• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 35
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 35
  • 35
  • 13
  • 13
  • 7
  • 7
  • 6
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Conhecimento, atitude e pratica do auto exame da mama e do exame de mamografia em usuarias dos centro de saude do municipio de Campinas

Marinho, Luiz Alberto Barcellos 31 July 2018 (has links)
Orientadores: Maria Salete Costa Gurgel, Jose Guilherme Cecatti / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-31T14:56:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Marinho_LuizAlbertoBarcellos_D.pdf: 269629 bytes, checksum: ed8419314de5a4477a6cd066e0099593 (MD5) Previous issue date: 2001 / Doutorado
12

O uso do acido acetico no diagnostico precoce do cancer cervico-uterino

Hyppolito, Silvia Bomfim 03 August 2018 (has links)
Orientador : Luis Guillermo Bahamondes / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T04:47:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Hyppolito_SilviaBomfim_D.pdf: 3914819 bytes, checksum: 512acabba41d360d127a0fb89cd0dc1c (MD5) Previous issue date: 2002 / Doutorado
13

Contribruição da inspeção visual com acido acetico e da captura hibrida II como metodos adjuntos a colpocitologia oncologica na detecção das lesões precursoras e/ou do cancer cervical

Bastos, Joana Fróes Bragança, 1971- 07 June 2004 (has links)
Orientador: Sophie Françoise M. Derchain / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T22:51:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bastos_JoanaFroesBraganca_M.pdf: 665717 bytes, checksum: bf8b9116c7db1415fd39424545206840 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: OBJETIVO: avaliar a contribuição da inspeção visual com ácido acético e da captura híbrida II como métodos adjuntos à colpocitologia oncológica na detecção das lesões precursoras ou câncer cervical. SUJEITOS E MÉTODOS: realizou-se inicialmente um estudo descritivo de corte transversal e posteriormente validação de teste diagnóstico. Foram incluídas 809 mulheres (18 a 64 anos) atendidas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Universidade Estadual de Campinas, de janeiro de 2002 a julho de 2003. Na primeira consulta, as mulheres responderam a um questionário pré-estruturado e todas foram submetidas a exame ginecológico que consistiu em coleta de material para olpocitologia oncológica com espátula de Ayres e escova endocervical; coleta de material para detecção de papilomavírus humano de alto risco oncogênico por captura híbrida II; inspeção visual, com aplicação de ácido acético a 5% e colposcopia com biópsia dirigida das áreas anormais. Para avaliar a associação entre o resultado de cada exame de rastreamento e o resultado da colposcopia foi calculada a razão de prevalência com intervalo de confiança a 95%. Para avaliar o desempenho dos exames de rastreamento na detecção de lesão histológica foram calculadas a sensibilidade e a especificidade, assim como os valores preditivos positivo e negativo de cada método, considerando o padrão-ouro sem doença, a colposcopia normal ou biópsia sem lesão induzida pelo papilomavírus humano e, com doença, biópsia NIC 1 ou mais. Em uma primeira análise avaliou-se o desempenho dos testes para a detecção de qualquer lesão histológica induzida pelo papilomavírus humano e posteriormente este cálculo foi realizado para NIC 2 ou mais. RESULTADOS: das 809 mulheres avaliadas, 12% apresentavam inspeção visual com ácido acético anormal, 19% tinham captura híbrida II positiva e 7% apresentaram alterações na colpocitologia oncológica. Cento e quatorze mulheres (14,7%) foram submetidas à biópsia e, destas, 39 (4,8%) apresentaram lesões associadas com papilomavírus humano, sendo que 12 apresentavam neoplasia intra-epitelial cervical 2 ou mais. Houve uma associação estatisticamente significativa entre os exames de rastreamento e a colposcopia, sendo a melhor associação encontrada com a inspeção visual com ácido acético. Em relação ao desempenho dos exames pode se observar que com sensibilidade maior que 70% para lesão