores que dificulta e limita a quantidade de sangue que pode ser efetivamente armazenada, o que é uma desvantagem na medicina veterinária, pois o acesso a doadores é restrito e a demanda é contínua e cada vez maior na prática de clínicas e hospitais veterinários. Durante o armazenamento do sangue em baixas temperaturas, seja sob a forma de sangue total ou concentrado de eritrócitos, há uma queda intensa de metabólitos importantes para a viabilidade e funcionalidade dos eritrócitos. O desenvolvimento de meios e soluções de preservação sanguínea possibilitou o armazenamento dos eritrócitos e, consequentemente, facilitou o trabalho dos bancos de sangue. Portanto, a busca por melhores formas e soluções para preservação capazes de evitar ou diminuir estes efeitos prejudiciais durante o seu armazenamento é contínua, para que ao final se obtenha uma melhor qualidade do sangue transfundido. O presente trabalho avaliou o concentrado de eritrócitos felino armazenado na solução de CPDA-1 e CPD/SAGM durante 35 dias. Os dados laboratoriais foram comparados entre grupos e ao longo do tempo. Neste experimento foram utilizadas 10 bolsas de concentrado de eritrócitos felino divididos em dois grupos de cinco para avaliação de cada um dos aditivos. Os parâmetros laboratoriais K+, Na+, Cl-, lactato, HCO3-, amônia, glicose e pH foram avaliados nos dias 1, 7, 14, 21, 28 e 35 após a coleta. Vários parâmetros (K+, lactato, HCO3, glicose e cloreto) demonstraram que a solução CPD/SAGM manteve o metabolismo energético do eritrócito mais estável. Com este trabalho, foi possível entender melhor as alterações metabólicas sofridas pelos eritrócitos felinos durante o armazenamento. Concluímos que, apesar da solução CPD/SAGM se mostrar mais eficaz in vitro, são necessários mais estudos com relação aos hemocomponentes em gatos e à sua viabilidade pós-transfusional. / The short shelf life of blood products is one factor that complicates and limits the amount of blood that can be effectively stored, and it is a disadvantage in veterinary practice, because the access to donors is restricted and the demand is continuous and increasing at veterinary clinics and hospitals. During blood storage at low temperatures, either as whole blood or as packed red cells, there is a significant decrease of metabolites that are important for the viability and functionality of erythrocytes. The development of blood preservation solutions has enabled the storage of red blood cells and improved the service at the blood banks. Therefore, the search for better ways and blood preservation solutions to avoid or reduce these harmful effects during the storage conditions is continuous, in order to obtain the best blood product to be transfused. This study evaluated 10 bags of feline erythrocyte concentrate divided into two groups, stored in CPDA-1 and CPD/SAGM solutions during 35 days. The laboratory data were compared between groups and over time. K+, Na+, Cl-, lactate, HCO3-, ammonia, glucose and pH were assessed on days 1, 7, 14, 21, 28, and 35 after collection. On various parameters (K+, Cl-, HCO3-, glucose and lactate) solution of CPD/SAGM kept the energy metabolism of red blood cells more stable. With these results we can better understand the biochemical changes of feline erythrocytes during storage. We conclude that, although the CPD/SAGM solution shown to be more effective, more studies are needed to improve knowledge of feline blood components and post-transfusion viability.
22

Avaliação bioquímica in vitro do concentrado de eritrócitos felino Armazenado em soluções de cpda-1 e cpd/sagm durante 35 dias / Biochemistry changes of feline erythrocyte concentrates stored in cpda-1 and cpd-sagm during 35 days

