• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 160
  • 1
  • Tagged with
  • 161
  • 80
  • 47
  • 45
  • 44
  • 38
  • 26
  • 21
  • 20
  • 19
  • 16
  • 14
  • 13
  • 12
  • 12
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Prevalência de ectoparasitos em caprinos e ovinos do município de Mossoró, Rio Grande do Norte / Prevalence of ectoparasites in goat and sheep in the city Mossoro, states of Rio Grande do Norte

Bezerra, Ana Carla Diógenes Suassuna 02 May 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-15T20:31:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ana Carla Diogenes Suassuna Bezerra.pdf: 4743309 bytes, checksum: 21a42c884d2564a7d3ec54fe73b2d368 (MD5) Previous issue date: 2007-05-02 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / significant loss in the productive of the flock. Have been examined 15 establishments of reform agrarian in the period between august 2005 at november 2006, with objective of identify ectoparasites the of goat and sheep. After the animal s exam, was proceeded the scraped, exam direct of fur and collect of pavilion headphone. Of the 494 goat inspect, 89.87% had positive, while 76.72% sheep. The arthropods identified in goat was: Damalinia caprae (89.87%), Rhipicephalus microplus (1.01%), furthermore, the larvae of Cochliomyia hominivorax (0.4%), Psoroptes cuniculi (0.4%), and Ctenocephalides felis (3.23%), Amblyomma parvum (1.01%) and Linognathus stenopsis (0.2%), that for the first time examine this specie within of the Nordeste s brasilian. And several multiparasitism of the D. caprae with R. microplus (0.46%) and P. cuniculi with D. caprae (0.23%). In sheep D. caprae with R. microplus (0.46%)p was found D. ovis (74.5%), R. microplus (0.86%), larvae of C. hominivorax (0.43%) and A. parvum (0.43%) was resisted in fist time, into species, within of the region Nordeste s Brazil being added, the association of D. ovis with R. microplus (0.56%). In relation to the sex and old animals, haven t association (p>0.05). In roll to the period year, have difference (p<0.05), with epoch drought to demonstrating big prevalence (82.15%). To return important the development of studies to evaluate your important as factor limit for production animals / Os caprinos e ovinos apresentam uma diversidade de ectoparasitos que podem resultar perdas consideráveis na produtividade desses animais. Foram visitados 15 assentamentos de reforma agrária, de agosto de 2005 a novembro de 2006, com o objetivo de identificar ectoparasitas de caprinos e ovinos, onde procedeu-se realização de raspados, exames diretos e coletas de exsudato do pavilhão auricular. Dos 494 caprinos examinados, 89,87% apresentaram ectoparasitos, e 76,72% dos ovinos. Os artrópodes identificados em caprinos foram: Damalinia caprae (80,76%), Rhipicephalus microplus (1,01%), larvas de Cochliomyia hominivorax (0,6%), Psoroptes cuniculi (0,4%), além de Ctenocephalides felis (3,23%), Amblyomma parvum (1,01%) e Linognathus stenopsis (0,2%), que pela primeira vez foram descritos no Nordeste brasileiro. E parasitismo misto de D. caprae com R. microplus (0,46%) P. cuniculi com D. caprae (0,23%). Em ovinos foram D. ovis (74,5%), R. microplus (0,86%), larvas de C. hominivorax (0,43%) e A. parvum (0,43%), que foi registrado pela primeira vez, nessa espécie, no Nordeste do Brasil. Além, da associação de D. ovis com R. microplus (0,56%). No que concerne ao sexo e a idade, não houve associação (p>0,05). Em relação ao período do ano, houve diferença (p<0,05), com a época seca demonstrando maior prevalência (82,15%). Torna-se importante o desenvolvimento de estudos para avaliar a sua importância como fator limitante à produção animal
32

Inquérito sorológico para detecção de anticorpos de Toxoplasma gondii em caprinos (Capra hircus) criados nos municípios de Gravataí e Viamão, região da Grande Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Maciel, Karen Praetzel January 2004 (has links)
A toxoplasmose é uma das enfermidades parasitárias mais difundidas entre as transmissíveis. Novos aspectos parecem justificar o reaparecimento da questão da toxoplasmose, uma vez que ela vem sendo diagnosticada em um número crescente de pacientes com imunossupressão devida a várias causas tais como doenças malignas, transplantes de órgãos e principalmente, a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS). Mais de 50% da população humana mundial acha-se infectada pelo Toxoplasma gondii com variações determinadas por fatores climáticos, sócio-econômicos, tipo de contato com animais, em especial o gato e costumes alimentares relacionados ao consumo de carnes. O T. gondii é um protozoário que infecta praticamente todas as espécies animais. A caprinocultura é uma atividade bastante exercida no Estado, sendo que representa 0,4% de sua atividade pecuária total. O objetivo deste trabalho foi avaliar o papel desempenhado pela espécie caprina na transmissão do T.gondii. A amostragem foi estratificada por idade e gênero. Foram analisadas 360 amostras de soros de caprinos, através da técnica de Hemaglutinaçao Indireta (HAI) e Imunofluorescência Indireta (IFI). Os resultados obtidos pela HAI estimam uma freqüência de 19 % de soro-positividade e pela IFI de 30%, o que representa índices elevados. Em relação a Hemaglutinação Indireta, na variável gênero, foi observada uma freqüência de 20,1% de soropositividade para os machos e 19,3% para as fêmeas, enquanto que na variável idade, os resultados demonstraram freqüências de 16,5% para os indivíduos jovens e 21,1% para os adultos. No que tange à Imunofluorescência Indireta, a variável gênero demonstrou uma freqüência de 14,44% de soropositivos para os machos e 15,56% para as fêmeas. Na variável idade, através desta mesma técnica, observou-se uma freqüência de soropositividade de 13,06% para indivíduos jovens e de 16,94% para indivíduos adultos. Ao compararem-se as duas técnicas os dados obtidos revelam uma associação significativa entre elas, com uma índice de co-positividade para a HAI de 78,6% e de co-negatividade de 81,7%. O índice Kappa utilizado para medir o grau de concordância entre as duas técnicas foi igual a 0,5% que evidencia um grau de concordância moderado entre as técnicas, recomendando, desta forma o uso cauteloso da HAI na espécie caprina. Os dados obtidos nos permitem concluir que os caprinos criados na região estudada podem ser fonte de transmissão de T. gondii.
33

