• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 15
  • Tagged with
  • 15
  • 15
  • 12
  • 11
  • 6
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Criação do pneumoperitônio por punção no hipocôndrio esquerdo: sistema nebuloso (fuzzy) de suporte à decisão pela relação pressão/volume do posicionamento da ponta da agulha de Veress / Creation of the pneumoperitoneum through left hipocondrium puncture: fuzzy decision support system of the Veress needle‟s tip location by the pressure/volume relation

Becker Junior, Otavio Monteiro [UNIFESP] 29 October 2008 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:49:48Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-10-29. Added 1 bitstream(s) on 2015-08-11T03:25:35Z : No. of bitstreams: 1 Publico-0243a.pdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5). Added 1 bitstream(s) on 2015-08-11T03:25:35Z : No. of bitstreams: 2 Publico-0243a.pdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Publico-0243b.pdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5). Added 1 bitstream(s) on 2015-08-11T03:25:35Z : No. of bitstreams: 3 Publico-0243a.pdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Publico-0243b.pdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Publico-0243.pdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Objetivos: Verificar a eficiência da punção com agulha de Veress no hipocôndrio esquerdo, a acurácia dos testes descritos e o valor diagnóstico dos valores da pressão intraperitoneais em função do volume de gás injetado em modelagem utilizando lógica nebulosa (fuzzy). Métodos: 91 pacientes, sem quaisquer critérios de exclusão, consecutivamente agendados para procedimentos videolaparoscópicos, tiveram a parede abdominal puncionada no hipocôndrio esquerdo. Os pacientes receberam anestesia geral e ventilação controlada mecânica segundo o protocolo. Após a punção foram utilizadas cinco provas para testar o posicionamento da ponta da agulha no interior da cavidade peritoneal: prova da aspiração – PA, da resistência à infusão – Pres, da recuperação do líquido infundido – Prec, prova do gotejamento - PG, e a prova da pressão intraperitoneal inicial -PPII. Os resultados das provas foram comparados entre os resultados da literatura para grupos com critérios de exclusão definidos. Os resultados foram considerados para cálculo da sensibilidade (S) e da especificidade (E) e valores preditivos positivos (VPP) e valores preditivos negativos (VPN). O volume e pressão foram registrados a cada 20 segundos até 12 mmHg. Métodos inferenciais estatísticos e nebulosos (fuzzy) foram utilizados em modelagem computacional. Resultados: Ocorreram 13 fracassos. A PA teve E=100% e VPN=100%. Pres teve S=100%; E= 0; VPP= 85,71% VPN= não se aplica. Prec: S= 100%; E= 53,84%; VPP= 92,85%; VPN= 100%. PG: S= 100%; E= 61,53%; VPP= 93,97% VPN= 100%. Na PPII, a S, E, VPP e VPN=100%. A pressão varia em função do volume injetado, modulado principalmente pelo IMC (R²= 73% para grupo homogêneo, R²= 58,81% para heterogêneo). Conclusão: A punção no hipocôndrio esquerdo é eficiente, as provas realizadas orientam o cirurgião a despeito do gênero, IMC ou cirurgias prévias. A pressão intraperitoneal como função dos volumes injetados é parâmetro do posicionamento da ponta da agulha, variando conforme o índice de massa corporal, do gênero e da ocorrência de cirurgia prévia. A utilização da lógica nebulosa ou difusa provou-se eficaz e eficiente na modelagem desta relação. A construção de um sistema difuso de suporte à decisão utilizando o conhecimento heurístico foi o mais eficaz. / Objectives: To evaluate the Veress needle left hypochondrium puncture efficiency, the accuracy of reported tests results and the prognosis value of intra peritoneal pressure measures as function of the injected gas volumes in a fuzzy logic modeling control system. Methods: 91 patients, without any restrictions, sequentially scheduled for video laparoscopic procedures were punctured in the left hypochondrium. They were all under general anesthesia and mechanical controlled ventilation as described in the protocol. Five tests regarding the intra abdominal positioning of the needle tip were carried out: aspiration test – AT, liquid infusion resistance test – ResT, infused liquid recovery test – RecT, dripping test – DT, and the initial intra peritoneal pressure test – IIPT. The test‟s results were compared with data from previous reports from demographic selected group. The levels of sensitivity (SE), specificity (SP), the predictive positive values (PPV) and the negative values (PNV) were calculated. The volume and pressure measures were recorded at every 20 seconds until 12 mmHg. Statistical and fuzzy inferential methods were applied for computational modeling. Results: 13 failures occurred. The AT showed SP=100% and PNV=100%. The ResT showed SE=100%, and SP=0, PPV=85,71%, PNV did not apply. The RecT showed SE= 100%, SP= 53,84%, PPV= 92,85%; PNV= 100%. DT: SE= 100%; SP= 61,53%; PPV= 93,97% PNV= 100%. The IIPP showed SE, SP, PPV e PNV=100%. The pressure values are function of the injected gas volume and suffers influence mainly from the BMI (R²= 73% for homogeneous group, R²=58,81% for heterogeneous). Conclusion: The left hypochondryum puncture is efficient, the tests carried out guide the surgeon despite BMI, sex distinction or previous surgery. The intra peritoneal pressure measure as function of the injected gas volume is a parameter of the needles‟ tip positioning, fluctuating according the body mass index, sex and previous surgery. Fuzzy logic demonstrated to be efficacious and efficient in modeling the volume/pressure relation. The heuristic knowledge was more efficient in building a fuzzy controller. / TEDE / BV UNIFESP: Teses e dissertações
2

Punção no hipocôndrio esquerdo na criação do pneumoperitônio: valor diagnóstico das provas de posicionamento da agulha de veress, das pressões intraperitoneais e dos volumes injetados durante a insuflação / The punction in left hipocondrium in the creation of the pneumoperitoneum: diagnostic value of the tests for the positioning of the Veress needle, intraperitonealpressures and injected volumes during insufflation

