• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 34
  • Tagged with
  • 34
  • 14
  • 9
  • 8
  • 6
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

A influência da maré na distribuição vertical da nematofauna em dois diferentes microhabitats de uma praia arenosa temperada

SILVA FILHO, Mário Guimarães da 24 February 2015 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2015-05-12T15:30:31Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Dissertação - Mário Filho.pdf: 2073779 bytes, checksum: f8dc8691ca90f5348821486f7f782102 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-12T15:30:31Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Dissertação - Mário Filho.pdf: 2073779 bytes, checksum: f8dc8691ca90f5348821486f7f782102 (MD5) Previous issue date: 2015-02-24 / CAPES / As Praias arenosas são ecossistemas dinâmicos estruturados por uma série de fatores físicos, tais como, as ondas e as marés. Dentre esses fatores, as marés são um componente extremamente importante em praias de macromarés, uma vez que elas são, diretamente, responsáveis pela sua morfodinâmica, formando, em alguns casos, microhabitats, como bancos de areia e canais de maré na face da praia. Para avaliar a influência das marés no padrão de distribuição da nematofauna nesses dois microhabitats (banco de areia e canal de maré), uma praia arenosa sob o regime de macromarés e ultradissipativa foi estudada. As amostras de sedimento para estudo da nematofauna e das variáveis ambientais (granulometria, matéria orgânica, clorofila α e água intersticial) foram coletadas de forma aleatória, em ambos os microhabitats localizados no médio litoral da praia, usando um corer de 3.6 cm de diâmetro interno e 10 cm de altura (correspondendo a 10 cm² de área amostral) durante quatro diferentes momentos de maré durante o dia, correspondendo a dois períodos de maré alta (S1 e S2) e de maré baixa (E1 e E2). Para análise da distribuição vertical, o sedimento foi subdividido em seções de 1 cm até a profundidade final de 10 cm, análises multivariadas permutacionais foram aplicadas para avaliar a ocorrência de diferenças significativas entre as camadas de sedimento nos diferentes estágios de maré dos dois microhabitats estudados. Tanto no banco de areia quanto no canal de maré as comunidades de nematódeos foram significativamente diferentes, embora em ambos Daptonema normandicum tenha sido a espécie dominante. No caso da distribuição vertical, os nematódeos se distribuem de forma dissimilar ao longo do ciclo de maré, em ambos os microhabitats: no banco de areia, os nematódeos migraram para cima durante o período de maré baixa, movimento esse que foi regido principalmente por indivíduos de Oncholaimellus calvadosicus, provavelmente, na busca por recursos alimentares. No canal de maré, uma migração para baixo pode ser observada nas camadas mais profundas do sedimento (5-10 cm) durante os períodos de maré baixa, migração essa que foi governada por indivíduos de Metadesmolaimus sp.1, Promonhystera faber e Theristus sp.2, provavelmente em busca de alimento. Baseado nestes resultados, conclui-se que a maré pode influenciar a distribuição vertical da meiofauna de forma distinta nos dois microhabitats, e que isso pode ser atribuído as diferenças hidrodinâmicas dos locais estudados. / Sandy beaches are dynamic ecosystems that are structured by a number of physical factors such as particle size, wave energy and tides. Among these factors, tides are an extremely important component in macrotidal beaches because they are directly responsible for the morphodynamic conditions of macrotidal beaches. Is some cases, these beaches can harbor distinct microhabitats in the beach face, such as sandbars and runnels. In order to evaluate the tidal influence in nematode vertical distribution in these microhabitats (sandbar and runnel) this study was performed in a temperate, macrotidal, ultra-dissipative ridge-and-runnel sandy beach. Sediment cores were collected during four periods within a tidal cycle in daytime: two low tide and two high tide events and sliced vertically (from 0-1 cm to 9-10 cm) for the investigation of nematode community and a series of abiotic factors (granulometry, organic mater, chlorophyll α and interstitial water). Multivariate permutation analyzes were performed to evaluate the occurrence of significant differences between sediment layers at different tidal stages in both microhabitats. In both microhabitats, the nematode community was significantly dissimilar although Daptonema normandicum was the dominant species in both microhabitats. Concerning the vertical distribution over the tidal cycle, there was also a different distribution in both microhabitats. During low tide, nematodes migrate upward in the sandbar, being Oncholaimellus calvadosicus the species responsible for this migration pattern. Its movement was attributed to its feeding ecology. On the other hand, nematodes migrate downward in the deepest layers of the sediment (5-10 cm) in the runnels, being Metadesmolaimus sp.1, Promonhystera faber and Theristus sp.2 responsible for that migration. Based on these results, we concluded that tides can influence the vertical distribution of nematodes under different extent in these two microhabitats. These dissimilar patterns of vertical migration are attributed to the different hydrodynamics conditions found in sandbars and runnels.
12

Influência das lactonas macrocíclicas utilizadas em bovinos no desenvolvimento de microrganismos e decomposição das fezes

