• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 330
  • 4
  • 1
  • Tagged with
  • 335
  • 335
  • 256
  • 245
  • 157
  • 107
  • 77
  • 61
  • 59
  • 58
  • 53
  • 49
  • 47
  • 45
  • 44
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Nos caminhos de Branca de Neve: um estudo sobre mem?ria cultural e simbologia nos contos de fadas

Gomes, Larissa Karen Ribeiro 10 March 2015 (has links)
Submitted by Automa??o e Estat?stica (sst@bczm.ufrn.br) on 2017-03-21T16:30:58Z No. of bitstreams: 1 LarissaKarenRibeiroGomes_DISSERT.pdf: 203125 bytes, checksum: 4032cf399f6a2784fc2a7bd185d44548 (MD5) / Approved for entry into archive by Monica Paiva (monicalpaiva@hotmail.com) on 2017-03-21T16:41:31Z (GMT) No. of bitstreams: 1 LarissaKarenRibeiroGomes_DISSERT.pdf: 203125 bytes, checksum: 4032cf399f6a2784fc2a7bd185d44548 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-21T16:41:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 LarissaKarenRibeiroGomes_DISSERT.pdf: 203125 bytes, checksum: 4032cf399f6a2784fc2a7bd185d44548 (MD5) Previous issue date: 2015-03-10 / Coordena??o de Aperfei?oamento de Pessoal de N?vel Superior (CAPES) / Este trabalho tem por objetivo compreender a forma??o do g?nero conto de fadas liter?rio, observando as quest?es sociais e culturais intr?nsecas ao liter?rio. A compreens?o do processo de consolida??o e institucionaliza??o do g?nero ? interligada com a an?lise de contos que apresentam elementos de semelhan?a com a hist?ria ?Branca de Neve e os Sete An?es?, publicada em 1812 pelos irm?os Jacob e Wilhelm Grimm. A partir deste conto ? feito um trabalho de ?rastreamento?, seguindo a pesquisa de Carlo Ginzburg (1989,1993), de demais contos que possuam elementos narrativos e s?mbolos semelhantes, dentre os quais foram selecionados contos de Giambattista Basile (1634), Laura Gozenbach (1870), Thomas F. Crane (1885) e Joseph Jacobs (1892), para compor o corpus desta disserta??o. A partir da an?lise dos contos, buscou-se uma compreens?o de como esse g?nero consegue permanecer como um dos mais importantes do mundo, conforme o pensamento de Jack Zipes (2006). A an?lise tamb?m abrange a simbologia de Carl Jung (2013) presente em todos os contos selecionados, baseando-se na ideia de que os s?mbolos cumprem pap?is essenciais na perman?ncia do g?nero conto de fadas nas sociedades. A utiliza??o dos contos para fins de legitima??o de identidade de um determinado povo tamb?m ? bastante relevante. Assim, os trabalhos de Benedict Anderson (2006), Michael Pollak (1989, 1992) e Pierre Nora (1993) foram decisivos para o desenvolvimento de nossa an?lise. Por fim, esta pesquisa instiga um olhar diferente sobre o significado cultura, para que seja poss?vel compreender o lugar dos contos de fadas nas sociedades atuais. / Este trabalho tem por objetivo compreender a forma??o do g?nero conto de fadas liter?rio, observando as quest?es sociais e culturais intr?nsecas ao liter?rio. A compreens?o do processo de consolida??o e institucionaliza??o do g?nero ? interligada com a an?lise de contos que apresentam elementos de semelhan?a com a hist?ria ?Branca de Neve e os Sete An?es?, publicada em 1812 pelos irm?os Jacob e Wilhelm Grimm. A partir deste conto ? feito um trabalho de ?rastreamento?, seguindo a pesquisa de Carlo Ginzburg (1989,1993), de demais contos que possuam elementos narrativos e s?mbolos semelhantes, dentre os quais foram selecionados contos de Giambattista Basile (1634), Laura Gozenbach (1870), Thomas F. Crane (1885) e Joseph Jacobs (1892), para compor o corpus desta disserta??o. A partir da an?lise dos contos, buscou-se uma compreens?o de como esse g?nero consegue permanecer como um dos mais importantes do mundo, conforme o pensamento de Jack Zipes (2006). A an?lise tamb?m abrange a simbologia de Carl Jung (2013) presente em todos os contos selecionados, baseando-se na ideia de que os s?mbolos cumprem pap?is essenciais na perman?ncia do g?nero conto de fadas nas sociedades. A utiliza??o dos contos para fins de legitima??o de identidade de um determinado povo tamb?m ? bastante relevante. Assim, os trabalhos de Benedict Anderson (2006), Michael Pollak (1989, 1992) e Pierre Nora (1993) foram decisivos para o desenvolvimento de nossa an?lise. Por fim, esta pesquisa instiga um olhar diferente sobre o significado cultura, para que seja poss?vel compreender o lugar dos contos de fadas nas sociedades atuais.
2

? a estampa temporal um fen?meno generalizado para todos os tipos de mem?rias?