Azevedo, Otávio Cansanção [UNIFESP] January 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-12-06T23:44:36Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006 / Objetivos: Avaliar a eficácia da punção com agulha de Veress no hipocôndrio esquerdo, a acurácia de testes descritos e estabelecer parâmetros para pressão e volume em momentos da insuflação. Métodos: 32 pacientes puncionados na linha mediana do abdome (grupo LM) e 30 no hipocôndrio esquerdo (grupo HE). Acurácia das provas de posicionamento da agulha e número de tentativas falhas foram comparados. Foram depois puncionados no hipocôndrio esquerdo 70 pacientes que, com os do grupo HE, constituíram o grupo HET - hipocôndrio esquerdo total. Foram feitas provas de posicionamento da ponta da agulha; positivas quando, na prova da aspiração (PA), sugava-se material orgânico; na prova da resistência (PRes), exercia-se apenas pouca pressão na seringa à infusão de líquido; na prova de recuperação (PRec), não se recobrava o líquido infundido; na prova do gotejamento (PG), as gotas escoavam-se rapidamente, na prova da pressão intraperitoneal inicial (PPII), os níveis eram ≤ 8mmHg. Foram calculados a sensibilidade (S), a especificidade (E), os valores preditivos positivos (VPP) e negativos (VPN) das provas. O volume e a pressão foram registrados a cada 20 segundos até 12mmHg. Foram correlacionados os valores das pressões e dos volumes com momentos pré- determinados da insuflação. Resultados: Ocorreram duas tentativas infrutíferas de punção no grupo LM e três no grupo HE. No grupo HET, houve dez fracassos e a PA, a S e VPP não puderam ser aplicados, E=100% e VPN=100%. Na PRes, S=100%, E=0%, VPP=90% e VPN não existiu. Na PRec e na PG, S=100%, E=50%, VPP=94,7% e VPN=100%. Na PPII, a S, E, VPP e VPN=100%. Os valores da pressão e do volume mostraram correlação fortemente positiva com momentos pré- estabelecidos (coeficientes de explicação de 0,8011 e 0, 9604, respectivamente). Conclusões: A punção no hipocôndrio esquerdo é eficaz. As provas realizadas orientam o cirurgião. Há possibilidade de previsão dos valores das pressões e dos volumes em determinados momentos de insuflação. / Objectives: To evaluate the efficacy of the puncture with the Veress needle in the left hypochondrium, the accuracy of described test results and to establish parameters for pressure and volume in the moments of insufflation. Methods: 32 patients were punctioned in the abdominal mid-line (ML group), and 30 in the left hypochondrium (LH group). The accuracy of the positioning tests of the needle and number of failed attempts were compared. Afterwards, 70 patients were punctioned in the left hypochondrium who, together with those of group LH, formed into group TLH - total left hypochondrium. Tests regarding the positioning of the needle tip were carried out, considered positive when, in the aspiration test (AT), organic material was sucked; in the resistance test (ResT), only a small amount of pressure was exerted on the syringe against the infusion of liquid; in the recovery test (RecT), the infused liquid was not recovered; in the dripping test (DT), the drops were drained quickly; and, in the initial intra-peritoneal pressure test (IIPT), the levels were of ≤ 8mmHg. The levels of sensitivity (SE), specificity (SP), the predictive positive values (PPV) and negative values (PNV) of the tests, were calculated. Volume and pressure were recorded at every 20 seconds, until 12 mmHg. The values of pressures and volumes were correlated with pre-determined moments of insufflation. Results: Two unsuccessful attempts at punctioning took place in the ML group and one in the LH group. In the TLH Group, there were 10 failures and the AT, the SE and the PPV could not be applied, SP=100% and PNV =100%. In the ResT, SE =100%, SE =0%, PPV = 90%, and PNV = did not exist. In the RecT and in the DT, SP =100%, SE =50%, PPV =94,7% and PNV =100%. In the IIPT, the SP, SE, PPV and PNV =100%. Pressure and volume showed a strongly positive correlation with pre-determined moments (coefficient of explanation of = 0,8011and 0,9604 respectively). Conclusions: Punction in the left hypochondrium is effective. The tests carried out guide the surgeon. There is a likelihood of prediction of the values of pressures and volumes in determined moments of insufflation. / BV UNIFESP: Teses e dissertações
3

"Endometriose do trato gastrointestinal: correlações clínicas e laparoscópicas; papel da corrida dos órgãos peritoneais na endometriose (COPE)" / Gastrointestinal tract endometriosis : clinical and laparoscopic correlatio; the importance of the run in the peritoneal organs in the endometriosis

