• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 104
  • 3
  • Tagged with
  • 107
  • 77
  • 25
  • 21
  • 20
  • 18
  • 17
  • 15
  • 14
  • 13
  • 13
  • 11
  • 10
  • 10
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

De quem é esse corpo? - a performatividade do feminino no teatro contemporâneo / Whose Body is This? Females Performativity in Contemporary Theatre

Lucia Regina Vieira Romano 26 August 2009 (has links)
Este trabalho analisa a criação teatral contemporânea das mulheres, questionando a caracterização da obra teatral a partir do recorte de gênero feminino. Para tanto, explora os termos teatro feminino, teatro(s) das mulheres e teatro feminista e suas implicações na crítica e prática teatrais, na cena internacional e nacional. Aponta a necessidade de revisão dos termos, partindo de sua historicização; ressaltando a atual multiplicidade de estratégias e suas poéticas particulares, em especial, nas atuações de algumas performers, das atrizes criadoras integrantes do Odin Teatret e da rede internacional Magdalena Project. Observa ainda o progresso do teatro feminista, nas criações de teatro lésbico, teatro feminista negro e teatro multicultural e questiona a ausência dessas formulações no teatro brasileiro, em paralelo ao enfraquecimento do teatro político nacional. A fim de iluminar o complexo cruzamento entre corporeidade, processos criativos e subjetivação, sugere a constituição de imagens encarnadas, bem como a análise do corpo sexuado no processo de comunicação teatral; projetando a idéia de um teatro do andrógino, capaz de subverter concepções binárias e encorpar a instabilidade das performances de gênero. / This work analyses womens contemporary theatrical creation, inquiring about the characterization of theatrical work, having female genre as an outline. The terms: female theatre, womens theatre(s) and feminist theatre are investigated as well as their implications in theatrical practice and criticism, both in the national and international spheres. A revision of these terms is called for, taking their historicity into account; emphasizing the current multiplicity of strategies and its particular poetics, especially, in the acting of some performers, of the creating actresses who participate in Odin Teatret and of the international chain Magdalena Project. It also examines the development of the feminist theatre, in the creation of the lesbian theatre, the black feminist theatre and the multicultural theatre, calling the absence of such formulations in Brazilian theatre into question, alongside the weakening of the national political theatre. In order to throw light upon the complex interplay of corporality, creative processes and subjectiveness, it suggests the constitution of embodied images, as well as the analysis of sexed body in the process of theatrical communication; proposing the idea of a theatre of the androgynous, capable of subverting binary conceptions and embodying the instabilities of performances of genre.
42

Islã, mídia e direitos humanos: políticas de representação e visibilidade a partir do agenciamento de uma rede de instituições islâmicas no pós-onze de setembro / Islam, media and human rights: politics of representation and visibility from the agency a network of Islamic institutions in the post-September 11.

Helena de Morais Manfrinato 21 December 2015 (has links)
Esta dissertação trata do impacto do onze de setembro sobre a visibilidade das comunidades muçulmanas no Brasil a partir de uma rede de instituições sunitas, com foco em duas especialmente, a União das Entidades Islâmicas (UNI) e a Assembleia Mundial da Juventude Islâmica (WAMY) e seu trabalho político com direitos humanos. As entidades passaram a ser interpeladas com acusações que se relacionam, fundamentalmente, à violação de direitos humanos, com um forte viés orientalista, nos termos de Edward Said. As iniciativas públicas e principais posicionamentos políticos tocam na questão dos direitos das mulheres e a proteção à vida. Além disso, os direitos humanos aparecem nas agendas humanitárias globais pautadas pelas entidades e outros atores políticos muçulmanos, como a questão palestina. Optei por abordá-los a partir de uma perspectiva de vida social ativa dada a heterogeneidade de material que tinha em mãos. Por fim, as entidades me revelaram um projeto político de comunidade com uma estética e uma ética específicas, bastante enleadas com a lógica de produção de imagens típicas de uma politicidade dos espaços de debate público contemporâneos. / This dissertation deals with the impact of September 11 on the visibility of Muslim communities in Brazil from a network of Sunni institutions, with a focus on two in particular, the Union of Islamic Entities (UNI) and the Islamic World Youth Assembly (WAMY) and his political work with human rights. The entities are now challenged with allegations that relate mainly to the violation of human rights, with a strong bias Orientalist, according to Edward Said. Public initiatives and major political positions touch the issue of women\'s rights and the protection of life. In addition, human rights appear in the global humanitarian agenda guided by the entities and other Muslim political actors, such as the Palestinian issue. I chose to approach them from a perspective of active social life given the heterogeneity of the material at hand. Finally, the authorities have shown me a community political project with an aesthetic and a specific ethical, rather ensnared with typical imaging logic of a political nature of the spaces of contemporary public debate.
43

O princípio das modalidades de presença poética: da performatividade à formação da mente corporificada no audiovisual / Principle of the Poetics Presence Modality: From Performativity to the Formation of the Embodied Mind in the Audiovisual.

