• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 104
  • 3
  • Tagged with
  • 107
  • 77
  • 25
  • 21
  • 20
  • 18
  • 17
  • 15
  • 14
  • 13
  • 13
  • 11
  • 10
  • 10
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

[en] LANGUAGE, FORM OF LIFE, HETERONYM: PESSOA E WITTGENSTEIN / [pt] LINGUAGEM, FORMA DE VIDA, HETERONÍMIA: PESSOA E WITTGENSTEIN

ARINALVA PAULA DOS SANTOS 20 October 2016 (has links)
[pt] Esta pesquisa reflete sobre o pensamento acerca da linguagem que se pode depreender da poesia de Fernando Pessoa, enfatizando a questão heteronímica. Pretende-se investigar, no gesto heteronímico, uma relação com a palavra que, ultrapassando o seu uso como mero instrumento de expressão de uma subjetividade suposta, permite uma apreensão do fenômeno linguístico que se aproxima da noção wittgensteiniana de linguagem como forma de vida, lançando, contudo, uma nova luz sobre este conceito, potencializando-o. Explora-se, mais especificamente, a hipótese de que é possível reconhecer na estratégia heteronímica uma percepção da linguagem que, encontrando afinidade com a ideia wittgensteiniana de forma de vida, extrapola-a enquanto realização poética, em especial pelo modo como tensiona a ideia de performatividade na linguagem e pela forma como promete deslocar a própria noção de vida. Ao aproximar as escritas de Pessoa e Wittgenstein, a reflexão proposta contribui potencialmente para: (a) os estudos pessoanos, na medida em que considera o gesto heteronímico no âmbito de um diálogo pouco frequentado, privilegiando o papel da linguagem no centro da criação heteronímica; (b) os estudos wittgensteinianos, pois promete trazer aportes para a discussão de um aspecto sabidamente difícil de seu pensamento - a noção de forma de vida; (c) os estudos da linguagem e da literatura de um modo geral, uma vez que deseja contemplar o enlace intrínseco a esses dois campos do saber. / [en] This research reflects on the thought about the language that emerges from Fernando Pessoa s poetry, emphasizing the heteronymic aspect. We intend to investigate, in the heteronymic gesture, a relation with the word that, by surpassing its use as mere instrument of expression of a supposed subjectivity, allows an apprehension of the linguistic phenomenon which comes close to the wittgensteinian notion of language as form of life, bringing, though, new light to the concept, potentiating it. We explore, more specifically, the hypothesis that it is possible to recognize upon the heteronymic strategy a perception of language which extrapolates the wittgensteinian idea of form of life as poetical happening, especially through the way it articulates the idea of performativity in the language and promises to displace the notion of life itself. By putting together Pessoa and Wittgensteins writings, the reflection proposed potentially contributes to: (a) the studies on Fernando Pessoa, by considering the heteronymic gesture within a dialogue little explored, thus privileging the role of the language in the center of the heteronymic creation; (b) the wittgensteinian studies, for it promises to bring contributions to the discussion of a difficult aspect of his thought – the notion of form of life; (c) the literary and language studies in general, for it aims at contemplating the intrinsic links between both knowledge fields.
22

Feminilidades e masculinidades: ressignificação e criação de novas identidades em romances contemporâneos / Femininities and masculinities: ressignification and creation of new identities in contemporary novels

