• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 106
  • 1
  • Tagged with
  • 109
  • 109
  • 35
  • 34
  • 19
  • 18
  • 16
  • 16
  • 16
  • 15
  • 14
  • 13
  • 13
  • 11
  • 11
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Inibição da atividade de neuramenidase de T. cruzi por soros de camundongos infectados

Zanolli, Edgard, 1954- 18 July 2018 (has links)
Orientador : Umberto de Araujo Rangel / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-18T02:41:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Zanolli_Edgard_M.pdf: 6349469 bytes, checksum: 4d513624b7c24563ca54e7e4db166a4b (MD5) Previous issue date: 1986 / Resumo: Eritrocitos humanos quando incubados em presença de formas tripomastigotas (TV) de T. cruzi, tornam-se aglutináveis pela lectina de amendoim (PNA). Este fenômeno ocorre devido à atividade de neuraminidase derivada destes parasitas. No presente trabalho foram estudados os seguintes parâmetros: a)Detecção da atividade de neuraminidase em extratos brutos (EBT), solúveis (EST) e insolúveis (EIT) de tripomastigotas, sobre eritrócitos e células mononucleares (MN): b)Inibição desta atividade por soros de camundongos infectados (SCI) por T. cruzi, capazes de reagir com tripomastigotas em reações de imunofluorescência indireta. Utilizaram-se como fonte de parasitas, as formas tripomastigotas de sobrenadantes de culturas de células HeLa infectadas com a cepa Y. A atividade de neuraminidase destes sobre células, foi detectada através da aglutinação com PNA. Os resultados obtidos demonstraram que: 1)A atividade do EST foi idêntica à dos TV, o mesmo não ocorrendo com o EBT ou com o EIT; 2)A atividade do EST foi bloqueada especificamente pelos SCI, os quais foram incapazes de inibir a atividade de neuraminidasede C. perfrigens; 3)Resultados semelhantes foram obtidos com a fração 1gC, resultante da passagem dos SCI em coluna de Proteína A-Sepharose. Os dados sugerem que a atividade de neuraminidase de T. cruzi pode ser detectada sob a forma solúvel, após a lise dos parasitas e que anticorpos contra os mesmos, foram capazes de bloquear esta atividade. Além de eritrócitos, células MN também são alteradas após a incubação com TV e EST, possibilitando-nos eventar a hipótese de que esta enzima estaria relacionada com distúrbios imunológicos, provocados pelo T. cruzi, e que animais menos susceptíveis à infecção, podem produzir anticorpos específicos contra a mesma. ...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Not informed. / Mestrado / Imunologia / Mestre em Genética e Biologia Molecular
12

Ocorrência de endoparasitas em pequenos mamíferos em um fragmento de floresta atlântica e em uma plantação de eucaliptos no Nordeste do Brasil

MELO, Tatiane França 23 February 2017 (has links)
Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-06-21T20:40:48Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Tatiane França Melo.pdf: 2348014 bytes, checksum: 956bb0c096e6668db54aa8284bd75a9c (MD5) / Made available in DSpace on 2018-06-21T20:40:49Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Tatiane França Melo.pdf: 2348014 bytes, checksum: 956bb0c096e6668db54aa8284bd75a9c (MD5) Previous issue date: 2017-02-23 / CAPES / A destruição dos ambientes naturais tem aproximado as populações selvagens das áreas antropizadas. Esta situação potencializa a transmissão de zoonoses entre animais e humanos, acarretando prejuízos para a saúde das espécies envolvidas. Um dos ambientes mais destruídos pela ação antrópica é a Floresta Atlântica, hábitat de muitas espécies de pequenos mamíferos, como morcegos e marsupiais. Estes animais que têm perdido espaço nas florestas nativas vêm ocupando, cada vez mais, as áreas antropizadas, como as florestas plantadas, destacando-se as plantações de eucaliptos. Aqui avaliamos a ocorrência de endoparasitas em morcegos e marsupiais em um fragmento de Floresta Atlântica e uma plantação de eucaliptos. Analisamos 164 fezes de morcegos e 33 de marsupiais. Foram registrados endoparasitas do grupo dos nematódeos, platelmintos e protozoários em quatro espécies de morcegos e quatro de marsupiais. A incidência de endoparasitas foi de 66,67% nos marsupiais e 4,27% nos morcegos. Foram identificados nove gêneros de endoparasitas (Ascaris, Entamoeba, Trichuris, Hymenolepis, Ancylostoma, Strongyloides, Endolimax, Giardia e Taenia), muitos destes se tratando de novos registros para as espécies aqui estudadas. Comparando os ambientes e discriminando as estações, houve diferenças significativas no número de indivíduos infectados (X2=6,562, gl=1, p=0,0290), na floresta a incidência de endoparasitas foi maior na estação seca e nos eucaliptos na chuva. A elevada incidência de endoparasitas, juntamente com o notável número de novos registros para as espécies estudadas, serve de alerta para as possíveis interferências que as parasitoses podem causar na ecologia dos pequenos mamíferos, bem como o risco que estes animais representam como transmissores de parasitoses para seres humanos e animais domésticos. Neste contexto, condições mais adequadas para o tratamento dos dejetos antrópicos são fundamentais para minimizar o risco de contaminações dos animais selvagens com parasitas. / The destruction of natural environments has approached the wild populations of the anthropized areas. This situation potentiates the transmission of zoonosis between animals and humans, causing damage to the health of the species involved. The Atlantic Forest is one of the environments most destroyed by the anthropic action being habitat of many species of small mammals, like bats and marsupials. These animals that have lost space in the native forests have been occupying, more and more, the anthropized areas, as the forests with monocultures of eucalyptus. Here we evaluate the occurrence of endoparasites in bats and marsupials in a fragment of the Atlantic Forest and a plantation of eucalyptus. We analyzed 164 feces of bats and 33 of marsupials. There were endoparasites from the group of nematodes, flatworms and protozoa in four species of bats and four species of marsupials. The incidence of endoparasites was 66.67% in marsupials and 4.27% in bats. Nine genera of endoparasites (Ascaris, Entamoeba, Trichuris, Hymenolepis, Ancylostoma, Strongyloides, Endolimax, Giardia and Taenia) were identified, many of them being new records for the species studied here. Comparing the environments and discriminating the seasons, there were significant differences in the number of infected individuals (X2 =v6.562, gl = 1, p = 0.0290). In the forest the incidence of endoparasites was higher in the dry season while in the eucalyptus occurred in the rainiest period. The high incidence of endoparasites, together with the remarkable number of new records for the species studied, serves as an alert to the possible interference that parasitic diseases can cause in the ecology of small mammals, as well as the risk that these animals represent as parasite transmitters to humans and domestic animals. In this context, more suitable conditions for the disposal of garbage are fundamental to minimize the risk of contamination of wild animals with parasites.
13