histológica e especificidade de 91%, a inspeção visual com ácido acético apresentou melhor desempenho como método isolado na detecção de neoplasia intra-epitelial 1 ou mais. A sensibilidade da captura híbrida foi maior para a detecção de neoplaisia intra-epitelial 2 ou mais. A especificidade da colpocitologia oncológica foi superior à dos outros dois métodos para lesões de baixo e alto graus, embora sua sensibilidade tenha sido significativamente inferior. Ao avaliar a associação dos diferentes métodos de rastreamento considerando-se sempre pelo menos um positivo, observou-se que a associação da inspeção visual à colpocitologia oncológica aumentou significativamente a detecção de doença histológica sem perda significativa da especificidade. A sensibilidade da associação dos três métodos para o diagnóstico de neoplasia intra-epitelial 1 ou mais foi significativamente melhor do que a da colpocitologia oncológica isoladamente ou associada à inspeção visual com ácido acético. Já para a detecção de lesões de alto grau, a associação da captura híbrida à colpocitologia oncológica foi o método que apresentou melhor sensibilidade sem perda na especificidade. CONCLUSÃO: A inspeção visual com ácido acético contribuiu significativamente na detecção de doença histológica, embora a associação da colpocitologia oncológica e captura híbrida tenha sido o melhor método para detecção de lesões de alto grau / Abstract: OBJECTIVE: to assess the contribution of visual inspection with acetic acid and Hybrid Capture II as adjunct methods to Pap test in detecting cervical squamous precursor lesions and cervical cancer and evaluate the performance of these different methods. SUBJECTS AND METHODS: this was a cross-sectional study and validation of diagnostic test. Eight hundred and nine women were included and consecutively attended gynecological consultations at the Campinas State University, Brazil, from January 2002 to July 2003. Pap test, detection of highrisk Human Papillomavirus with visual inspection with acetic acid and hybrid capture II and colposcopy were performed for all patients. Colposcopically abnormal areas were biopsied. To compare the association between visual inspection with acetic acid, hybrid capture II and Pap test with colposcopic result prevalence ratio were used. To evaluate the performance of each test in detecting histologicallyconfirmed lesions sensitivity, specificity and positive and negative predictive values with respective confidence intervals of each test were evaluated. Considering gold standard as normal when colposcopy is normal or biopsy is without disease and abnormal when the biopsy shows intraepithelial neoplasia or more. RESULTS: Among 809 woman tested, visual inspection with acetic acid was considered abnormal in 12%, 8% had abnormal Pap tests and 19% had positive hybrid capture II. One hundred and fourteen (14.7%) women underwent to cervical biopsies, being that of 39 (4.8%) Human Papillomavirus-related lesions, 12 consisted of intraepithelial neoplasia 2 or worse. The association of the screening exams and the colposcopy was statistically significant for all tests but visual inspection with acetic acid had the strongest concordance with a 72% sensibility and 91% specificity. The sensitivity of hybrid capture II was higher in detecting intraepithelial neoplasia 2 or more. The specificity of Pap test was better them the two other tests, although the sensibility was lower. In order to evaluate the association of the different methods considering at least one test positive, the association of visual inspection with acetic acid and Pap test raised the sensibility without low specificity. The sensitivity of the association of the three methods to detect CIN 1 or worst was better than the Pap test alone or associated with VIA. To detect CIN 2 or worst the better association was CH II and Pap test. CONCLUSION: the VIA contributed to detect disease although the association of Pap test and HC II improved the detection of CIN 2 or worst / Mestrado / Tocoginecologia / Mestre em Tocoginecologia
14