Sonaglio, Franciele January 2014 (has links)
O curto tempo de armazenamento dos hemocomponentes é um dos fatores que dificulta e limita a quantidade de sangue que pode ser efetivamente armazenada, o que é uma desvantagem na medicina veterinária, pois o acesso a doadores é restrito e a demanda é contínua e cada vez maior na prática de clínicas e hospitais veterinários. Durante o armazenamento do sangue em baixas temperaturas, seja sob a forma de sangue total ou concentrado de eritrócitos, há uma queda intensa de metabólitos importantes para a viabilidade e funcionalidade dos eritrócitos. O desenvolvimento de meios e soluções de preservação sanguínea possibilitou o armazenamento dos eritrócitos e, consequentemente, facilitou o trabalho dos bancos de sangue. Portanto, a busca por melhores formas e soluções para preservação capazes de evitar ou diminuir estes efeitos prejudiciais durante o seu armazenamento é contínua, para que ao final se obtenha uma melhor qualidade do sangue transfundido. O presente trabalho avaliou o concentrado de eritrócitos felino armazenado na solução de CPDA-1 e CPD/SAGM durante 35 dias. Os dados laboratoriais foram comparados entre grupos e ao longo do tempo. Neste experimento foram utilizadas 10 bolsas de concentrado de eritrócitos felino divididos em dois grupos de cinco para avaliação de cada um dos aditivos. Os parâmetros laboratoriais K+, Na+, Cl-, lactato, HCO3-, amônia, glicose e pH foram avaliados nos dias 1, 7, 14, 21, 28 e 35 após a coleta. Vários parâmetros (K+, lactato, HCO3, glicose e cloreto) demonstraram que a solução CPD/SAGM manteve o metabolismo energético do eritrócito mais estável. Com este trabalho, foi possível entender melhor as alterações metabólicas sofridas pelos eritrócitos felinos durante o armazenamento. Concluímos que, apesar da solução CPD/SAGM se mostrar mais eficaz in vitro, são necessários mais estudos com relação aos hemocomponentes em gatos e à sua viabilidade pós-transfusional. / The short shelf life of blood products is one factor that complicates and limits the amount of blood that can be effectively stored, and it is a disadvantage in veterinary practice, because the access to donors is restricted and the demand is continuous and increasing at veterinary clinics and hospitals. During blood storage at low temperatures, either as whole blood or as packed red cells, there is a significant decrease of metabolites that are important for the viability and functionality of erythrocytes. The development of blood preservation solutions has enabled the storage of red blood cells and improved the service at the blood banks. Therefore, the search for better ways and blood preservation solutions to avoid or reduce these harmful effects during the storage conditions is continuous, in order to obtain the best blood product to be transfused. This study evaluated 10 bags of feline erythrocyte concentrate divided into two groups, stored in CPDA-1 and CPD/SAGM solutions during 35 days. The laboratory data were compared between groups and over time. K+, Na+, Cl-, lactate, HCO3-, ammonia, glucose and pH were assessed on days 1, 7, 14, 21, 28, and 35 after collection. On various parameters (K+, Cl-, HCO3-, glucose and lactate) solution of CPD/SAGM kept the energy metabolism of red blood cells more stable. With these results we can better understand the biochemical changes of feline erythrocytes during storage. We conclude that, although the CPD/SAGM solution shown to be more effective, more studies are needed to improve knowledge of feline blood components and post-transfusion viability.
23

Marcadores tumorais bioquímicos e imunocitoquímicos em efusões neoplásicas caninas / Biochemical and immunocytochemical tumor markers in canine neoplastic effusions

Teixeira, Luciele Varaschini January 2012 (has links)
As efusões cavitárias são de ocorrência frequente na rotina clínica de cães. Na maior parte dos casos são efusões benignas, causadas por distúrbios hidrostáticos do sistema circulatório. As neoplasias são causas comuns de efusões em cães, contudo, nem sempre as células tumorais são encontradas no exame citopatológico. A dosagem de marcadores tumorais e o exame imunocitoquímico são alternativas para tornar o diagnóstico de neoplasia em efusões mais preciso. Os objetivos deste trabalho foram dosar os seguintes marcadores tumorais bioquímicos: antígeno carcinoembrionário (CEA), antígeno associado a câncer 72-4 (CA 72-4) e fragmento de citoqueratina 21-1 (CYFRA 21-1), que ainda não tiveram seu desempenho avaliado em efusões neoplásicas e não neoplásicas caninas, bem como marcadores imunocitoquímicos que incluem dois novos anticorpos primários (MOC-31 e D2-40) para a diferenciação entre carcinoma e mesotelioma. Trinta e duas amostras de líquidos cavitários abdominais e torácicos, provenientes do atendimento clínico do Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal do Rio Grande do Sul foram analisadas. De acordo com o exame citopatológico e ficha clínica do animal essas efusões foram classificadas em dois grupos: neoplásico e não neoplásico. A dosagem dos marcadores tumorais foi realizada pelo método imunoenzimático sanduíche (ELISA), conforme as instruções dos fabricantes. Para a avaliação imunocitoquímica foram utilizadas 14 amostras de efusões neoplásicas. A técnica foi realizada pelo método estreptavidina-biotina ligada a peroxidase ou a fosfatase alcalina, utilizando-se como cromógeno o DAB. Os marcadores tumorais CEA e CA 72-4 não tiveram resultados significativos na diferenciação entre efusões neoplásicas e não neoplásicas, enquanto que o CYFRA 21-1 obteve sensibilidade de 70%, especificidade de 94% e acurácia de 81% para o diagnóstico neoplásico. Em todas as amostras neoplásicas, imunocitoquímica e citopatologia foram compatíveis, verificando-se como válida a padronização dos novos anticorpos para a espécie canina. Este estudo demonstrou que novos marcadores tumorais, tanto bioquímicos como imunocitoquímicos, podem ser empregados no diagnóstico de neoplasias caninas. O marcador tumoral CYFRA 21-1 deve ser utilizado como auxílio diagnóstico para a espécie canina e os anticorpos MOC-31 e D2-40 devem ser incluídos em painéis imunocitoquímicos de rotina para a diferenciação entre carcinomas e mesoteliomas em efusões neoplásicas. / The cavity effusions frequently occur in the clinical routine of dogs. In most cases the effusions are benign caused by circulatory system disorders. Neoplasms are common causes of effusions in dogs, however not always the tumor cells are found in cytopathologycal analysis. The dosage of tumor markers is an alternative to make the neoplastic effusion diagnosis more accurate. The aims of this work were to determine the following biochemical tumor markers: carcinoembryonic antigen (CEA), cancer antigen 72-4 (CA 72-4) and cytokeratin fragment 21-1 (CYFRA 21-1), which have not had their performance evaluated in canine neoplastic and non-neoplastic effusions, as well as immunocytochemical markers including two new primary antibodies (MOC-31 and D2-40) for differentiation between carcinoma and mesothelioma tumors. Thrirtytwo samples of abdominal and thoracic cavity fluids, from the clinical care of the Veterinary Hospital of the Federal University of Rio Grande do Sul were analyzed. According to the cytopathology test and patient’s clinical record the effusions were classified in two groups: neoplastic or non-neoplastic. The tumor markers measurement was performed by sandwich enzyme immunoassay (ELISA) according to the manufacturer instructions. Fourteen neoplastic samples were used for the immunocytochemical tests. The tests were performed by streptavidin-biotin method linked to peroxidase or to alkaline phosphatase using the DAB chromogen. The tumor markers CEA and CA 72-4 had no significant results for differentiating between neoplastic and non neoplastic effusions, whereas the tumor marker CYFRA 21-1 obtained 70% of sensibility, 94% of specificity and 81% of accuracy for the neoplastic diagnosis. In all neoplastic samples the immunocytochemical and cytological tests were compatible, which make valid their use for standardization of those new antibodies for the canine species. This study demonstrated that new tumor markers both biochemical and immunocytochemical could be used in the canine neoplastic diagnosis. The tumor marker CYFRA 21-1 must be used for the canine species, and the antibodies MOC-31 and D2-40 must be included in routine immunocytochemistry panel for the differenciation between carcinoma and mesothelioma in neoplastic effusions.
24