Avaliação da resposta humoral de caprinos infectados com duas linhagens de corynebacterium pseudotuberculosis através de diferentes testes elisa indiretos

Cerqueira, Robson Bahia January 2006 (has links)
Submitted by Hiolanda Rêgo (hiolandarego@gmail.com) on 2016-09-01T17:09:28Z No. of bitstreams: 1 Dissertação_ICS_Robson Bahia Cerqueira.pdf: 448377 bytes, checksum: 8fd6e1c0b18fb33f9312c9869e1631ed (MD5) / Made available in DSpace on 2016-09-01T17:09:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação_ICS_Robson Bahia Cerqueira.pdf: 448377 bytes, checksum: 8fd6e1c0b18fb33f9312c9869e1631ed (MD5) / Corynebacterium pseudotuberculosis é o agente etiológico da linfadenite caseosa em ovinos e caprinos. Esta doença, de curso crônico, caracteriza-se pela formação de granulomas nos linfonodos e em órgãos internos, como forma de resposta do sistema imune do hospedeiro à penetração deste agente que resiste à ação bactericida das células fagocíticas. Apesar da resposta imune envolver todos os componentes das imunidades inata e adquirida, a natureza dos antígenos protetores ainda é desconhecida. O presente estudo avaliou a resposta imune humoral a partir do soro caprino coletado de grupos de animais infectados com a linhagem atenuada T1, a linhagem virulenta VD 57 e um grupo controle inoculado com PBS-T. Esses grupos foram acompanhados durante 12 semanas e os níveis de anticorpos específicos foram avaliados por cinco diferentes ensaios imunoenzimáticos indiretos utilizando os antígenos MQD, TPP, BHI e as frações Q5 e Q6. A sensibilidade e especificidade do teste ELISA indireto Q5 foram de 97,8% e, 95,6% respectivamente e a sensibilidade e especificidade do teste ELISA indireto Q6 foi de 91,1% e 95,6%. Os testes ELISA indireto MQD, Q5 e Q6 apresentam uma capacidade de discriminação maior entre os animais infectados com uma linhagem selvagem VD 57 comparados aos animais infectados com uma linhagem atenuada T1.
34

Avaliação de Aspectos da Resposta Imunológica em Caprinos Co-infectados com Corynebacterium pseudotuberculosis e Haemonchus contortus

Sales, Tatiane Santana 06 1900 (has links)
Submitted by Pós Imunologia (ppgimicsufba@gmail.com) on 2017-02-14T17:04:39Z No. of bitstreams: 1 TESE-TATIANE SANTANA SALES.pdf: 2251188 bytes, checksum: 871fe88b233e8e23e585f22cc3a33431 (MD5) / Approved for entry into archive by Delba Rosa (delba@ufba.br) on 2017-03-23T12:58:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TESE-TATIANE SANTANA SALES.pdf: 2251188 bytes, checksum: 871fe88b233e8e23e585f22cc3a33431 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-23T12:58:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TESE-TATIANE SANTANA SALES.pdf: 2251188 bytes, checksum: 871fe88b233e8e23e585f22cc3a33431 (MD5) / FAPESB / Na caprino-ovinocultura do nordeste brasileiro observa-se alta prevalência da infecção por Corynebacterium pseudotuberculosis que resulta na Linfadenite Caseosa, gerando prejuízos econômicos significativos. O nematódeo gastrointestinal Haemonchus contortus também infecta os pequenos ruminantes, resultando em prejuízos econômicos e produtivos. Dessa forma, é importante a compreensão da interferência da infecção pelo H. contortus na possível modulação imune contra C. pseudotuberculosis em caprinos. Uma vez que a infecção por C. pseudotuberculosis desenvolve uma resposta Th1 predominante e que o H. contortus, induz uma expressiva estimulação Th2. O presente estudo avaliou a indução de resposta imune humoral e celular contra o Corynebacterium pseudotuberculosis em caprinos co-infectados pelo nematóide Haemonchus contortus. Assim, nos diferentes grupos experimentais, caprinos foram inoculados ou não com 107 UFC de uma linhagem de alta virulência (C57) de C. pseudotuberculosis, por via subcutânea, e com aproximadamente 10.000 larvas infectante L3 de H. contortus por via oral. Foram acompanhados por um período de oito meses até serem necropsiados. Utilizou-se o teste ELISA e westen blotting para o acompanhamento da cinética da resposta e da reatividade específica por anticorpos da classe IgG e a dosagem de IFN- para avaliação da reatividade in vitro, em culturas de sangue periférico estimuladas com antígenos destes dois patógenos. A técnica parasitológica de OPG e a morfométrica das células inflamatórias na mucosa abomasal foram realizadas para avaliação in loco da infecção pelo nematódeo. Os resultados evidenciaram expressivos níveis de anticorpos e uma reduzida produção da citocina IFN- contra o C. pseudotuberculosis nos animais co-infectados, que manifestaram lesões nos linfonodos internos e em algumas vísceras e alta carga parasitária. Ainda nos animais co-infectados observou-se níveis menos expressivos de IgG anti-H. contortus. Quanto ao reconhecimento antigênico através do wesrtern blotting, identificou-se oito proteínas de C. pseudotuberculosis e cinco proteínas do helminto. A ocorrência da resposta imune inata foi observada através da análise morfométrica da mucosa abomasal, onde foram identificados os linfócitos, eosinófilos, plasmócitos e macrófagos em todos os grupos; e uma população de mastócitos expressiva nos grupos infectados com este verme. Com os resultados obtidos conclui-se que as respostas imunes inata e adaptativa contra o H. contortus implicam numa significativa estimulação de mecanismos Th2. Os resultados também sugerem que tal estimulação module negativamente a resposta Th1 contra o C. pseudotuberculosis, entretanto, torna-se necessário novos estudos para a melhor compreensão desta modulação. / In goat and sheep breeding in northeastern Brazil, observed a high prevalence of infection with Corynebacterium pseudotuberculosis resulting in caseous lymphadenitis, causing significant economic losses. Gastrointestinal nematode Haemonchus contortus also infect small ruminants, resulting in economic and production losses. Thus, it is important to understand the interference of infection with H. contortus in possible immune modulation against C. pseudotuberculosis in goats. Once infection with C. pseudotuberculosis develops a predominantly Th1 response and H. contortus, induces a significant stimulation of Th2. This study evaluated the induction of humoral and cellular immune response against Corynebacterium pseudotuberculosis in co-infected goats by Haemonchus contortus. Thus, the different experimental groups, goats were inoculated with or without 107 CFU of a highly virulent strain (C57) of C. pseudotuberculosis, subcutaneously, and approximately 10.000 infective larvae L3 H. contortus orally. They were followed by a period of eight months before being necropsied. We used ELISA and Westen blotting for monitoring the response kinetics and specific reactivity of antibodies of the IgG and IFN- dosage for evaluation of in vitro reactivity in peripheral blood cultures stimulated with antigens of these two pathogens. The parasitological technique OPG and morphometric of inflammatory cells in the abomasal mucosa were performed to on-site evaluation of nematode infection. The results showed significant levels of antibodies and a reduced production of IFN- cytokine against C. pseudotuberculosis in co-infected animals, which showed lesions in lymph nodes and internal in some viscera and high parasite load. Also in co-infected animals there was less significant levels of IgG anti-H.contortus. As for the antigen recognition by westen blotting, it identified eight proteins of C. pseudotuberculosis and five proteins helminth. The occurrence of the innate immune response was observed using the morphometric analysis of the abomasal mucosa were identified where lymphocytes, eosinophils, plasma cells and macrophages in all groups; and a population of mast cells in significant with this worm groups infected. With the results obtained it is concluded that the innate and adaptive immune responses against H. contortus imply a significant stimulation of Th2 mechanisms. The results also suggest that such stimulation negatively modulates the Th1 response against C. pseudotuberculosis, however, it is necessary to further studies to better understand this negative regulation.
35

