• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2693
  • 80
  • 45
  • 2
  • Tagged with
  • 2848
  • 1235
  • 390
  • 385
  • 348
  • 346
  • 291
  • 264
  • 263
  • 241
  • 233
  • 229
  • 199
  • 191
  • 186
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A linguagem operativa do direito e sua repercussão no exercício da advocacia

Bento, Heliete Rosa 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Made available in DSpace on 2012-10-17T10:37:03Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T17:33:21Z : No. of bitstreams: 1 175108.pdf: 5858852 bytes, checksum: c9bf3cac8eea09f327d16732d6460cdd (MD5) O comportamento humano é função de uma cultura antes de ser uma singularidade. Uma cultura ou sociedade humana é um sistema complexo de produção que utiliza meios semióticos e virtuais (sistemas lingüísticos e psíquicos) para agir sobre forças naturais. Este processo produtivo que caracteriza uma cultura humana produz tanto a objetividade quanto a subjetividade, isto é, as formas materiais e as formas psicovirtuais da realidade. No interior de uma cultura, aquilo que se tem por realidade objetiva é o produto da atividade sócio-cultural que conecta e ativa forças e matérias naturais, meios de produção, signos da linguagem e agentes produtivos, num processo de produção que é sua objetividade biológica ou pessoal, pois o ser humano só pode existir no interior de sistemas lingüísticos ou exteriorização, relativa. O direito pode ser encarado sob diversas perspectivas, mas podemos destacar precisamente duas: como elemento de dominação ou como instrumento de promoção das transformações sociais. A lingüística nos ensina que não há termos precisos e valendo-se dessa realidade é que o discurso jurídico torna-se um instrumento de controle e ajuste do sistema social. A linguagem do direito, de certa forma, traduz a imagem mental dos que exercem ou convivem com esse tipo de atividade. É uma linguagem operativa, parecida com o Português (se nos referimos a advocacia brasileira) mas, ao mesmo tempo, diferente deste, visto que os significados das palavras têm, aí, um sentido bem específico, não comum ao jargão popular. O direito que tanto pode ser um ordenamento jurídico, como quer KELSEN (1988), como pode ser entendido como um conjunto de discursos: discurso dos legisladores, dos juízes, dos advogados, dos professores da área e de tantos operadores do direito. Disto resulta que o direito é também uma linguagem. Não se pretende analisar neste trabalho a linguagem da Ciência do Direito, atividade esta, desenvolvida pelos juristas-filósofos, mas tão somente refletir sobre a linguagem dos operadores do direito.
2

Silvestre Pinheiro Ferreira : a sua contribuição para a filosofia da linguagem

Pregitzer, Maria Elsa 1990 (has links)
No description available.
3

Confluências das línguas caboverdiana e portuguesa : perspectiva interdisciplinar

Lima, Maria de Lourdes Santos 2000 (has links)
A realidade linguística de Cabo Verde descreve-se enquanto confluência das línguas caboverdiana e portuguesa. No presente trabalho, fundamentado e baseado em trabalho de campo e pesquisa de material inédito, estuda-se o modo como se processa a convivência das duas línguas que, nesse espaço nacional disfrutam de estatutos diferenciados (língua oficial "versus" língua nacional). Numa visão tão abrangente quanto o permite a devida profundidade no tratamento do tema, apresentam-se os usos das línguas em presença, através de levantamento - em cuja metodologia confluem métodos das áreas da linguística e os de outras Ciências Ssociais pertinentes. Baseado no exame tão exaustivo quanto possível da produção teórica existente neste campo.
4

Significado e linguagem em Paul Grice

Barbosa, António Jorge Castro 2010 (has links)
Neste trabalho procura-se apresentar os elementos fundamentais da teoria da linguagem de Paul Grice. É apresentada a análise básica do significado no âmbito da qual Grice fala do significado do locutor, e são discutidas a suficiência e necessidade dessa análise. Relaciona-se também o significado das palavras com o significado do locutor. De seguida, aborda-se a teoriagriceana da conversação, onde se inclui a noção crucial de implicatura. Faz-se também uma breve contextualização da teoriagriceana do significado, comparando-a com as teorias de Wittgenstein e Chomsky. Ao encarar a conversação como um empreendimento racional, intencional e interpessoal, regido por um Princípio Cooperativo, Grice está a tentar esclarecer o mistério relativo à aceitação de regras na utilização da linguagem. Procurou-se mostrar que a primazia da função comunicativa da linguagem pode ter excelentes resultados teóricos.
5