Avaliação de parâmetros bioquímicos e hematológicos em ratos wistar expostos à amônia por inalação

Orlandini, Lorena Floriani January 2012 (has links)
Embora a importância do controle dos níveis de amônia em biotérios seja reconhecida há muitos anos e várias consequências da exposição por inalação em espécies convencionais de laboratório sobre o trato respiratório tenham sido descritas na literatura, existem poucos estudos que avaliaram os efeitos sistêmicos e subclínicos nos animais. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o perfil hematológico e bioquímico em ratos Wistar alojados sob condições ambientais adversas (ammonia build-up) com tempo de permanência de 5 (Grupo 1, n=20), 10 (Grupo 2, n=20) ou 15 dias (Grupo 3, n=20). A elevação dos níveis de poluentes no ambiente de alojamento experimental foi obtida através da redução da taxa de ventilação e da colocação de maravalha servida, de forma a alcançar-se uma concentração média aproximada de 90 ppm de amônia, variando de 76 a 106 ppm. A análise hematológica revelou que os animais do Grupo 1 apresentaram valores de hemoglobina e hematócrito significativamente maiores em relação todos os outros grupos. Com relação aos parâmetros bioquímicos, novamente observou-se que o Grupo 1 diferiu estatisticamente do Grupo Controle, do Grupo 2 e do Grupo 3 para creatinina e para gama-glutamiltransferase. Diferenças entre o Grupo 1 e os demais grupos experimentais foram encontradas para fosfatase alcalina, alanina aminotranferase, amilase e glicose. Os demais parâmetros apresentaram resultados variáveis e aparentemente inconclusivos. Concluindo, a análise dos resultados indica que a maioria das alterações no perfil hematológico e bioquímico de animais expostos ocorre entre o dia 0 e o dia 5 e posteriormente retorna aos valores basais, devido a uma possível resposta adaptativa ao aumento da concentração de amônia atmosférica no ambiente de alojamento. / Although the importance of controlling the levels of ammonia in animal facilities has been acknowledged for many years now, and several consequences of exposure by inhalation in conventional laboratory species on the respiratory tract have been described in the literature, there are few studies assessing the systemic and subclinical effects on animals. This study aimed at assessing the hematological and biochemical profile in Wistar rats housed under adverse environmental conditions (ammonia build-up) with stay time of 5 (Group 1, n=20), 10 (Group 2, n=20) or 15 days (Group 3, n=20). The increase in the levels of pollutants in the experimental environment housing was achieved by reducing the rate of ventilation and the placement of soiled bedding served, in order to achieve an average concentration of ammonia of approximately 90 ppm, ranging from 76 to 106 ppm. The hematological analysis revealed that animals in Group 1 had hemoglobin and hematocrit values significantly higher than all other groups. Concerning the biochemical parameters, once again it was observed that Group 1 differed statically from the Control Group, Group 2 and Group 3 regarding creatinine and gamma-glutamyltransferase. Differences between Group 1 and the other experimental groups were found regarding alkaline phosphatase, alanine aminotransferase, amylase and glucose. The other parameters showed variable results, apparently inconclusive. In conclusion, the analysis of the results indicates that most changes in the hematological and biochemical profile of the animals exposed occur between day 0 and day 5, and then return to baseline, in reason of a possible adaptive response to the increase of atmospheric ammonia concentration in the environment housing.
25