Prevalência de infecções por enteroparasitos na população de idosos residentes em instituições de longa permanência na região metropolitana de Porto Alegre e na serra do Rio Grande do Sul

Larré, Anne Brandolt January 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2014-05-15T02:00:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000457865-Texto+Parcial-0.pdf: 173993 bytes, checksum: 6dff587a0c1ae5bb76bb0a89bdca2525 (MD5) Previous issue date: 2014 / Introduction : Little attention has been given to the problems associated with parasitic diseases. The most susceptible elderly suffer not only the effects on your immune system, but also on their nutritional state. It's ridiculous that there are papers on the theme parasites in the elderly in our country. Objective : To describe the prevalence of intestinal parasites in elderly residents in asylums in Porto Alegre Metropolitan Regions (São Leopoldo and Novo Hamburgo) and Serrana in RS (Bento Gonçalves and Caxias do Sul) and in the employees of these institutions. Methods : Cross-sectional study in a sample of 200 elderly residents in asylums in the Metropolitan Region of Porto Alegre and in the Region Serrana in Rio Grande do Sul. The elderly’s feces were assessed by parasite stool testing. The elderly and workers’ sociodemographic, economic, hygiene habits, symptomatology and coprologic survey conditions and variables were assessed through a questionnaire. Statistical analysis was performed using Statistical Package for Social Sciences version 17. 0 software. Results were expressed as frequencies, mean and standard deviation, considering significant p <0. 05. This study was approved by the Ethics Committee in Research of PUCRS, under protocol number 147 597.Results : We analyzed 12 asylums, they were collected samples of 145 (72. 5%) women and of 55 (27. 5%) men, with average age 79. 4±9. 5 years old. The prevalence of enteroparasitosis was of 4. 0%, where 6 (75. 0%) corresponded to Endolimax nana and 2 (25. 0%) to Entamoeba coli. The private homes for the aged showed higher positivity (4. 7%) than the public ones (2. 8%). Regarding eating habits, the elderly who ate more salads, vegetables and fruits had a higher prevalence (25. 0%) compared to those who ate everything and to those who ate only meat, bread and pasta (p=0. 008). As for the workers, 25 (96. 2%), with average age of 37. 3±10. 0 years old. There was a prevalence of 19. 2%, where 3 (60. 0%) corresponded to E. nana, 1 (20. 0%) E. coli and 1 (20. 0%) biparasitism. Conclusion : The prevalence of intestinal parasites was low both in the elderly, as the workers. The non-pathogenic intestinal parasites were found, these results may be related to the socio-sanitary conditions of the environments found in these asylums. The prevalence of 6. 1% of intestinal parasites in the Metropolitan Region of Porto Alegre and 2. 0% in the Region Serrana in RS, showing the peculiar conditions found in these southern regions, confirming that the parasites present variations according to each region. / Introdução : Pouca ênfase tem sido dada aos problemas associados às infecções enteroparasitárias. Os idosos mais suscetíveis sofrem não só os efeitos sobre seu estado imunológico, como também no seu estado nutricional. É irrisória a existência de trabalhos publicados sobre o tema parasitoses no idoso, em nosso país. Objetivo : Descrever a prevalência de parasitos intestinais em idosos residentes nas Instituições de Longa Permanência (ILPIs) na Região Metropolitana de Porto Alegre (São Leopoldo e Novo Hamburgo) e Serra (Bento Gonçalves e Caxias do Sul) e em trabalhadores destas instituições.Métodos : Estudo transversal realizado em uma amostra de 200 idosos residentes em ILPIs na Região Metropolitana de Porto Alegre e na Serra do Rio Grande do Sul (RS). As fezes dos idosos foram avaliadas através do exame parasitológico de fezes (EPF). Foram avaliadas as condições e variáveis sociodemográficas, econômicas, hábitos de higiene, sintomatologia e inquérito coprológico dos idosos e trabalhadores através de um questionário. A análise estatística foi realizada pelo programa Statistical Package for the Social Sciences Versão 17. 0. Os resultados foram expressos por frequências, média e desvio padrão, considerando significativo p < 0,05. Essa pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da PUCRS, sob o número de protocolo 147. 597.Resultados : Analisou-se 12 lares geriátricos, foram coletadas amostras de 145 (72,5%) mulheres e 55 (27,5%) homens, com média de idade de 79,4±9,5 anos. A prevalência de enteroparasitoses foi de 4,0%, onde 6 (75,0%) correspondiam a Endolimax nana e 2 (25,0%) Entamoeba coli. As ILPIs particulares apresentaram maior positividade (4,7%) do que as públicas (2,8%). Quanto aos hábitos alimentares, os idosos que ingeriam mais saladas, verduras e frutas tiveram uma prevalência maior (25,0%) em relação aos que tinham uma ingestão de todos os grupos alimentares e aos que ingeriram apenas carnes, pães e massas (p= 0,008). Quanto aos trabalhadores das ILPIs, 25 (96,2%), com média de idade de 37,3±10,0 anos. Verificou-se uma prevalência de 19,2%, onde 3 (60,0%) correspondiam a E. nana, 1 (20,0%) E. coli e 1(20,0%) biparasitismo. Conclusão : A prevalência de enteroparasitoses foi baixa tanto nos idosos, quanto nos trabalhadores. Os enteroparasitos encontrados foram não patogênicos, podendo estes resultados estar relacionados com as condições sócio-sanitárias dos ambientes encontrados nestas ILPIs. Houve prevalência de 6,1% de enteroparasitoses na Região Metropolitana de Porto Alegre e 2,0% na Região Serrana do RS, evidenciando as peculiares condições encontradas nestas regiões gaúchas, confirmando que as parasitoses apresentam variações de acordo com cada região.
14