Morello, Amábile França January 2018 (has links)
Orientador: Ricardo Velludo Gomes de Soutello Soutello / Resumo: Os parasitos influenciam de maneira significativa a bovinocultura no Brasil, sendo a aplicação de endectocidas da família das lactonas macrocíclicas umas das formas mais utilizadas para o controle, porém podem proporcionar contaminação ao ambiente, visto que sua eliminação é principalmente via fezes e urina. Com isto, este trabalho objetivou verificar o desenvolvimento de microrganismos edáficos e a decomposição das fezes de bovinos ao longo do tempo após o tratamento com diferentes lactonas macrocíclicas. Foram avaliadas as fezes de doze animais, divididos em quatro grupos homogêneos, sendo o G1- controle (sem a administração de endectocida), G2-Ivermectina 1%, G3-Ivermectina 3,15% e G4- Moxidectina 1%. As colheitas das fezes dos animais foram realizadas nos dias 0, 7, 14, 21, 28,42 e 56 pós tratamento, e submetidas a três ambientes de decomposição, sendo ambiente controlado (BOD), Natural (NAT): exposto as condições climáticas naturais e enterradas no solo (Solo). Nos dias das cada colheitas e 112 dias após cada colheita, foi realizada a avaliação matéria orgânica. As avaliações da microbiota das fezes foram realizadas nos dias das colheitas e 7 após cada colheita. Observou-se que as ivermectinas em suas duas concentrações (1 e 3,15%) interferiram no desenvolvimento da população microbiana, já a moxidectina 1% não alterou a dinâmica populacional das bactérias, que também não foi influenciada pelo ambiente exposto em nenhum dos tratamento. A decomposição não foi afetada pela... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Mestre
13

Estudo sobre substâncias inibidoras da oviposição em Angiostrongylus SPP. e sua utilidade no tratamento anti-helmíntico

Franceschina, Cristiane Ceruti January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:41:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000432345-Texto+Completo-0.pdf: 979099 bytes, checksum: 820bba184bdc3f509975d4086e7aaeb4 (MD5) Previous issue date: 2011 / Angiostrongylus cantonensis is a nematode of rodents, their definitive hosts. When infects humans, its unusual host, it causes eosinophilic meningoencephalitis. So far no drug has been demonstrated clinical efficacy for the treatment of angiostrongyliasis, although albendazole has been employed as a drug of choice. The idea of seeking a drug that would reduce or prevent morbidity is an alternative approach for usual vermicides, which presents poor results in angiostrongyliasis. In this sense, the present study aimed, among other things, to evaluate the effect of three substances with the potential capacity to inhibit oviposition in A. cantonensis. Rodent species Rattus norvegicus were inoculated with 100 L3 larvae of A. cantonensis and after 42 days of infection L1 larvae began to be shed in feces. The substances were administered to animals with 42 days of infection and, for 5 days for lovastatin (400 mg/kg) orally, phenanthroline for 4 days (20 mg/kg) intraperitoneally using carboxymethylcellulose (CMC) 1% and 3 days as an adjuvant, 12 in 12 hours, for nitazoxanide (8,3 mg/kg) orally. The results showed a decline in the elimination of larvae R. norvegicus when was used nitazoxanide compared to untreated infected animals and demonstrate a potential effect on the inhibition of this parasite oviposition. These results demonstrate that some degree of reduction in egg production is attainable and further studies should be performed to persue this new idea of virulence reduction as an alternative to parasite killing. / Angiostrongylus cantonensis é um nematódeo de roedores, seus hospedeiros definitivos. Ao infectar o ser humano, um hospedeiro não habitual, causa meningoencefalite eosinofílica. A droga indicada para o tratamento é o albendazol, porém não existe, até o presente momento, droga de eficácia clínica demonstrada para o tratamento das angiostrongilíases. Assim, a idéia de buscar uma substância que reduza ou previna a morbidade é uma alternativa à abordagem usual de drogas vermicidas. Neste sentido, o presente estudo objetivou verificar o efeito de três substâncias com potencial capacidade de inibição da oviposição em A. cantonensis. Roedores da espécie Rattus norvegicus foram inoculados com 100 larvas L3 de A. cantonensis e após 42 dias de infecção larvas L1 começaram a ser eliminadas nas fezes. As substâncias foram administradas aos animais com 42 dias de infecção durante 5 dias para a lovastatina (400 mg/Kg) pela via oral, 4 dias para a fenantrolina (20 mg/Kg) pela via intraperitoneal diluindo-se em carboximetilcelulose (CMC) a 1% como coadjuvante e 3 dias, de 12 em 12 horas, para a nitazoxanida (8,3 mg/Kg) pela via oral. Os resultados mostraram um declínio na eliminação de larvas por R. norvegicus quando foi utilizada a nitazoxanida em relação aos animais infectados e não tratados demonstrando um potencial efeito na inibição da oviposição deste parasito. Estes resultados demonstram que esta idéia deve ter continuidade e mais estudos devem ser realizados para aprimorar essa nova hipótese.
14

Clonagem, expressão e purificação de antígeno recombinante no imunodiagnóstico da angiostrongilíase abdominal