Marcadores tumorais bioquímicos e imunocitoquímicos em efusões neoplásicas caninas / Biochemical and immunocytochemical tumor markers in canine neoplastic effusions

Teixeira, Luciele Varaschini January 2012 (has links)
As efusões cavitárias são de ocorrência frequente na rotina clínica de cães. Na maior parte dos casos são efusões benignas, causadas por distúrbios hidrostáticos do sistema circulatório. As neoplasias são causas comuns de efusões em cães, contudo, nem sempre as células tumorais são encontradas no exame citopatológico. A dosagem de marcadores tumorais e o exame imunocitoquímico são alternativas para tornar o diagnóstico de neoplasia em efusões mais preciso. Os objetivos deste trabalho foram dosar os seguintes marcadores tumorais bioquímicos: antígeno carcinoembrionário (CEA), antígeno associado a câncer 72-4 (CA 72-4) e fragmento de citoqueratina 21-1 (CYFRA 21-1), que ainda não tiveram seu desempenho avaliado em efusões neoplásicas e não neoplásicas caninas, bem como marcadores imunocitoquímicos que incluem dois novos anticorpos primários (MOC-31 e D2-40) para a diferenciação entre carcinoma e mesotelioma. Trinta e duas amostras de líquidos cavitários abdominais e torácicos, provenientes do atendimento clínico do Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal do Rio Grande do Sul foram analisadas. De acordo com o exame citopatológico e ficha clínica do animal essas efusões foram classificadas em dois grupos: neoplásico e não neoplásico. A dosagem dos marcadores tumorais foi realizada pelo método imunoenzimático sanduíche (ELISA), conforme as instruções dos fabricantes. Para a avaliação imunocitoquímica foram utilizadas 14 amostras de efusões neoplásicas. A técnica foi realizada pelo método estreptavidina-biotina ligada a peroxidase ou a fosfatase alcalina, utilizando-se como cromógeno o DAB. Os marcadores tumorais CEA e CA 72-4 não tiveram resultados significativos na diferenciação entre efusões neoplásicas e não neoplásicas, enquanto que o CYFRA 21-1 obteve sensibilidade de 70%, especificidade de 94% e acurácia de 81% para o diagnóstico neoplásico. Em todas as amostras neoplásicas, imunocitoquímica e citopatologia foram compatíveis, verificando-se como válida a padronização dos novos anticorpos para a espécie canina. Este estudo demonstrou que novos marcadores tumorais, tanto bioquímicos como imunocitoquímicos, podem ser empregados no diagnóstico de neoplasias caninas. O marcador tumoral CYFRA 21-1 deve ser utilizado como auxílio diagnóstico para a espécie canina e os anticorpos MOC-31 e D2-40 devem ser incluídos em painéis imunocitoquímicos de rotina para a diferenciação entre carcinomas e mesoteliomas em efusões neoplásicas. / The cavity effusions frequently occur in the clinical routine of dogs. In most cases the effusions are benign caused by circulatory system disorders. Neoplasms are common causes of effusions in dogs, however not always the tumor cells are found in cytopathologycal analysis. The dosage of tumor markers is an alternative to make the neoplastic effusion diagnosis more accurate. The aims of this work were to determine the following biochemical tumor markers: carcinoembryonic antigen (CEA), cancer antigen 72-4 (CA 72-4) and cytokeratin fragment 21-1 (CYFRA 21-1), which have not had their performance evaluated in canine neoplastic and non-neoplastic effusions, as well as immunocytochemical markers including two new primary antibodies (MOC-31 and D2-40) for differentiation between carcinoma and mesothelioma tumors. Thrirtytwo samples of abdominal and thoracic cavity fluids, from the clinical care of the Veterinary Hospital of the Federal University of Rio Grande do Sul were analyzed. According to the cytopathology test and patient’s clinical record the effusions were classified in two groups: neoplastic or non-neoplastic. The tumor markers measurement was performed by sandwich enzyme immunoassay (ELISA) according to the manufacturer instructions. Fourteen neoplastic samples were used for the immunocytochemical tests. The tests were performed by streptavidin-biotin method linked to peroxidase or to alkaline phosphatase using the DAB chromogen. The tumor markers CEA and CA 72-4 had no significant results for differentiating between neoplastic and non neoplastic effusions, whereas the tumor marker CYFRA 21-1 obtained 70% of sensibility, 94% of specificity and 81% of accuracy for the neoplastic diagnosis. In all neoplastic samples the immunocytochemical and cytological tests were compatible, which make valid their use for standardization of those new antibodies for the canine species. This study demonstrated that new tumor markers both biochemical and immunocytochemical could be used in the canine neoplastic diagnosis. The tumor marker CYFRA 21-1 must be used for the canine species, and the antibodies MOC-31 and D2-40 must be included in routine immunocytochemistry panel for the differenciation between carcinoma and mesothelioma in neoplastic effusions.
26