Prevalência da presença de anticorpos da classe IgG Anti-toxocara sp em gestantes atendidas no Hospital Universitário de Brasília

Pereira, Lívia Custódio January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007. / Submitted by Fernanda Weschenfelder (nandaweschenfelder@gmail.com) on 2009-12-04T12:36:57Z No. of bitstreams: 1 2007_LiviaCustodioPereira.PDF: 1069456 bytes, checksum: 6a4ac2c4257e871f1f13bc19df137ed4 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2009-12-04T19:00:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_LiviaCustodioPereira.PDF: 1069456 bytes, checksum: 6a4ac2c4257e871f1f13bc19df137ed4 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-12-04T19:00:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_LiviaCustodioPereira.PDF: 1069456 bytes, checksum: 6a4ac2c4257e871f1f13bc19df137ed4 (MD5) Previous issue date: 2007 / A Toxocaríase é uma antropozoonose cosmopolita de distribuição mundial, que acomete indivíduos de todas as idades. É causada pela infecção do hospedeiro humano pelo Toxocara sp, nematódeo parasita de cães e gatos. No homem o ciclo de vida do parasita não se completa. Porém, suas larvas, disseminadas por via hematogênica, podem penetrar em diversos órgãos gerando resposta inflamatória e causando danos teciduais. Na literatura há poucos estudos referentes à ocorrência da infecção e transmissão vertical na gestação e ao impacto da doença na saúde reprodutiva. Porém, existem indícios do aumento da freqüência de infertilidade por obstrução tubária e abortos. O objetivo deste estudo foi de estimar a prevalência de presença de anticorpos da classe IgG anti-Toxocara sp em gestantes atendidas no Hospital Universitário de Brasília (DF) e identificar fatores associados à infecção. Foram pesquisados, pela técnica de ELISA, anticorpos do tipo IgG anti-Toxocara sp nos soros de gestantes atendidas no ambulatório de pré-natal do Hospital Universitário de Brasília-DF. No período de março de 2005 a outubro de 2006 foram estudadas 311 gestantes, das quais, 23 (7,2%) apresentaram IgG anti-Toxocara positivo. A prevalência de história positiva de contato com cães ou gatos foi maior nas pacientes com sorologia positiva do que pacientes com sorologia negativa (p= 0,004). Das 23 pacientes soropositivas, cinco (21,7%) tiveram aborto em gestações anteriores, enquanto entre as 288 negativas, 74 (26%) tinham história de aborto (p=0,83). Não houve evidência de associação entre a infecção pelo parasita e a ocorrência de aborto no presente estudo. Entretanto, o contato com cães e gatos esteve fortemente associado com a soropositividade (p<0,05). __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The Toxocariasis is a widespread antropozoonoze which can be present in individuals of different ages. The disease is caused by human infection by Toxocara sp, a common roundworm of dogs and cats. In the human body, the parasite can not complete its life cycle. Its larvae forms are disseminated by the hematogenic way and migrate to various body organs leading to inflammatory reaction and tecidual injuries. The infection can be asymptomatic or presented by two major clinical forms: ocular Toxocariasis and visceral larva migrans. Eosinophilia occurs frequently. Usually, the presence of worms is diagnosed by ELISA test using the excretory/secretory antigens (TES) of second stage larvae of Toxocara canis. The purpose of this study was estimate the prevalence of IgG anti-Toxocara sp among pregnant women assisted at the School Hospital of Brasília (DF), and identifies infection associated factors. Samples of 311 pregnant women were tested by the ELISA technique, to determinate the presence of IgG antibodies anti-Toxocara sp. From 311 pregnant women, 23 (7, 2%) were positive to anti-Toxocara IgG. The prevalence of previous contact with dogs or cats was bigger in patients with positive tests than among patients with negative tests (p=0,004). From 23 positive patients, five (21%) had previously miscarried. From the 288 negative patients 74 (26%) had miscarriage antecedents. In this study there was no evidence of association among Toxocara infection and miscarriage (p=0,83). The contact with dogs and cats was strongly associated (p<0,05) with seropositivity.
15