Análise técnica e econômica para aproveitamento da biomassa caprina em biodigestores no Semi-Árido Baiano

Haack, Sheyla Caetano January 2009 (has links)
209f. / Submitted by Suelen Reis (suziy.ellen@gmail.com) on 2013-03-13T14:06:58Z No. of bitstreams: 1 Sheyla%20Haackseg.pdf: 3752782 bytes, checksum: 430294cbdab383756652a1b69de0efd2 (MD5) / Approved for entry into archive by Vania Magalhaes(magal@ufba.br) on 2013-03-14T13:21:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Sheyla%20Haackseg.pdf: 3752782 bytes, checksum: 430294cbdab383756652a1b69de0efd2 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-03-14T13:21:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sheyla%20Haackseg.pdf: 3752782 bytes, checksum: 430294cbdab383756652a1b69de0efd2 (MD5) Previous issue date: 2009 / O esgotamento de algumas fontes de energia de origem fóssil gerado pelo aumento da demanda dos últimos anos, e a conscientização mundial quanto às questões ambientais, têm levado a uma busca contínua por novas formas sustentáveis de produção. Nesse novo contexto a tecnologia da biodigestão representa uma possibilidade na geração de energia limpa e, ao mesmo tempo, de redução dos impactos ambientais. O estado da Bahia possui o maior rebanho de caprino do Brasil, cuja geração de dejetos pode propiciar problemas de ordem sanitária. O aproveitamento desses resíduos, através do processo de biodigestão, além de tratar esses agentes poluentes, gera biogás, energia renovável e limpa, e biofertilizante, uma grade fonte de nutrientes para o solo. Este estudo avalia a viabilidade técnica e econômica para implantação de biodigestores no semiárido baiano, tendo como base o aproveitamento dos dejetos de caprinos. A metodologia aplicada partiu do processo de biodigestão e dos conceitos de sustentabilidade. Para tanto, foi realizado um mapeamento dos municípios baianos selecionados de acordo com critérios de regiões com rebanhos de caprinos, disponibilidade e qualidade da água. Foram caracterizados os dejetos caprinos para a geração de energia (biogás) e dos efluentes (biofertilizante), quantificando-se os resíduos e a produção de biogás e de biofertilizantes. Posteriormente foram calculados indicadores técnicos como: volume de biogás gerado, composição química, equivalência energética como GLP, a conversão do biogás em eletricidade, o volume de biofertilizante, equivalência ao fertilizante sintético e o crédito de carbono. A viabilidade técnica e econômica envolveu a análise do desempenho do processo de biodigestão, sua conversão em valores econômicos e os cálculos B/C, VPL, TIR e Payback. Para tanto, estimaram-se investimentos para implantação de biodigestores em função da quantidade de caprinos, incluindo ou não, os custos de mão de obra. Os resultados encontrados evidenciam que em certas condições, a implantação não é viável para o horizonte de vida útil do biodigestor e para tamanhos reduzidos de rebanho. Os principais aspectos encontrados estiveram vinculados aos casos de incorporação da mão de obra e do crédito de carbono. Os estudos também evidenciaram forte viabilidade para o uso em unidades de agricultura familiar em que a mão de obra não está incorporada, principalmente quando há aproveitamento dos dejetos na geração de biogás para uso como GLP e geração de eletricidade e do biofertilizante, chegando a apresentar um payback menor que dois anos e taxas de retorno TIR de até 66% para o aproveitamento combinado de GLP e biofertilizante. / Salvador
36