Carolina Dias de Almeida Berger 18 April 2016 (has links)
A presente pesquisa teórico-prática apresenta uma análise interdisciplinar da poética de obras de performance audiovisual, multimídia e intermídia, com ênfase em como a performatividade e a presença do artista na execução de sua obra estão imbricados na forma do trabalho, cuja composição é permeada por questões relacionadas ao seu dispositivo técnico. Ao abordar situações específicas de obras que imprimem movimento à forma final, a partir das quais consideramos evidenciarse a manifestação da \"mente corporificada\" do criador e inventor como ponto de conexão entre poética e meios empregados para sua execução, chegamos ao princípio das modalidades de presença poética, a partir do qual discutimos as relações entre corporalidade, performatividade e dispositivo técnico. Através de processo laboratorial de instauração de poética de trilogia de performances multimídia intitulado #LiveLivingPerformanceProject chegamos aos pontos teóricos relevantes do trabalho, entre eles os conceitos de mente corporificada (embodied mind), duplo digital (digital double), digital self e audiovisualidade sincrética digital. O projeto artístico multimídia resultante da pesquisa erige-se em um simbolismo transcendental, de livre adaptação e interpretação de arquétipos de mitologias femininas afrobrasileiras e a partir de especificidades da sabedoria dos povos originários, todos relacionados com os elementos da natureza, que serão foco central de instauração de poética do projeto. Calcados nos elementos da natureza, como forças fundantes de personificações simbólicas e psíquicas, demonstraremos como chegamos ao cerne da poética instaurada em #LiveLivingPerformanceProject ao longo do processo de investigação. Ao experimentar variadas interfaces digitais e sistemas audiovisuais, cruzando nossa experiência prática com observação de processos de instauração de trabalhos de performance, formamos nossa análise através da coesão entre processos práticos e operacionalização de conceitos de diferentes campos da filosofia, das artes das imagens em movimento e das performance arts que discutem questões como visibilidade, multimidialidade, intermedialidade, dispositivo técnico, poética, presença e duplo digital. / This practice-based thesis introduces an interdisciplinary analysis of the poetics of audiovisual performance, multimedia and intermedia works. Emphasizing on how the performativity and the presence of the artist in the execution of his work are intertwined in the form of the work; whose composition is permeated by issues related to its technical device. When discussing specific work situations that attach movement to the final shape; from which we consider evidencing the manifestation of the creator / inventor\'s \"embodied mind\" as the connection point, between poetic and the means employed for its execution, we come to the principle of presence modalities, from which we discuss the relationship between corporeality, performativity and technical device. By means of a laboratorial process to establish the trilogy of multimedia performance poetics, entitled #LiveLivingPerformanceProject, we come to the theoretical points that are relevant to the work, as embodied mind, digital double, digital self and digital syncretic audiovisuality. The multimedia artwork that results from the research is built in a transcendental symbolism. Of free adaptation and interpretation of the mythology of female African- Brazilian archetypes, as well as influences of the knowledge of native American peoples; all related to the elements of nature, that will be the central focus of the introduction of the poetics of the project. Paved with the elements of nature as the psychic and symbolic personifications founding forces, we will demonstrate how we got to the heart of the poetics, which is established throughout the research process. When experimenting with various digital interfaces and audiovisual systems, crossing our practical experience by observing establishment processes of performance projects, we form our analysis through the cohesion between practical processes, and operational concepts from different fields of philosophy, arts of moving images and performance arts, which discuss issues such as visibility, multimediality, intermediality, technical device, poetics, presence and digital double.
44

About Performativities: me, Antonio and pornographies / Das Performatividades: eu, AntÃnio e as pornografias.