Silva, Ana Cristina Arámburu da January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:11:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000389286-Texto+Completo-0.pdf: 1859740 bytes, checksum: 5056bcedea79433eb88e0c64523c9659 (MD5) Previous issue date: 2007 / Abdominal angiostrongyliasis is a zoonotic infection caused by Angiostrongylus costaricensis, a nematode with an intra-vascular location in the mesentery. The diagnosis is only achieved with a pathological examination of tissue fragments ressected during surgical treatment in complicated clinical courses (intestinal perforation and/or obstruction). Immunodiagnostic test show many difficulties with cross-reacting antibodies and diversity of the humoral reactivity. Therefore, efforts have been directed towards identification and purification of parasite specific antigens for development of serodiagnosis methods. In the present study we analized the use of recombinant A. costaricensis heat shock protein (HSP) 20 in ELISA for the serodiagnosis. One of the cDNA clones, obtained and expressed a small heat shock protein HSP 20 with 147 amino acids, which had high sequence identity with other nematode small heat shock proteins. The gene enconding the HSP 20 was sub-cloned using PCR technique. The sequence corresponding was subcloned in the pET-23a-d (+) expression vector, to construct a recombinant HSP 20 protein containing six histidine residues at the Nterminal. High level expression of the HSP 20 by Escherichia coli BL21 (DE3) harbouring the HSP 20 gene and containing its expression vector was observed upon induction with 1 mM IPTG at 37 °C. One-step purification of the recombinant HSP 20 was achieved with Ni-NTA resin. Western blot analysis, using sera from patients with confirmed angiostrongyliasis abdominal, indicated that the purified HSP 20 expression product was immunogenic. Sensitivity of ELISA-HSP 20 was 33%. However, 100% specificity of this recombinant protein suggests its usefullness in combination with other antigen molecules, in an approach of multiple screening tests for the most accurate serodiagnosis of abdominal angiostrongyliasis. / Angiostrongilíase abdominal é uma infecção zoonótica causada por Angiostrongylus costaricensis, um nematódeo com uma localização intra-vascular no mesentério. O diagnóstico é realizado somente com exame patológico de fragmentos do tecido ressecado, durante o tratamento cirúrgico de curso clínico complicado (perfuração intestinal e/ou obstrução). Métodos de imunodiagnóstico mostram muitas dificuldades com reação cruzada de anticorpos e a diversidade de resposta humoral. Esforços têm sido direcionados para uma contribuição na identificação e purificação de antígenos específicos de parasitos no desenvolvimento de métodos sorodiagnósticos. No presente estudo, foi analisado o uso de uma proteína recombinante de A. costaricensis, a proteína de choque térmico (HSP 20), em ELISA como sorodiagnóstico. Um dos clones de cDNA, obtido e expresso como uma pequena proteína de choque térmico HSP 20 com 147 aminoácidos, apresentou identidade com seqüências de pequenas proteínas de choque térmico de outros nematódeos. A seqüência correspondente foi sub-clonada no vetor de expressão pET-23a-d (+), utilizando a técnica de PCR para a construção da proteína recombinante HSP 20. O alto nível de expressão de HSP 20 em Escherichia coli BL 21 (DE3), clonado no vetor de expressão, foi observado após indução com 1 mM de IPTG a 37 ºC. A etapa da purificação do recombinante HSP 20 foi realizada com a resina de Ni-NTA. Análise do Western blot utilizando soro de um paciente com diagnóstico confirmado para angiostrongilíase abdominal, indicou que o produto de expressão purificado foi imunogênico. A sensibilidade da HSP 20 foi de 33%. Entretanto, 100% de especificidade da proteína recombinante sugere o uso de um painel de antígenos, na tentativa de múltiplos testes de varredura, para um sorodiagnóstico melhor e preciso da angiostrongilíase abdominal.
15

Estudo de proteínas de Angiostrongylus cantonensis para o entendimento da relação parasito-hospedeiro e análise de alvos para o diagnóstico das angiostrongilíases