Univaldo Etsuo Sagae 03 October 2005 (has links)
O comprometimento do trato gastrintestinal pela endometriose em 40 pacientes com endometriose pélvica foi avaliado pelo método da COPE. A coorte estudada compreendeu 21 pacientes com sinais e sintomas gastrintestinais e 19 pacientes sem sinais e sintomas gastrintestinais, visando a estabelecer: 1. associações e correlações entre os parâmetros clínicos que sinalizam a presença de endometriose e as localizações das lesões em cada segmento do trato gastrintestinal; 2. correlação entre o estadiamento da endometriose (ASRM, 1996) e o comprometimento gastrintestinal e 3. correlação entre a classificação histológica da endometriose e o comprometimento gastrintestinal. Através da COPE, o diagnóstico e as correlações entre sinais e sintomas ginecológicos, ultra-sonografia vaginal, classificação da ASRM e histologia, com as características distributivas da doença no trato gastrintestinal, demonstraram que: 1. A idade foi significativamente mais elevada nas pacientes com sinais e sintomas no TGI; 2. A detecção de lesões no TGI ocorreu em 70% das pacientes; 3. A dismenorréia em intensidade severa ou incapacitante e dispareunia em intensidade severa correlacionaram-se com a endometriose ginecológica e a endometriose do trato gastrintestinal na presença de sinais e sintomas no TGI; 4. Os sinais e sintomas gastrintestinais correlacionados com a endometriose ginecológica e do TGI, foram o puxo e o tenesmo cíclico, a dor em cólica cíclica, a obstipação cíclica, a diarréia cíclica, a dor pélvica acíclica, as fezes afiladas e o sangramento intestinal cíclico; 5. A endometriose que provoca sinais e sintomas no TGI está localizada no segmento retossigmóide e/ou no íleo. A dispareunia e a dismenorréia apontam para o acometimento do íleo. A infertilidade sinaliza para a endometriose no apêndice; 6. Nas correlações do toque vaginal com os achados da COPE, o aumento anexial correlaciona-se com retossigmóide e íleo, o espessamento ou nódulo ligamentar, correlaciona-se com o reto e a presença de nódulo no fundo de saco ou lesão no septo reto-vaginal, sinaliza para o acometimento do cólon sigmóide; 7. A COPE aplicada a pacientes com suspeita de endometriose no segmento retossigmóide levantada pela ultra-sonografia transvaginal mostra que a doença se estende em associação significante ao reto, ao cólon sigmóide, cólon ascendente e íleo; 8. A COPE demonstrou que a endometriose acomete mais freqüentemente o íleo, o apêndice, o segmento retossigmoideano e o cólon ascendente na existência ou não de sinais e sintomas do TGI; 9. Os padrões histológicos distribuíram-se igualmente pelas lesões endometrióticas do TGI exceto nas lesões do mesentério; 10. O estádio IV da ASRM, 1996, é fator de risco significativo para o acometimento do reto, sigmóide e íleo. / The importance of the laparoscopic procedure padronization to the run in the peritoneal organs was established in 40 patients with pelvic endometriosis through the observation of its efficient in the characterization of the gastrointestinal tract endometriosis distribution and in the establishment of the meaningful correlations among the most important aspects of the gynecological clinic, vaginal ultrasonagraphic exam, ASRM and histology with gastrointestinal signs and symptoms. The run in the peritoneal organs in the endometriosis has permitted the diagnosis of the endometriosis disease real extension if compared to the competing methods previously described in the pertinent literature
4

"Endometriose do trato gastrointestinal: correlações clínicas e laparoscópicas; papel da corrida dos órgãos peritoneais na endometriose (COPE)" / Gastrointestinal tract endometriosis : clinical and laparoscopic correlatio; the importance of the run in the peritoneal organs in the endometriosis

Sagae, Univaldo Etsuo 03 October 2005 (has links)
O comprometimento do trato gastrintestinal pela endometriose em 40 pacientes com endometriose pélvica foi avaliado pelo método da COPE. A coorte estudada compreendeu 21 pacientes com sinais e sintomas gastrintestinais e 19 pacientes sem sinais e sintomas gastrintestinais, visando a estabelecer: 1. associações e correlações entre os parâmetros clínicos que sinalizam a presença de endometriose e as localizações das lesões em cada segmento do trato gastrintestinal; 2. correlação entre o estadiamento da endometriose (ASRM, 1996) e o comprometimento gastrintestinal e 3. correlação entre a classificação histológica da endometriose e o comprometimento gastrintestinal. Através da COPE, o diagnóstico e as correlações entre sinais e sintomas ginecológicos, ultra-sonografia vaginal, classificação da ASRM e histologia, com as características distributivas da doença no trato gastrintestinal, demonstraram que: 1. A idade foi significativamente mais elevada nas pacientes com sinais e sintomas no TGI; 2. A detecção de lesões no TGI ocorreu em 70% das pacientes; 3. A dismenorréia em intensidade severa ou incapacitante e dispareunia em intensidade severa correlacionaram-se com a endometriose ginecológica e a endometriose do trato gastrintestinal na presença de sinais e sintomas no TGI; 4. Os sinais e sintomas gastrintestinais correlacionados com a endometriose ginecológica e do TGI, foram o puxo e o tenesmo cíclico, a dor em cólica cíclica, a obstipação cíclica, a diarréia cíclica, a dor pélvica acíclica, as fezes afiladas e o sangramento intestinal cíclico; 5. A endometriose que provoca sinais e sintomas no TGI está localizada no segmento retossigmóide e/ou no íleo. A dispareunia e a dismenorréia apontam para o acometimento do íleo. A infertilidade sinaliza para a endometriose no apêndice; 6. Nas correlações do toque vaginal com os achados da COPE, o aumento anexial correlaciona-se com retossigmóide e íleo, o espessamento ou nódulo ligamentar, correlaciona-se com o reto e a presença de nódulo no fundo de saco ou lesão no septo reto-vaginal, sinaliza para o acometimento do cólon sigmóide; 7. A COPE aplicada a pacientes com suspeita de endometriose no segmento retossigmóide levantada pela ultra-sonografia transvaginal mostra que a doença se estende em associação significante ao reto, ao cólon sigmóide, cólon ascendente e íleo; 8. A COPE demonstrou que a endometriose acomete mais freqüentemente o íleo, o apêndice, o segmento retossigmoideano e o cólon ascendente na existência ou não de sinais e sintomas do TGI; 9. Os padrões histológicos distribuíram-se igualmente pelas lesões endometrióticas do TGI exceto nas lesões do mesentério; 10. O estádio IV da ASRM, 1996, é fator de risco significativo para o acometimento do reto, sigmóide e íleo. / The importance of the laparoscopic procedure padronization to the run in the peritoneal organs was established in 40 patients with pelvic endometriosis through the observation of its efficient in the characterization of the gastrointestinal tract endometriosis distribution and in the establishment of the meaningful correlations among the most important aspects of the gynecological clinic, vaginal ultrasonagraphic exam, ASRM and histology with gastrointestinal signs and symptoms. The run in the peritoneal organs in the endometriosis has permitted the diagnosis of the endometriosis disease real extension if compared to the competing methods previously described in the pertinent literature
5