Desempenho da inspeção visual com acido acetico e da citologia oncologica no rastreamento do cancer do colo uterino

Zuben, Marcus Vinicius von 18 February 2005 (has links)
Orientadores: Luiz Carlos Zeferino, Sophie Françoise Mauricette Derchain / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-04T04:23:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Zuben_MarcusViniciusvon_D.pdf: 243819 bytes, checksum: 2b139e3e105ee13e3cd48760e7acf158 (MD5) Previous issue date: 2005 / Resumo: Introdução. Em regiões com grande carência de recursos de saúde, é pouco provável que em curto prazo seja possível implementar um programa de controle de câncer do colo uterino que alcance alta cobertura, com qualidade e resolutividade. Nestas condições, impõe-se pesquisar tecnologias alternativas que se ajustem aos recursos existentes. Objetivos. Avaliar o desempenho da inspeção visual com ácido acético e da citologia oncológica na detecção de lesões precursoras do carcinoma do colo uterino. Sujeitos e métodos. Este foi um estudo de corte transversal e de validação de teste diagnóstico que incluiu 2782 mulheres. Citologia oncológica e inspeção visual com ácido acético a 5% foram realizadas em todas as mulheres, e aquelas com pelo menos um exame positivo foram convocadas para colposcopia e biópsia das áreas anormais. Freqüências, prevalências, sensibilidade e especificidade, com seus respectivos intervalos de confiança a 95%, foram calculadas, assim como valores preditivos positivo e negativo para a inspeção visual e citologia oncológica. A associação das variáveis categóricas foi testada pelo Teste de Qui-quadrado. O software ¿Epi-info¿ versão 3.2.2 foi usado para as análises estatísticas. Resultados: A citologia oncológica foi positiva em 6,5% das mulheres e a inspeção visual em 19,8%. De acordo com o diagnóstico histológico, as prevalências de NIC 1, NIC 2, NIC 3, carcinoma escamoso invasor, adenocarcinoma in situ e adenocarcinoma invasor foram respectivamente de 0,5%, 0,6%, 2,2%, 0,5%, 0,1%, 0,1%. A sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo da citologia oncológica foram, respectivamente, 83,7%, 97,0%, 55,8% e 99,2% e da inspeção visual foram de 58,3%, 81,8%, 11,5% e 98,0%. Conclusão: O desempenho da citologia oncológica foi melhor do que a inspeção visual. A inspeção visual teve baixa sensibilidade e baixa especificidade, o que lhe conferiu baixo valor preditivo positivo. Contudo, a inspeção visual mostrou que pode detectar lesões precursoras do carcinoma do colo uterino, clinicamente significantes. Esta característica torna a inspeção visual uma alternativa a ser considerada em regiões onde não há condições para o rastreamento do câncer do colo uterino através da citologia oncológica / Abstract: Introduction. In regions with in low-resource settings for health care, it is very low the possibility of implementing in short term a cervical cancer screening reaching high coverage, with quality and resoluteness. In these conditions, alternative technologies adjusted to available resources should be tested. Objetives. To evaluate the performance of visual inspection with acetic acid and Pap test in detecting precursor lesions of cervical cancer. Subject and Methods. This was a cross-sectional study and validation of diagnostic test that included 2782 women. Pap test and visual inspection with 5% acetic acid were performed for all patients, and those having at least one abnormal test were called for colposcopical examination, and biopsy of abnormal areas. Frequencies, prevalences, sensitivity and specificity were calculated with their 95% confidence interval, as the positive and negative predictive values. The association of categorical variables was tested by Chi-Square Test. The software Epi-info version 3.2.2 was used for statistical analysis. Results. Pap test was abnormal in 6.5% of the women, and the visual inspection was abnormal in 19.8% of the women. According to histological diagnosis, the prevalences of CIN 1, CIN 2, CIN 3, invasive squamous cell carcinoma, adenocarcinoma in situ, and invasive adenocarcinoma were, respectively, 0.5%, 0.6%, 2.2%, 0.5%, 0.1%, 0.1%. The sensitivity, specificity, positive predictive value, and negative predictive value of Pap test were, respectively, 83.7%, 97.0%, 55.8%, and 99.2%, and visual inspection were 58.3%, 81.8%, 11.5%, and 98.0%. Conclusion. The performance of Pap test was better than the visual inspection with acetic acid. The visual inspection showed low sensitivity and low specificity, and then showed low positive predictive value. Nevertheless, the visual inspection showed that it could detect precursors lesions of cervical cancer, clinically significant. This characteristic becomes the visual inspection an alternative to be considered in regions where there are no conditions for cervical cancer screening based on Pap test / Doutorado / Tocoginecologia / Doutor em Tocoginecologia
15

Câncer cervico-uterino e lesões precursoras: aspectos da ocorrência, vigilância epidemiológica e controle no Brasil / Cervical cancer and precursor lesions: aspects of the occurrence, epidemiological surveillance and control in Brazil