Morassutti, Alessandra Loureiro January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000437829-Texto+Completo-0.pdf: 3097644 bytes, checksum: 63052063f3fb08648c7ca5a4506262bc (MD5) Previous issue date: 2011 / The genus Angiostrongylus Kamensky, 1905 belongs to the Phylum Nematode, with round shape as its main feature. Two species have medical importance, A. costaricensis living in mesenteric arteries of wild mice and causing abdominal angiostrongyliasis in human and A. cantonensis which lives in pulmonary arteries of rats and may cause eosinophilic meningoencephalitis in humans. The diagnosis of both diseases is difficult due to absence of parasite in feces in case of the infection by A. costaricensis and seldom detected larvae in the cerebrospinal fluid in case of eosinophilic meningoencephalitis. Several studies have been performed to improve the diagnosis of angiostrongyliasis which should be able to differentiate in a specific and sensitive way among other parasitic infections. The 31kDa antigen has been considered the main antigen for eosinophilic meningoencephalitis diagnosis due to A. cantonensis infection. However this antigen is obtained from crude extracts of the worm by a laborious process of purification with low yielding and insufficient amount for large distribution to other diagnostic centers. In order to improve the serologic diagnostic of angiostrongyliasis and make the antigens widely available the present work aimed to identify new antigenic targets and also characterize the 31kDa antigen for further recombinant production. Besides that, essential molecules for parasite survival were investigated which in the future may be targets for disease treatment. Two sources of antigen from female worms were used: excretion and secretion products (ES) and total extract (TE). In ES, sample antioxidant enzymes activity were detected such as catalase and superoxide dismutase. Also was identified by Western blot and Mass spectrometry (MS), 17 proteins target for disease diagnosis and treatment like hemoglobinases, heat shock proteins and proteases inhibitors. In TE sample antioxidant enzymes as well as glutathione transferases (GST) which is another kind of defense enzyme were also detected. GSTs were purified by affinity chromatography and analyzed by MS. Peptide sequences from this experiment matched with homologous sequences of sigma class GST. In TE samples was possible to characterize the 31kDa and after two-dimensional electrophoresis was shown to be composed of four spots around 4. 5 of isoelectric point (pI) and being recognized by sera from patients infected with Angiostrongylus spp. The spots were analyzed by MS and three different proteins were identified: 14-3-3 protein, NAC domain containing protein, and epsilon subunit of the coatomer protein complex isoform 2. The 31kDa antigen was characterized as a glycoprotein through studies of oxidation of carbohydrate where it was observed that the antigenicity of four spots was dependent on sugar residues. The DNA sequences of the antigens were obtained by random sequencing of the genome for 454 platform (Roche) and deposited in Genbank. The data generated in this study contribute significantly to the development of recombinant antigens that may be widely distributed for independent diagnostic validation. / O gênero Angiostrongylus Kamensky, 1905 agrupa animais pertencentes ao filo Nematoda, cuja característica marcante é a forma corporal cilíndrica. Duas espécies possuem importância médica: A. costaricensis cujo habitat natural são as artérias mesentéricas de camundongos silvestres e na infecção humana pode levar ao desenvolvimento de angiostrongilíase abdominal; e A. cantonensis que habita as artérias pulmonares de roedores e na infecção humana pode causar meningoencefalite eosinofílica. O diagnóstico de ambas as doenças é dificultado pela ausência de formas parasitárias nas fezes, no caso de infecções por A. costaricensis e raramente encontradas no líquido cefaloraquidiano no caso de meningoencefalite eosinofílica. Muitos estudos vêm sendo desenvolvidos para o aprimoramento da detecção das angiostrongilíases visando testes que sejam capazes de discernir das diferentes infecções parasitárias de forma sensível e específica. O antígeno de 31kDa é considerado atualmente o principal antígeno para o diagnóstico da meningoencefalite eosinofílica, causada por A. cantonensis, entretanto é proveniente da purificação de extratos brutos do parasito o que acarreta num processo laborioso e dispendioso que em última análise gera quantidades insuficientes para que haja ampla distribuição e compartilhamento entre os centros de diagnóstico. Com o intuito de aprimorar o diagnóstico sorológico das angiostrongilíases e tornar os antígenos disponíveis globalmente o presente trabalho buscou identificar novos alvos antigênicos e caracterizar o antígeno de 31kDa para posterior propagação de formas recombinantes. Além disso, foram estudadas moléculas que podem ser fundamentais na manutenção do parasitismo, que futuramente poderão ser alvos para o tratamento das angiostrongilíases. Duas fontes de antígenos a partir de vermes adultos fêmeas foram empregadas: produtos de excreção e secreção (ES) e extrato bruto (TE). Nos ES foi detectada a atividade de enzimas antioxidantes como catalase e superóxido dismutase e identificadas, por western blot e espectrometria de massas (MS), 17 proteínas alvo para o diagnóstico e tratamento das angiostrongilíases dentre elas hemoglobinases, proteínas de choque térmico e inibidores de proteases. Nas amostras de TE além da identificação de enzimas antioxidantes, estavam presentes glutationas transferases (GST), outra classe de enzimas de defesa. Estas proteínas foram purificadas por cromatografia de afinidade e analisadas por MS o que revelou sequencias peptídicas homólogas a GST de classe sigma. Em TE também foi possível a caracterização do antígeno de 31kDa que quando submetido a eletroforese bidimensional mostrou-se ser composto por 4 spots com ponto isoelétrico (pI) em torno de 4,5 sendo reconhecidos pelo soro de pacientes infectados com Angiostrongylus spp. Os spots foram analisados por MS e três diferentes proteínas foram identificadas: 14-3-3; proteína com domínio NAC e a subunidade épsilon do coatamero. O antígeno de 31kDa foi caracterizado como uma glicoproteína através de estudos de oxidação de glicídeos, onde se observou que a antigenicidade dos 4 spots foi dependente de resíduos de açúcar. As sequências de DNA dos antígenos foram obtidas pelo sequenciamento aleatório do genoma pela plataforma 454 (Roche) e depositadas no Genbank. Os dados gerados no presente trabalho contribuem de forma significativa para o desenvolvimento de antígenos recombinantes que poderão ser amplamente distribuídos para validação e aplicação em diagnóstico.
16