Emerson da Cunha de Sousa 29 August 2014 (has links)
CoordenaÃÃo de AperfeiÃoamento de Pessoal de NÃvel Superior / Conselho Nacional de Desenvolvimento CientÃfico e TecnolÃgico / A presente dissertaÃÃo tem por interesse principal as pornografias contemporÃneas, ou as novas pornografias, ou ainda: as pornografias realizadas recentemente e, em geral, divulgadas por meio da Internet e em festivais especÃficos. Para tal, ela toma, como objeto de anÃlise, os primeiros trabalhos do portuguÃs Antonio Da Silva â realizador radicado em Londres â, produzidos entre os anos de 2011 e 2013, e que se expressam em pornografia junto a demais linguagens fÃlmicas e discursivas. Esta anÃlise toma singularmente os trabalhos de Antonio para pensar, de modo mais geral, como as atuais produÃÃes em pornografia se apropriam de outras formas de falar do sexo, da sexualidade e da prÃpria pornografia. Ao mesmo tempo, encarando, como fundamental a presenÃa do corpo do pesquisador como espectador de sua constituiÃÃo. Nesse sentido, traz como metodologia a escrita performativa, que permite o uso em primeira pessoa, e a utilizaÃÃo de modos de escrever e de falar do tema alÃm do escrever e do falar acadÃmicos. Esta anÃlise tem, por base teÃrica, a vinculaÃÃo da imagem pornogrÃfica à noÃÃo de performatividade, com base nos trabalhos de J. L. Austin (1990), Jacques Derrida (1991) e Judith Butler (1988, 1997). Sobre a pornografia que se discute, o trabalho toma autores como Feona Attwood (2007, 2011), Nuno CÃsar Abreu (1996), Linda Williams (1989, 1991, 2004, 2014) e Katrien Jacobs (2004), dentre outros. Juntam-se, ao texto acadÃmico e dissertativo, confissÃes, memÃrias e poemetos, que vÃo compondo a anÃlise performativa dos trabalhos de Antonio, com base na escrita performativa, teorizada e apontada, aqui, por Alexandre Beigui (2011). Ao fim das contas, o principal interesse à interpretar o que à o pornogrÃfico, tanto do ponto de vista da linguagem como do espectador, e, por isso, à trazida à tona a noÃÃo de performatividade, ajudando-nos, escritor e leitor, a pensar sobre uma possÃvel performatividade pornogrÃfica no lugar de uma pornografia como algo dado e identificado a princÃpio.
45

A guerra na lingua : as representações do "11 de setembro" na midia e no discurso oficial / The war in the language, the representations of the september 11 in the media and in the official discourse

Ferreira, Raimundo Ruberval 16 December 2005 (has links)
Orientador: Kanavillil Rajagopalan / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-08-05T17:40:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ferreira_RaimundoRuberval_D.pdf: 10553829 bytes, checksum: 75551f82a2494aecc6ca015ae45d6840 (MD5) Previous issue date: 2005 / Résumé: Le présent travail est une enquête sur Ies formes d'appropriation, par Ie discours officiel et par Ies médias, des événements du 11 septembre 2001, aux Etats-Unis. Ce "travail d'appropriation" est envisagé à partir de l'anaIyse de certains processus linguistique s, notamment des types de formulation utilisés pour l'événement Iui-même, pour l'agresseur, pour Ia victime et pour Ie genre de menace que Ies événements en question sont censés représenter. L'ensembIe sémantique de ces expressions constitue ce que j'appelle macro-objet "11 septembre", construction où se matérialise Ies principaIes tensions qui traversent Ie champ du Iangage, et que je qualifie de "guerre dans Ia Iangue". Ce travail en vient ainsi à expIorer Ies mécanismes de construction de ce macro-objet, Ia force rhétorico-performative de ces mécanismes, leur capacité à créer des représentations et Ieurs implications ético-politiques dans Ie contexte des tensions mondiales actuelles. L'analyse s'appuie sur une conception diaIogicoperformative du Iangage, seIon les sens donnés à ces termes par des théoriciens comme Bakhtin, Austin et Bourdieu. Elle utilise égaIement les théories déconstructives de Jacques Derrida, pour qui l' activité de déconstruire consiste surtout à déstabiliser Ies propriétés structurelles d'un objet, afin de souligner, en montrant Ies éIéments qui Ie rendent possible, Ia nécessité de sa transformation / Resumo: Este trabalho consiste na investigação das formas de apropriação dos eventos que ocorreram no dia 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos, pelo discurso oficial e pela midia. Esse "trabalho de apropriação" está sendo visto a partir da análise de alguns processos lingüísticos. A análise privilegia as formas de nomeação utilizadas em referência ao evento em si, ao agressor, ao agredido e ao tipo de ameaça que os eventos em questão supostamente implicam. o conjunto dos sentidos de tais expressões constitui a dimensão do que estou chamando de macro-objeto "11 de setembro", construção que materializa as principais tensões que atravessam o campo da linguagem, e que estou chamando de "guerra na língua". Nesse sentido, este trabalho se volta para investigar os mecanismos de construção desse macro-objeto, a força retórico-performativa de tais mecanismos, no que diz respeito à construção de representações, e suas implicações ético-políticas no horizonte das atuais tensões mundiais. A análise proposta neste trabalho orienta-se por uma visão dialógico-performativa da linguagem, no sentido dado a esses termos por teóricos como Bakhtin, Austin e Bourdieu, e por uma visão de interpretação proposta pela desconstrução, de Jacques Derrida, para quem a atividade desconstrutora é, sobretudo, um trabalho de intervenção que procura desestabilizar as propriedades estruturais de uma construção, para, mostrando os elementos que a tomam possível, destacar a necessidade de sua transformação / Doutorado / Doutor em Linguística
46