Inquérito sorológico para detecção de anticorpos de Toxoplasma gondii em caprinos (Capra hircus) criados nos municípios de Gravataí e Viamão, região da Grande Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Maciel, Karen Praetzel January 2004 (has links)
A toxoplasmose é uma das enfermidades parasitárias mais difundidas entre as transmissíveis. Novos aspectos parecem justificar o reaparecimento da questão da toxoplasmose, uma vez que ela vem sendo diagnosticada em um número crescente de pacientes com imunossupressão devida a várias causas tais como doenças malignas, transplantes de órgãos e principalmente, a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS). Mais de 50% da população humana mundial acha-se infectada pelo Toxoplasma gondii com variações determinadas por fatores climáticos, sócio-econômicos, tipo de contato com animais, em especial o gato e costumes alimentares relacionados ao consumo de carnes. O T. gondii é um protozoário que infecta praticamente todas as espécies animais. A caprinocultura é uma atividade bastante exercida no Estado, sendo que representa 0,4% de sua atividade pecuária total. O objetivo deste trabalho foi avaliar o papel desempenhado pela espécie caprina na transmissão do T.gondii. A amostragem foi estratificada por idade e gênero. Foram analisadas 360 amostras de soros de caprinos, através da técnica de Hemaglutinaçao Indireta (HAI) e Imunofluorescência Indireta (IFI). Os resultados obtidos pela HAI estimam uma freqüência de 19 % de soro-positividade e pela IFI de 30%, o que representa índices elevados. Em relação a Hemaglutinação Indireta, na variável gênero, foi observada uma freqüência de 20,1% de soropositividade para os machos e 19,3% para as fêmeas, enquanto que na variável idade, os resultados demonstraram freqüências de 16,5% para os indivíduos jovens e 21,1% para os adultos. No que tange à Imunofluorescência Indireta, a variável gênero demonstrou uma freqüência de 14,44% de soropositivos para os machos e 15,56% para as fêmeas. Na variável idade, através desta mesma técnica, observou-se uma freqüência de soropositividade de 13,06% para indivíduos jovens e de 16,94% para indivíduos adultos. Ao compararem-se as duas técnicas os dados obtidos revelam uma associação significativa entre elas, com uma índice de co-positividade para a HAI de 78,6% e de co-negatividade de 81,7%. O índice Kappa utilizado para medir o grau de concordância entre as duas técnicas foi igual a 0,5% que evidencia um grau de concordância moderado entre as técnicas, recomendando, desta forma o uso cauteloso da HAI na espécie caprina. Os dados obtidos nos permitem concluir que os caprinos criados na região estudada podem ser fonte de transmissão de T. gondii.
37

Desempenho de caprinos alimentados com fontes protéicas não- lácteas substituindo o leite de cabra / Performance of goat kids fed protein ingredients based on non-dairy products as goat milk protein replacers