Avaliação de parâmetros bioquímicos e hematológicos em ratos wistar expostos à amônia por inalação

Orlandini, Lorena Floriani January 2012 (has links)
Embora a importância do controle dos níveis de amônia em biotérios seja reconhecida há muitos anos e várias consequências da exposição por inalação em espécies convencionais de laboratório sobre o trato respiratório tenham sido descritas na literatura, existem poucos estudos que avaliaram os efeitos sistêmicos e subclínicos nos animais. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o perfil hematológico e bioquímico em ratos Wistar alojados sob condições ambientais adversas (ammonia build-up) com tempo de permanência de 5 (Grupo 1, n=20), 10 (Grupo 2, n=20) ou 15 dias (Grupo 3, n=20). A elevação dos níveis de poluentes no ambiente de alojamento experimental foi obtida através da redução da taxa de ventilação e da colocação de maravalha servida, de forma a alcançar-se uma concentração média aproximada de 90 ppm de amônia, variando de 76 a 106 ppm. A análise hematológica revelou que os animais do Grupo 1 apresentaram valores de hemoglobina e hematócrito significativamente maiores em relação todos os outros grupos. Com relação aos parâmetros bioquímicos, novamente observou-se que o Grupo 1 diferiu estatisticamente do Grupo Controle, do Grupo 2 e do Grupo 3 para creatinina e para gama-glutamiltransferase. Diferenças entre o Grupo 1 e os demais grupos experimentais foram encontradas para fosfatase alcalina, alanina aminotranferase, amilase e glicose. Os demais parâmetros apresentaram resultados variáveis e aparentemente inconclusivos. Concluindo, a análise dos resultados indica que a maioria das alterações no perfil hematológico e bioquímico de animais expostos ocorre entre o dia 0 e o dia 5 e posteriormente retorna aos valores basais, devido a uma possível resposta adaptativa ao aumento da concentração de amônia atmosférica no ambiente de alojamento. / Although the importance of controlling the levels of ammonia in animal facilities has been acknowledged for many years now, and several consequences of exposure by inhalation in conventional laboratory species on the respiratory tract have been described in the literature, there are few studies assessing the systemic and subclinical effects on animals. This study aimed at assessing the hematological and biochemical profile in Wistar rats housed under adverse environmental conditions (ammonia build-up) with stay time of 5 (Group 1, n=20), 10 (Group 2, n=20) or 15 days (Group 3, n=20). The increase in the levels of pollutants in the experimental environment housing was achieved by reducing the rate of ventilation and the placement of soiled bedding served, in order to achieve an average concentration of ammonia of approximately 90 ppm, ranging from 76 to 106 ppm. The hematological analysis revealed that animals in Group 1 had hemoglobin and hematocrit values significantly higher than all other groups. Concerning the biochemical parameters, once again it was observed that Group 1 differed statically from the Control Group, Group 2 and Group 3 regarding creatinine and gamma-glutamyltransferase. Differences between Group 1 and the other experimental groups were found regarding alkaline phosphatase, alanine aminotransferase, amylase and glucose. The other parameters showed variable results, apparently inconclusive. In conclusion, the analysis of the results indicates that most changes in the hematological and biochemical profile of the animals exposed occur between day 0 and day 5, and then return to baseline, in reason of a possible adaptive response to the increase of atmospheric ammonia concentration in the environment housing.
27

Avaliação bioquímica in vitro do concentrado de eritrócitos felino Armazenado em soluções de cpda-1 e cpd/sagm durante 35 dias / Biochemistry changes of feline erythrocyte concentrates stored in cpda-1 and cpd-sagm during 35 days