Avaliação da utilização de sistema de suspensão abdominal mecânica: estudo experimental em cães / Evaluation of abdominal wall lifting system utilization: experimental study in dogs

Joaquim Adolfo de Freitas Silveira 23 August 2007 (has links)
Com o intuito de avaliar sistema de suspensão mecânica da parede abdominal, elaborou-se protocolo experimental, estudando-se trinta cães, distribuídos em três grupos experimentais de maneira aleatória: grupo pneumoperitônio com gás carbônico, grupo suspensão pela cavidade peritoneal e grupo suspensão abdominal (intraperitoneal) pela tela subcutânea, para documentar alterações metabólicas, hemodinâmicas e respiratórias em cada grupo, compará-las e verificar possíveis vantagens ou desvantagens dos métodos. Os animais foram monitorizados com eletrocardiograma, cateter de Swan-Ganz e pressão arterial invasiva, sendo colhidas amostras de sangue arterial e venoso misto nos momentos basal, 0, 15, 30, 60, 90, 120 minutos e 30 minutos após o término do procedimento, anotando-se para cada momento os parâmetros hemodinâmicos. Calculouse a média e o desvio padrão dos parâmetros, sendo os diferentes grupos comparados pelo teste de Kruskal-Wallis, e nos momentos em que se encontrou diferença estatística entre os três grupos, comparou-se os grupos dois a dois pelo teste de Mann-Whitney. Observou-se, no grupo pneumoperitônio em relação aos grupos suspensão, queda significativa do pH sangüíneo, elevação do bicarbonato, elevação da pressão venosa central e elevação da pressão parcial de gás carbônico, diferenças estas estatisticamente significativas, com p<0,05, não havendo diferenças estatísticas entre os grupos suspensão abdominal e subcutânea / With the purpose of evaluate abdominal wall lifting system, a experimental protocol was elaborated, and thirty dogs, distributed randomly in three experimental groups, pneumoperitoneum with carbon dioxide gas, abdominal (intraperitoneal) suspension and subcutaneous suspension, were studied to document metabolic, hemodynamic and respiratory alterations, compare then and verify if there are some advantage or disadvantage in each method. The animals were monitored with electrocardiogram, Swan-Ganz catheter and invasive arterial blood pressure, and samples of arterial and venous blood were collected at the moments basal, 0, 15, 30, 60, 90 and 120 minutes, and 30 minutes after the end of procedure, registering at each moment the hemodynamical parameters. The three groups were statically compared with Kruskal-Wallis test and, at the moments with statistical differences, the groups were compared two by two with Mann-Whitney test. At the group pneumoperitoneum was observed significant decrease of blood pH, raising of bicarbonate, central venous pressure, and partial carbon dioxide blood pressure in relation to suspension groups, and those differences were statistically significant with p<0.05, without significant differences between abdominal and subcutaneous suspension groups
6

Avaliação da utilização de sistema de suspensão abdominal mecânica: estudo experimental em cães / Evaluation of abdominal wall lifting system utilization: experimental study in dogs

Silveira, Joaquim Adolfo de Freitas 23 August 2007 (has links)
Com o intuito de avaliar sistema de suspensão mecânica da parede abdominal, elaborou-se protocolo experimental, estudando-se trinta cães, distribuídos em três grupos experimentais de maneira aleatória: grupo pneumoperitônio com gás carbônico, grupo suspensão pela cavidade peritoneal e grupo suspensão abdominal (intraperitoneal) pela tela subcutânea, para documentar alterações metabólicas, hemodinâmicas e respiratórias em cada grupo, compará-las e verificar possíveis vantagens ou desvantagens dos métodos. Os animais foram monitorizados com eletrocardiograma, cateter de Swan-Ganz e pressão arterial invasiva, sendo colhidas amostras de sangue arterial e venoso misto nos momentos basal, 0, 15, 30, 60, 90, 120 minutos e 30 minutos após o término do procedimento, anotando-se para cada momento os parâmetros hemodinâmicos. Calculouse a média e o desvio padrão dos parâmetros, sendo os diferentes grupos comparados pelo teste de Kruskal-Wallis, e nos momentos em que se encontrou diferença estatística entre os três grupos, comparou-se os grupos dois a dois pelo teste de Mann-Whitney. Observou-se, no grupo pneumoperitônio em relação aos grupos suspensão, queda significativa do pH sangüíneo, elevação do bicarbonato, elevação da pressão venosa central e elevação da pressão parcial de gás carbônico, diferenças estas estatisticamente significativas, com p<0,05, não havendo diferenças estatísticas entre os grupos suspensão abdominal e subcutânea / With the purpose of evaluate abdominal wall lifting system, a experimental protocol was elaborated, and thirty dogs, distributed randomly in three experimental groups, pneumoperitoneum with carbon dioxide gas, abdominal (intraperitoneal) suspension and subcutaneous suspension, were studied to document metabolic, hemodynamic and respiratory alterations, compare then and verify if there are some advantage or disadvantage in each method. The animals were monitored with electrocardiogram, Swan-Ganz catheter and invasive arterial blood pressure, and samples of arterial and venous blood were collected at the moments basal, 0, 15, 30, 60, 90 and 120 minutes, and 30 minutes after the end of procedure, registering at each moment the hemodynamical parameters. The three groups were statically compared with Kruskal-Wallis test and, at the moments with statistical differences, the groups were compared two by two with Mann-Whitney test. At the group pneumoperitoneum was observed significant decrease of blood pH, raising of bicarbonate, central venous pressure, and partial carbon dioxide blood pressure in relation to suspension groups, and those differences were statistically significant with p<0.05, without significant differences between abdominal and subcutaneous suspension groups
7

Estudo da hidrolaparoscopia transvaginal com novo instrumental de acesso à cavidade pélvica / Transvaginal hydrolaparoscopy with a new instrument to access pelvic cavity