Chatagnier, Juliane Camila 16 February 2018 (has links)
Submitted by Juliane Camila Chatagnier null (ju.chatagnier@gmail.com) on 2018-03-09T15:18:53Z No. of bitstreams: 1 TESE JULIANE CAMILA CHATAGNIER.pdf: 1517550 bytes, checksum: 0f619d1b031428befe6918444044f2af (MD5) / Approved for entry into archive by Elza Mitiko Sato null (elzasato@ibilce.unesp.br) on 2018-03-09T18:13:28Z (GMT) No. of bitstreams: 1 chatagnier_jc_dr_sjrp.pdf: 1517550 bytes, checksum: 0f619d1b031428befe6918444044f2af (MD5) / Made available in DSpace on 2018-03-09T18:13:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 chatagnier_jc_dr_sjrp.pdf: 1517550 bytes, checksum: 0f619d1b031428befe6918444044f2af (MD5) Previous issue date: 2018-02-16 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A contemporaneidade tem colaborado com as mudanças na forma como as questões de gênero e sexualidade são vistas na sociedade. Padrões tradicionais vêm sendo quebrados e algumas formas de preconceito não se encaixam mais na comunidade. Hoje, muitos homens e mulheres não têm mais uma identidade única e fixa, e não configuram um par dual, e essa fragmentação das identidades de gênero possibilita a criação de ouras nomenclaturas. Com base nesse contexto de mudanças, as personagens de nosso corpus formam-se mulheres, homens, gays, lésbicas, e a construção do gênero é vista, então, como estratégia narrativa, na qual as escritoras procuram mostrar que há possibilidades para formação de gênero distinta dos padrões impostos pela matriz heteronormativa. Assim, realizamos uma análise de como essas configurações de gênero, masculinos ou femininos, são representadas na literatura, partindo da premissa de que as identidades de gênero sofrem rupturas com os modelos tradicionais e estão deslocadas, devido às diversas orientações sexuais presentes na contemporaneidade. Como corpus deste trabalho, escolhemos cinco obras, de escritoras norte-americanas, brasileiras e inglesas, a partir da década de 1970, a saber: Rubyfruit Jungle (1973), de Rita Mae Brown; The Front Runner (1974), de Patricia Nell Warren; Hotel Dulac (1984), de Anita Brookner; Duas iguais (1996), de Cíntia Moscovich e Sapato de salto (2006), de Lygia Bojunga. A configuração da identidade de gênero das personagens é analisada sob a luz da teoria da performatividade, de Judith Butler (1993; 2003; 2004; 2015), segundo a qual o gênero é constituído por meio da repetição de atos estilizados que se tornam inerentes ao indivíduo. Butler, juntamente à Rubin (1975), Wittig (1982; 1993) e Connell (2000), embasa, também, as questões relativas à construção da masculinidade e/ou feminilidade e Laclau (1990; 2004), Ortiz (1998; 2006) e Santos (1993; 2001), dentre outros, fundamentam o estudo a respeito das modificações ocorridas na sociedade, bem como essas interferem na construção da identidade de gênero. / Contemporaneity has contributed to changes in the way gender and sexuality issues are seen in society. Traditional patterns have been broken and some forms of prejudice do not fit into current society anymore. Today, some men and women have no longer a single, fixed identity, and no longer form a dual pair, and this fragmentation of gender identities makes it possible to create nomenclatures. Based on this context of change, the characters of our corpus are women, men, gays, lesbians, and the construction of gender is seen, therefore, as a narrative strategy, in which women writers try to show that there are possibilities for gender formation which differs from the patterns imposed by the heteronormative matrix. Thus, we perform an analysis of how these configurations of gender, male or female, are represented in literature, starting from a premise that gender identities suffer ruptures from traditional models and are displaced, due to diverse sexual orientations present in contemporary times. As a corpus of this work, we chose five works by American, Brazilian and English writers, beginning in the 1970s: Rubyfruit Jungle (1973) by Rita Mae Brown; The Front Runner (1974), by Patricia Nell Warren; Hotel Dulac (1984), by Anita Brookner; Duas iguais (1996), by Cíntia Moscovich and Sapato de salto (2006), by Lygia Bojunga. The configuration of the characters gender identity is analyzed in the light of Judith Butler's theory of performativity (1993, 2003, 2004, 2015), according to which gender is constituted through the repetition of stylized acts that become inherent to individual. Butler, along with Rubin (1975), Wittig (1982, 1993) and Connell (2000), also addresses issues related to the construction of masculinities and/or femininities, and Laclau (1990, 2004), Ortiz (1998, 2006) and Santos (1993), among others, ground the study on the changes that occurred in society, as well as these interfere in the construction of the gender identity.
23