Tolerância de fêmeas ovinas de diferentes grupos genéticos a helmintos / Tolerance to helminths of female sheep of different genetic groups

Gonçalves, Thuane Caroline [UNESP] 10 February 2017 (has links)
Submitted by THUANE CAROLINE GONÇALVES null (thuane_g@yahoo.com.br) on 2017-02-22T22:26:29Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO MESTRADO_THUANE.pdf: 984736 bytes, checksum: 88f6fa0ba13d86a58640e37db248ef63 (MD5) / Approved for entry into archive by Juliano Benedito Ferreira (julianoferreira@reitoria.unesp.br) on 2017-02-24T19:25:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 goncalves_tc_me_jabo.pdf: 984736 bytes, checksum: 88f6fa0ba13d86a58640e37db248ef63 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-24T19:25:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 goncalves_tc_me_jabo.pdf: 984736 bytes, checksum: 88f6fa0ba13d86a58640e37db248ef63 (MD5) Previous issue date: 2017-02-10 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Na atualidade as infecções causadas pelos nematódeos gastrintestinais representam o maior e mais grave problema sanitário das criações de ovinos. No presente experimento avaliou-se comparativamente a resistência aos nematódeos gastrintestinais em ovinos de raças adaptadas e não adaptadas, mantidos em pastagens naturalmente infectadas. Para isso foram monitoradas durante 20 meses, 134 fêmeas de sete grupos genéticos diferentes: Santa Inês (OSI), Dorper (ODO), Texel (OTX), Ile de France (OIF) e animais originários do cruzamento de matrizes Santa Inês com reprodutores Dorper (ODS), Texel (OTS) e Ile de France (OIS). Mensalmente, as matrizes foram monitoradas, sendo medido o volume globular (VG) e contagem de ovos por grama de fezes (OPG). Simultâneamente foram preparadas coproculturas para a identificação dos gêneros de parasitas presentes nas amostras de fezes. Os dados de OPG foram transformados em log10 (OPG+1) para aproximar a distribuição dos dados do modelo da distribuição normal. Os dados de OPG e VG foram analisados por meio dos modelos mistos, em que foram incluídos efeitos fixos de grupo genético, mês e ano da colheita e suas interações, e como efeito aleatório, animal dentro de grupo genético. O modelo da matriz de variância e covariância utilizada nesta análise foi o de simetria composta heterogênea. Foram verificadas diferenças significativas (P<0,05) para todos os efeitos testados. Também foram estimadas para os dados observados e para os resíduos as correlações entre OPG e VG na qual foram negativos e significativos (P<0,01). Os resultados mostraram que o grupo genético OTS apresentou as menores médias de OPG quando comparados aos demais. Em relação à identificação dos gêneros dos nematódeos, a maior prevalência foi observada para Haemonchus spp. (85,6%), seguidos de Trichostrongylus spp. (10,85%), Oesophagostomum spp. (2,86%) e Cooperia spp. (0,70%). Os resultados obtidos no presente estudo mostraram que animais da raça Texel e os produtos do cruzamento com Santa Inês podem ser considerados uma alternativa para a produção de ovinos na região Sudeste do Brasil, por apresentarem menores níveis de infecção por nematódeos gastrintestinais. / At present, the infections caused by the gastrointestinal nematodes represent the biggest and most serious health problem of the ovine creations, and in some situations, it is economically unfeasible for the creations. In the present experiment, the resistance to gastrointestinal nematodes of sheep of adapted and non-adapted breeds, maintained in naturally infested fields, was comparatively evaluated. For this purpose, 134 females of seven genetic groups were monitored during 20 months: Santa Inês (OSI), Dorper (ODO), Texel (OTX), Ile de France (OIF) and crosses of Santa Inês ewes with sires of the Dorper (ODS), Texel (OTS) and Ile de France (OIS) breeds. The ewes were monitored monthly regarding globular volume (GV), and eggs per gram of feces (EPG). Simultaneously, coprocultures were prepared to identify the genera of parasites present in the fecal samples. The EGP data were log10 (EPG+1) transformed to approximate the normal distribution. The data on EPG and GV were analyzed by mixed models where the fixed effects were genetic group, month and year of collection and their interactions, and the animal within the genetic group was the random effect. The variance and covariance model used for this analysis was that of heterogeneous compound symmetry. Significant (P<0.05) differences were found for all the effects tested for EPG and GV. The correlations between EPG and GV in which they were negative and significant (P <0.01) were also estimated for the observed data and for the residues. The results show that the genetic group OTS presented lower averages EPG levels compared to the other genetic groups. With respect to identification of the nematode genera, the greatest prevalence was Haemonchus spp. (85.6%), followed by Trichostrongylus spp. (10.85%), Oesophagostomum spp. (2.86%) and Cooperia spp. (0.70%). The results obtained in the present study show that the animals of the Texel breed and the products of the crossing with Santa Inês can be a good alternative for the production of sheep in the Southeastern region of Brazil, due to the lower levels of infection by gastrointestinal nematodes. / CNPq: 134520/2015-7
17