Eduardo Faerstein 01 March 1987 (has links)
Situou,se a ocorrência do câncer cérvico-uterino no contexto da presença, já expressiva, das neoplasias malignas no perfil de morbimortalidade da população brasileira. Discutiu-se o padrão peculiar de coexistência, no país, de riscos igualmente altos e crescentes para formas de câncer típicas de sociedades em diferentes estágios de desenvolvimento socioeconômico. Em relação ao câncer cervical, verificou-se sua ocorrência mais elevada, e em idades mais precoces,nas regiões menos desenvolvidas do país; a magnitude e distribuição etária em todas as áreas, entretanto, foram compatíveis com as observadas em regiões do mundo com alta frequência da doença. As altas taxas de detecção das lesões precursoras entre os exames citológicos indicam, além de riscos elevados, um atendimento voltado principalmente para a clientela sintomática. Conjecturou- se sobre a ascensão previsível da ocorrência, em função da persistência de precárias condições de vida, da maior exposição a fatores de risco e da incipiência das atividades de controle. Foram discutidas as baixas cobertura e efetividade das ações de controle, e os problemas determinantes dessa situação em cada nível da atividade. Criticou-se a inadequação das normas vigentes em relação a população-alvo e a periodicidade do exame colpo citológico, assim como a insuficiência dos parâmetros de avaliação existentes. Sugeriram-se alguns indicadores e delinearam-se os aspectos fundamentais de um sistema integrado de informações operacionais e epidemiológicas. / Was situated the occurrence of cervical cancer in the context of the presence, as expressive of malignant neoplasms in the morbidity profile of the population. Discussed the peculiar pattern of coexistence in the country, also high and rising for typical forms of cancer societies at different stages of socioeconomic development risks . In relation to cervical cancer , there was a higher occurrence , and at younger ages , in the less developed regions of the country, the magnitude and age distribution in all areas , however, were consistent with those observed in regions of the world with high frequency of the disease. The high rates of detection of precursor lesions between the cytological examinations indicate, in addition to high risks, service catering mainly for symptomatic clientele. Is conjectured about the predictable rise of occurrence, depending on the persistence of poor living conditions, greater exposure to risk factors and the paucity of control activities. Low coverage and effectiveness of control measures, and the determinants of this situation problems at every level of activity were discussed. Criticized the inadequacy of rules in relation to the target population and the frequency of colpo cytological examination, as well as the failure of the parameters of assessment. Have been suggested and outlined some indicators are the key aspects of an integrated operational and epidemiological information.
16

Efeito protetor do açaí (Euterpeoleracea Martius) na promoção da carcinogênese de cólon em ratos Wistar /

Fragoso, Mariana Franco. January 2013 (has links)
Orientador: Luis Fernando Barbisan / Banca: Camila Renata Correa / Banca: Sérgio Britto Garcia / Resumo: Açaí, fruto da Euterpe oleraceae Martius, é consumido in natura e em uma variedade de bebidas e alimentos. Esse fruto tem sido bastante consumido e produzido no Brazil, devido à alta popularidade como alimento funcional com capacidade antioxidante e antiinflamatória. Este trabalho investigou o efeito protetor potencial do consumo da polpa de açaí (PA) seca por pulverização na carcinogênese de cólon induzida pela 1,2-dimetilhidrazina (DMH) em ratos Wistar adultos (peso médio de 200g). Após 4 semanas de administração de DMH, os grupos passaram a receber dieta padrão, dieta contendo 2.5% ou 5.0% de PA e 0.2% de N-acetilcisteína (NAC) durante 10 semanas de tratamento para análise de focos de criptas aberrantes (FCA). Adicionalmente, dois grupos receberam dieta padrão e dieta contendo 5.0% de PA durante 20 semanas de tratamento para análise de tumores de cólon. No experimento de 14 semanas, foi observada redução significante no número de criptas aberrantes (CA) e em FCA (1-3 CA) nos grupos que receberam 5.0% de PA e 0.2% de NAC (37% e 47% de inibição, p = 0.036; 37% e 41% de inibição, p = 0.042), respectivamente, quando comparados ao grupo não tratado. No experimento de 24 semanas, foi observada redução no número de adenocarcinomas invasivos e multiplicidade de tumores no grupo que recebeu 5.0% de PA na dieta (p < 0.005 e p = 0.001, respectivamente) quando comparados ao grupo não tratado. Além disso, redução significante na proliferação celular de tumores marcados com Ki-67 e na taxa de crescimento tumoral foi observada no grupo que recebeu 5.0% de PA (p = 0.003 e p = 0.001). Portanto, os resultados desse trabalho indicam que uma dieta acrescida de 5.0% da polpa de açaí seca por pulverização pode reduzir o desenvolvimento de FCA e de tumores de colón induzidos em ratos, indicando seu uso como um potencial alimento funcional / Abstract: Acai, fruit from Euterpe oleraceae Martius, is consumed in natura and in a variety of beverages and food preparations. This fruit has been widely consumed and produced in Brazil, due to the high popularity as a functional food with antioxidant and anti-inflammatory capacities. This study investigated the potential protective effect of spray-dried açai pulp (AP) intake on colon carcinogenesis induced by 1,2-dimethylhydrazine (DMH) in male adult Wistar rats (mean weight of 200g). After 4 weeks of DMH administration, groups were fed standard diet, diet containing AP at 2.5% or 5.0% or 0.2% N-acetylcysteine (NAC) during 10 weeks for analysis of aberrant crypt foci (ACF) as endpoint. Additionally, two groups were fed standard diet or diet containing AP at 5.0% during 20 weeks for analysis of colon tumor as endpoint. In 14-week ACF assay, a significant reduction in number of aberrant crypt (AC) and in ACF (1-3 AC) were observed in groups fed 5.0% AP and 0.2% NAC (37% and 47% inhibition, p = 0.036; 37% and 41% inhibition, p = 0.042), respectively, when compared to the untreated group. In 24-week tumor assay, a significant reduction in number of invasive adenocarcinomas and tumor multiplicity were observed in group fed 5.0% AP (p < 0.005 and p = 0.001, respectively) when compared to untreated group. Also, significant reduction in tumor Ki-67 cell proliferation and growth index was observed in group fed 5.0% AP (p = 0.003 and p = 0.001). Therefore, the findings of this study indicate that spray-dried açai pulp feeding at 5.0% may reduce the development of chemically-induced ACF and colon tumor in male rats, indicating their use as a potential functional food / Mestre
17