A expressão da subjetividade na gramática discursivo-funcional / The expression of subjectivity in functional discourse grammar

Nagamura, George Henrique [UNESP] 23 June 2016 (has links)
Submitted by GEORGE HENRIQUE NAGAMURA null (genaga.trad@gmail.com) on 2016-09-05T13:50:37Z No. of bitstreams: 1 Doutorado - George Henrique Nagamura - A expressão da Subjetividade na GDF.pdf: 807733 bytes, checksum: fe9631058955885813f5b37803f3283f (MD5) / Approved for entry into archive by Juliano Benedito Ferreira (julianoferreira@reitoria.unesp.br) on 2016-09-08T18:22:54Z (GMT) No. of bitstreams: 1 nagamura_gh_dr_sjrp.pdf: 807733 bytes, checksum: fe9631058955885813f5b37803f3283f (MD5) / Made available in DSpace on 2016-09-08T18:22:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 nagamura_gh_dr_sjrp.pdf: 807733 bytes, checksum: fe9631058955885813f5b37803f3283f (MD5) Previous issue date: 2016-06-23 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / O presente trabalho tem como objetivo propor um conceito operacional de Subjetividade que seja adequado à abordagem da Gramática Discursivo-Funcional (HENGEVELD; MACKENZIE, 2008, doravante GDF). Para tanto, primeiramente foi realizada uma análise de algumas das principais abordagens linguísticas sobre esse fenômeno, destacando. os pontos em comum entre essas abordagens e suas implicações teóricas, confrontando-as com os princípios da GDF. A partir dessa análise, chegou-se a um conceito provisório de Subjetividade, que distingue dois subtipos: a Subjetividade Inerente, relacionada ao caráter dialógico da linguagem e chamada assim por permear todos os usos da língua; e a Subjetividade Gramatical, relacionada à codificação sistematizada das expressões de atitude do falante e fundada no conceito de performatividade. Com base nesse conceito provisório, foram analisadas possíveis formas de expressão da Subjetividade Gramatical em um córpus constituído pelo banco de dados Iboruna e complementado com ocorrências extraídas da internet. A separação da Subjetividade Inerente da Subjetividade Gramatical permitiu não apenas explicar a inconsistência gerada ao conceber a modalidade como forma de expressão de subjetividade e separá-la em modalidade subjetiva e objetiva, mas também limitar o fenômeno da subjetividade, possibilitando também identificar em quais camadas da estrutura hierárquica suas formas de expressão representando um avanço na compreensão do fenômeno. / The present work aims at proposing an operational concept of Subjectivity suitable for the Functional Discourse Grammar (Hengeveld & Mackenzie, 2008, henceforth FDG) approach. To achieve this goal, firstly, it was conducted an analysis of the main linguistic approaches of the phenomenon was conducted, highlighting the features they share in common and the theoretical implications to FDG. From this analysis, a provisory concept of Subjectivity was proposed, segmenting it in two subtypes: Inherent Subjectivity, related to the dialogical character of language and named as such due to its presence in all uses of language; and Grammatical Subjectivity, related to the systematic codification of the speaker's attitude and based on the concept of performativity. Based on this provisory concept, potential forms of expression of Grammatical Subjectivity were analyzed, in a corpus constituted by the Iboruna database and complemented by occurrences extracted from the internet. The distinction between Inherent Subjectivity and Grammatical Subjectivity allowed not only to explain the inconsistence in conceiving modality as an expression of subjectivity and dividing it in subjective and objective modality, but also allowed to limit the phenomenon of subjectivity, making it possible also to identify the layers in the hierarchical structure of language subjective forms of expression act upon, representing an advance in the comprehension of this phenomenon.
24

O discurso da base curricular comum para as redes públicas de Pernambuco no cenário de globalização contemporânea