Branco, Renata Helena 23 March 2001 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2017-07-05T16:17:07Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 494898 bytes, checksum: 3df18ecedaf60a0bf4ec9b8beb257e19 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-05T16:17:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 494898 bytes, checksum: 3df18ecedaf60a0bf4ec9b8beb257e19 (MD5) Previous issue date: 2001-03-23 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Este trabalho foi realizado para avaliar a viabilidade da substituição do leite de cabra por fontes protéicas não-lácteas. Foram avaliados o desempenho, a biometria dos órgãos, o desenvolvimento das papilas do rúmen dos sacos ventral e dorsal e as alterações histológicas da região distal do duodeno de cabritos na fase de aleitamento e a influência da substituição no período de pós-aleitamento. Dois experimentos foram realizados: no primeiro, 54 cabritos foram distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, em arranjo fatorial 4 x 2 +1, sendo utilizadas quatro fontes de substituição (soja micronizada, farinha de glúten de milho, farinha de vísceras e células vermelhas do sangue animal), dois níveis de substituição da proteína láctea (20 e 40%) e um tratamento controle, onde foi fornecido leite de cabra. Os animais iniciaram o período experimental com 30 dias de idade e peso médio de 7,71 ± 1,12 kg permanecendo no experimento até 60 dias de idade, quando foram abatidos com pesos de 13,16 ± 1,64 kg não diferindo (P>0,05) entre os tratamentos. A alimentação foi constituída de feno de capim "tifton" (Cynodum spp.) e concentrado comercial, fornecidos à vontade, uma vez ao dia. Os animais submetidos ao tratamento controle (leite de cabra) apresentaram menor consumo de matéria seca (CMS) proveniente do feno e do concentrado e menor consumo de proteína bruta (CPB), apresentaram (P<0,01) menores pesos de rúmen- retículo (RR) e maiores pesos de abomaso (AB). Foram encontrados diferenças (P<0,05) para peso do intestino grosso, peso do omaso, e peso total das vísceras, quando comparados os animais do tratamento controle com àqueles dos demais tratamentos. Os valores médios dos pesos de rúmen-retículo e abomaso, quando expressos em função do peso total do estômago, diferiram (P<0,01) quando foram comparados os animais submetidos ao tratamento controle com àqueles dos demais tratamentos. Os cabritos submetidos aos tratamentos com soja micronizada apresentaram valores médios superiores (P<0,05) da espessura da lâmina própria da camada glandular, quando comparados aos submetidos aos demais tratamentos. No segundo experimento 54 animais com 15 dias de idade, foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial com os mesmos tratamentos do Experimento 1. Neste experimento 27 animais foram abatidos aos 60 dias, permanecendo o restante até 120 dias de idade. O CMS total e o CPB diferiram (P<0,01) no período de aleitamento, quando foram comparados as fontes de substituição, sendo que os animais dos tratamentos com células vermelhas apresentaram maiores consumos diferindo apenas daqueles submetidos aos tratamentos com farinha de vísceras. Os pesos iniciais e finais foram de 4,93 ± 0,88 kg e 11,84 ± 1,75 kg respectivamente, apresentando diferença (P<0,05) para peso médio final. O GMD foi influenciado (P<0,05) pelas fontes de substituição, os animais submetidos ao tratamento controle apresentaram melhores ganhos. No período de pós-aleitamento não foram observados diferenças (P>0,05) entre peso inicial e peso final, 12,26 kg (± 1,42) e 20,07 kg ( ± 1,68), respectivamente, CMS e GMD. O peso vivo ao abate, o peso de corpo vazio, o peso e o rendimento da carcaça foram influenciados (P<0,05) pelas fontes de substituição. Os valores de Rúmen- retículo quando expressos em função do peso total do estômago foram diferentes (P<0,05) quando comparados os tratamentos. Quando comparados as fontes de substituição, os valores médios de altura das papilas do saco ventral, altura de vilosidade e de profundidade das glândulas de Lieberkühn diferiram (P<0,01), o que não ocorreu no experimento 1. Conclui-se que a substituição da proteína do leite de cabra pelas fontes protéicas não-lácteas em estudo, pode ser realizada em até 40%. / The objective of this study was to evaluate the feasibility of replacing dairy goat milk protein by alternative sources of protein from non-dairy products. It was measured the animal response, biometry of viscera, development of rumen papillae, ventral and dorsal sac and histology of distal region of duodenum of kids during the pre weaning period and its influence on animal response during 60 days after weaning. Two experiments were conducted: In experiment 1, male kids (n=54) were assigned to nine treatments, in a completely randomized design in a factorial arrangement of 4 x 2 + 1, were four sources of protein (micronized soybean, corn gluten meal, viscera meal, and spray dried red blood cells), two level of substitution of milk prote in (20 and 40%) and a control treatment represented by the goat milk. Animals were 30 day -old, weighing 7.71±1.12 kg, and slaughtered at 60 days of age weighing 13.16±1.64 kg with no difference (P>0.05) among treatments. Tifton grass hay (Cynodum spp), and a conventional kid starter were fed ‘ad libitum’ once daily. Animals fed goat milk (control treatment) had a lower dry matter and protein intake from hay and concentrate and presented the lowest reticulo-rumen- weight and the highest abomasum weight (P<0.01). Differences were found (P<0.05) for weight of large intestine, omasum and viscera, as treatments were compared to the control. Rumen- reticulum, and abomasum weight, expressed as percentage of stomach weight, differed (P<0.01) as the control diet was c ompared to treatments. Goat kids receiving micronized soybean presented a higher value (P<0.05) for thickness of glandular lamina propria, as compared to other treatments. In experiment 2, fifty four 15-day-old goat kids were assigned to treatments as described for experiment 1. Twenty seven kids were slaughtered as they reached 60 day -old, the remaining animals, weaned, and slaughtered at 120 day -old. Dry matter and protein intake differed (P<0.01) among treatments during time before weaning, with the highest intake observed as animals were fed red blood cells and the lowest for viscera meal. Initial and final weight were 4.93±0.88 kg and 11.84±1.75 kg, respectively, with differences (P<0.05) among treatments for final weight. Average daily gain differed (P<0.05) among sources of protein, with highest values observed on animals receiving goat milk. No difference was found (P>0.05) for initial and final weight (12.26±1.42 kg and 20.07±1.68 kg, respectively), dry matter intake, and average daily gain, among treatments, during the post weaning period. Body weight, empty body weight, carcass weight, and dressing percentage, weight of rumen reticulum, expressed as a percentage of stomach, differed (P<0.05) among sources of protein.. Unlike the experiment 1, average values for height of ventral sac papillae , villous height, and height of Lieberkühn glands, differed (P<0.01) among treatments. It is concluded that sources of non-dairy protein studied can replace up to 40 % of crude protein from goat milk without detrimental effects on performance of preruminant goat kids. / Dissertação importada do Alexandria
38

Carboidratos solúveis em detergente neutro em dietas de cabras leiteiras / Neutral detergent soluble carbohydrate in dairy goats diets