Mac?do, Valcicl?nio Val?rio Pereira da Costa 10 June 2014 (has links)
Submitted by Automa??o e Estat?stica (sst@bczm.ufrn.br) on 2017-01-16T17:02:58Z No. of bitstreams: 1 ValciclenioValerioPereiraDaCostaMacedo_DISSERT.pdf: 1459179 bytes, checksum: 91a7f197fc56e2506c46b69660d690cc (MD5) / Approved for entry into archive by Elisangela Moura (lilaalves@gmail.com) on 2017-01-16T17:08:56Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ValciclenioValerioPereiraDaCostaMacedo_DISSERT.pdf: 1459179 bytes, checksum: 91a7f197fc56e2506c46b69660d690cc (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-16T17:08:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ValciclenioValerioPereiraDaCostaMacedo_DISSERT.pdf: 1459179 bytes, checksum: 91a7f197fc56e2506c46b69660d690cc (MD5) Previous issue date: 2014-06-10 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Cient?fico e Tecnol?gico (CNPq) / Ritmos circadianos influenciam a vida dos organismos e ocorrem a n?vel celular, fisiol?gico e comportamental. O processo mnem?nico onde a coincid?ncia da fase circadiana influencia o processo de evoca??o ? conhecido como Estampa Temporal O objetivo do presente estudo foi investigar se o fen?meno de estampa temporal pode ser generalizado para os diversos tipos de mem?ria. Para isto, investigamos a exist?ncia de estampa temporal na mem?ria de habitua??o ao campo aberto (CA), de reconhecimento de objeto (RO), de reconhecimento de objeto no espa?o (ROE) e na esquiva passiva (EP) em ratos Wistar. Foram utilizados 30 machos com 4 meses de idade, divididos em 5 grupos com 6 animais cada. Todos os grupos passam por duas exposi??es ao CA (sess?o 1 e sess?o 2), duas ao RO (treino e teste), duas ao ROE (treino e teste) e duas na esquiva passiva (treino e teste) em hor?rios coincidentes (G1 ZT14-14, G2 ZT22-22, G5 ZT14-14 horas; ZT0 indica o in?cio da fase de claro e ZT12, o in?cio do escuro) e em hor?rios n?o coincidentes (G4 ZT14-22, G5 ZT22-14). Para a an?lise da habitua??o ao Campo aberto, registramos o deslocamento (n? de quadrantes percorridos) nas duas sess?es. Adicionalmente, utilizamos um ?ndice de habitua??o (raz?o entre o deslocamento na sess?o 2 e o deslocamento na sess?o 1). Para o Reconhecimento de objeto, registramos o tempo de explora??o dos objetos no treino (objetos id?nticos) e no teste (objeto familiar e objeto novo), e utilizamos o ?ndice de reconhecimento (porcentagem do tempo de explora??o de um dado objeto em rela??o ao tempo total de explora??o dos dois objetos), o mesmo procedimento foi utilizado para o Reconhecimento de objeto no espa?o. Para a esquiva passiva foi medido a lat?ncia para descer da plataforma (tempo em segundos para descer da plataforma) como medida de mem?ria. Usamos o teste T de student pareado para compara??es dentro dos grupos e ANOVA para compara??es entre os grupos com post hoc de Tukey, posteriormente n?o encontrando nenhuma diferen?a entre os grupos coincid?ncia ou n?o coincid?ncia, fizemos a uni?o dos dados afim de criar dois grandes grupos (HC e HNC), para essa an?lise utizamos o teste T para amostras independentes. Para a esquiva passiva foi utilizado o teste de Kruskal-wallis para an?lise entre os grupos com post hoc de Mann-Whitney. Os resultados apontam que na tarefa de habitua??o os grupos HC apresentaram uma habitua??o significativa, enquanto n?o observamos diferen?as para os grupos HNC. Foi poss?vel observar no reconhecimento de objeto, que os animais do grupo hor?rio coincidente exploraram mais o objeto novo, quando comparado com o antigo, com exce??o do grupo 3. J? o grupo hor?rio n?o coincidente exploraram os objetos da mesma forma. No ROE n?o foi poss?vel observar nenhum resultado significativo nos grupos, com exce??o do grupo 3. J? na esquiva passiva, os grupos HC (G1 ZT14-14, G2 ZT22-22) e um do HNC (G4 ZT14-22) apresentaram aumento significativo na lat?ncia para descer da plataforma durante o teste, independente da coincid?ncia das fases circadianas ou n?o. Estudos pr?vios tem mostrado que a estampa temporal ? observada em tarefas comportamentais com condicionamento de lugar e esquiva. Nossos resultados mostram que a estampa temporal ? um fen?meno que ocorre tamb?m na habitua??o e reconhecimento de objeto. ? poss?vel que esse fen?meno seja generaliz?vel para o aprendizado e a recupera??o de informa??es. / Ritmos circadianos influenciam a vida dos organismos e ocorrem a n?vel celular, fisiol?gico e comportamental. O processo mnem?nico onde a coincid?ncia da fase circadiana influencia o processo de evoca??o ? conhecido como Estampa Temporal O objetivo do presente estudo foi investigar se o fen?meno de estampa temporal pode ser generalizado para os diversos tipos de mem?ria. Para isto, investigamos a exist?ncia de estampa temporal na mem?ria de habitua??o ao campo aberto (CA), de reconhecimento de objeto (RO), de reconhecimento de objeto no espa?o (ROE) e na esquiva passiva (EP) em ratos Wistar. Foram utilizados 30 machos com 4 meses de idade, divididos em 5 grupos com 6 animais cada. Todos os grupos passam por duas exposi??es ao CA (sess?o 1 e sess?o 2), duas ao RO (treino e teste), duas ao ROE (treino e teste) e duas na esquiva passiva (treino e teste) em hor?rios coincidentes (G1 ZT14-14, G2 ZT22-22, G5 ZT14-14 horas; ZT0 indica o in?cio da fase de claro e ZT12, o in?cio do escuro) e em hor?rios n?o coincidentes (G4 ZT14-22, G5 ZT22-14). Para a an?lise da habitua??o ao Campo aberto, registramos o deslocamento (n? de quadrantes percorridos) nas duas sess?es. Adicionalmente, utilizamos um ?ndice de habitua??o (raz?o entre o deslocamento na sess?o 2 e o deslocamento na sess?o 1). Para o Reconhecimento de objeto, registramos o tempo de explora??o dos objetos no treino (objetos id?nticos) e no teste (objeto familiar e objeto novo), e utilizamos o ?ndice de reconhecimento (porcentagem do tempo de explora??o de um dado objeto em rela??o ao tempo total de explora??o dos dois objetos), o mesmo procedimento foi utilizado para o Reconhecimento de objeto no espa?o. Para a esquiva passiva foi medido a lat?ncia para descer da plataforma (tempo em segundos para descer da plataforma) como medida de mem?ria. Usamos o teste T de student pareado para compara??es dentro dos grupos e ANOVA para compara??es entre os grupos com post hoc de Tukey, posteriormente n?o encontrando nenhuma diferen?a entre os grupos coincid?ncia ou n?o coincid?ncia, fizemos a uni?o dos dados afim de criar dois grandes grupos (HC e HNC), para essa an?lise utizamos o teste T para amostras independentes. Para a esquiva passiva foi utilizado o teste de Kruskal-wallis para an?lise entre os grupos com post hoc de Mann-Whitney. Os resultados apontam que na tarefa de habitua??o os grupos HC apresentaram uma habitua??o significativa, enquanto n?o observamos diferen?as para os grupos HNC. Foi poss?vel observar no reconhecimento de objeto, que os animais do grupo hor?rio coincidente exploraram mais o objeto novo, quando comparado com o antigo, com exce??o do grupo 3. J? o grupo hor?rio n?o coincidente exploraram os objetos da mesma forma. No ROE n?o foi poss?vel observar nenhum resultado significativo nos grupos, com exce??o do grupo 3. J? na esquiva passiva, os grupos HC (G1 ZT14-14, G2 ZT22-22) e um do HNC (G4 ZT14-22) apresentaram aumento significativo na lat?ncia para descer da plataforma durante o teste, independente da coincid?ncia das fases circadianas ou n?o. Estudos pr?vios tem mostrado que a estampa temporal ? observada em tarefas comportamentais com condicionamento de lugar e esquiva. Nossos resultados mostram que a estampa temporal ? um fen?meno que ocorre tamb?m na habitua??o e reconhecimento de objeto. ? poss?vel que esse fen?meno seja generaliz?vel para o aprendizado e a recupera??o de informa??es.
3