Soares, Maria do Carmo de Moura Silva 01 January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2015-05-07T15:09:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 1073752 bytes, checksum: b8ba45b674a949514c7b6977d456eeb3 (MD5) Previous issue date: 2010-01-01 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Esta tesis es un análisis de la política curricular de Pernambuco en el contexto de la globalización contemporánea. Se trata de una investigación cualitativa con un enfoque descriptivo y exploratorio, que se centró en el documento oficial que se llama Base Curricular Común de Pernambuco - BCC-PE (2008). Este documento fue preparado con el propósito de unificar el currículo de las redes públicas - estatal y municipal - en torno a una matriz común. Como una herramienta metodológica para la investigación se utilizó el análisis del discurso sobre la base de Michel Foucault, una perspectiva que permite la participación en la lucha por un espacio de posible cuestionamiento de las relaciones de poder y el cambio de regímenes de verdad que producen realidades y subjetividades. La investigación se fundamenta teóricamente en el concepto de currículo como política cultural, ya que se entiende que las políticas curriculares son realizados en las negociaciones las controversias relacionadas con significados culturales y los discursos con la participación de diversos temas y ámbitos sociales. En esta perspectiva, consideramos las aportaciones de los estudios culturales, así como los conceptos de recontextualización y la hibridación. Análisis de la Base Curricular Común de Pernambuco - BCC-PE (2008) pone de manifiesto que, en medio de interdiscursividad, emerge un discurso híbrido en el que se identifica la prevalencia del discurso de la performatividad y de la cultura común. Estos discursos, por la recontextualización, llevan las marcas de los discursos de organizaciones internacionales como la OCDE, que en el contexto de la globalización contemporánea puede a través de una variedad de estrategias difundir un nuevo modelo de gestión pública que ha sido visto como un régimen de verdad en la política el currículo oficial de Pernambuco. / A presente dissertação consiste em uma análise da política curricular de Pernambuco no cenário de globalização contemporânea. Trata-se de uma investigação qualitativa com uma abordagem descritiva e exploratória que incidiu sobre o documento oficial denominado de Base Curricular Comum de Pernambuco BCC-PE (2008). Este documento foi elaborado com o propósito de unificar o currículo das redes públicas estadual e municipais em torno de uma matriz comum. Como ferramenta metodológica de investigação foi utilizada a análise do discurso baseada em Michel Foucault, perspectiva que possibilita o engajamento na luta por um espaço possível de questionamento das relações de poder e de mudança dos regimes de verdade que produzem realidades e subjetividades. A pesquisa fundamentou-se, teoricamente, na concepção de currículo como política cultural, pois se compreende que as políticas curriculares são produzidas no âmbito de negociações, envolvendo disputas por significações culturais e discursivas com a participação dos diversos sujeitos e campos sociais. Nesta perspectiva, foram consideradas as contribuições dos estudos culturais, bem como os conceitos de recontextualização e hibridação. A análise da Base Curricular Comum de Pernambuco (2008) deixa evidenciado que, em meio à interdiscursividade, emerge um híbrido discursivo no qual se identifica a prevalência do discurso da performatividade e da cultura comum. Estes discursos, de forma recontextualizada, trazem as marcas dos discursos das organizações internacionais, tais como a OCDE, que no contexto de globalização contemporânea consegue, através de uma diversidade de estratégias, disseminar um novo modelo de gestão pública que vem atuando como regime de verdade e se refletindo na política de currículo oficial de Pernambuco.
25

“O amor ainda está aqui”: processos de subjetivação, microterritórios e corpos em narrativas de sexualidades em Campina Grande –PB.