Efeito da sazonalidade na dinâmica populacional de helmíntos gastrintestinais e susceptibilidade em equinos à pasto / Seasonality effect on population dynamics of gastrointestinal helminths and susceptibility in grazing horses

Saes, Isabela de Lima [UNESP] 19 December 2016 (has links)
Submitted by Isabela de Lima Saes null (isa.l.s@hotmail.com) on 2017-02-23T11:58:16Z No. of bitstreams: 1 Dissertação.pdf: 811344 bytes, checksum: bd9b7bb77b89fffdd99dbb1d3bbb7150 (MD5) / Rejected by LUIZA DE MENEZES ROMANETTO (luizamenezes@reitoria.unesp.br), reason: Solicitamos que realize uma nova submissão seguindo as orientações abaixo: O arquivo submetido está sem a ficha catalográfica. O arquivo submetido não contém o certificado de aprovação. Verifique na folha de rosto o texto "Qualificação de mestrado apresentada à Universidade Estadual Paulista “Julio Mesquita Filho” – UNESP, Câmpus experimental de Dracena, como parte das exigências para obtenção do título de Mestre em Ciência e Tecnologia Animal", o trecho gera dúvida se a versão submetida compreende versão de qualificação e não a dissertação final. A versão submetida por você é considerada a versão final da dissertação/tese, portanto não poderá ocorrer qualquer alteração em seu conteúdo após a aprovação. Corrija estas informações e realize uma nova submissão. Agradecemos a compreensão. on 2017-02-24T17:33:09Z (GMT) / Submitted by Isabela de Lima Saes null (isa.l.s@hotmail.com) on 2017-10-11T20:18:34Z No. of bitstreams: 1 Dissertação (Reparado) (1).pdf: 1423930 bytes, checksum: 9bb924a4ef7932d59cd7a80e6bfe39aa (MD5) / Approved for entry into archive by Luiz Galeffi (luizgaleffi@gmail.com) on 2017-10-11T20:34:04Z (GMT) No. of bitstreams: 1 saes_il_me_ilha.pdf: 1423930 bytes, checksum: 9bb924a4ef7932d59cd7a80e6bfe39aa (MD5) / Made available in DSpace on 2017-10-11T20:34:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 saes_il_me_ilha.pdf: 1423930 bytes, checksum: 9bb924a4ef7932d59cd7a80e6bfe39aa (MD5) Previous issue date: 2016-12-19 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Infecções parasitárias são extremamente importantes em equinos, devido aos prejuízos causados, e tendem a acometê-los durante toda a vida do animal. No entanto, a prevalência de helmintos pode aumentar ou diminuir, nas dependências de fatores climáticos ou susceptibilidade do hospedeiro. Diante disso, avaliou-se a dinâmica sazonal da infecção helmíntica em equinos mantidos a pasto, a influência das diferentes características climáticas das estações do ano sobre o grau de verminose, a susceptibilidade individual e por categoria e identificar as épocas e as categorias de equinos com maior incidência de helmintoses. Foi utilizado um rebanho com 104 equinos, mestiços, classificados em diferentes categorias. Foram realizadas coletas individuais de fezes a cada 28 dias para a contagem de ovos por grama de fezes (OPG) e coproculturas para identificação de larvas. Também foram realizadas coletas de sangue para analisar possíveis alterações no hemograma dos animais associados à infecção helmíntica. Todos os animais foram pesados individualmente a cada coleta, e avaliado o escore de condição corporal, juntamente com uma avaliação clínica dos animais. Diariamente foram aferidas as temperaturas média, umidade do ar e precipitação na propriedade. Foram calculadas e apresentadas estatísticas descritivas das variáveis observadas e sua variação sequencial no tempo visando avaliar a dinâmica populacional de helmintos em equinos a pasto. As categorias que mais foram acometidas pelos helmintos foram os potros e os idosos, apresentando médias 1271,9 e 1186,5 de OPG, respectivamente. As médias de OPG encontradas nas estações da primavera, verão, outono e inverno foram, respectivamente, 1042,1; 1508,9; 817,8 e 571,1, onde todas as médias diferem significativamente entre si. Na avaliação da condição corporal foi possível observar que os animais idosos foram os que apresentaram menor ECC em todas as estações: primavera, verão, outono e inverno, sendo observado escore 3,83; 3,68; 3,56 e 3,14, respectivamente. Os resultados das coproculturas mostraram que 100% dos helmintos gastrintestinais encontrados eram da família dos pequenos estrôngilos, os Ciatostomíneos. Não foram encontradas muitas alterações nos exames hematológicos dos animais e, a maioria deles não manifestou qualquer tipo de sinais clínicos associado à doença parasitária. Foi possível concluir que a estação que os animais mais são acometidos pela verminose é no verão e que as categorias mais susceptíveis à infecção helmíntica são os potros e os animais idosos. / Parasitic infections are extremely important in horses due to the damages caused, and tend to afflict them throughout the life of the animal. However, the prevalence of helminths may increase or decrease, in the premises of climatic factors and host susceptibility. Therefore, we evaluated the seasonal dynamics of helminth infection in horses kept at pasture. a herd was used with 104 crossbred horses, classified into different categories according to age and sex. Individual fecal samples were taken every 28 days for the eggs per gram of feces (OPG) and stool cultures for identification of larvae. Also blood samples were taken to analyze possible changes in the blood count of the animals associated with helminth infection. All animals were weighed individually every collection, and rated the body condition score, along with a clinical evaluation of the animals. Daily average temperatures were measured the, humidity and rainfall on the property. Descriptive statistics of the observed variables were calculated and presented and their sequential variation in time to evaluate the population dynamics of helminths in horses grazing. The categories that were most affected by helminths were foals and elderly, with averages of OPG 1271.9 and 1186.5, respectively. The average OPG found in spring seasons, summer, autumn and winter were respectively 1042.1; 1508.9; 817.8 and 571.1, which all means differ significantly. In the evaluation of body condition was observed that the aged animals showed the lowest ECC in all seasons: spring, summer, autumn and winter, being observed score 3.83; 3.68; 3.56 and 3.14, respectively. The results of stool cultures showed that 100% of gastrointestinal helminths were found family of small strongyles the Ciatostomíneos. There were no changes in blood tests of animals and most of them did not show any clinical signs associated with the parasitic disease. It was concluded that the station that animals are more affected by worms is in the summer and that the most likely categories to helminth infection are younger foals and older animals.
18