Avaliação sorológica de anticorpos para Leishmania spp. através da reação de imunofluorescência indireta em população canina da região da Lomba do Pinheiro, cidade de Porto Alegre, RS, Brasil, a partir de casos autóctones humanos de leishmaniose tegumentar.

Jesus, Jairo Ramos de January 2006 (has links)
A Leishmaniose é uma doença parasitária causada por protozoários do gênero Leishmania, considerada em expansão no Brasil. No ano de 2002 foi notificado o primeiro caso humano autóctone de Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) no município de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Atualmente, já foram notificados 17 casos humanos até o presente momento, e existem vários casos suspeitos, esperando por confirmação diagnóstica, o que torna o Estado uma área de risco para LTA. No meio urbano, o cão tem um papel importante, servindo de fonte de infecção e reservatório do protozoário. Sendo assim, foi realizada uma avaliação sorológica em 200 cães domiciliados no raio de 1 km a partir da localização de 3 casos autóctones humanos, ocorridos na Estrada do Rincão localizada na região do Bairro Lomba do Pinheiro, município de Porto Alegre, RS, Brasil. A reação de Imunofluorescência Indireta (IFI) foi usada para o diagnóstico sorológico dos cães participantes do estudo. A soroprevalência para anticorpos de Leishmania spp. encontrada foi de 3,5% (7/200), sendo que do total de positivos, 6 eram de indivíduos machos e 1 de uma fêmea. Utilizando o Teste Exato de Fisher para analise estatística, observou-se uma associação significativa (p = 0,0484) entre a positividade na IFI e o sexo dos animais, sendo evidenciado que os machos têm 7 (odds-ratio = 7,624) vezes mais predisposição à infecção do que as fêmeas. Nos demais aspectos analisados estatisticamente (raça e idade), não foram encontradas associações significativas. / The Leishmaniasis is a parasitc disease caused by a protozoan from the genus Leishmania, wich is considered in expansion in Brazil. In 2002 it was notify the first autochthon human case of American tegumentary leishmaniasis (ATL) in district of Porto Alegre, State of Rio Grande do Sul, Brazil. Presently, 17 human cases were notified until now, and there are many suspect cases, waiting for the diagnostic confirmation, converting this State in a risk area for the ATL. In the urban ambience, the dog plays an important role, performing as a source of infection and this protozoa reservoir. Being thus, it was realized a serologic evaluation in 200 domiciled dogs in a 1 km radius from 3 autochthon human cases that occurred at the Rincão Road, situated at the region of Lomba do Pinheiro, in district of Porto Alegre, Rio Grande do Sul State, Brazil. The Indirect immunofluorescent reaction (IFR) was used for the serologic diagnostic of the dogs that has participated in this research. The seroprevalence of Leishmania spp. antibodies was 3,5% (7/200), considering that from the totality of positives, 6 were male individuals and 1 was a female. Using the Fischer’s Accurate Test for the statistical analysis, it was observed a significant association (p=0,0484) between the positively in the IFR and the gender of the animals. In the excessively aspects analyzed statistically (race and age) there wasn’t found any significant associations. It was evidenced that males has 7 (odds-ratio=7,624) times more predisposition to this infection than the females.
16

Hidatidose hepática e peritoneal por Echinococcus vogeli : série de casos submetidos a procedimento cirúrgico