Mem?ria de reconhecimento em indiv?duos adultos com mais de 45 anos / Recognition memory in adults over 45 years old

Bezerra, Yalkirira Guadalupe Vaca Diaz 18 August 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-12-17T15:37:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 YalkiriaGVDB.pdf: 279553 bytes, checksum: 548ebdc7f23186b939bb4472661135c5 (MD5) Previous issue date: 2006-08-18 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Cient?fico e Tecnol?gico / As we grow old, there are many cognitive processes which decline in the human brain. One of them is the memory, a function that allows retention and posterior use of knowledge learned during the life, understood as a result of multiple systems highly organized and spread in several neural regions. This work aimed to evaluate the recognition memory in adults over 45 years old through words and pictures recognition tasks and the use of two codification or learning conditions (same distracters and different distracters). Twelve individuals were studied (6 men and 6 women) aged between 45 and 88 years old and with similar demographic characteristics. They presented better performance on picture tasks rather than word tasks. Better results were also verified when the codification context had different distracters, which significantly reflected in a long term principally in elderly individuals. The results reached suggest that the codification context influenced the lists of pictures and words learning, mainly for the elderly ones, when compared to adults, and that these results can be related to the phenomena involved with the recognition memory, the recollection and familiarity / Com o decorrer da idade, s?o v?rios os processos cognitivos que declinam no c?rebro humano. Um deles ? a mem?ria, fun??o que permite a reten??o e posterior utiliza??o dos conhecimentos apreendidos ao longo da vida, entendendo-a como o resultado de m?ltiplos sistemas altamente organizados e espalhados em diversas regi?es neurais. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a mem?ria de reconhecimento em indiv?duos adultos com mais de 45 anos, atrav?s de tarefas de reconhecimento de palavras e de figuras e o uso de duas condi??es de codifica??o ou aprendizagem (com distratores iguais e com distratores diferentes). Foram estudados 12 sujeitos (6 homens e 6 mulheres) com idade entre 45 a 88 anos e caracter?sticas demogr?ficas semelhantes. Os sujeitos apresentaram melhor desempenho nas tarefas de figuras do que nas de palavras. Melhores resultados tamb?m foram verificados quando o contexto de codifica??o se deu com distratores diferentes, o que se refletiu significativamente a longo prazo principalmente em indiv?duos idosos. Os resultados alcan?ados sugerem que o contexto de codifica??o influenciou a aprendizagem de listas de figuras e de palavras, principalmente para os indiv?duos idosos, quando comparados com adultos maduros, e que estes resultados podem estar relacionados aos fen?menos envolvidos com a mem?ria de reconhecimento, a recorda??o e a familiaridade
4