Tolerância de fêmeas ovinas de diferentes grupos genéticos a helmintos /

Gonçalves, Thuane Caroline January 2017 (has links)
Orientador: Henrique Nunes de [UNESP] Oliveira / Resumo: Na atualidade as infecções causadas pelos nematódeos gastrintestinais representam o maior e mais grave problema sanitário das criações de ovinos. No presente experimento avaliou-se comparativamente a resistência aos nematódeos gastrintestinais em ovinos de raças adaptadas e não adaptadas, mantidos em pastagens naturalmente infectadas. Para isso foram monitoradas durante 20 meses, 134 fêmeas de sete grupos genéticos diferentes: Santa Inês (OSI), Dorper (ODO), Texel (OTX), Ile de France (OIF) e animais originários do cruzamento de matrizes Santa Inês com reprodutores Dorper (ODS), Texel (OTS) e Ile de France (OIS). Mensalmente, as matrizes foram monitoradas, sendo medido o volume globular (VG) e contagem de ovos por grama de fezes (OPG). Simultâneamente foram preparadas coproculturas para a identificação dos gêneros de parasitas presentes nas amostras de fezes. Os dados de OPG foram transformados em log10 (OPG+1) para aproximar a distribuição dos dados do modelo da distribuição normal. Os dados de OPG e VG foram analisados por meio dos modelos mistos, em que foram incluídos efeitos fixos de grupo genético, mês e ano da colheita e suas interações, e como efeito aleatório, animal dentro de grupo genético. O modelo da matriz de variância e covariância utilizada nesta análise foi o de simetria composta heterogênea. Foram verificadas diferenças significativas (P<0,05) para todos os efeitos testados. Também foram estimadas para os dados observados e para os resíduos as correlações en... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Mestre
19

Efeito da sazonalidade na dinâmica populacional de helmíntos gastrintestinais e susceptibilidade em equinos à pasto /

Saes, Isabela de Lima January 2016 (has links)
Orientador: Ricardo Velludo Gomes de Soutello / Resumo: Infecções parasitárias são extremamente importantes em equinos, devido aos prejuízos causados, e tendem a acometê-los durante toda a vida do animal. No entanto, a prevalência de helmintos pode aumentar ou diminuir, nas dependências de fatores climáticos ou susceptibilidade do hospedeiro. Diante disso, avaliou-se a dinâmica sazonal da infecção helmíntica em equinos mantidos a pasto, a influência das diferentes características climáticas das estações do ano sobre o grau de verminose, a susceptibilidade individual e por categoria e identificar as épocas e as categorias de equinos com maior incidência de helmintoses. Foi utilizado um rebanho com 104 equinos, mestiços, classificados em diferentes categorias. Foram realizadas coletas individuais de fezes a cada 28 dias para a contagem de ovos por grama de fezes (OPG) e coproculturas para identificação de larvas. Também foram realizadas coletas de sangue para analisar possíveis alterações no hemograma dos animais associados à infecção helmíntica. Todos os animais foram pesados individualmente a cada coleta, e avaliado o escore de condição corporal, juntamente com uma avaliação clínica dos animais. Diariamente foram aferidas as temperaturas média, umidade do ar e precipitação na propriedade. Foram calculadas e apresentadas estatísticas descritivas das variáveis observadas e sua variação sequencial no tempo visando avaliar a dinâmica populacional de helmintos em equinos a pasto. As categorias que mais foram acometidas pelos helmintos ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Parasitic infections are extremely important in horses due to the damages caused, and tend to afflict them throughout the life of the animal. However, the prevalence of helminths may increase or decrease, in the premises of climatic factors and host susceptibility. Therefore, we evaluated the seasonal dynamics of helminth infection in horses kept at pasture. a herd was used with 104 crossbred horses, classified into different categories according to age and sex. Individual fecal samples were taken every 28 days for the eggs per gram of feces (OPG) and stool cultures for identification of larvae. Also blood samples were taken to analyze possible changes in the blood count of the animals associated with helminth infection. All animals were weighed individually every collection, and rated the body condition score, along with a clinical evaluation of the animals. Daily average temperatures were measured the, humidity and rainfall on the property. Descriptive statistics of the observed variables were calculated and presented and their sequential variation in time to evaluate the population dynamics of helminths in horses grazing. The categories that were most affected by helminths were foals and elderly, with averages of OPG 1271.9 and 1186.5, respectively. The average OPG found in spring seasons, summer, autumn and winter were respectively 1042.1; 1508.9; 817.8 and 571.1, which all means differ significantly. In the evaluation of body condition was observed that the aged animals ... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
20