Efeitos da ingestão de Yacon (Smallanthus sonchifolius) sobre o processo de carcinogênese de cólon induzido pela 1, 2-dimetilhidrazina em ratos wistar /

Moura, Nelci Antunes de. January 2012 (has links)
Orientador: Luís Fernando Barbisan / Banca: Luís Antônio Justulim Júnior / Banca: Carlos Eduardo Andrade Chagas / Resumo: Yacon (Smallanthus sonchifolius) é uma raiz originária da região dos Andes que tem se destacado pelos seus compostos bioativos principalmente frutanos como futooligossacarídeos e inulina. O presente projeto teve como objetivo determinar a atividade quimioprotetora da ingestão de Yacon sobre o desenvolvimento de lesões pré-neoplásicas (focos de criptas aberrantes-FCA) induzidas pela dimetilhidrazina (DMH) em ratos Wistar machos. Os animais foram divididos em seis grupos com 5 a 12 animais cada. Os animais dos Grupos 1 a 4 e Grupos 5 e 6 receberam respectivamente, quatro injeções subcutâneas de DMH (40 mg/Kg) e solução de EDTA (veículo da DMH) nas duas semanas iniciais do experimento respectivamente. Os animais receberam ração basal até a sexta semana do experimento e a partir desta os animais dos grupos 2, 3, 4, 5 receberam ração acrescida de extrato de Yacon a 0,5%, 1%, 1% e 1%, respectivamente. Os animais do grupo 4 receberam Lactobacilus casei (2,5 x 1010 de UFC por Kg de ração). O sacrifício ocorreu na vigésima semana de experimento para análise de focos de criptas aberrantes (FCA) e tumores. Nossos resultados mostraram uma redução no número, multiplicidade de FCA e no número de adenocarcinomas invasivos nos grupos tratados com 1% yacon (G3) e na combinação simbiótica (G4), (0,05 < p < 0, 001). A multiplicidade de tumores (invasivos e não invasivos) foi significativamente menor no grupo tratado com a combinação simbiótica (p < 0,02). Observou-se também uma redução significativa nas taxas de proliferação celular tanto em criptas colônicas como em tumores nos grupos tratados com 1% yacon (G3) e na combinação simbiótica (G4), p < 0.001. Os resultados sugerem que a ingestão de extrato de yacon exerce atividade quimiopreventiva contra carcinogênese de cólon / Abstract: Yacon (Smallanthus sonchifolius) is a tuberous root native to the Andean region of South America which contains high amounts of inulin-type fructans. The present study investigated the beneficial potential of yacon root intake on development of colon carcinogenesis induced by 1,2-dimethylhydrazine (DMH) in male Wistar rats. Six groups were studied: Groups 1-4 were given four s.c. injections of DMH (40 mg/kg b.w.) twice a week, during two weeks, whereas Groups 4 and 5 received similar injections of EDTA solution (DMH vehicle). After 6 weeks of DMH-initiation, groups were fed with basal diet (G1 and G6) or basal diet containing dried extract of yacon root at 0.5% (G2), 1.0% (G3 and G5) or a synbiotic formulation (G4) (1.0% yacon root plus Lactobacillus casei at 2.5 x 1010 CFU per g diet) for 13 weeks. At 20 week, all animals were killed and the colons were analyzed for development of aberrant crypt foci (ACF) and tumor. A significant reduction in number and multiplicity of ACF and in number of invasive adenocarcinomas was observed in the groups orally treated with 1.0% yacon root (G3) or their synbiotic formulation (G4) (0.05 < p < 0.001). Tumor multiplicity (noninvasive plus invasive) was significantly lower solely in group fed with symbiotic formulation (p < 0.02). Also, a reduction in cell proliferation indexes in colonic crypt and tumor were observed in groups orally treated with 1.0% yacon root (G3) or their synbiotic formulation (G4) (p < 0.001). The findings this study suggest that yacon root intake may have potential as chemopreventive agent against colon carcinogenesis / Mestre
18