AZEVÊDO, Ciro Linhares de. 19 July 2018 (has links)
Submitted by Emanuel Varela Cardoso (emanuel.varela@ufcg.edu.br) on 2018-07-19T00:16:55Z No. of bitstreams: 1 CIRO LINHARES DE AZEVÊDO – DISSERTAÇÃO (PPGH) 2015.pdf: 2941770 bytes, checksum: e6c07faa9da002d2c72b426ad0814ad4 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-19T00:16:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 CIRO LINHARES DE AZEVÊDO – DISSERTAÇÃO (PPGH) 2015.pdf: 2941770 bytes, checksum: e6c07faa9da002d2c72b426ad0814ad4 (MD5) Previous issue date: 2015-04-27 / O estudo tem como tema as narrativas de sexualidades no entrelaçamento de saberes e experiências de duas protagonistas da cena urbana atual de Campina Grande-PB, a travesti Valquíria Montini e Maria de Calú, proprietária do pioneiro bar gay da cidade. Escolhi trabalhar com entrevistas, a partir destas analisar as narrativas - que estão em temporalidades que se atravessam entre as décadas de 1940 ao tempo presente - pelas experiências de sexualidade, espaços praticados e as transformações estéticas dos corpos. Discuti as práticas de subjetivação que emerge das performances de si pela fluidez das noções identitárias, os sujeitos da trama traçada foram vistos pela sua contingência e historicidade. Também foram analisadas as elaborações de si, afetividades e modos de vida que se dão nas interações dos sujeitos que se dão em diversos espaços em Campina Grande e outras cidades. Por fim, problematizei as narrativas sobre os corpos, as noções de travestilidade e a multiplicidade das experiências que permitem a subve rsão das identidades como fixas e naturalizadas. Para tecer novos olhares acerca destas interações, usamos os diálogos teóricos fornecidos principalmente por Judith Butler, Michel de Foucault, Michel de Certeau e Gilles Deleuze. / This study is about sexualities narratives in the intertwining of knowledge and experiences of two protagonists in contemporary urban scene of Campina GrandePB, the transvestite Valquíria Montini and Maria de Calú, owner of the first gay bar in this city. I chose to work with interviews, analyze these narratives - that are in temporalities that crisscross between the 1940s to the present time - the sexuality studied on aspects of experience, spaces and aesthetic transformations of bodies. We also analyzed the elaborations of themselves, the affections and ways of life that occur in the interactions of the subjects that take place in different spaces in Campina Grande and other cities. Finally, we analyze the narratives of their own bodies, the notions of being a transvestite and the multiplicity of experiences that allow subversion of identities as fixed and naturalized. To weave new perspectives about these interactions, we use the theoretical dialogues by Judith Butler, Michel Foucault, Michel de Certeau and Gilles Deleuze.
26

Um teatro sem espetáculo em Carmelo Bene

Oliveira, Luis Fabiano de January 2017 (has links)
Esta dissertação se propõe a discutir o conceito de teatro sem-espetáculo a partir da produção artística e teórica de Carmelo Bene, de conceitos-chave do teatro contemporâneo e das filosofias da diferença, especialmente a obra dos autores Gilles Deleuze e Félix Guattari. O teatro sem-espetáculo é o título de um livro publicado por Carmelo Bene logo após sua atuação como curador da seção teatro da Bienal de Veneza 1989. Na ocasião, Bene realizou uma série de experimentações cênicas a portas fechadas, sem a presença de público, contando com a participação de vários convidados, como atores, músicos, técnicos de som, escritores. O livro é constituído de uma série de ensaios escritos por Bene e por intelectuais convidados a participar destas experimentações. A dissertação não tem o objetivo de definir o que é um teatro sem espetáculo, mas sim investigar as singularidades da obra do pluriartista italiano a partir desse conceito e, assim, dialogar com outros conceitos-chave do teatro contemporâneo, tais como representação, presença, acontecimento, performatividade. Ao final, há a constituição de uma aliança por parte do mestrando em relação a Carmelo Bene e Antonin Artaud, especialmente naquilo que Jacques Derrida definiu como “a impossibilidade de representação do pensamento”.
27