Agentes infecciosos enteroparasitários associados a indivíduos estomizados / Infectious agents of enteric parasites associated with individuals ostomates

Santos, Cibele Velleda dos 31 March 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-08-20T14:31:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dissertacao_cibele_velleda_dos_santos.pdf: 1881403 bytes, checksum: 9dda1568c045e6dba2f90387205d8397 (MD5) Previous issue date: 2011-03-31 / The intestinal parasitoses or enteroparasitoses are a serious public health problem particularly in developing countries. Meantime, there are several studies that wrap the prevalence and the incidence of parasitoses in several populations, lacking parasitological investigations involving individuals with a intestinal ostomy. This study aimed to investigate the presence of infectious nature of parasitic diseases in individuals with ostomy enrolled in an Ostomy Program of the Department of Health and Management of the SUS in the city of Pelotas, RS. A questionnaire was given to patients for epidemiological evaluation of demographic, social, and cultural issues that would limit the subjects' knowledge about the parasites. Totaled to 71 individuals also submitted to parasitological tests using the methods of Faust and Ritchie modified Baermann-Moraes. Were collected and analyzed 03 samples per individual. The prevalence of carriers was 5.6%, all by monoparasitism. Among pacients positives were detected in the same proportion (25%), larvae of Enterobius vermicularis eggs of Taenia sp. eggs Enterobius vermicularis and larvae of Strongyloides stercoralis. Among participants, 49.3% were being female and 50.7% male. 76.1% had colostomy and 23.9% had ileostomy. Of the operations for stoma intestinal was necessary 37.1% due to the rectum cancer, 24,3 % for cancer of colon and 15.7% resulting from other intestinal diseases. As to knowledge about parasitic diseases, 69 % of the interviewed ones revealed to know the subject, 56.3% of the individuals showed up the importance of the hygiene of the hands, nails, sets of cutlery and foods, including his appropriate cooking.Meantime, 33.8% of the interviewed ones did not know how will be careful to prevent the intestinal parasitoses, and, even so, 50.7% of the individuals not feel to miss bigger of explanation regarding the approach in question. / As parasitoses intestinais ou enteroparasitoses representam um grave problema de saúde pública particularmente nos países subdesenvolvidos. Entretanto, existem vários estudos que envolvem a prevalência e a incidência de parasitoses em diversas populações, inexistindo investigações parasitológicas que envolvam indivíduos com estomia intestinal. Este estudo objetivou investigar a presença de agentes infecciosos de natureza enteroparasitária em indivíduos estomizados cadastrados em um Programa de Ostomizados da Secretaria de Saúde e Gestão do SUS da cidade de Pelotas/RS. Foi aplicado um questionário epidemiológico aos pacientes para avaliação das variáveis demográficas, sociais e culturais, além de questões que balizavam o conhecimento dos sujeitos sobre as parasitoses. Totalizaram-se 71 indivíduos, também, submetidos a exames coproparasitológicos segundo os métodos de Faust, Ritchie e Baermann-Moraes modificado. Foram recolhidas e analisadas 03 amostras por sujeito. A prevalência de parasitados foi 5,6%, sendo todos por monoparasitismo. Dentre os positivos detectou-se, na mesma proporção (25%), larvas de Enterobius vermiculares, ovos de Taenia sp., ovos de Enterobius vermiculares e larvas de Strongyloides stercoralis. Dentre os participantes, 49,3% eram pertencentes ao sexo feminino e 50,7% ao masculino. 76,1% possuíam colostomias e 23,9% ileostomias. Das intervenções cirúrgicas para estomização intestinal 37,1% foram necessárias devido ao câncer de reto, 24,3% por câncer de cólon e 15,7% decorrentes de outras doenças intestinais. Quanto aos conhecimentos sobre parasitoses, 69% dos entrevistados revelaram conhecer o assunto, 56,3% dos indivíduos evidenciaram a importância da higiene das mãos, unhas, talheres e alimentos, incluindo seu cozimento adequado. Entretanto, 33,8% dos entrevistados não sabiam como tomar os cuidados necessários para prevenir as parasitoses intestinais, e, ainda assim, 50,7% dos indivíduos consideram não sentirem falta de maiores explicações quanto a abordagem em questão.

Page generated in 0.0443 seconds