Escritas performativas: textualidades criadas por corpos e espaços. / -

Boito, Sofia Rodrigues 04 July 2018 (has links)
Este estudo tem como objetivo rever o modo de produção textual em processos de criação para a cena performativa. Partimos, assim, do seguinte problema: seria possível engajar o corpo na atividade de escrita? A fim de responder a essa pergunta, traçamos uma breve história do corpo e de sua relação com a escrita desde a modernidade, utilizando estudos de teóricos como Georges Vigarello e David Le Breton. O intuito é demonstrar que a visão cartesiana do homem cindido - em que mente e corpo são instâncias separadas - é uma construção histórica e que pode, portanto, ser questionada e combatida. Nossa hipótese é que processos de escrita que envolvam uma experiência corporal farão emergir textualidades que se efetivam em gestos e implicam em gestualidades. Ou seja, textos cuja compreensão não se dá apenas de forma racional, mental, mas que também atingem o leitor, ou o ouvinte, em sua materialidade corporal. Com o objetivo de verificar essa hipótese relacionamos, então, diversas práticas de escrita e as obras delas resultantes - processos e textualidades que analisamos à luz da noção de gesto, tal qual concebida pelo crítico literário Dominique Rabaté. Dentre os artistas estudados, modernos e contemporâneos, estão: Charles Baudelaire, André Breton, Georges Perec, Cao Guimarães e Myriam Lefkowitz. O estudo das obras desses autores acabou por revelar transformações históricas: a transformação da relação do homem com seu corpo, assim como a transformação dos espaços da vida cotidiana desses homens. Assim, as práticas empreendidas pelos artistas estudados servem para mostrar tanto o resultado do \"progresso\" da visão racionalista do mundo, quanto a necessidade da invenção de novas estratégias para superá-la. Por fim, a partir dos estudos de caso, refletimos sobre a possibilidade de transpor tais práticas corporais na criação de textos para obras cênicas performativas. Focamos, então, na última etapa do trabalho, em experimentos feitos pela própria pesquisadora. É importante salientar que os resultados obtidos não pretendem formalizar ou cristalizar um modelo para a dramaturgia performativa, pelo contrário, têm como intuito abrir novos horizontes para que se invente outras formas de provocar, criar e fazer emergir textualidades para a cena. / This study aims to reconsider the text production in performative theater\'s creative processes, dressing the following question: would it be possible to consider the practice of the body in the writing activity? Using studies from Georges Vigarello and David Le Breton, we retraced the history of the connections between body and writing, from modernity to contemporaneity, in order to prove that the separation between body and mind is a historical construction that can be questioned and fought. Our hypothesis is that performative processes, which engage the writer\'s body in an experience, will generate performative texts, which accomplish gestures. That is, texts that wouldn\'t have only a rational comprehension, but would also touch the reader, or listener, in his corporeality. With the objective of verifying this hypothesis we connected different writing practices and their results - processes and textualities analyzed under the concept of gesture, as conceived by the author Dominique Rabaté. The analysis of works from artists such as Charles Baudelaire, André Breton, Georges Perec, Cao Guimarães and Myriam Lefkowitz, showed the transformation in the relation between human beings and their bodies, as well as the transformation of the everyday life\'s environment. Thus, the study of these artists\' practices evidence the result of the \"progress\" of the rationalist mentality, and the need of creating new ways to overcome it. Lastly, from these case studies we propose a reflection about the possibility of importing those practices to a performative theater creation process, focusing, in the last part of this work, in experiments made by the researcher. It is important, nevertheless, to emphasize that the results from this study are not to be considered as a crystalized format for the performative playwright, on the contrary, this research aims to open new horizons for the invention of other ways to provoke, create and make emerge textualities for the stage.
47