Avalia??o dos sistemas colin?rgico e purin?rgico em enc?falo de peixe-zebra (Danio rerio) adulto submetido a um modelo de hiperglicemia

Capiotti, Katiucia Marques 10 June 2015 (has links)
Submitted by Setor de Tratamento da Informa??o - BC/PUCRS (tede2@pucrs.br) on 2015-12-09T20:35:40Z No. of bitstreams: 1 476600 - Texto Completo.pdf: 18032134 bytes, checksum: 54f2aebaf2f0ddae096eb7241880ec72 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-09T20:35:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 476600 - Texto Completo.pdf: 18032134 bytes, checksum: 54f2aebaf2f0ddae096eb7241880ec72 (MD5) Previous issue date: 2015-06-10 / Diabetes Mellitus (DM) is a chronic disease that affects about 387 million people worldwide, being characterized as a heterogeneous group of metabolic disorders that have in common the symptom of hyperglycemia. The zebrafish (Danio rerio) has long been used in research to understand different diseases, due to characteristics shown by this species, as the genome and the description of the general organization and neuronal circuitry very similar to those observed in mammals and the presence of the main neurotransmitters, hormones, and receptors in this animal. Some metabolic disease models have already been developed using zebrafish, demonstrating that it is capable to reproduce important symptoms of human disorders. In this study, we characterized a hyperglycemia model in zebrafish and evaluated behavioral parameters and the effects on the purinergic and cholinergic systems under this condition. The hyperglycemia model was developed by immersion of adult zebrafish in 111 mM glucose for 14 days followed by 7 days of glucose washout. The protein glycation, the insulin sensitivity, the response to anti-diabetic drugs and the gene expression of insulin receptors and glucose transporters were evaluated. Our results showed that this model caused a rise in blood glucose levels, being able to reduce the response to insulin, increasing retinal protein glycation and the expression of mRNA levels of insulin receptors on skeletal muscle, in both groups of 111 mM glucose and after 7 days of glucose washout. Treatments with Glimepiride and Metformin were able to revert hyperglycemia. Studies have demonstrated that the cholinergic and purinergic systems are involved in the cognitive decrease mechanisms related to DM. The mnemonic capacity of the animals was assessed by inhibitory avoidance. Our results demonstrated that hyperglycemia was able to promote memory loss of the animals, which can be related to the increase of AChE activity. The therapy with galantamine, a AChE inhibitor, was able to reverse hiperglycemia-induced memory deficits. Our data also showed that hyperglycemia reduced the activity of hydrolysis of purine nucleotides (ATP, ADP and AMP) and increased the activity of adenosine deaminase (ADA), suggesting that these changes may be contributing to cognitive deterioration induced by DM. These findings may contribute to a better understanding of the signaling pathways involved in the cognitive impairment in DM and presenting alternative targets to the utilization of drugs that minimize the effects of hyperglycemia in the CNS. / O Diabetes Mellitus (DM) ? uma doen?a cr?nica que atinge cerca de 387 milh?es de pessoas no mundo, sendo caracterizado como um grupo heterog?neo de dist?rbios metab?licos que apresentam em comum o sintoma de hiperglicemia. O peixe-zebra (Danio rerio) tem sido muito utilizado na pesquisa para compreender diferentes doen?as, devido ?s caracter?sticas apresentadas por esta esp?cie, como o genoma e a descri??o da organiza??o geral e de circuitos neuronais muito semelhantes aos observados em mam?feros e a presen?a dos principais neurotransmissores, horm?nios e receptores. Alguns modelos de doen?as metab?licas j? foram desenvolvidos em peixe-zebra, demonstrando que este ? capaz de reproduzir sintomas importantes das disfun??es encontradas em humanos. Neste estudo, n?s caracterizamos um modelo de hiperglicemia em peixe-zebra e avaliamos par?metros comportamentais e os efeitos sobre os sistemas purin?rgico e colin?rgico sob esta condi??o. O modelo de hiperglicemia foi desenvolvido atrav?s da imers?o do peixezebra em 111 mM de glicose por 14 dias e 7 dias de washout. A glica??o de prote?nas, a sensibilidade ? insulina, a resposta a drogas anti-diab?ticas e a express?o g?nica de receptores de insulina e transportadores de glicose foram avaliadas. Nossos resultados demonstraram que este modelo provocou um aumento dos n?veis de glicose sangu?nea, sendo capaz de diminuir a resposta ? insulina, aumentar a glica??o de prote?nas da retina e a express?o dos n?veis de RNAm dos receptores de insulina no m?sculo esquel?tico, tanto no grupo de 111 mM de glicose como ap?s 7 dias de washout. Os tratamentos com glimepirida e metformina foram capazes de reverter a hiperglicemia. Estudos t?m demonstrado que os sistemas colin?rgico e purin?rgico est?o envolvidos nos mecanismos de decl?nio cognitivos relacionados ao DM. A capacidade mnem?nica dos animais foi avaliada atrav?s de esquiva inibit?ria. Nossos resultados demonstraram que a hiperglicemia foi capaz de promover preju?zos na mem?ria dos animais, o qual pode estar relacionado como aumento da atividade da AChE registrada em enc?falo de animais hiperglic?micos. O tratamento com galantamina, um inibidor da AChE, foi capaz de reverter os efeitos sobre a mem?ria causados pela hiperglicemia. Nossos dados tamb?m demonstraram que a hiperglicemia reduziu a atividade de hidr?lise de nucleot?deos da adenina (ATP, ADP e AMP) e aumentou a atividade da adenosina desaminase (ADA), sugerindo que as modifica??es causadas podem estar contribuindo para a piora cognitiva induzida pelo DM. Estes achados podem contribuir para um melhor entendimento das vias de sinaliza??o envolvidas nos mecanismos de a??o do DM e apresentarem alvosalternativos para a utiliza??o de f?rmacos que minimizem os efeitos da hiperglicemia sob o SNC.
5