Silva, Renato Roriz da 10 June 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2013. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2013-12-03T20:06:51Z No. of bitstreams: 1 2013_RenatoRorizDaSilva.pdf: 2467583 bytes, checksum: f8f1e4f0b2eefb03c80999a143dcaffe (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2013-12-10T18:08:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_RenatoRorizDaSilva.pdf: 2467583 bytes, checksum: f8f1e4f0b2eefb03c80999a143dcaffe (MD5) / Made available in DSpace on 2013-12-10T18:08:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_RenatoRorizDaSilva.pdf: 2467583 bytes, checksum: f8f1e4f0b2eefb03c80999a143dcaffe (MD5) / A hidatidose policística por Equinococcus vogeli (E. vogeli) é uma parasitose tropical pouco conhecida e restrita ao continente americano. O homem pode se infectar após ingestão de ovos embrionados, eliminados nas fezes de cães domésticos. Este trabalho relata seis casos em humanos da Equinococose policística. Os pacientes apresentaram idade média de 38 anos (26-76 anos), todos eram procedentes do estado de Rondônia-Brasil, e os principais sintomas encontrados foram dor e massas palpáveis no abdome. Quatro casos tiveram como diagnóstico inicial neoplasia intra-abdominal. A tomografia computadorizada (TC) de abdome foi o principal exame de imagem utilizado para o diagnóstico, porém não identificou cistos menores que 1,0 cm. Todos os pacientes utilizaram albendazol na dose de 10 mg/kg/dia em média por 9 semanas antes e 5,4 semanas após serem operados. Os procedimentos cirúrgicos realizados foram pericistectomia, enterectomia, ressecção de cistos peritoneais, marsupialização de cistos viscerais, colecistectomia e hepatectomia. O tempo médio cirúrgico foi 206,7 min (160-270 min) e receberam alta 6 dias após a cirurgia. Os pacientes tratados com albendazol e cirurgia não apresentaram complicações graves. Os pacientes permaneceram sem recorrências dos cistos por período médio de 16,4 meses, evidenciada através de avaliação clínica e de imagem (Tomografia computadorizada de abdome). __________________________________________________________________________ ABSTRACT / Polycystic hydatidosis from Echinococcus vogeli (E. vogeli) is a little known tropical parasitic disease that occurs only on the American continent. Humans become infected by ingesting embryonated eggs eliminated in the feces of domestic dogs. This study reports six cases of human Neotropical Echinococcosis. The average age of the patients was 38 years (26-76 years), all were from the state of Rondônia, Brazil, and the main symptoms found were pain and palpable abdominal masses compatible with neoplasia. Computed tomography (CT) of the abdomen was the main imaging technique used for diagnosis, but it did not identify cysts smaller than 1.0 cm. All the patients took albendazole 10 mg/kg/day for an average of nine weeks prior to and 5.4 weeks following surgery. The surgical procedures performed were pericystectomy, enterectomy, resection of peritoneal cysts, marsupialization of visceral cysts, cholecystectomy, and hepatectomy. The average surgery time was 206.7 min (160-270 min) and the patients were discharged, on average, six days after surgery. Treatment with chemotherapy and surgery did not show any major complications, and was able to keep patients without the recurrence of cysts for an average period of 16.4 months, based on clinical and tomographical evaluations carried out after the operations.
17

Febre maculosa no Brasil : situação epidemiológica atual e a distribuição geográfica de carrapatos em cenários de mudanças climáticas