Carlos Henrique Fontana Vieira 22 October 2004 (has links)
INTRODUÇÃO: A hidrolaparoscopia transvaginal (HLT) é uma técnica de exploração das estruturas tubo-ovarianas em pacientes inférteis sem alteração pélvica determinada. O procedimento consiste no acesso via vaginal da cavidade pélvica com trocarte e introdução de óptica que é acoplada ao sistema de videodocumentação. O exame é realizado em ambulatório com anestesia local. A visibilização é conseguida graças a hidroflotação das estruturas pélvicas provocada pela instilação de soro fisiológico ou solução de lactatoringer. Trata-se de uma das técnicas vídeo-endoscópicas ginecológica mais recentes descrita na literatura, ainda em fase de estudos. Este método permite o diagnóstico de afecções da pelve posterior como, endometriose, cistos ovarianos, aderências, hidrossalpinge, miomas e estudo da tuba distal em pacientes laqueadas. O estudo desenvolvido tem por objetivo avaliar a técnica operatória em si, assim como os achados através deste método e a segurança e eficácia de um novo um novo instrumental, mais particularmente uma agulha de Veress modificada, desenvolvida especificamente para este procedimento. Este instrumental difere de outros utilizados e descritos na literatura por apresentar um dispositivo de segurança em sua base que tem por finalidade fixar a parte interna da ponta da agulha, oferecendo maior segurança ao adentrar-se às cegas na cavidade pélvica através do fórnice vaginal posterior. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Para realização do estudo selecionou-se 38 pacientes laqueadas que apresentavam desejo de gravidez. Foram excluídas pacientes que apresentassem outra afecção pélvica e aquelas cujos parceiros apresentavam espermograma alterado com indicação de fertilização in vitro. O procedimento foi realizado com a paciente em posição ginecológica. Após a anti-sepsia da vulva e vagina procedeu-se à infiltração de 2 ml de lidocaína com vasoconstritor em porção mediana do fórnice vaginal posterior aproximadamente 1,5 cm abaixo da inserção da parede vaginal na cérvice uterina. Depois disto puncionava-se através do local previamente anestesiado com a agulha, objeto deste estudo, já envolta por uma cânula similar a um trocarte, até transpassar-se a parede vaginal e obter-se acesso à cavidade pélvica. Introduzia-se 100 ml de soro fisiológico ou solução de lactato-ringer com lidocaína 2% sem vasoconstritor diluída em uma proporção de 1/100. Após remover a agulha introduzia-se através da cânula uma óptica de 2,9 mm com ângulo de 30º acoplada a um sistema de vídeodocumentação; confirmava-se o acesso ao interior da cavidade e prosseguia-se a instilação de líquido e inspeção da mesma. RESULTADOS: 1) Obteve-se acesso à cavidade pélvica em 36 (94,7%) das pacientes. 2) A quantidade de líquido utilizada variou de 300 a 1500 ml. 3) O escore médio de dor foi de 2,3 na escala visual analógica de dor. O escore médio nas pacientes nas quais se utilizou quantidades 600ml foi de 2,7 e 1,7 respectivamente. 4) Os achados mais comuns durante o procedimento foram de aderências pélvicas velamentosas, além de hidrossalpinge e salpingectomia distal em alguns casos. 5) Não houve qualquer complicação nos 38 casos estudados. CONCLUSÕES: 1) O novo instrumental de hidrolaparoscopia transvaginal (agulhas de Veress modificada) é eficaz em acessar a cavidade pélvica, é seguro e de fácil manuseio. 2) A hidrolaparoscopia transvaginal é um método realizável em âmbito ambulatorial, reprodutível, bem tolerado, de baixo custo e com boa capacidade diagnóstica / INTRODUCTION: Transvaginal hydrolaparoscopy (THL) is a technique for pelvic exploration in patients without pelvic pathology. The procedure consists of accessing the pelvic cavity with a trocar and introduction of an optic coupled to a videodocumentation system. The exam is performed in outpatient under local anesthesia. Visualization is achieved through hydroflotation of the pelvis\'s structures, following instillation of saline or Ringer\'s lactate solution. It is one of the most recently described gynecological videoendoscopic techniques in the literature and still in trial phase. This method enables the diagnosis of alterations in the posterior pelvis, such as endometriosis; ovarian cysts; adhesions; hydrosalpinx; myomas; and evaluation of the distal tube in patient with tubal ligation. The objective of the study was to evaluate the technique itself, as well as the findings using this method and the efficiency of the new instrument, in particular the modified Veress needle that has been developed specifically for this procedure. This instrument differs from others described in the literature because it has a safety device in its base designed to fix the inner part of needle\'s tip, thereby offering greater safety during blind insertion into the pelvic cavity through the posterior fornix. MATERIAL AND METHODS: A total of 38 patients with tubal ligation were selected that had expressed the desire to become pregnant. Patients with other pelvic alteration and whose partner presented abnormal semen analisys with indication for in vitro fertilization were excluded. The procedure was performed in gynecologic position. After antisepsis of the vulva and vagina, 2 ml of lidocaine with adrenaline was perfomed of posterior fornix at midline, approximately 1.5 cm below the insertion of the vaginal wall in the uterine cervix. After this, the Veress needle previously covered with a cannula that is similar a trocar, was inserted through the anesthetized area until it reached the pelvic cavity. A hundred milliliter of saline or Ringer\'s lactate solution with 2% lidocaine, without adrenaline and diluted to 1:100 was introduced. After removal of the Veress needle, a rigid 2,9 mm endoscope with a 30º optical angle coupled to a videodocumentation system was inserted trough the cannula to confirm the access into pelvic cavity. The liquid has continued instilled and the inspection was undertaken. RESULTS: 1) the pelvic cavity was accessed in 36 (94.7%) patients; 2) the distention media volume used was 300 to 1500 ml; 3) the mean score for pain using the visual analog pain scale was 2.3. This score for the patients that received 600 ml was 2.7 and 1.7, respectively; 4) the most common findings during the procedure were filamentous pelvic adhesions, besides hydrosalpinx and distal salpingectomy in some cases 5) there were no complications in any of the 38 cases studied. CONCLUSIONS: 1)The new transvaginal hydrolaparoscopy instrument (modified Veress needle) is effective to access the pelvic cavity, safe and easy handle; 2) transvaginal hydrolaparoscopy is feasibility in outpatient basis and is reproducible, well tolerated, inexpensive and offers a good diagnostic capacity
8