Bomfim, Marco Aurélio Delmondes 26 February 2003 (has links)
Submitted by Nathália Faria da Silva (nathaliafsilva.ufv@gmail.com) on 2017-07-11T14:46:51Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 384347 bytes, checksum: c3a82089898568ec2c1e119d1cf4f74a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-11T14:46:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 384347 bytes, checksum: c3a82089898568ec2c1e119d1cf4f74a (MD5) Previous issue date: 2003-02-26 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Três experimentos foram conduzidos para avaliar possíveis interações entre os perfis de carboidratos solúveis em detergente neutro e fontes de fibra para cabras leiteiras sob dietas contendo baixa concentração de fibra. No primeiro trabalho, foram utilizadas cinco cabras em delineamento em quadrado latino 5 x 5 para avaliar o efeito de cinco quocientes entre amido + açúcares solúveis em relação à fibra solúvel em detergente neutro (AmAs:FSDN), em base forrageira de feno de alfafa (Medicago sativa). Os tratamentos foram definidos pela razão entre AmAs:FSDN de 0,89; 1,05; 1,24; 1,73; e 2,92. Foram medidos o consumo, a digestibilidade, o balanço de nitrogênio, a produção e constituintes lácteos, além do comportamento ingestivo. A digestibilidade da matéria seca, da FDN e dos Carboidratos Solúveis em Detergente Neutro (CSDN) reduziu de forma linear, com o aumento nos níveis de amido e açúcares. O aumento na razão AmAs:FSDN reduziu a excreção urinária, resultando em incremento na retenção de nitrogênio. O segundo trabalho foi planejado da mesma forma que o primeiro, com exceção da fonte de fibra forrageira das dietas, que, neste caso, foi a o feno de capim-Tifton 85 (Cynodon spp), o que resultou em alteração das razões entre AmAs:FSDN estudadas, que foram: 1,34; 1,94; 2,08; 3,95; e 9,04. Houve tendência de efeito quadrático da razão estudada sobre o consumo de matéria seca, o que pode ter contribuído para o efeito significativo dos tratamentos sobre o consumo de CSDN, proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE) e energia (EL 3X ). A digestibilidade da matéria seca (DMS) reduziu linearmente com o aumento nos níveis de amido e açúcar, que foi influenciada pela redução, também linear, da digestibilidade da fibra e do CSDN. A retenção de nitrogênio foi afetada de maneira quadrática pelo perfil do CSDN, com ponto de máximo de 5,06 para a razão entre AmAs:FSDN. A produção de leite apresentou ajuste semelhante e teve ponto de máximo de 6,07. As concentrações de lactose e gordura láctea não foram influenciadas mas o teor de proteína bruta respondeu de forma linear positiva ao aumento na razão AmAs:FSDN. No terceiro experimento, cinco cabras não lactantes, fistuladas no rúmen e abomaso, foram distribuídas em um delineamento experimental em quadrado latino 5 x 5. A variável independente foi a razão entre as concentrações de amido, associado ao açúcar solúvel, e a fibra solúvel em detergente neutro (AmAs:FSDN) em dietas à base de feno de capim-Tifton 85 (Cynodon spp.). Os tratamentos foram: 0,82; 1,30; 1,63; 2,94; e 5,35 da razão AmAs:FSDN. Não houve efeito dos tratamentos sobre o consumo voluntário de MS, PB, EE, FDN, CSDN e energia. O aumento na razão AmAs:FSDN reduziu linearmente a digestão ruminal da MS, da FDN, da PB e dos CSDN, mas, de maneira contrária, a digestão intestinal destes componentes aumentou linearmente, resultando em nenhuma alteração na digestibilidade total. O aumento na proporção de amido na dieta reduziu de forma linear o pH e elevou o tempo em que esta variável permaneceu com valores abaixo do valor de 6,2. O perfil de ácidos graxos, a amônia ruminal e taxa de passagem não foram afetados pelos tratamentos. A maior participação de FSDN nas dietas reduziu a eficiência de síntese e o fluxo de proteína microbiana e de proteína total para o abomaso. Em dietas com alta concentração de CSDN à base de alfafa, a manutenção dos teores de amido e açúcar solúvel em relação à FSDN, entre 0,89 e xxiii2,92, não influi no consumo de matéria seca, energia ou proteína e, dessa maneira, não altera a produção de leite em cabras leiteiras. De maneira inversa, o uso da forrageira Tifton 85 (Cynodon spp.) determina maior razão entre AmAs:FSDN, o que poderia maximizar a produção de leite ao atingir o valor de 6,07. O aumento na concentração de FSDN, em substituição ao amido e açúcares, resulta em menor eficiência de síntese e fluxo de proteína microbiana para o abomaso, aumentando a excreção de nitrogênio e reduzindo o percentual de proteína bruta do leite. Em dietas com alta proporção de CSDN, o perfil dos carboidratos deve ser observado, especialmente quando a base forrageira for de gramíneas, associando os efeitos positivos da FSDN sobre a manutenção do pH ruminal e do amido sobre a eficiência e o fluxo de proteína microbiana para o abomaso. / Three experiments were conducted to evaluate possible interactions between neutral detergent soluble carbohydrate profile and fiber sources in low fiber diets for dairy goats. In the first work, five goats were assigned to a 5 x 5 Latin square design to evaluate the effect of five ratio of starch + soluble sugars to neutral detergent soluble fiber (StSu:NDSF) in alfalfa hay-based diets. Treatments were defined by the ratio of StSu:NDSF at 0.89, 1.05, 1.24, 1.73 and 2.92. Intake, digestibility, nitrogen balance, milk yield and composition, and eating behavior were measured. Digestibility of dry matter, of NDF, and of NDSC linearly reduced as both starch and sugar levels increased. Higher values of the ratio StSu:NDSF resulted in a reduction of urinary excretion with a raise in nitrogen retention. The second experiment was designed similarly to the first one, but the forage source (Tifton 85 hay, Cynodon spp) resulting in different ratios of StSu:NDSF, that is 1.34, 1.94, 2.08, 3.95, and 9.04. There was a tendency for a quadratic effect on dry matter intake, which may have contributed for the significant effect of treatments on intake of NDSC, crude protein, ether extract, and xxvenergy (NE 3x ). Dry matter digestibility linearly reduced by increasing Starch and Sugar levels as a consequence of linear reductions in both fiber and NDSC digestibility values. Nitrogen retention was quadractly affected by the NDSC profile, with a maximum at the ratio of 5.06. Milk yield, presented a similar adjustment, with maximum at 6.07. Milk lactose and fat percentage were not influenced, whereas crude protein content showed positive linear response to the increase of StSu:NDSF ratio. In the third experiment, five non-lactating goats, fistulated in both rumen and abomasum were assigned to a 5 x 5 Latin square design. The ratio between starch, associated with soluble sugar, to neutral detergent soluble fiber (StSu:NDSF), in Tifton 85 (Cynodon spp.) hay based diet, was the independent variable. Treatments were set as 0.82, 1.30, 1.63, 2.94, and 5.35 of the StSu:NDSF ratio. No treatment effect was observed on intake of DM, CP, EE, NDF, NDSC and energy. Ruminal digestion of DM, NDF, CP and NDSC reduced linearly by increasing the StSu:NDSF ratio, whereas a linear increase in intestinal digestion was observed, resulting no change in total digestibility. Adding starch and sugar to diets reduced linearly rumen pH values, and increased time in which pH was maintained under the value of 6.2. Fatty acids profile, ruminal ammonia, and passage rate were not affected by treatments. Higher contribution of dietary NDSF resulted in reduction of microbial efficiency and of total protein flow to abomasum. In alfalfa-based diets with high NDSC concentration, the maintenance of starch and soluble sugars contents, in relation to NDSF, from 0.89 to 2.92, did not affect intake of both nutrients and milk yield in dairy goats. Conversely, the use of Tifton 85 hay (Cynodon spp.) determine a higher ratio of StSu:NDSF which could maximize milk yield as ratio reaches 6.07. Replacement of starch and soluble sugars by NDSF results in lower microbial efficiency and flux of protein to abomasum, which in turn increase excretion of nitrogen and reduces milk protein percentage. In diets with high proportion of NDSC the carbohydrate profile should be observed, especially on those based on grasses, by associating the positive NDSF effects on maintenance of ruminal pH and of starch on improving efficiency and microbial protein flow to the abomasum.
39