Discurso e pr?ticas de comunica??o da mem?ria institucional : um estudo do Espa?o Mem?ria Banrisul

Seibt, Daniela 29 March 2017 (has links)
Submitted by Caroline Xavier (caroline.xavier@pucrs.br) on 2017-06-30T14:45:46Z No. of bitstreams: 1 DIS_DANIELA_SEIBT_COMPLETO.pdf: 2821809 bytes, checksum: 655f82937ef250d242440ffa7d549efb (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-30T14:45:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DIS_DANIELA_SEIBT_COMPLETO.pdf: 2821809 bytes, checksum: 655f82937ef250d242440ffa7d549efb (MD5) Previous issue date: 2017-03-29 / The rescue of a memory has been one of the most amazing events of both cultural and political nature, during the last years, and has raised special interest in the study of Brazilian organizations, where the use of memories is a strategy to trigger identification, concept of belonging and humanization of the organization itself, strengthen the way corporations are perceived and valued. The current work suggests a discussion on how organizations are using institutional content and speech should take place enlarging scope and strategic use of memories. Furthermore, brings to light aspects of the emotional dimension of the company?s memory, identifying though brief analysis the intent and emotional response imbedded in the memory speech. This is a quality focus research, based on Speech Analysis methodology, that brings together the perspectives of Dominique Maingueneau and Patrick Charaudeau. The mapping of the resources presents the theoretical perspectives on memory and its different approaches (individual, collective, social, institutional); communication and organizational culture, identification, perception, and value: emotional response, and the organizational speech. Studying the so called Espa?o Mem?ria Banrisul puts in place an effort that targets the understanding of the connections between memory speech and the company?s communication practices in what regards company?s memory. It also uncovers the speech strategies used to communicate a memory and emotional response they trigger on the audience. It is expected that, by the end of this research, relevant considerations can be presented to professional on Social Communication and Public Relation. / A emerg?ncia da mem?ria ? um dos fen?menos culturais e pol?ticos mais surpreendentes dos ?ltimos anos e tem despertado interesse especial nos estudos organizacionais brasileiros, no que diz respeito ?s possibilidades de uso da mem?ria como estrat?gia de identidade, pertencimento e humaniza??o das organiza??es, fortalecendo a imagem e a reputa??o corporativa. O presente estudo prop?e uma discuss?o acerca do envolvimento dos discursos e conte?dos institucionais produzidos pelas organiza??es, ampliando a vis?o estrat?gica dos usos da mem?ria. Al?m disso, contempla aspectos da dimens?o emocional da mem?ria de empresa, identificando em breve an?lise as rela??es de intencionalidade e emotividade no discurso de mem?ria. Esta pesquisa tem abordagem qualitativa e est? ancorada metodologicamente pela An?lise do Discurso, num composto das perspectivas de Dominique Maingueneau e Patrick Charaudeau. O levantamento bibliogr?fico apresenta as perspectivas te?ricas sobre mem?ria e suas diferentes abordagens (individual, coletiva, social e institucional); comunica??o e cultura organizacional, identidade, imagem e reputa??o; emo??es; e o discurso organizacional. Atrav?s do estudo do Espa?o Mem?ria Banrisul busca-se compreender as rela??es entre o discurso de mem?ria e as pr?ticas de comunica??o de mem?ria das empresas, analisar as estrat?gias discursivas utilizadas na comunica??o de mem?ria e identificar que emo??es elas provocam no p?blico. Pretende-se, ao final desta pesquisa, que se possa apresentar considera??es relevantes ao campo de atua??o dos profissionais de Comunica??o Social e Rela??es P?blicas.
6

Mem?ria emocional em idosos saud?veis

Tizeli, Gabriela Pereyra 27 August 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T13:34:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 416401.pdf: 397702 bytes, checksum: 265cdb8af7eba0c5e3048ce371b1cd69 (MD5) Previous issue date: 2009-08-27 / O presente trabalho consiste de um estudo, cujo prop?sito fora o de avaliar caracter?sticas da mem?ria emocional numa popula??o de idosos saud?veis (n=50), divididos por g?nero. A literatura cientifica ainda ? muito pobre ao explorar esse tema, o que nos possibilita a sugest?o de mais pesquisas e estudos nessa ?rea. Os resultados obtidos atrav?s do teste t mostraram que para ambos os sexos, os est?mulos negativos apresentaram maior tend?ncia a serem retidos pelos idosos, sendo, tal resultado, mais proeminente para os homens do que para as mulheres.
7

Falsas mem?rias autobiogr?ficas : o que ? poss?vel recordar de um evento inesquec?vel