Neobexiga gastroileal ortotópica e gastroileocistoplastia laparoscópicas: viabilidade técnica e análise crítica de um modelo experimental em suínos / Laparoscopic orthotopic gastroileal neobladder and gastroileocystoplasty: technical feasibility and critical analysis of an experimental porcine model

Eduardo Franco Carvalhal 13 September 2004 (has links)
Introdução: Reservatórios gastroileais (GI) compostos podem apresentar vantagens em relação a segmentos intestinais isolados em cirurgias de reconstrução urinária em pacientes selecionados. Apresentamos aqui as técnicas laparoscópicas de gastroileocistoplastia (ampliação vesical) e de neobexiga gastroileal ortotópica (substituição vesical), realizadas de forma completamente intracorpórea em um modelo suíno experimental. Avalia-se sua viabilidade técnica e resultados funcionais. Métodos: Após padronização da técnica em estudo piloto (três animais), realizaram-se as cirurgias de gastroileocistoplastia (Grupo I; N = 5) e neobexiga GI ortotópica (Grupo II; N = 10), envolvendo os mesmos princípios de ressecção laparoscópica de cunha gástrica e íleo. No grupo II, a criação da neobexiga GI incluiu reimplante ureteral bilateral no segmento gástrico com técnica antirefluxo e anastomose uretro-ileal. Foram utilizados exclusivamente grampeadores e técnicas de sutura livre laparoscópica, de forma completamente intracorpórea. Análise pré e pós-operatória de dados laboratoriais, capacidade vesical, avaliação histológica e por imagem (uretrocistografia, urografia venosa) dos reservatórios resultantes foi concluída ao final do seguimento de 8 a 12 semanas (Grupo I) e quatro a oito semanas (Grupo II). Resultados: Os segmentos ileal e gástrico alcançaram a pelve do animal em todos os casos. Tempo cirúrgico foi de 5,2 h para o Grupo I e 7,4 h para o Grupo II. Não houve conversões ou óbitos intra-operatórios. Todos os reservatórios GI apresentavam-se viáveis por ocasião da eutanásia em ambos os grupos. No Grupo I, quatro dos cinco animais completaram sem intercorrências o seguimento de 8 (N = 2) e 12 (N = 2) semanas. Um animal apresentou deterioração clínica, sendo levado precocemente à eutanásia por pielonefrite e alcalose metabólica. Houve aumento da capacidade vesical (a uma pressão vesical de 20cmH2O) de 650ml para 1025ml (p < 0,05) após a cirurgia de ampliação vesical. No Grupo II, cinco dos 10 animais completaram o seguimento previsto em quatro (N = 3) e oito (N = 2) semanas, com mínima alteração da função renal (Cr pré e pós-operatório=1,4 e 2,2mg/dl, respectivamente; p = 0,09). Três animais tiveram a eutanásia antecipada devido a obstrução ureteral com pielonefrite (N = 2) e alcalose hipoclorêmica severa (N=1). Dois óbitos foram associados a obstrução ureteral bilateral e sepse. Capacidade vesical média das neobexigas foi de 400ml. Não houve casos de refluxo vesico-ureteral à cistografia. Porém, sete das 20 unidades renais (35%) apresentaram estenose uretero-gástrica. Obstrução intestinal (N = 1), fístula gástrica (N = 1) e urinoma (N = 1) foram outras complicações do Grupo II. Conclusões: A ressecção gástrica laparoscópica para ampliação e substituição vesicais é viável e reprodutível. A gastroileocistoplastia laparoscópica apresenta adequado resultado funcional após três meses no modelo suíno. A neobexiga GI laparoscópica é tecnicamente viável no modelo suíno, apesar de sua complexidade. A descrição inicial é apresentada. Aperfeiçoamento da técnica de reimplante ureteral anti-refluxo laparoscópico é necessário antes de sua aplicação clínica. / Introduction: Composite gastroileal (GI) urinary reservoirs may present advantages over the use of isolated intestinal segments for urinary reconstructive procedures in selected patients. Herein, we present the laparoscopic techniques of gastroileocystoplasty (bladder augmentation) and GI orthotopic neobladder (bladder substitution), performed completely intracorporeally in a porcine model. Technical feasibility and functional results of these procedures are evaluated. Methods: After a pilot study (three animals) to technically standardize the procedures, gastroileocystoplasty (Group I, N = 5) and GI orthotopic neobladder (Group II; N = 10) were performed applying the same principles of wedge gastric resection and ileal resection. In Group II, creation of the neobladder included bilateral ureteral reimplantation into the gastric segment with an anti-reflux technique and an urethro-ileoanastomosis. Staplers and free-hand laparoscopic suture techniques were utilized exclusively, in a completely intracorporeal manner. Preop and postoperative analysis of laboratory data, bladder capacity, image (cystourethrography, intravenous urography) and histological evaluation of the resulting GI reservoirs was concluded at the end of follow-up, at eight and 12 weeks (Group I) and four and eight weeks (Group II). Results: Ileal and gastric patches reached the animal pelvis in all cases. Operative times were 5.2h for Group I and 7.4h for Group II. No conversions or intraoperative deaths occurred. All GI reservoirs were viable by the time of euthanasia in both groups. In Group I, four of the five animals completed the scheduled follow-up of 8 (N = 2) and 12 (N = 2) weeks without complications. One animal received early euthanasia due to pyelonephritis and metabolic alkalosis. Bladder capacity (at a bladder pressure of 20cmH2O) increased from 650ml to 1025ml (p < 0.05) after the bladder augmentation procedure. In Group II, five of 10 animals completed the scheduled follow-up at four (N = 3) and eight (N = 2) weeks, with minimal alteration on renal function (pre and postoperative Cr = 1.4 and 2.2mg/dl, respectively; p = 0.09). Three animals had an early euthanasia due to ureteral obstruction and pyelonephritis (N=2) and severe hipochloremic alkalosis (N = 1). Two deaths were associated to bilateral ureteral obstruction and sepsis. Mean bladder capacity for the neobladders was 400ml. No cases of vesico-ureteral reflux were seen at cystourethrography. However, seven of 20 renal units (35%) presented with uretero-gastric stenosis. Bowel obstruction (N = 1), gastric fistula (N = 1) and urinoma (N = 1) were other complications in Group II. Conclusions: Laparoscopic gastric resection for bladder augmentation and substitution purposes is feasible and reproducible. Laparoscopic gastroileocystoplasty presents adequate functional results after three months in the porcine model. Laparoscopic GI neobladder is technically viable in the porcine model, despite its complexity. The initial report is presented. Refinements of laparoscopic anti-reflux ureteral reimplantation techniques are necessary before its clinical application.
9