Entre o mal-dizer e o bem dizer

Reis, Katia Moser Krinas dos 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Linguística. Made available in DSpace on 2012-10-19T17:18:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 188464.pdf: 258770 bytes, checksum: c91c0a546cc0ef8bd0e48cb5b9df9144 (MD5) Acreditando que o fonoaudiólogo é um intérprete diferenciado na medida em que sua interpretação extrapola a interpretação linguageira, o objetivo deste trabalho foi o de observar os tipos de intervenções feitas pelo clínico e os tipos de efeito gerados no sujeito que o fazem deslizar na linguagem, constituindo-se como sujeito e, portanto, estabelecendo um outro tipo de relação com a própria linguagem. Para tal, foi reunido um corpus constituído de transcrições não-fonéticas de sessões de terapia fonoaudiológica ocorridas entre três terapeutas e seis sujeitos diferenciados e com sintomas de linguagem diversos. Para a análise do material foi traçado um corpo teórico a partir da Análise do Discurso (de linha francesa), onde a linguagem é tomada como um acontecimento singular e submetida a um processo sócio-histórico. Quanto aos tipos de intervenção, foi observada uma diversidade de investidas, tanto focadas em uma escuta singular quanto a um conceito de normatização da fala dos sujeitos. Do mesmo modo foram observados efeitos diferenciados nos sujeitos. O que se concluiu é que não é apenas o tipo de intervenção utilizada que está em questão, mas mais especificamente as relações que o sujeito estabelece com sua linguagem a partir das intervenções.
6

Escritas de luz

Poletto, Ana Júlia 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura Made available in DSpace on 2012-10-22T14:58:53Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Este trabalho se dedica ao estudo da narrativa "Noivado" de Osman Lins, numa leitura do visível e do legível, abordada juntamente com a obra fotográfica "Os trinta Valérios" de Valério Vieira. Nos apoiamos na obra do filósofo alemão Walter benjamin para traçar passagens a diferentes meios reprodutivos, desde o que se passa no vitral até à fotografia e ao cinema, buscando demonstrar como a proliferação e a fragmentação atuam na modernidade. Destacamos o diálogo entre linguagem escrita (Osman Lins) e linguagem-imagem (Valério Vieira) como formas de despertar da anestesia moderna. This is a study of Osman Lins' "Noivado" ("Engagement") within the visible and the legible. It is considered together with Valério Vieira's photographic work "Os Trinta Valérios" ("Thirty Valérios"). The work of the German philosopher Walter Benjamin plays a theoretical role in building up a bridge between different reproductive means, such as between staynglass and photography/cinema. It shows that both proliferation and fragmentation are modern significant results. The dialog between written language (Osman Lins) and language as image (Valério Vieira) are awakening forms in anaesthetical modernity.
7

Sintaxe da frustação

Cúrcio, Verônica Ribas 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura Made available in DSpace on 2012-10-23T04:04:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 248389.pdf: 2212723 bytes, checksum: 23d65b731897e388be56a7da5118978b (MD5) Neste trabalho aplicamos uma abordagem estilística da linguagem literária aos textos de Franz Kafka, utilizando as ferramentas oferecidas pelos programas de computador de estatística textual. Desta forma, através de alguns levantamentos feitos pela fortuna crítica, destacamos os possíveis aspectos do estilo kafkiano. Primeiramente, no nível sintático como: a pontuação, preferência pelo subjuntivo, o emprego de certas preposições e conjunções. E por último, no nível semântico: manifestação de possibilidades e incertezas na narração.
8

Arrabalde e universo

Vaccaro, Santo Gabriel 2009 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura. Made available in DSpace on 2012-10-24T08:11:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 266540.pdf: 1048602 bytes, checksum: 79ca3a2d0ced4828232994802c23f75e (MD5) Neste trabalho se explora a visão sobre a linguagem em alguns textos de Jorge Luis Borges em três períodos de escrita, os textos iniciais (1918-1925), os textos da sua primeira etapa (1925-1928) e os da segunda etapa (posteriores a 1930). Nestas etapas são identificados e comparados os elementos que caracterizam a tematização da linguagem. Assim, a escrita borgeana é analisada na sua profunda reflexão sobre as diversas temáticas lingüísticas e filosóficas que envolvem o estudo da linguagem, desde a análise da língua espanhola e de uma postura regionalista até as considerações universalistas que abordam a relação entre linguagem e realidade, bem como a partir de óticas convencionalistas e naturalistas que vêem na linguagem um sistema de signos arbitrários ou relacionados com as coisas às quais as palavras se referem.
9

Persuasive discourse in advertising

S. Thiago, Denise Baumer de 1994 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão Made available in DSpace on 2016-01-08T18:40:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 100358.pdf: 61123676 bytes, checksum: da06193c28791713aeff4641c89e41b5 (MD5) Previous issue date: 1994 Análise lingüística dos estágios usados pelos agentes de propaganda da revista Veja para persuadir os leitores a comprar ou usar os produtos apresentados. Estudo de dois tipos de aspectos da propaganda comercial e de prestígio com apresentação das ideologias presentes nestas propagandas.
10

Aquisição de linguagem

Schuelter, Wilson 1976 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Made available in DSpace on 2012-10-15T19:52:31Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T13:10:44Z : No. of bitstreams: 1 53661.pdf: 4204618 bytes, checksum: 87ae999826dfaa97e275273fe733a428 (MD5)

Page generated in 0.0784 seconds