Efeito protetor do açaí (Euterpeoleracea Martius) na promoção da carcinogênese de cólon em ratos Wistar

Fragoso, Mariana Franco [UNESP] 21 February 2013 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:27:56Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-02-21Bitstream added on 2014-06-13T20:17:31Z : No. of bitstreams: 1 fragoso_mf_me_botfm.pdf: 663141 bytes, checksum: 3faf3707c9cd0b2583b7df103e5d313a (MD5) / Açaí, fruto da Euterpe oleraceae Martius, é consumido in natura e em uma variedade de bebidas e alimentos. Esse fruto tem sido bastante consumido e produzido no Brazil, devido à alta popularidade como alimento funcional com capacidade antioxidante e antiinflamatória. Este trabalho investigou o efeito protetor potencial do consumo da polpa de açaí (PA) seca por pulverização na carcinogênese de cólon induzida pela 1,2-dimetilhidrazina (DMH) em ratos Wistar adultos (peso médio de 200g). Após 4 semanas de administração de DMH, os grupos passaram a receber dieta padrão, dieta contendo 2.5% ou 5.0% de PA e 0.2% de N-acetilcisteína (NAC) durante 10 semanas de tratamento para análise de focos de criptas aberrantes (FCA). Adicionalmente, dois grupos receberam dieta padrão e dieta contendo 5.0% de PA durante 20 semanas de tratamento para análise de tumores de cólon. No experimento de 14 semanas, foi observada redução significante no número de criptas aberrantes (CA) e em FCA (1-3 CA) nos grupos que receberam 5.0% de PA e 0.2% de NAC (37% e 47% de inibição, p = 0.036; 37% e 41% de inibição, p = 0.042), respectivamente, quando comparados ao grupo não tratado. No experimento de 24 semanas, foi observada redução no número de adenocarcinomas invasivos e multiplicidade de tumores no grupo que recebeu 5.0% de PA na dieta (p < 0.005 e p = 0.001, respectivamente) quando comparados ao grupo não tratado. Além disso, redução significante na proliferação celular de tumores marcados com Ki-67 e na taxa de crescimento tumoral foi observada no grupo que recebeu 5.0% de PA (p = 0.003 e p = 0.001). Portanto, os resultados desse trabalho indicam que uma dieta acrescida de 5.0% da polpa de açaí seca por pulverização pode reduzir o desenvolvimento de FCA e de tumores de colón induzidos em ratos, indicando seu uso como um potencial alimento funcional / Acai, fruit from Euterpe oleraceae Martius, is consumed in natura and in a variety of beverages and food preparations. This fruit has been widely consumed and produced in Brazil, due to the high popularity as a functional food with antioxidant and anti-inflammatory capacities. This study investigated the potential protective effect of spray-dried açai pulp (AP) intake on colon carcinogenesis induced by 1,2-dimethylhydrazine (DMH) in male adult Wistar rats (mean weight of 200g). After 4 weeks of DMH administration, groups were fed standard diet, diet containing AP at 2.5% or 5.0% or 0.2% N-acetylcysteine (NAC) during 10 weeks for analysis of aberrant crypt foci (ACF) as endpoint. Additionally, two groups were fed standard diet or diet containing AP at 5.0% during 20 weeks for analysis of colon tumor as endpoint. In 14-week ACF assay, a significant reduction in number of aberrant crypt (AC) and in ACF (1-3 AC) were observed in groups fed 5.0% AP and 0.2% NAC (37% and 47% inhibition, p = 0.036; 37% and 41% inhibition, p = 0.042), respectively, when compared to the untreated group. In 24-week tumor assay, a significant reduction in number of invasive adenocarcinomas and tumor multiplicity were observed in group fed 5.0% AP (p < 0.005 and p = 0.001, respectively) when compared to untreated group. Also, significant reduction in tumor Ki-67 cell proliferation and growth index was observed in group fed 5.0% AP (p = 0.003 and p = 0.001). Therefore, the findings of this study indicate that spray-dried açai pulp feeding at 5.0% may reduce the development of chemically-induced ACF and colon tumor in male rats, indicating their use as a potential functional food
19