Avaliação da qualidade de vida e índice de satisfação nos pacientes submetido à prostatectomia radical robótica e prostatectomia radical retropúbica: um estudo prospectivo e aleatorizado / Assessment of quality of life and satisfaction of patients who have undergone robotic radical prostatectomy and radical retropubic prostatectomy: a prospective randomized study

Mary Elen Salles Guariero 05 December 2014 (has links)
INTRODUÇÃO: O câncer de próstata (CaP) é o tipo mais comum entre os tumores malignos que afetam o homem. Dentre as opções terapêuticas para o tratamento precoce do CaP, destaca-se o tratamento cirúrgico com resultados satisfatórios de até 94% de cura nos casos localizados. A ressecção cirúrgica do CaP pode ser feita por três abordagens principais: prostatectomia radical retropúbica (PRR), prostatectomia radical laparoscópica (PRL) e mais recentemente a prostatectomia radical laparoscópica robô assistida (PRAR). Uma vez que existem várias alternativas terapêuticas para esse tipo de câncer, a qualidade de vida e satisfação relacionadas à avaliação, tornam-se muito importantes nos diferentes tipos de técnicas cirúrgicas. OBJETIVO: Comparar a qualidade de vida e o índice de satisfação nos pacientes submetidos a PRR e PRAR através de um estudo prospectivo e aleatorizado. MATERIAL E MÉTODOS: Através do Sistema Único de Saúde (SUS), 200 pacientes com diagnóstico de adenocarcinoma de próstata localizado, foram selecionados de forma aleatória para participarem do estudo, sendo então encaminhados entre março de 2010 a janeiro de 2011 para o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) para realizar PRAR, ou para o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), para a realização de PRR. Todos os pacientes foram seguidos clinicamente de maneira padrão. Utilizamos questionário SF-36 da seguinte forma: no pré-operatório e no pós-operatório de 1, 3, 6, 12, 18 e 24 meses, além de outro elaborado para avaliar a satisfação dos pacientes no pós operatório de 6, 12 e 18 meses. Os dados obtidos foram avaliados estatisticamente com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Foram então aplicados os questionários em 200 pacientes submetidos às cirurgias (grupos homogêneos com 100 pacientes para PRR e 100 para PRAR). De acordo com os domínios de qualidade de vida, os escores médios dos aspectos físicos, aspectos emocionais e saúde mental só variaram estatisticamente entre os momentos de avaliação, sendo os grupos iguais entre si para estes domínios. De acordo com aspectos sociais houve diferença entre os grupos independente do momento de avaliação, sendo maior nos pacientes submetidos a cirurgia aberta (p = 0,016). O nível de escolaridade e a renda familiar dos pacientes que realizaram a cirurgia robótica são maiores que as dos pacientes que realizaram a cirurgia aberta (p = 0,044 e p = 0,029 respectivamente). De acordo com o grau de satisfação pós cirurgia, encontramos que os pacientes que fizeram cirurgia robótica apresentam um maior grau de satisfação com a cirurgia que aqueles submetidos a cirurgia aberta (p < 0,001). O que mais incomoda ou preocupa o paciente que realiza a cirurgia aberta é a disfunção erétil enquanto que nos pacientes que fazem à cirurgia robótica a preocupação se distribui entre cura, impotência e perda urinária. CONCLUSÃO: Demonstramos que a maioria dos aspectos de qualidade de vida são semelhantes entre os pacientes submetidos a PRR e PRAR com exceção dos aspectos sociais que foram maiores nos pacientes submetidos ao procedimento aberto, demonstramos ainda que o índice de satisfação dos pacientes é maior no procedimento robótico, entretanto a grande maioria dos pacientes realizariam o mesmo tratamento quando questionados / INTRODUCTION: Prostate cancer (PCa) is the most common malignant tumors that affect man. Among the treatment options for early treatment of PCa, stands out the surgical treatment with satisfactory results, achieving cure results of up to 94% in localized cases. Surgical resection of PCa can be done through three main approaches, which are radical retropubic prostatectomy (RRP), laparoscopic radical prostatectomy (LRP) and more recently robotic-assisted laparoscopic radical prostatectomy (RALRP). Since there are several alternative therapies for this cancer, quality of life and satisfaction related to the evaluation of different types of surgery became very important. OBJECTIVE: Evaluate the two most widely used techniques: RRP and RALRP through a prospective randomized study, checking the satisfaction and quality of life in patients who have undergone these treatments. MATERIAL AND METHODS: The choice of surgical approach of the patient occurred randomly and the patients were selected through the Unified Health System (SUS) and sent to the Oswaldo Cruz Hospital (HAOC) for RALRP (robotic-assisted laparoscopic radical prostatectomy) or sent to the Cancer Institute of the State of São Paulo (ICESP) for RRP (radical retropubic prostatectomy), between March 2010 and January 2011. All patients were followed clinically in a standard way through a questionnaire, SF-36 and a questionnaire to evaluate their satisfaction. It was also verified the level of regret in post-surgery within 1, 3, 6, 12 and 24 months and the level of satisfaction was verified at 6 12 and 18 months post-surgery. The data were statistically evaluated with a significance level of 5%. RESULTS: We then applied the questionnaires in 200 patients who underwent surgery, and 100 patients who underwent RRP and 100 patients who underwent RALRP. The groups were quite homogeneous. According to the domains of quality of life, the average scores of physical, emotional and mental health only varied significantly among time points of evaluation, and the groups were equal to each other for these domains. According to the social aspects there were differences between the groups regardless of the time of evaluation, being higher in patients who underwent open surgery (p = 0.016). The education level and family income of patients who underwent robotic surgery are higher than of patients who underwent open surgery (p = 0.044 and p = 0.029 respectively). According to the level of satisfaction post-surgery, we realized that robotic surgery patients have a higher level of satisfaction about the surgery than those undergone open surgery (p < 0.001). The most signicant thing that bothers or worries the open surgery patients is sexual impotence while in robotic surgery patients, the concern is distributed among cure, impotence and urinary incontinence. CONCLUSION: We demonstrated that most aspects of quality of life are similar among patients undergoing RRP and RALRP except social aspects that were higher in patients undergone open surgery. We further demonstrated that the rate of satisfaction is higher in the robotic procedure patients. However, when questioned, the vast majority of patients would do the same treatment
10