Oliveira, Stefan Vilges de 20 February 2017 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical, 2017. / Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: Capítulo 3 / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-06-02T20:24:04Z No. of bitstreams: 1 2017_StefanVilgesdeOliveira.pdf: 12446465 bytes, checksum: 9748db968748c5e16823e9c23091faf6 (MD5) / Rejected by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br), reason: Boa noite, Trata-se de uma publicação parcial. Por favor, seguir as normas da publicação. Atenciosamente, on 2017-06-21T21:20:51Z (GMT) / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-06-28T21:13:19Z No. of bitstreams: 1 2017_StefanVilgesdeOliveira_PARCIAL.pdf: 12260679 bytes, checksum: 3a6683430fe5df9cf89dfe4f747cc8b7 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-08-12T00:00:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_StefanVilgesdeOliveira_PARCIAL.pdf: 12260679 bytes, checksum: 3a6683430fe5df9cf89dfe4f747cc8b7 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-12T00:00:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_StefanVilgesdeOliveira_PARCIAL.pdf: 12260679 bytes, checksum: 3a6683430fe5df9cf89dfe4f747cc8b7 (MD5) Previous issue date: 2017-08-11 / No Brasil os quadros clínicos da febre maculosa (FM) podem ser resultantes da infecção por duas espécies de riquétsias. Rickettsia rickettsii é registrada na região Sul e Sudeste e está relacionada a casos graves da doença. Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica foi identificada no sul, sudeste e nordeste causando FM mais branda. FM é doença de notificação compulsória ao Ministério da Saúde que promove ações de vigilância epidemiológica e assistência médica com objetivo de reduzir a morbimortalidade. No entanto, a doença ainda é pouco conhecida. Sabe-se que os carrapatos do gênero Amblyomma atuam como vetores, podendo parasitar hospedeiros silvestres, domésticos e eventualmente o homem. O conhecimento da distribuição geográfica potencial destes vetores torna-se importante nas ações de vigilância epidemiológica. Desta forma, o presente estudo tem os seguintes objetivos: 1) Atualizar o perfil epidemiológico da FM no Brasil; 2) Avaliar preditores de evolução fatal por febre maculosa; 3) Analisar a distribuição geográfica potencial de carrapatos do Complexo Amblyomma cajennese em cenário atual e futuro sob influência das mudanças climáticas. Métodos: Estudos epidemiológicos (descritivo e analítico) e modelagem de nicho ecológico. Resultados e Conclusões: Na primeira abordagem verificamos o crescente número de registros da doença nos últimos anos e observamos a expansão espacial da FM no país com uma ascendente taxa de letalidade. A partir destes registros, um estudo do tipo caso-controle avaliou fatores preditores de evolução fatal por FM. Neste, verificou-se que residir em área urbana, relatar a presença de carrapato e apresentar quadro clínico com presença de linfadenopatia são fatores protetores. Enquanto os sinais de gravidade como hipotensão, choque, estupor, coma e convulsão estão associados as maiores chances de morte. Quando analisamos a distribuição geográfica potencial de carrapatos do Complexo Amblyoma cajenennese utilizando a modelagem de nicho ecológico, verificamos que áreas do Cerrado, Amazônia, Pantanal e Mata Atlântica apresentam ampla adequabilidade para manutenção destas espécies. No entanto, em cenários de mudanças climáticas verificamos uma tendência de redução destas áreas (nos anos de 2050 e 2070). Nossos dados indicam que a presença do vetor pode ser restringida (e consequentemente a doença), se considerarmos a não adaptação dos carrapatos aos novos climas. Os métodos empregados neste estudo buscam de forma complementar o entendimento epidemiológico da FM e poderão ser utilizados para predição, prevenção e consequentemente para redução da morbimortalidade desta importante doença no Brasil. / In Brazil, two species of rickettsiae are responsible for the clinical manifestations of spotted fever (SF). Rickettsia rickettsii is registered in the South and Southeast region and is related to severe cases of the disease. Rickettsia sp. Strain Atlantic Forest was identified in the south, southeast and northeast causing milder SF. SF is a notifiable disease to the Ministry of Health that promotes actions of epidemiological surveillance and medical assistance aimed at reducing morbidity and mortality. However, the disease is still poorly understood. It is known that the ticks of the genus Amblyomma act as vectors, being able to parasitize wild hosts, domestic and eventually man. Knowledge of the potential geographical distribution of these vectors becomes important in epidemiological surveillance actions. Thus, the present study has the following objectives: 1) Update the epidemiological profile of SF in Brazil; 2) Evaluate predictors of fatal evolution due to spotted fever; 3) Analyze the potential geographic distribution of ticks of the Amblyomma cajennese Complex in current and future scenarios under the influence of climate changes. Methods: Epidemiological studies (descriptive and analytical) and ecological niche modeling. Results and Conclusions: In the first approach, we verified the increasing number of records of the disease in recent years and observed the spatial expansion of SF in the country with an ascending lethality rate. From these records, a case-control study evaluated predictors of fatal SF progression. In this study, it was verified that residing in urban areas, reporting the presence of ticks and presenting clinical features with presence of lymphadenopathy are protective factors. While signs of severity such as hypotension, shock, stupor, coma, and seizure, were strongly associated with the risk of death. When analyzing the potential geographic distribution of ticks from the Amblyoma cajenennese Complex using ecological niche modeling, we found that areas of the Cerrado, Amazon, Pantanal and Atlantic Forest present wide suitability for the maintenance of these species. However, in climate change scenarios we have seen a tendency to reduce these areas (in the years 2050 and 2070). Our data indicate that the presence of the vector may be restricted (and consequently the disease) if we consider the non-adaptation of ticks to the new climates. The methods used in this study seek to complement the epidemiological understanding of SF and can be used for prediction, prevention and consequently to reduce the morbimortality of this important disease in Brazil.
18

Aspectos epidemiológicos das parasitoses gastrintestinais de suínos naturalizados de criações familiares do Distrito Federal / Epidemiological findings of gastrintestinal parasitosis in naturalized swine of subsistance herds on Distrito Federal

Aguiar, Patrícia Coutinho 12 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2009. / Submitted by Allan Wanick Motta (allan_wanick@hotmail.com) on 2010-06-18T17:52:30Z No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-06-21T19:10:21Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-06-21T19:10:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_PatriciaCoutinhoAguiar.pdf: 3113968 bytes, checksum: 9d73100417d54c79e7420ff23260e5a3 (MD5) Previous issue date: 2009-12 / O presente trabalho relata os dados de um levantamento parasitológico em suínos de criações familiares de Núcleos Rurais do Distrito Federal realizado entre fevereiro e julho de 2009. Foram obtidas 130 amostras divididas em três grupos etários (menor que seis meses; entre sete e 12 meses e acima de 12 meses). As fezes foram obtidas diretamente da ampola retal e examinadas, utilizando os exames direto, flutuação fecal (Willis e McMaster modificado), sedimentação (espontânea e centrifugação água-éter) e coprocultura. Observaram-se as seguintes prevalências: 27,69% para Ascaris suum; 36,92% para Strongyloides ransomi; 45,38% para ovos do tipo Strongyloidea; 14,39% para Trichuris suis; 3,79% para Metastrongylus spp.; 71,17% para coccídeos e 77,64 % para Balantidium coli. Ao exame quantitativo, obteve-se 0-10.110 opg para Ascaris suum; 0-27.350 opg para Strongyloides ransomi; 0-7.550 opg para ovos do tipo Strongyloidea; 0-3200 opg para Trichuris suis; 0-100 opg para Metastrongylus spp.; 0-41.300 oopg para coccídeos e 0-400 cpg para Balantidium coli. ___________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present research reports the data of a parasitological survey in pigs from subsistence swineherds from ten Rural Centers of Distrito Federal, Brasília, Brazil, in the period of February to July of 2009. A total of 130 samples were obtained and separated in three age groups (less than six months; among seven and twelve months; and more than twelve months old). The fecal samples were taken from the rectum and examined using direct test, faecal flotation (Willis and modified McMaster), sedimentation (spontaneous and water-ether centrifugation) and faecal culture. The prevalence of each species were: 27,69% to Ascaris suum; 36,92% to Strongyloides ransomi; 45,38% to eggs of Strongyloidea; 14,39% to Trichuris suis; 3,79% to Metastrongylus spp.; 71,17% to coccidian, and 77,64 % to Balantidium coli. For the quantitative test, the results were 0-10.110 opg to Ascaris suum; 0-27.350 opg to Strongyloides ransomi; 0-7.550 opg to eggs of Strongyloidea; 0-3200 opg to Trichuris suis; 0-100 opg to Metastrongylus spp.; 0-41.300 oopg to coccidia e 0-400 cpg to Balantidium coli.
19