Efeitos da ingestão de Yacon (Smallanthus sonchifolius) sobre o processo de carcinogênese de cólon induzido pela 1, 2-dimetilhidrazina em ratos wistar

Moura, Nelci Antunes de [UNESP] 28 February 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:00Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-02-28Bitstream added on 2014-06-13T20:10:15Z : No. of bitstreams: 1 moura_na_me_botib.pdf: 645966 bytes, checksum: 470176f1b4d022fe7693f78122d3d799 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Yacon (Smallanthus sonchifolius) é uma raiz originária da região dos Andes que tem se destacado pelos seus compostos bioativos principalmente frutanos como futooligossacarídeos e inulina. O presente projeto teve como objetivo determinar a atividade quimioprotetora da ingestão de Yacon sobre o desenvolvimento de lesões pré-neoplásicas (focos de criptas aberrantes-FCA) induzidas pela dimetilhidrazina (DMH) em ratos Wistar machos. Os animais foram divididos em seis grupos com 5 a 12 animais cada. Os animais dos Grupos 1 a 4 e Grupos 5 e 6 receberam respectivamente, quatro injeções subcutâneas de DMH (40 mg/Kg) e solução de EDTA (veículo da DMH) nas duas semanas iniciais do experimento respectivamente. Os animais receberam ração basal até a sexta semana do experimento e a partir desta os animais dos grupos 2, 3, 4, 5 receberam ração acrescida de extrato de Yacon a 0,5%, 1%, 1% e 1%, respectivamente. Os animais do grupo 4 receberam Lactobacilus casei (2,5 x 1010 de UFC por Kg de ração). O sacrifício ocorreu na vigésima semana de experimento para análise de focos de criptas aberrantes (FCA) e tumores. Nossos resultados mostraram uma redução no número, multiplicidade de FCA e no número de adenocarcinomas invasivos nos grupos tratados com 1% yacon (G3) e na combinação simbiótica (G4), (0,05 < p < 0, 001). A multiplicidade de tumores (invasivos e não invasivos) foi significativamente menor no grupo tratado com a combinação simbiótica (p < 0,02). Observou-se também uma redução significativa nas taxas de proliferação celular tanto em criptas colônicas como em tumores nos grupos tratados com 1% yacon (G3) e na combinação simbiótica (G4), p < 0.001. Os resultados sugerem que a ingestão de extrato de yacon exerce atividade quimiopreventiva contra carcinogênese de cólon / Yacon (Smallanthus sonchifolius) is a tuberous root native to the Andean region of South America which contains high amounts of inulin-type fructans. The present study investigated the beneficial potential of yacon root intake on development of colon carcinogenesis induced by 1,2-dimethylhydrazine (DMH) in male Wistar rats. Six groups were studied: Groups 1–4 were given four s.c. injections of DMH (40 mg/kg b.w.) twice a week, during two weeks, whereas Groups 4 and 5 received similar injections of EDTA solution (DMH vehicle). After 6 weeks of DMH-initiation, groups were fed with basal diet (G1 and G6) or basal diet containing dried extract of yacon root at 0.5% (G2), 1.0% (G3 and G5) or a synbiotic formulation (G4) (1.0% yacon root plus Lactobacillus casei at 2.5 x 1010 CFU per g diet) for 13 weeks. At 20 week, all animals were killed and the colons were analyzed for development of aberrant crypt foci (ACF) and tumor. A significant reduction in number and multiplicity of ACF and in number of invasive adenocarcinomas was observed in the groups orally treated with 1.0% yacon root (G3) or their synbiotic formulation (G4) (0.05 < p < 0.001). Tumor multiplicity (noninvasive plus invasive) was significantly lower solely in group fed with symbiotic formulation (p < 0.02). Also, a reduction in cell proliferation indexes in colonic crypt and tumor were observed in groups orally treated with 1.0% yacon root (G3) or their synbiotic formulation (G4) (p < 0.001). The findings this study suggest that yacon root intake may have potential as chemopreventive agent against colon carcinogenesis
20