Comportamento ingestivo e produção leiteira de cabras alimentadas com dietas contendo diferentes níveis de fibra e tamanho de partículas / Ingestive behavior and milk production of goats fed diets containing different fiber levels and particle size

Schultz, Erica Beatriz 14 July 2017 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2017-11-09T17:17:40Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1282473 bytes, checksum: 55b8ca729e6aa6bf5c3e24b5be1d53a6 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-11-09T17:17:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1282473 bytes, checksum: 55b8ca729e6aa6bf5c3e24b5be1d53a6 (MD5) Previous issue date: 2017-07-14 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O estudo foi conduzido com para avaliar o comportamento ingestivo e o desempenho dos animais consumindo dietas contendo crescentes concentrações de fibra e tamanho de partículas. Os tratamentos consistiram em 34, 41, 47 e 59% de fibra em detergente neutro oriunda da forragem (FDNf), associados aos tamanhos de 2, 5 e 15 cm da partícula. Foram utilizados 48 animais, sendo quatro repetições por tratamento em delineamento inteiramente casualizado. Para avaliação comportamental foram contabilizados os segundos gastos a cada cinco minutos ao longo de 24 horas para atividades de ruminação, alimentação e ócio. Na mensuração da produção foi realizada a pesagem do leite diariamente. Para análise inicial das atividades ingestivas utilizamos a análise de agrupamento sendo utilizado o coeficiente de correlação cofenética para escolha da medida de dissimilaridade e do algoritmo. Os dendrogramas foram gerados e os agrupamentos considerados dissimilares a 5% de significância do p-valor aproximado (AU). Os tratamentos agrupados foram modelados por meio do processo autor regressivo e média móvel. A produção de leite foi avaliada empregando-se modelos não lineares e os parâmetros comparados para os diferentes tratamentos por meio do intervalo de confiança a 5% de significância. No comportamento alimentar os agrupamentos foram significativos, sendo o primeiro grupo similar para partículas com 2 cm independente da concentração e o segundo grupo contendo os demais tratamentos. Nas atividades de ruminação, ócio e mastigação os padrões nictemerais dos tratamentos foram similares. Não houve efeito significativo para o parâmetro da taxa média de declínio (k) após o pico de produção das curvas de lactação, em relação às diferentes concentrações de fibra e aos tamanhos da partícula. Contudo, foi possível observar característica crescente do valor deste parâmetro com aumento na concentração de fibra na dieta. Os resultados podem ser associados à seletividade da espécie, ao estagio fisiológico e disponibilidade de energia. O aumento na concentração de fibra influencia na redução da produção de leite. A associação das concentrações de fibra e do tamanho da partícula pode alterar comportamento alimentar e refletir no desempenho animal. / The study was conducted to evaluate ingestive behavior and performance of animals consuming diets with different fiber concentrations and different particle sizes. The treatments consisted of 34; 41; 47 and 59% of neutral detergent fiber derived from forage (FDNf) associated with particle sizes of 2; 5 and 15 cm. A total of 48 animals were used with four repetitions per treatment in a completely randomized design. In relation to ingestive behavior, the spent seconds of activities were counted every five minutes over 24 hours. In the evaluation of the production, milk yield was weighed daily of all animals. Thus, the application of cluster analysis was used to compare the treatments. Values of the coefficient of correlation cophenetic were used to select the dissimilarity measurement and algorithm. The dendrograms were generated and the groupings were considered dissimilar in 5% of significance of the approximate p-value (AU). The milk production was evaluated by non-linear models and the parameters compared for the different treatments through the confidence interval at 5% of significance. Regarding feeding behavior, the patterns were significant for particle sizes, being dissimilar the treatment of two cm with those of five and fifteen cm. In the rumination activities, idleness and chewing (feeding + rumination), the nictemeral patterns of the treatments were similar. There was no significant effect on the parameter of average rate of decline (k) after the peak production of the lactation curves, in relation to the different fiber concentrations and particle sizes. However, it was possible to observe an increasing characteristic of the value of this parameter with an increase in fiber concentration in the diet. The results were associated with species selectivity, physiological stage and energy availability. When increase fiber concentration influence reduction of milk production. The association of fiber concentrations and particle size can alter feeding behavior and reflect animal performance.
40

Efeito do peso de abate, do tipo de corte e do grupo genético na qualidade da carne de caprinos do estado do Ceará. / Effect of weight gain, of the cutting type and of the genetic group in the quality of meat goats in the Ceará States