Corpo em Aprendizagem: Aprendizagem do Corpo em Clarice Lispector

Santana, Mônica Leila Portela de 26 March 2013 (has links)
Submitted by Mônica Santana (monicasantana.jornalista@gmail.com) on 2015-05-13T18:24:50Z No. of bitstreams: 1 Dissertação_MonicaSantana_PPGACUFBA_2013.pdf: 2134447 bytes, checksum: 2f668bcf4a75c70d59712d42e6372804 (MD5) / Approved for entry into archive by Ednaide Gondim Magalhães (ednaide@ufba.br) on 2015-05-18T10:41:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação_MonicaSantana_PPGACUFBA_2013.pdf: 2134447 bytes, checksum: 2f668bcf4a75c70d59712d42e6372804 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-18T10:41:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação_MonicaSantana_PPGACUFBA_2013.pdf: 2134447 bytes, checksum: 2f668bcf4a75c70d59712d42e6372804 (MD5) / Capes / Resumo: A pesquisa investiga como a romancista Clarice Lispector constrói as noções de corpo e aprendizagem do prazer dentro do livro Uma Aprendizagem ou O livro dos prazeres, bem como de que maneira esse corpo é apropriado no teatro, no solo teatral da atriz-pesquisadora. A dissertação revela como os procedimentos empregados pela autora para encenar o corpo no palco da escrita, colocando em diálogo contos de Lispector e o romance objeto da pesquisa. Uma genealogia do corpo na história ocidental é proposta, em convergência com os horizontes apontados pelo romance e com base nas reflexões dos filósofos Michel Foucault, Friedrich Nietzsche e aprendizagem como experiência estética, ancorada em John Dewey. Clarice Lispector é lida como uma autora-atriz, cuja escrita se elabora por meio de recursos de mascaramento no texto e retomada de temas biográficos. No quarto capítulo, a atriz-pesquisadora revela o processo criativo do solo Aprendizagem, que transpõe para a cena as noções de corpo, aprendizagem do prazer e a exploração da pluralidade de vozes. / Resumé: A pesquisa investiga como a romancista Clarice Lispector constrói as noções de corpo e aprendizagem do prazer dentro do livro Uma Aprendizagem ou O livro dos prazeres, bem como de que maneira esse corpo é apropriado no teatro, no solo teatral da atriz-pesquisadora. A dissertação revela como os procedimentos empregados pela autora para encenar o corpo no palco da escrita, colocando em diálogo contos de Lispector e o romance objeto da pesquisa. Uma genealogia do corpo na história ocidental é proposta, em convergência com os horizontes apontados pelo romance e com base nas reflexões dos filósofos Michel Foucault, Friedrich Nietzsche e aprendizagem como experiência estética, ancorada em John Dewey. Clarice Lispector é lida como uma autora-atriz, cuja escrita se elabora por meio de recursos de mascaramento no texto e retomada de temas biográficos. No quarto capítulo, a atriz-pesquisadora revela o processo criativo do solo Aprendizagem, que transpõe para a cena as noções de corpo, aprendizagem do prazer e a exploração da pluralidade de vozes.
28

Um teatro sem espetáculo em Carmelo Bene

Oliveira, Luis Fabiano de January 2017 (has links)
Esta dissertação se propõe a discutir o conceito de teatro sem-espetáculo a partir da produção artística e teórica de Carmelo Bene, de conceitos-chave do teatro contemporâneo e das filosofias da diferença, especialmente a obra dos autores Gilles Deleuze e Félix Guattari. O teatro sem-espetáculo é o título de um livro publicado por Carmelo Bene logo após sua atuação como curador da seção teatro da Bienal de Veneza 1989. Na ocasião, Bene realizou uma série de experimentações cênicas a portas fechadas, sem a presença de público, contando com a participação de vários convidados, como atores, músicos, técnicos de som, escritores. O livro é constituído de uma série de ensaios escritos por Bene e por intelectuais convidados a participar destas experimentações. A dissertação não tem o objetivo de definir o que é um teatro sem espetáculo, mas sim investigar as singularidades da obra do pluriartista italiano a partir desse conceito e, assim, dialogar com outros conceitos-chave do teatro contemporâneo, tais como representação, presença, acontecimento, performatividade. Ao final, há a constituição de uma aliança por parte do mestrando em relação a Carmelo Bene e Antonin Artaud, especialmente naquilo que Jacques Derrida definiu como “a impossibilidade de representação do pensamento”.
29