Sonaglio, Franciele January 2014 (has links)
O curto tempo de armazenamento dos hemocomponentes é um dos fatores que dificulta e limita a quantidade de sangue que pode ser efetivamente armazenada, o que é uma desvantagem na medicina veterinária, pois o acesso a doadores é restrito e a demanda é contínua e cada vez maior na prática de clínicas e hospitais veterinários. Durante o armazenamento do sangue em baixas temperaturas, seja sob a forma de sangue total ou concentrado de eritrócitos, há uma queda intensa de metabólitos importantes para a viabilidade e funcionalidade dos eritrócitos. O desenvolvimento de meios e soluções de preservação sanguínea possibilitou o armazenamento dos eritrócitos e, consequentemente, facilitou o trabalho dos bancos de sangue. Portanto, a busca por melhores formas e soluções para preservação capazes de evitar ou diminuir estes efeitos prejudiciais durante o seu armazenamento é contínua, para que ao final se obtenha uma melhor qualidade do sangue transfundido. O presente trabalho avaliou o concentrado de eritrócitos felino armazenado na solução de CPDA-1 e CPD/SAGM durante 35 dias. Os dados laboratoriais foram comparados entre grupos e ao longo do tempo. Neste experimento foram utilizadas 10 bolsas de concentrado de eritrócitos felino divididos em dois grupos de cinco para avaliação de cada um dos aditivos. Os parâmetros laboratoriais K+, Na+, Cl-, lactato, HCO3-, amônia, glicose e pH foram avaliados nos dias 1, 7, 14, 21, 28 e 35 após a coleta. Vários parâmetros (K+, lactato, HCO3, glicose e cloreto) demonstraram que a solução CPD/SAGM manteve o metabolismo energético do eritrócito mais estável. Com este trabalho, foi possível entender melhor as alterações metabólicas sofridas pelos eritrócitos felinos durante o armazenamento. Concluímos que, apesar da solução CPD/SAGM se mostrar mais eficaz in vitro, são necessários mais estudos com relação aos hemocomponentes em gatos e à sua viabilidade pós-transfusional. / The short shelf life of blood products is one factor that complicates and limits the amount of blood that can be effectively stored, and it is a disadvantage in veterinary practice, because the access to donors is restricted and the demand is continuous and increasing at veterinary clinics and hospitals. During blood storage at low temperatures, either as whole blood or as packed red cells, there is a significant decrease of metabolites that are important for the viability and functionality of erythrocytes. The development of blood preservation solutions has enabled the storage of red blood cells and improved the service at the blood banks. Therefore, the search for better ways and blood preservation solutions to avoid or reduce these harmful effects during the storage conditions is continuous, in order to obtain the best blood product to be transfused. This study evaluated 10 bags of feline erythrocyte concentrate divided into two groups, stored in CPDA-1 and CPD/SAGM solutions during 35 days. The laboratory data were compared between groups and over time. K+, Na+, Cl-, lactate, HCO3-, ammonia, glucose and pH were assessed on days 1, 7, 14, 21, 28, and 35 after collection. On various parameters (K+, Cl-, HCO3-, glucose and lactate) solution of CPD/SAGM kept the energy metabolism of red blood cells more stable. With these results we can better understand the biochemical changes of feline erythrocytes during storage. We conclude that, although the CPD/SAGM solution shown to be more effective, more studies are needed to improve knowledge of feline blood components and post-transfusion viability.
28

Alterações clínicas, hematológicas, bioquímicas e histopatológicas em ovinos infectados experimentalmente por Trypanosoma vivax (Ziemann, 1905) /

Almeida, Katyane de Sousa. January 2007 (has links)
Orientador: Adjair Antonio do Nascimento / Banca: Celio Raimundo Machado / Banca: Luiz Augusto do Amaral / Banca: Katia Denise Saraiva Bresciani / Banca: Milton Hissashi Yama / Resumo: A infecção experimental por T. vivax em ovinos foi realizada com o objetivo de avaliar os sinais clínicos, a parasitemia, as alterações hematológicas, anatomopatológicas e bioquímicas, além de realizar a biometria do parasito. Para tanto, foram utilizados oito ovinos machos, sorologicamente negativos para T. vivax, sendo quatro destinados ao grupo testemunho e quatro infectados com 105 T. vivax. As colheitas de sangue foram realizadas duas vezes antes da infecção e, posteriormente, em dias determinados, destinados aos exames laboratoriais. Exames clínicos e parasitemias foram realizados diariamente; e o peso, um dia antes da infecção, e com intervalos de 30 dias, a necropsia foi realizada aos 120 dias após infecção. Observou-se que a amostra usada era típica de T. vivax e o período prépatente de um dia, com parasitemia intermitente até o final do experimento. Os sinais clínicos encontrados nos animais infectados foram: apatia, palidez das mucosas, emaciação, aumento dos linfonodos, corrimento nasal, hipertermia, alterações no peso, diarréia e neuropatias. Ocorreu diminuição significativa na contagem global de hemácias, no teor de hemoglobina, no hematócrito e no volume corpuscular médio. A anemia, no final da observação, foi microcítica normocrômica, e leucocitose causada por linfocitose. Todos os exames bioquímicos apresentaram alterações nos animais infectados em relação ao grupo testemunho exceto a tiroxina total. No geral, observou-se: diminuição do colesterol total, colesterol ligado ao HDL, do lipídio total hepático, dos glicogênios hepático e muscular, ferro, magnésio, gamaglutamiltransferase, aspartatoaminotransferase, fosfatase alcalina, creatinaquinase, lactatodesidrogenase, triiodotironina, cortisol e nas proteínas da fase aguda, exceto a transferrina e antitripsina que estiveram altas no final do período experimental...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The objective of this research was to study an experimental infection of T. vivax in sheep, evaluating clinical signs and parasitemia as well as hematological, anatomopathological and biochemical alterations and to obtain the biometric data of the parasite. Eight male sheep were used, four in the testimony group and four infected with 105 T. vivax .Blood samples were collected two times before and posterior to receiving the infection on days designated and determined by laboratory exams. The animals were examined daily, as well as the clinical aspects and parasitemia. The animals were also weighed one day before the infection and in 30 day intervals, until they were sacrificed. The following results were obtained: the sample used was typical of T. vivax and the parasites were detected in the blood on the first day after the infection of the intermittent parasite until the end of the experiment. The clinical signs found were: apathy, paleness of the mucous, emaciation, lymph gland enlargement, runny nose, hyperthermia, weight alterations, diarrhea and neurological signs. There was a significant decrease in the global hemacia count, hemoglobin and in the hematocritic and in the average packed cell volume. The anaemia, at the end of the observations, were microcitic, normochromic and leucocitosis due to the lymphocytes. All of the biochemical exams presented alterations in the animals infected in relation to the testimony group except for the thyroxine. In general, was observed: decrease in total cholesterol, HDL, total hepatic lipid, hepatic and muscular glycogen, iron, magnesium, gamaglutamiltrasnferase, aspartate aminotransferase, alkaline phosphatase, creatine kinase, lactate desidrogenase, triiodothyronine, cortisol and proteins in the acute phase except the transferrin and antitrypsin that were high at the end of the experimental period...(Complete abstract, click electronic address below) / Doutor
29