Estudo comparativo, randomizado para avaliar a eficácia terapêutica da piperazina hexahidratada com extrato fluido de rhamnus purshiana no tratamento da ascaridíase / Evaluation of the therapeutical effectiveness of the piperazine hexahidratada associated with the fluid extract of Rhamus purshiana in the treatment of the worn infections

Viana, Fernando André Campos January 2007 (has links)
VIANA, Fernando André Campos. Estudo comparativo, randomizado para avaliar a eficácia terapêutica da piperazina hexahidratada com extrato fluido de rhaminus purshiana no tratamento da ascaridiáse. 2007. 158 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2007. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-03-26T15:39:46Z No. of bitstreams: 1 2007_dis_facviana.pdf: 3788167 bytes, checksum: 34c8bbadb9a03050a736228241d74956 (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-03-27T15:58:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_dis_facviana.pdf: 3788167 bytes, checksum: 34c8bbadb9a03050a736228241d74956 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-03-27T15:58:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_dis_facviana.pdf: 3788167 bytes, checksum: 34c8bbadb9a03050a736228241d74956 (MD5) Previous issue date: 2007 / The efficacy and the therapeutic security of a manufactured piperazina associated with the extract fluid of Rhamnus purshiana (DM Indústria Farmacêutica) used for deworming patients in Ceará, Brazil, were tested against the product composed by piperazina without any association (DM Indústria Farmacêutica). A prospective, randomized, controlled and double blind clinical trial, comparing cure rates for Ascaris lumbricoides infections. Stool samples from 990 volunteers were collected at baseline and the prevalence of intestinal parasitic infections were viewed. 130 patients with faecal sample positive for Ascaris lumbricoides were included on the clinical trial, to assess the efficacy and therapeutic security. Socio-economic and sanitation information was obtained by an oral questionnaire. More than half of the patient showed monoparasitism (60%) and prevalence of Ascaris lumbricoides was (29%) in the study population. Intestinal helminth and protozoon infections egg positive rate was 48.38% (trichuriasis 4%, ancylostomiasis 0%, amebiasis 04%, giardiasis 10%). Cure rate for piperazine associated with the extract fluid of Rhamnus purshiana was 93.33% and piperazine without any association was 96.36%, so there was no significant difference in the cure rates (P = 0.6809). The most prevalent side effects were nausea 13.84% and vomit 11.53%. There was no significant difference in the prevalence of side effects (P = 0.2348). Socio-economic and sanitation dates showed narrow relation with Ascaris lumbricoides. Piperazine associated with the extract fluid of Rhamnus purshiana was efficient and insurance in the treatment of Ascaris lumbricoides in the studied population. / A eficácia e a segurança terapêutica de um medicamento a base de piperazina hexahidratada associada com o extrato fluido de Rhamnus purshiana (DM Indústria Farmacêutica) usada como tratamento anti-helmíntico em pacientes no Ceará, Brasil, foi testado em comparação com o produto composto de piperazina sem qualquer associação (DM Indústria Farmacêutica). Um estudo prospectivo, randomizado, controlado e duplo cego, comparando taxas de cura para infecção por Ascaris lunbricoides. Amostras coprológicas de 990 pacientes foram coletadas inicialmente e a prevalência de infecções parasitárias intestinais foi examinada. 130 pacientes com amostras fecais positivas para Ascaris lumbricoides foram incluídos nos ensaios clínicos, no intuito de ser comprovada a eficácia e a segurança terapêutica. Informações sobre dados socioeconômicos e de saneamento foram coletas a partir de questionário próprio. Mais da metade dos pacientes mostrou taxa de monoparasitismo (60%) e prevalência de Ascaris lumbricoides de 29%. Taxa positiva para helmintíase intestinal e infecções por protozoários atingiram índice de 48,38% (tricuríase 04%, ancilostomíase 0%, amebíase 04%, giardíase 10%). Taxa de cura da piperazina associada com extrato fluido de Rhamnus purshiana foi de 93,33% e para a piperazina sem associações foi de 96,36%, portanto não apresentou diferença estatisticamente significante em relação às taxas de cura dos medicamentos em estudo (P = 0,6809). Náusea (13,84%) e vômito (11,53%) foram os eventos adversos mais prevalentes. Não foi evidenciada diferença estatisticamente significante em relação à ocorrência de eventos adversos nas duas formulações (P = 0,2348). Dados socioeconômicos e de saneamento mostraram íntima relação com a ocorrência infecção por Ascaris lumbricoides. Piperazina associada com extrato fluido com Rhamnus purshiana mostrou-se eficaz e segura no tratamento da ascaridíase, na população estudada.
20