Aguiar, Luciana Fujiwara de January 2001 (has links)
AGUIAR, Luciana Fujiwara de. Efeito do peso de abate, do tipo de corte e do grupo genético na qualidade da carne de caprinos do estado do Ceará. 2001. 53 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Curso de Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos, Fortaleza-CE, 2001 / Submitted by Nádja Goes (nmoraissoares@gmail.com) on 2016-06-16T12:51:23Z No. of bitstreams: 1 2001_dis_lfaguiar.pdf: 287746 bytes, checksum: b6b271ecf14505c0a91cfc31dea65fb7 (MD5) / Approved for entry into archive by Nádja Goes (nmoraissoares@gmail.com) on 2016-06-16T12:51:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2001_dis_lfaguiar.pdf: 287746 bytes, checksum: b6b271ecf14505c0a91cfc31dea65fb7 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-16T12:51:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2001_dis_lfaguiar.pdf: 287746 bytes, checksum: b6b271ecf14505c0a91cfc31dea65fb7 (MD5) Previous issue date: 2001 / In this study, it evaluated was the influence of two different types of weight and cut, and also the kind of cut involving four types of treatment: treatment 1(ANGLONUBIANO x SRD and weight ranging 20-22 kg), treatment 2 (ANGLONUBIANO x SRD and weight ranging 26-28 kg), and treatment 3 (BOER x SRD, weight rancing 20-22 kg) and 4 (BOER x SRD, weight rancing 26-28 kg) involving some characteristics of centesimal composition, fatty acids and cholesterol of goat meat belonging to related genetic group, recently introduced in the state of Ceará. Leg, shoulder and loin cuts of 12 animals with distinct weights, bred in semi-intensive regime, fed with maize and soy (70:30 proportion) protein concentrate were used. Proximal composition analysis showed average values of moisture from 75.95 to 77.50%; 18.81 to 22.98% for protein; 0.70 to 1.35% for fat and 1.01 to 1.15% for ash. Significant differences were found between treatment 2 (ANGLONUBIANO x SRD and weights between 26 and 28 kg) and treatment 3 (BOER x SRD and weight between 20 and 22 kg), for protein in shoulder cut and for ash in pernil cuts and loin. In relation to cholesterol analysis, general average values for leg, shoulder and loin were situated between the following values: 31.60 to 59.16%; 34.79 to 61.34% and 32.79 and 59.72%, respectively, corresponding to the range form 19.36 to 65.32 mg/100g of meat. Higher cholesterol values were observed for treatment 4 (BOER x SRD and weight form 26 to 28 kg) in all cuts, except for treatment 1. Effect of genetic group was statistically (p<0.05) observed between treatments 2 and 4 in all cuts. In fatty acids composition analysis, 8 peaks were identified in all treatments. Four were saturated (miristic, palmitic, stearic and arachidic) and four unsaturated (palmitoleic, oleic, linoleic and linolenic). Oleic acid (23.89 to 31.04%), stearic (16.83 to 24.97%), palmitic (15.82 to 24.23%) and linoleic (7.41 to 16.81%) were the main fatty acids found. Significant differences (p<0.05) were found between cuts and treatments for miristic, palmitic, palmitoleic, linolenic and arachidic acids. Saturated/unsaturated ratio did not show any significant difference (p<0.05) among treatments or cuts. / Neste estudo, avaliou-se a influência de duas diferentes faixas de peso ao abate e do tipo de corte com 4 (quatro) tipos de tratamentos sendo, tratamento 1 (ANGLONUBIANO x SRD e peso entre 20–22 kg), tratamento 2 (ANGLONUBIANO x SRD e peso entre 26 –28 kg), tratamento 3 (BOER x SRD e peso entre 20-22kg) e tratamento 4 (BOER x SRD e peso entre 26 –28 kg) sobre algumas características da composição centesimal, ácidos graxos e colesterol da carne de caprinos dos grupos genéticos relacionados, recentemente introduzidos no Estado do Ceará. Foram utilizados os cortes pernil, paleta e lombo de 12 animais com pesos distintos, criados em regime semi-intensivo, com suplementação alimentar a base de um concentrado protéico de milho e soja na proporção de 70:30. A análise da composição centesimal mostrou valores médios entre 75,95% e 77,50% para umidade; 18,81% e 22,98% para proteína; 0,70% e 1,35% para gordura e entre 1,01% a 1,15% para cinzas. Registraram-se diferenças significativas (p<0,05) entre o tratamento 2 (ANGLONUBIANO x SRD e peso entre 26 –28 kg) e o tratamento 3 (BOER x SRD e peso entre 20-22kg), para o corte paleta no que se refere ao teor de proteína, enquanto que para o teor de cinzas entre os cortes lombo e pernil. Quanto à análise de colesterol à média geral para os cortes pernil, paleta e lombo se situou entre 31,60 e 59,16%, 34,79 e 61,34% e 32,79 e 59,72%, respectivamente, correspondentes ao intervalo de 19,36 a 65,32 mg/100g de carne. Observou-se para o tratamento 4 (BOER x SRD e peso entre 26-28kg) em todos os cortes, valores do colesterol superiores aos demais tratamentos, à exceção do tratamento 1. Estatisticamente (p<0,05) o efeito do grupo genético foi observado somente entre os tratamentos 2 e 4 em todos os cortes. Na análise de ácidos graxos foram identificados em todos os tratamentos, oito picos sendo quatro correspondente a ácidos saturados (mirístico, palmítico, esteárico e araquídico) e quatro insaturados (palmitoléico, oléico, linoléico e linolênico), com predominância dos ácidos oléico (23,89 a 31,04%), esteárico (16,83 a 24,97%), palmítico (15,82 a 24,23%) e linoléico (7,41 a 16,81%). Registraram-se diferenças significativas (p<0,05) entre os cortes e tratamentos para os ácidos mirístico, palmítico, palmitoléico, linolênico e araquídico. A relação ácidos graxos insaturado/saturado não diferiu significativamente (p<0,05) entre os tratamentos e/ou cortes.

Page generated in 0.1092 seconds