Efeito de substâncias químicas de uso laboratorial sobre Drosophila melanogaster (Diptera - Drosophilidade) do ponto de vista bioquímico e fenotípico

Okamoto, Débora Noma [UNESP] 16 February 2007 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:22:56Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007-02-16Bitstream added on 2014-06-13T20:29:22Z : No. of bitstreams: 1 okamoto_dn_me_sjrp.pdf: 676452 bytes, checksum: 7d8aa473e5171e8c8a4187d9499700da (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A presença de resíduos químicos no ambiente afeta todo o ecossistema. Uma das técnicas empregadas para o estudo dos efeitos tóxicos dos resíduos químicos é o biomonitoramento, que utiliza como modelos organismos vivos, entre eles os insetos. Um dos gêneros utilizados é a Drosophila, em particular a espécie D. melanogaster de distribuição cosmopolita. É um organismo geneticamente bem explorado, de fácil manutenção e rápido ciclo biológico, que após o seqüenciamento completo de seu genoma revelou homologia de 60% de seus genes com os genes de doenças humanas. Entre as substâncias químicas que foram investigadas neste trabalho, incluem-se três metais tóxicos (alumínio, cromo e chumbo), um corante (azul Coomassie brilliant G250) e o produto sintético acrilamida. A análise foi realizada em concentrações baixas (50µM) com ênfase na característica acumulativa de cada produto químico durante dez gerações de exposição. As análises, fundamentadas na biologia do inseto, avaliaram sua produtividade, alterações morfológicas, viabilidade das diversas fases do desenvolvimento, o peso dos insetos, o comportamento sexual e a atividade enzimática da carboxilesterase. Foi realizado também um experimento de produtividade comparativo com duas linhagens, uma massal e outra isofêmea. A exposição à acrilamida, aumentou a produtividade na primeira exposição, e também reduziu a viabilidade de ovos para adultos nas gerações F3 e F10. Por sua vez, entre os metais, o chumbo, afetou a viabilidade de ovos em pupas na décima geração e apresentou alterações no tempo de pré-cópula e de cópula. A exposição ao cloreto de alumínio, revelou na primeira e na quinta geração aumento do tempo de pré-cópula, e na décima geração aumento do tempo de cópula. O dicromato de potássio...
30

Determinação do ciclo reprodutivo de papagaio-de-peito-roxo Amazona vinacea (kuhl, 1820) (aves: psittacidae) por meio de mensuração de metabólitos hormonais utilizando um método não invasivo.