Hidrolaparoscopia transvaginal no prognóstico cirúrgico de mulheres laqueadas candidatas à reversão da esterilização tubária / Transvaginal hydrolaparoscopy for evaluating surgical prognosis in sterilized women desiring a new pregnancy

Carlos Henrique Fontana Vieira 06 November 2007 (has links)
Introdução: Aproximadamente 2% a 26% das mulheres submetidas à esterilização demonstram arrependimento em algum momento de sua vida. A reversão cirúrgica pode ser realizada por laparotomia, minilaparotomia ou laparoscopia. Para tanto, é necessário avaliarem-se as condições tubárias para prognosticar o procedimento cirúrgico. Para a avaliação anatômica da tuba procede-se à histerossalpingografia para a análise da porção proximal à cicatriz cirúrgica da laqueadura, e a laparoscopia para a porção distal. Neste estudo prospectivo transversal, avaliou-se a porção distal das tubas pela hidrolaparoscopia transvaginal (HLT) como alternativa à laparoscopia diagnóstica. Métodos: No período de agosto de 2001 a abril de 2004, 38 pacientes sem outra afecção pélvica, com idade inferior a 40 anos, índice de massa corpórea menor que 35 kg/m2, e cujos parceiros não apresentavam espermograma alterado com indicação de fertilização in vitro, foram submetidas à HLT, em ambulatório e sob anestesia local. A reversão cirúrgica foi efetuada em 30 pacientes por minilaparotomia, que foi considerada \"padrão-ouro\" para determinar a acurácia dos achados da HLT. Resultados: 1) Obteve-se acesso à cavidade pélvica em 36 (94,7%) pacientes; em duas (5,3%) houve falha de acesso. 2) Das 30 pacientes que se mantiveram no estudo, em duas (6,7%) não se obteve acesso à cavidade pélvi-ca, e das 28 (93,3%) pacientes avaliadas em um total de 56 tubas, o prognóstico foi correto em 25 (89,3%) e insatisfatório em três (10,7%). A falha prognóstica decorreu de hidrossalpinge e laqueadura em dois pontos em cada uma das tubas em uma paciente e de hidrossalpinge em outras duas pacientes. 3) Não houve qualquer complicação nos 38 casos estudados. Conclusões: A HTL é método que per-mite a visualização das fímbrias e do coto distal das tubas de pacientes laqueadas. Constitui método com alto índice de acerto na análise da possibilidade de recanalização cirúrgica pós-laqueadura, mas a presença de hidrossalpinge prejudica a avaliação do prognóstico da reversibilidade. / Background: The rate of post sterilization regret in women is about 2% to 26% de-pending on the moment of life they are living. Surgical reversibility can be carried out with the use of laparotomy, minilaparotomy or laparoscopy. However, tubal condi-tions must be assessed for the surgical prognosis. Hysterosalpingography is useful for assessing the proximal surgical scar of the ligated tube, and laparoscopy is used for evaluating the distal portion. Distal portion of ligated tubes were evaluated by transvaginal hydrolaparoscopy (THL) as an alternative to laparoscopy in this investi-gation. Method: Between August 2001 and April 2004, 38 female candidates for sterilization reversal without any other pelvic disease, aged up to 40 years old, pre-senting body mass index <35 kg/m2, whose partners did not present abnormal es-permogram, and without indication for in vitro fertilization were submitted to outpa-tient THL under local anesthesia. Surgical reversal was accomplished in 30 patients with minilaparotomy, considered the golden-pattern for analyzing the accuracy of THL findings. Results: 1) Pelvic cavity was achieved in 36 (94.7%) patients, and the access failed in the other two (5.3%). 2) Out of the 30 patients who were kept in the study, failure in achieving the pelvic cavity occurred in two (6.7%) of them. In the remaining 28 (93.3%) women or 56 tubes, THL diagnosis was correct in 25 (89.3%) and unsatisfactory in the other three (10.7%). Prognosis failure was result of hy-drosalpinge, and one of these three patients presented two points ligated in both tubes as well. 3) There were no THL complications in all cases. Conclusion: THL is a technique useful for allowing visualization of fimbriae and distal stump of ligated tubes, and for accurately previewing the possibility of surgical reversal, although the presence of hydrosalpinge can interfere in the THL prognosis for tubal reversibility.

Page generated in 0.1034 seconds