Nascimento, Juliana Maria Steffen do 12 January 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T13:22:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 439391.pdf: 86957 bytes, checksum: 19452bffae1b5e50b02a634ee76f9e55 (MD5) Previous issue date: 2012-01-12 / The present dissertation investigates possible relationships between plausibility and emotionality in the creation of false autobiographical memories about a remarkable occurrence in the history life of a person. The investigation involved a study with undergraduated students from various courses at different graduation ceremonies. The dissertation consists of two empirical studies organized as two scientific papers. In the first study it was elaborated an instrument to assess the autobiographical memory about a given event, according to a process consisting of three stages. The main goal of the first stage was to collected many different kinds of events, which could occur during graduation ceremonies. 20 undergraduates from different courses have taken part in this stage by describing 10 events with high frequency of occurrence and 10 with low frequency of occurrence. In the second stage it was identified the plausibility rate of the collect events. There were 126 participants, which rated plausibility. In the third stage it was elaborated the Graduation Events Inventory based on Life Events Inventory LEI taking into account the information, which was collected at the previous stages. The events in the new inventory were classified according to plausibility (high or low), occurrence (true or false), and valence (positive or negative). The second study investigated aspects of false autobiographical memories. The objective of the study was to determine if the plausibility and emotionality associated with an event could influence the creation of false autobiographical memories. The investigation was performed taking into account the video tapes of graduation ceremonies and a list of events that are more likely to occur in such cerimonies. The study involved two groups of undergraduates from different courses in different graduation ceremonies, which have occurred two years and eight months before the collecting of data. The Group 1 was composed of 16 participants and the Group 2 had 26 participants. Both groups answered the Graduation Events Inventory by filling out a form on the internet. The findings of this study indicate that the plausibility of event occurrences affects the creation of false autobiographical memories: highly plausible events lead to more false memories than events with low plausibility. The interaction between plausibility and valence shows that low plausible, negative events present a substantial reduction of false autobiographical memories, differently from the positive events. The results also indicated that there are fewer false autobiographical memories for negative events than for positive events. The obtained results also show that the methodology developed to assess the autobiographical memories is consistent, since the findings for the Group 1 were replicated in the Group 2 / Com o intuito de estudar a rela??o entre plausibilidade e emocionalidade na forma??o de falsas mem?rias autobiogr?ficas sobre um acontecimento distintivo na hist?ria de vida de cada pessoa, a presente disserta??o de mestrado, desenvolveu um estudo com indiv?duos graduados em diferentes cursos de forma??o superior com distintas solenidades de formatura. Esta disserta??o ? constitu?da por dois estudos emp?ricos apresentados na forma de artigos. O escopo do primeiro estudo emp?rico foi elaborar um instrumento para aferir a mem?ria autobiogr?fica acerca de um evento, sendo desenvolvido em tr?s etapas. O objetivo da primeira etapa foi coletar diferentes eventos pass?veis de serem presenciados em solenidades de formatura. Participaram 20 graduados de diferentes cursos de forma??o que descreveram dez eventos frequentes de acontecer em solenidades de formatura e dez eventos pouco frequentes. Na segunda etapa, objetivou-se identificar o ?ndice de plausibilidade dos eventos coletados na primeira etapa. Os 126 participantes classificaram os eventos quanto ? plausibilidade. Na terceira etapa, tendo com base os dados coletados nas etapas anteriores, elaborou-se o Invent?rio de Eventos de Formatura baseado no Life Events of Inventory - LEI. Os eventos contidos neste invent?rio, foram classificados quanto ? plausibilidade (alta versus baixa), ocorr?ncia (verdadeira versus falsa) e val?ncia (positiva versus negativa). O escopo do segundo estudo emp?rico foi investigar as falsas mem?rias autobiogr?ficas. Buscou-se identificar a rela??o da plausibilidade e da emocionalidade de um evento com a forma??o de falsas mem?rias autobiogr?ficas. Para isso, foram pesquisados eventos pass?veis de serem presenciados em solenidades de formatura. Como fonte de informa??o foram utilizados os v?deos com as respectivas solenidades. Neste trabalho pesquisou-se duas turmas de graduados de diversos cursos de forma??o superior em diferentes solenidades de formatura. Estas solenidades ocorreram dois anos e oito meses antes da realiza??o da coleta de dados. O Grupo 1 foi composto por 16 participantes e o Grupo 2 por 26. Os participantes dos dois grupos pesquisados responderam, via internet, aos Invent?rios de Eventos de Formatura. Os achados encontrados indicaram que a plausibilidade de um evento ocorrer influencia na forma??o das falsas mem?rias autobiogr?ficas, sendo que eventos de alta plausibilidade formaram mais falsas mem?rias do que eventos de baixa plausibilidade. A intera??o entre plausibilidade e val?ncia mostrou que eventos negativos com baixa plausibilidade apresentaram uma acentuada redu??o nas falsas mem?rias autobiogr?ficas, o que n?o ocorreu com os eventos positivos. Os resultados indicaram ainda que s?o criadas menos falsas mem?rias autobiogr?ficas para eventos negativos do que para positivos. Os achados encontrados mostraram que a metodologia aplicada neste trabalho para aferir a mem?ria autobiogr?fica foi consistente, dado que os resultados encontrados no Grupo 1 foram replicados no Grupo 2
8