Stein, Gisele Guiomara January 2014 (has links)
Durante as últimas duas décadas, as técnicas de análise de esteroides fecais têm sido utilizadas para pesquisa em endocrinologia reprodutiva em diversas espécies animais silvestres de vida livre, ou cativeiro. O presente estudo propõe a validação da técnica do ensaio imunoenzimático antiprogestinas CL425 e antiandrógenos R156/7 fecais em papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea). Objetiva-se descrever os perfis endócrinos anuais dos esteroides sexuais urofecais em Amazona vinacea com potencial aplicação para o aprimoramento do manejo reprodutivo da espécie. Foram utilizados 10 casais adultos da espécie Amazona vinacea mantidos em viveiros suspensos, em Lomba Grande, Rio Grande do Sul, Brasil. As excretas foram coletadas duas vezes por semana, entre maio de 2012 e maio de 2013. O monitoramento da atividade gonadal foi feito por mensuração de metabólitos de andrógenos nas excretas dos machos e progestágenos, nas de fêmeas. Foram coletadas amostras frescas de excretas, consistentemente, entre 12h00min e 16h00min e mantidas congeladas até o processamento. O perfil anual de andrógenos nas excretas de machos de A. vinacea apresentou médias mensais variáveis de 25,9 ng/g, em janeiro até 125,7 ng/g, em setembro. O perfil anual de progestinas nas excretas de fêmeas A. vinacea, as médias mensais variaram de 2,76 ng/g, em dezembro até 45,7 ng/g, em setembro. Os perfis reprodutivos apresentaram variação na atividade hormonal, durante a fase reprodutiva. Porém, comparando-se casais reprodutores com não-reprodutores, observa-se que os níveis de progestágenos não diferiram significativamente entre fêmeas que fizeram postura e aquelas que não fizeram. Entretanto, os níveis de andrógenos diferiram significativamente entre reprodutores e não-reprodutores. Diferenças hormonais foram observadas nas diferentes estações anuais, tanto nos machos, quanto nas fêmeas. Dados metereológicos de temperatura e insolação demostraram correlação negativa com os perfís anuais de progestágenos. A utilização da metodologia aqui mencionada demonstrou aplicabilidade, praticidade e segurança como ferramenta para o estudo da fisiologia e do manejo reprodutivos de Amazona vinacea. / During the last two decades, the techniques of analysis of fecal steroids have been applied for studying reproductive profiles in many species of captive wild and free living wild animals. The advantages of this methodology are widely understood. This study aimed to validate the anti- CL425 progestin and anti-R156/7 androgen enzyme immunoassay in fecal samples from parrot-breasted-purple (Amazon vinacea). This communication describes the annual endocrine profiles of urofecal sex steroids in Amazona vinacea with potential application for improving the species reproductive management. In total, 10 adult A. vinacea pairs kept in suspended aviaries in southern Brazil were studied. Excreta samples were collected twice weekly between May 2012 and May 2013. Gonadal activity was monitored by measurement of androgen and progestin metabolites in excreta of birds. Fresh excreta samples were collected always between 12:00 and 16:00 hs, and kept frozen until processing. The samples were dried at 57oC, hormones crushed and extracted using 80% methanol. The hormone dosage was performed at the Laboratory of Endocrinology, NUPECCE (Center for Research and Conservation of Deer, Jaboticabal, SP) using enzyme immunoassay with antibody to androgen and progestin. Feces from 5 A. vinacea pairs were used in two distinct periods for assay validation, within and outside the breeding season. Tests included Parallelism, Dose-Response, and Physiological Validation. It was concluded that the enzyme immunoassay for determining progestin and androgen profiles in urofecal samples from A. vinacea is accurate, precise and reliable. The annual profile of androgen in excreta of A. vinacea resulted the following monthly averages: January 25.9 ± 3.7 ng/g (n = 90); February 28.7 ± 3.2 ng/g (n = 60); March 31 7 ± 17.7 ng/g (n = 80); April 27.9 ± 5.5 ng/g (n = 90); May 43.3 ± 7.9 ng/g (n = 90); June 49.1 ± 15.9 ng/g (n = 80); July 36.5 ± 7.5 ng/g (n = 90); August 86.9 ± 46.2 ng/g (n = 90); September 42 125.7 ± 1 ng/g (n = 80); October 110.3 ± 63.2 ng/g (n = 90); November 74.2 ± 57.7 ng/g (n = 90) and December 43.3 ± 13 4 ng/g (n = 80). The monthly averages in the annual profile of progestin in excreta of A. vinacea were as follows: January 7.2 ± 0.9 ng/g (n = 90); February 9.26 ± 1.3 ng/g (n = 60); March 15 8 ± 2.9 ng/g (n = 80); April 14.15 ± 1.85 ng/g (n = 90); May 16.05 ± 3.16 ng/g (n = 90); June 11.85 ± 2.54 ng/g (n = 80); July 11.89 ± 2.17 ng/g (n = 90); August 13.52 ± 3.48 ng/g (n = 90); September 55 ± 45.7 ng/g (n = 80); October 15.44 ± 24.91 ng/g (n = 90); November 4.27 ± 6.42 ng/g (n = 90) and December 2.76 ± 0.42 ng/g (n = 80). Reproductive profiles showed variation in hormonal activity during the reproductive phase. When comparing breeding to non-breeding pairs, it was observed that the progestin levels did not differ significantly between laying and not-laying birds. However, the androgen levels differed significantly between breeding and non-breeding birds. In addition, hormonal differences were observed in both male and female birds in accordance with different annual seasons. Meteorological temperature and insolation data showed a negative correlation with the annual progestin profiles. Measurement of androgen and progestin metabolites in A. vinacea feces proved to be a practical and safe tool for studying reproductive physiology and management of the species.

Page generated in 0.0874 seconds