Performatividade e agenciamentos humanos e não-humanos da realidade: uma leitura por trás da Lei de Biossegurança a partir da Sociologia Simétrica de Bruno Latour

MARQUES, Denilson Bezerra January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:16:04Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9291_1.pdf: 1869292 bytes, checksum: e30b05fbc25ce3cbc583595f858dca98 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / O presente estudo buscou apreender parte da realidade social que está além do texto da Lei de Biossegurança. Para tal, se baseou na análise de textos produzidos por cientistas brasileiros do campo da biotecnologia. Adotando a perspectiva teórica e metodológica de Bruno Latour, quanto ao seu princípio de simetria, foi possível observar que a realidade está subdividida em: i) realidade revelada (fruto dos agenciamentos não-humanos); e, ii) realidade significada (fruto dos agenciamentos humanos). Vimos, com isso, que o princípio de simetria opera a construção ajustada da realidade entre humanos e não-humanos, graças ao trabalho de mediação de entidades naturais , informacionais e banco de dados. Estas entidades permitem aos cientistas estabilizarem uma dada performatividade a partir da qual inicia-se o processo de significação sobre si mesmas, que passam, então, a pertencer à realidade social humana sobre a qual atribuições significativas e normativas são feitas. Dentre as principais conclusões, a adoção do princípio de simétrica de Latour, permitiu-nos entender parte da ordem social imanente as performatividades e às atribuições significativas, que constituem o ato fundante e o fundamento epistemológico da realidade social
30

Tudo é um: fluxo entre desenho e verbo / Everything is one: fluxus between drawing and verb

Luiza Crosman de Rezende 31 March 2014 (has links)
Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo a Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro / Nesta Dissertação, investigo o conjunto de desenhos que denominei desenhos-conceitos e que constituem-se como uma prática processual da minha atuação enquanto artista. Tal investigação é percorrida através de seis tangentes transdisciplinares na tentativa de estabelecer pontos de contato entre a prática do Desenho e outras práticas contemporâneas investigativas do conhecimento humano. São elas: Tangente Diagramas, Tangente Cosmologia, Tangente Desenhos, Tangente Linguística, Tangente Lógica/Matemática e Tangente Escritura. A pesquisa procura estabelecer uma maior proximidade entre teoria e obra apresentando-se como texto dissertivo e também como a elaboração de um Fichário. Neste Fichário o léxico dos desenhos-conceitos é apresentado em conjunto com uma série de anotações que permearam a investigação e ambos, desenhos-conceitos e anotações, configuram-se como pontos-chave para a formação da arquitetura conceitual do léxico. Tanto o texto dissertivo quanto as anotações e desenhos presentes no Fichário tecem indagações acerca da relação entre o espaço-tempo e o corpo daquele que performa ações. A pesquisa conclui na abertura de novos procedimentos práticos, através da ideia de performatividade na realização de ações, com as obras Desire to communicate e Obscena. / This dissertation investigates a set of processual drawings that constitute a part of my artistic process, which I denominated concept-drawings. This investigation is made through six transdisciplinary tangents, in an attempt to establish points of contact between the practice of drawing and other contemporary investigative practices of human knowledge. These tangents are: Tangent Diagrams, Tangent Cosmology, Tangent Drawings, Tangent Linguistics, Tangent Logic/Mathemathics and Tangent Scripture. The research also seeks to establish a closer relationship between theory and work of art presenting itself as text and as a Binder, in which the lexicon of concept-drawings are brought together with a series of annotations that were made throughout the research. Both concept-drawings and annotations are key points for the formation of the conceptual architecture of the lexicon. Together with the text, these annotations and drawings intend to question the relationship between the space-time relation with the body of he who performs actions. The research concludes with concept of performativity in the works "Desire to communicate" and "Obscena", openning new practical procedures within my process as an artist

Page generated in 0.1048 seconds