A mem?ria humana no uso de senhas

Silva, Denise Ranghetti Pilar da 23 August 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T13:22:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 397319.pdf: 566307 bytes, checksum: 0835442fcfc95cad0688f096a46263c6 (MD5) Previous issue date: 2007-08-23 / Quantas senhas voc? precisa lembrar apenas para gerenciar suas informa??es na Internet? Isso sem falar nas contas banc?rias, ou naquelas referentes ? vida profissional. De fato, muitas das defici?ncias dos sistemas de autentica??o por senhas se originam das condi??es de funcionamento da mem?ria humana. Se n?o fosse necess?rio lembrar de senhas, elas poderiam, com certeza, ser muito seguras. A abordagem da Seguran?a da Informa??o ao enfrentar os problemas relacionados ao uso de senhas parece se concentrar nos aspectos tecnol?gicos. Da mesma forma, o usu?rio tem sido considerado o elo mais fraco na cadeia de seguran?a, indicando que os fatores humanos acabam comprometendo a seguran?a que a tecnologia pretende aumentar. Por isso, verificou-se a necessidade de melhor compreender os fatores humanos e buscar alternativas de inclu?-los em sistemas de autentica??o por senhas. Dessa forma, a presente tese relata dois estudos emp?ricos. O primeiro estudo descreve um levantamento realizado com o objetivo de identificar os principais fatores que comprometem a recorda??o de senhas. Neste estudo foram entrevistados 263 participantes de ambos os sexos, com idades entre 18 e 93 anos, e com escolaridade variando de baixa a superior. Os dados indicaram que, independente da idade e da escolaridade, o n?mero de usos de senhas (em m?dia 5,38 senhas por usu?rio) ? o fator que mais influencia o desempenho da mem?ria para senhas. Assim, usu?rios com escolaridade mais alta, por possu?rem v?rias senhas, mostraram uma maior tend?ncia ao ? confus?o no uso de senhas. Ao contr?rio das expectativas, n?o foi observado efeito do decl?nio cognitivo (devido ao envelhecimento) na mem?ria para senhas. Em suma, a necessidade de memorizar senhas seguras, por ignorar as condi??es naturais de funcionamento da mem?ria humana, gera efeitos de vingan?a: h?bitos que comprometem a pr?pria raz?o pela qual as senhas s?o usadas. Com o segundo estudo buscou-se explorar id?ias baseadas na Psicologia Cognitiva visando a melhorar o desempenho da mem?ria no uso de senhas. Atrav?s de dois experimentos investigou-se o efeito da repeti??o elaborativa e do uso de pista como aux?lio ? recorda??o de senhas, visando a promover a gera??o de senhas fortes e record?veis. O Experimento 1 avaliou o efeito da repeti??o elaborativa e do aux?lio de pista na composi??o, tamanho e potencial de seguran?a das senhas geradas, comparadas com um grupo controle. A recorda??o das senhas foi testada em dois momentos, ap?s 5 minutos e uma semana depois. Os resultados do experimento 1 indicaram que as pessoas tendem a observar somente os requisitos obrigat?rios, apesar da instru??o. O Experimento 2, buscou avaliar o desempenho da mem?ria ap?s um intervalo maior de tempo decorrido, ou seja, cinco semanas depois da gera??o da senha. N?o foi observado efeito de grupo (experimentais vs. controle) na recorda??o da senha. Entretanto, foi identificada uma poss?vel vari?vel confundidora, o efeito de espa?amento causado pelo login depois de um intervalo de 5 minutos, o que de acordo com os estudos de mem?ria favorece a codifica??o. Em ambos os experimentos os n?veis de recorda??o foram altos. Ainda, os erros cometidos em tentativas de login mal-sucedidas foram criteriosamente examinados e categorizados. Os tipos de erros observados sugerem que muitas vezes os usu?rios lembram da ess?ncia da senha, mas esquecem de detalhes do formato no qual a senha foi criada. A presente tese conclui considerando alguns dos principais achados relatados nos estudos e suas poss?veis implica??es. Al?m disso, visando reduzir a dist?ncia entre o mundo da tecnologia e de seus usu?rios humanos, cuja intera??o tem sido freq?entemente negligenciada, s?o apontadas sugest?es para futuras investiga??es, bem como limita??es dos trabalhos realizados
9

Um rastro de mem?ria: terra, parentesco e of?cios na fam?lia Bel?m em Acari/RN (S?c. XVIII-XXI)