Avaliação das alterações hematológicas e da resposta imune em indivíduoscoinfectados com Plasmodium spp. e parasitos intestinais em populações naturalmente expostas à malária

França, Marcelle Marcolino de January 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2016-02-26T13:38:43Z (GMT). No. of bitstreams: 2 marcelle_franca_ioc_mest_2013.pdf: 5494780 bytes, checksum: 4d7051abc8e04e319d508a17bae990c4 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2016-01-13 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / As áreas de distribuição geográfica do plasmódio e de parasitos intestinais se sobrepõem tornando a coinfecção malária-parasitoses intestinais comum nas regiões tropicais do planeta. A resposta imune contra o plasmódio é caracterizada por um perfil Th1 e por produção de anticorpos contra os estágios eritrocíticos, sendo os anticorpos citofílicos IgG1 e IgG3 relacionados com a imunidade protetora. As infecções por helmintos induzem forte resposta Th2 e imunorreguladora que podem inibir a resposta Th1 da malária, com possíveis consequências na clínica da doença. Dessa forma o objetivo do trabalho foi avaliar possíveis alterações nos parâmetros epidemiológicos e hematológicos, nos níveis de citocinas e na resposta imune humoral contra os antígenos candidatos vacinais de Plasmodium vivax AMA-1, MSP-1 e CVC nos indivíduos coinfectados com malária e parasitoses intestinais e nos indivíduos com apenas uma das infecções. O sangue dos 280 voluntários residentes na cidade de Porto Velho, Rondônia, foi coletado para a realização do exame parasitológico, do hemograma completo e para obtenção do plasma utilizado na quantificação de anticorpos IgG total, das subclasses de IgG e dos níveis de 6 citocinas e 3 quimiocinas. Também foi coletada uma amostra de fezes para a detecção de parasitos intestinais. Os quatro grupos formados Malária (M), Parasitoses Intestinais (PI), Coinfectado (CI) e Exposto (E) não apresentaram diferenças quanto aos parâmetros epidemiológicos. A concentração de hemoglobina assim como a frequência de indivíduos anêmicos também não foram diferentes entre os grupos M e CI. A população total apresentou prevalência de resposta de IgG de 62,9%, 65,7% e 68,6% contra respectivamente AMA-1, MSP-1 e CVC. A frequência de resposta de IgG total contra MSP-1 foi maior no grupo M que no grupo CI enquanto a frequência de resposta e o índice de reatividade (IR) de IgG total e o IR de IgG1 anti-MSP-1 foram menores no grupo PI quando comparados ao grupo E. Com relação aos anticorpos anti-AMA-1 observou-se que o IR de IgG1 foi menor e a frequência de resposta e os IRs de IgG2 e IgG4 foram maiores entre PI e E. O nível de IFN-\03B3 foi maior no grupo CI que em M enquanto IFN-\03B3, IL-4, IL-10, IL-8, MCP-1 e MIP-1\03B2 foram maiores no grupo PI quando comparado ao grupo E. IL-10 correlacionou-se significativamente com os IRs dos anticorpos contra as três proteínas estudadas. Dessa forma nossos dados sugerem que a coinfecção com parasitoses intestinais parece não estar interferindo na resposta imune humoral a antígenos candidatos a uma vacina antimalárica / The geographic distribution of the overlapped over the world, the common in tropical regions of the planet. The immun e response against is characterized by a Th1 profile and also antibodi es production against erythrocytic stages, which IgG1 and IgG3 cytophilic antibodies a re related to protective immunity. On the other hand, Helminth infections induce a str ong immunoregulatory and Th2 response that can inhibit the inflammatory response against malaria, fetching possible consequences for clinical disease. Thus th e aim of our study was to evaluate the occurre nce of parameters, level of cytokines and the humoral immu ne response against three Plasmodium vivax antigens (AMA malaria and intestinal parasites and in i 280 volunteers living in the city of Porto Velho, R ondônia examination, automated blood cell count and to obta in the plasma used in the quantification of antibodies and cytokine an also collected for detection of intestinal parasite s was also collected. The four groups formed Malaria (M) Intestinal Parasites (PI), Coinfected ( CI) and Exposed (E) showed no differences in the epidemiological param concentrations, as well as the frequency of anemic patients, were not different between groups M e CI . The total population showed a prevalence of IgG r esponse of 62.9%, 65.7% and 68.6% respectively against AMA f requency response of total IgG against MSP CI while the frequency response and reactivity index ( RI) of total IgG and IgG1 anti IR-MSP- 1 were lower in we observed that the IR IgG1 was lower and the frequency respon se and the IRs of IgG2 and IgG4 were higher between group M as CI IFN- γ , IL compared to the group E against three proteins studied. Thus our data sugge st that co parasites presented low interference in the vaccine candidates.

Page generated in 0.0591 seconds