Efeitos anti-inflamatório e antitumoral dos constituintes de Qualea grandiflora no tumor de Ehrlich /

Quilles, Marcela Bassi. January 2013 (has links)
Orientador : Iracilda Zeppone Carlos / Banca: Fernanda de Freitas Aníbal / Banca: Luis Vitor da Silva Sacramento / Banca: Luciana Simon Pereira Crott / Banca: \denise Fecchio / Resumo: O câncer de mama é uma das maiores causas de morte dentre as mulheres, seguido pelo câncer de colo de útero. Os tratamentos geralmente utilizados são extremamente agressivos e na maioria das vezes causando efeitos deletérios as células do hospedeiro. Os macrófagos são as primeiras células a serem ativadas para participar de uma resposta imunológica propriamente dita, são células capazes de secretar mais de cem produtos biologicamente ativos, entre esses, espécies reativas de nitrogênio e citocinas que atuam no contexto da resposta imunológica e/ou inflamatória. Qualea grandiflora Mart (Q. grandiflora) da família Vochysiaceae é uma planta do cerrado brasileiro, utilizada na medicina popular no tratamento de úlceras, gastrites, amebíase, diarréia com sangue, cólicas intestinais e inflamações. Estudos realizados anteriormente em nosso laboratório demonstraram que espécies de Qualea sp. apresentou atividade antitumoral in vitro extremamente seletiva para tumor de mama murino (linhagem LM3) e ainda apresenta características anti-inflamatórias através da inibição expressiva da produção dos mediadores imunológicos NO, IL-1 e IL-12 pelos macrófagos peritoneais murinos ativados com LPS. A partir destes resultados, propusemos avaliar neste trabalho uma forma alternativa de tratamento contra o câncer de mama experimental empregando-se um extrato bruto (EH), uma fração terpênica (FT) derivada do extrato hexânico de Q. grandiflora e a substância isolada β-sitosterol (BS), em modelo experimental de Ehrlich concomitante à avaliação dos efeitos imunológicos das substâncias testadas, no animal. Como droga padrão dos experimentos realizados, utilizou-se o Taxol® (Paclitaxel- TX). Foi determinado in vitro a citotoxicidade celular de células do exsudado peritoneal de camundongos e células tumorais de Ehrlich, após incubação com os diferentes tratamentos pela técnica de MTT, analise da angiogênese pela dosagem... / Abstract: Breast cancer is a leading cause of death among women, followed by cervix cancer. The treatments normally used are highly aggressive, and most often causing deleterious effects on host cells. Macrophages are the first cells to be activated to participate in an immune response itself, cells are able to secrete more than hundred biologically active products, among these, reactive nitrogen species and cytokines that act in the context of immune and / or inflammatory. Qualea grandiflora Mart (Q. grandiflora) family Vochysiaceae is a plant of the Brazilian Cerrado, used in folk medicine in the treatment of ulcers, gastritis, amebiasis, bloody diarrhea, intestinal cramps and inflammation. Previous studies in our laboratory have shown that species Qualea sp. showed in vitro antitumor activity extremely selective murine breast tumor (line LM3) and also has anti-inflammatory characteristics by the significant inhibition of the production of immune mediators NO, IL-1 and IL-12 by murine peritoneal macrophages activated with LPS. From these results, we propose to evaluate this work an alternative form of treatment for breast cancer by employing a crude extract (EH), a fraction terpene (FT) derived from the hexane extract of Q. grandiflora and substance isolated β-sitosterol (BS) in an experimental model of Ehrlich concomitant evaluation of the immunological effects of the tested substances in the animal. As standard drug of experiments, we used Taxol ® (Paclitaxel-TX). It has been determined in vitro cytotoxicity of peritoneal exudate cells of mice and Ehrlich tumor cells after incubation with the different treatments using the technique of MTT analysis of VEGF angiogenesis by measuring the ocorência apoptosis in tumor cells by techniques Tunel and annexin V as well as the inhibition of nitric oxide (NO) and TNF-α, IL-1, IL-12 and IL-6. In addition, it was determined the rate of in vivo tumor inhibition and histological analysis by light ... / Doutor

Page generated in 0.0869 seconds