Santos, Jardelly Lhuana da Costa 04 September 2017 (has links)
Submitted by Automa??o e Estat?stica (sst@bczm.ufrn.br) on 2018-01-16T17:15:49Z No. of bitstreams: 1 JardellyLhuanaDaCostaSantos_DISSERT.pdf: 3806150 bytes, checksum: 39080dd9484cbbaed6e86f6090637afb (MD5) / Approved for entry into archive by Arlan Eloi Leite Silva (eloihistoriador@yahoo.com.br) on 2018-01-19T15:30:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1 JardellyLhuanaDaCostaSantos_DISSERT.pdf: 3806150 bytes, checksum: 39080dd9484cbbaed6e86f6090637afb (MD5) / Made available in DSpace on 2018-01-19T15:30:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 JardellyLhuanaDaCostaSantos_DISSERT.pdf: 3806150 bytes, checksum: 39080dd9484cbbaed6e86f6090637afb (MD5) Previous issue date: 2017-09-04 / Coordena??o de Aperfei?oamento de Pessoal de N?vel Superior (CAPES) / O trabalho tem como objetivo entender o processo de apagamento da presen?a negra no Serid? a partir da an?lise comparada dos documentos hist?ricos e das mem?rias da "fam?lia Bel?m" composta por grupos dom?sticos oriundos de uma fazenda de criar que tem em seus registros um dos maiores n?mero de escravos nos meados do s?culo XVIII. Se desde do in?cio da coloniza??o, os africanos escravizados est?o presentes no Serid?, seus descendentes sofreram um processo de invisibiliza??o e estigmatiza??o al?m do esbulho de suas terras que foram ?tomadas? pelos grandes fazendeiros. A trajet?ria geneal?gica da fam?lia Bel?m, as mem?rias dos descendentes dos Moura, dos Guin? e dos Bel?m foram cruzadas com os documentos hist?ricos dispon?veis. Irei descrever como "A fam?lia Bel?m" se constituiu em torno de um apagamento volunt?rio da mancha deixada pela escravid?o. Busca-se, assim, atrav?s da perspectiva hist?rica, questionar os dados etnogr?ficos e a partir dos dados etnogr?ficos, preencher as lacunas deixadas pelos documentos hist?ricos (Wachtel, 1990). Entre outros resultados, a pesquisa revela uma grande diversidade de estatutos entre os afrodescendentes ao longo do processo hist?rico, a exist?ncia de pr?ticas cotidianas e de of?cios que remetem diretamente ao passado colonial, apesar dos poucos registros da mem?ria. Os vaqueiros, tropeiros, cozinheiras e outros personagens que exerceram of?cios especializados, testemunham, pelos seus saberes e pr?ticas cotidianas, a continuidade hist?rica das popula??es africanas escravizadas no Serid? e as estrat?gias de resist?ncia ? domina??o. / This project has the objective to understand the process the delate of the presence of black people in Serid?, starting from comparative analysis of historical documents and the memories from Bel?m?s family which is formed by domestics groups that came from a farm that has the biggest amount of slaves in XVIII century. Since of the beginning of the colonization african people are in Serid?, but their descendants have suffered a process of invisibilty, stigmatisation and the theft of their lands, that was taken by the big farmers. The genealogical trajetory of Bel?m?s family, the memories from Mouras?,Guin? and Bel?m were compared with historical documents. I going to describe how the ?Bel?m?s family? was build in a scar of slavery times. So, I will question this ethnographic datas and from that I will complete the empty spaces which exists in the documents(Wachtel, 1990). This search show a big diversity of statutes between african people in historical process, the existence of habits and jobs that bring to the past, despite the few registers of memory. The ?vaqueiros?, ?tropeiros?, women cooks and the others characters which had specialized functions participate, by the their knowledge and habits, the historical continuity of the presence of african population that was slavered in Serid?.
10

Mem?rias nos corpos e lugares de mem?ria: sob o olhar da dan?a dos Congos de Cal?ola da Vila de Ponta Negra

Santos, Ilana Suely dos 31 July 2017 (has links)
Submitted by Automa??o e Estat?stica (sst@bczm.ufrn.br) on 2018-02-15T12:23:14Z No. of bitstreams: 1 IlanaSuelyDosSantos_DISSERT.pdf: 2799554 bytes, checksum: 6db9a469e7b926cdf730923fb3d6963f (MD5) / Approved for entry into archive by Arlan Eloi Leite Silva (eloihistoriador@yahoo.com.br) on 2018-02-19T19:52:33Z (GMT) No. of bitstreams: 1 IlanaSuelyDosSantos_DISSERT.pdf: 2799554 bytes, checksum: 6db9a469e7b926cdf730923fb3d6963f (MD5) / Made available in DSpace on 2018-02-19T19:52:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 IlanaSuelyDosSantos_DISSERT.pdf: 2799554 bytes, checksum: 6db9a469e7b926cdf730923fb3d6963f (MD5) Previous issue date: 2017-07-31 / Esta pesquisa busca investigar as mem?rias dos corpos entrela?ados aos lugares de mem?rias vividos pelos brincantes dos Congos de Cal?ola da Vila de Ponta Negra- Natal/RN. Para o desenvolvimento e compreens?o da pesquisa, apoiamo-nos na Fenomenologia de Merleau-Ponty, que ? capaz de desvelar o tema, ou seja, mostrar aquilo que se mostra e n?o aquilo que parece ser e, para isso, consideramos o olhar fenomenol?gico de brincantes da Vila, com ?nfase no Grupo Congos de Cal?olas que, ao incorporarem, constru?rem e reconstru?rem seus corpos e a??es cotidianas, lutam pelo reconhecimento e reafirma??o da sua cultura. Transitamos na Vila a partir da experi?ncia enquanto pesquisadora sobre o fen?meno desde a Gradua??o em Dan?a, e visitamos lugares de mem?ria que, configuram-se como sendo o resultado das constru??es dos grupos sociais que determinam o que ? memor?vel e os lugares onde essa mem?ria torna-se preservada. / This research seeks to investigate the memories of the bodies intertwined with the places of memories lived by the players of Ponta Negra - Natal / RN. For the development and understanding of the research, we rely on Merleau-Ponty's Phenomenology, which is capable of revealing the theme, that is, showing what is shown and not what it seems to be, and for this we consider the phenomenological With emphasis on the Congos de Cal?olas Group, which, by incorporating, constructing and rebuilding their bodies and daily actions, strive for the recognition and reaffirmation of their culture. We traveled in the Village from the experience as a researcher on the phenomenon since Graduation in Dance, and visited places of memory that, are configured as the result of the constructions of social groups that determine What is memorable and the places where this memory becomes preserved.

Page generated in 0.0628 seconds