O ato político por trás da drag queen: desmontando o essencialismo dos gêneros / The political act behind a Drag Queen: deconstructing the essentialism of genders

Campana, Nathalia Sato 29 May 2017 (has links)
O gênero é uma construção social, entretanto, ainda hoje ele é compreendido através de uma visão essencializadora e naturalizadora que se baseia em um aparato de saberes biológicos para reiterar a existência de um alinhamento entre gênero, sexo, prática sexual e desejo. Se enquadrar nesse alinhamento significa estar em consonância com as normas vigentes na nossa sociedade, e todos(as) aqueles(as) que fogem ou provocam nele deslocamentos são tidos(as) como inferiores e indesejáveis, não sendo reconhecidos como seres inteligíveis e estando, então, passíveis de exclusão. O objetivo principal desse estudo constitui em compreender a relação entre a construção parodística das personagens Drag Queens e a construção social dos papéis de gênero, dando prosseguimento à tentativa de desvendar as trajetórias e as compreensões sobre o gênero em pessoas que se encontram fora dos limites impostos pela lógica binária que valida apenas a existência do masculino e feminino, colocando-os como opostos e passíveis de categorização.2 Através do ato estético-político da construção da figura da Drag Queen acredita-se ser possível estar e cruzar a fronteira dos gêneros, tendo uma identidade ambígua ou indefinida e explicitando o caráter artificialmente imposto das identidades fixas, sendo um meio para mapear dispositivos que funcionem em prol da ruptura das ontologias e possibilitem outras formas de vivências que resistam às categorizações socialmente construídas, trazendo potência para a promoção de uma multiplicidade de possibilidades de existência / The term gender is a \"social construction\", however, it\'s still currently understood through an essential and naturalizing vision which is based on an apparatus of biological knowledges to reaffirm the existence of an alignment between gender, sexual orientation, sexual intercourse and desire. Fitting in with such alignment means being in consonance with actual social standards, and all those who avoid or arouse displacements are considered smaller and unwanted, not being recognized as intelligible human beings and, thus, being subject to exclusion. The main goal of this thesis consists on building a relation between the travesty/burlesque construction of the Drag Queens\' characters and the social construction of gender roles, continuing on in the attempt to unravel trajectories and understandings regarding the gender of people who find themselves outside the limits imposed by the binary logic which only validates the existence of male and female genders, placing them as opposites and eligible for categorization3. Through the aesthetic-political act of the construction of the Drag Queen\'s figure it\'s believed it\'s possible to be on and across the genders\' border, possessing an ambiguous or undefined identity and exposing the artificially imposed character of the fixed ones, therefore being a way of mapping devices that work for the rupture of ontologies and enable other ways of living which are able to stand up to socially constructed categorizations, bringing about enough power to promote the plurality of other possible existences
48

Papai ou mamãe? Uma discussão dos papéis parentais em homens trans que engravidaram / Dad or mom? A discussion of parental roles in transgender men who became pregnant

Pederzoli, Aquinoã Abigail 05 June 2017 (has links)
O presente texto consiste em uma apresentação de reflexões acerca da problemática da utilização ora do aspecto substancializante do gênero ora da identidade de gênero como critério para discernir e decidir as práticas parentais. Tomando a experiência trans como recorte empírico, desenvolverei uma reflexão sobre como o gênero se articula com o desempenho parental, dentro de um contexto de legitimação social e política. A ideia central do texto é problematizar as parentalidades trans em sua relação com o gênero, analisando as concepções de paternidade e maternidade que perpassam a experiência gestacional. Teoricamente, de um lado, pretendemos discutir a possibilidade da parentalidade ser um ato performativo, utilizando a teoria de performatividade de Butler e fazendo aproximações das discussões sobre funções materna e paterna propostas por Lacan. De outro lado, utilizaremos os conceitos de performatividade e paródia como uma proposta que escapa ao discurso heteronormativo. Para tanto, foram utilizadas entrevistas semiestruturadas com homens trans. O fenômeno trans joga com a produção e recriação de novas relações sociais. Torna-se possível reinventar as relações de gênero dentro de um domínio heterossexual, fazendo-nos questionar a binariedade a que o sistema sexo/gênero está submetido, porém a parentalidade é ainda reconhecida por uma assimetria de gênero: o pai e a mãe / This study aims at presenting reflections on the problematic use of the substantial aspect of gender as well as gender identity as a criterion for discerning and deciding parental practices. Taking the transgender experience as the empirical excerpt, a reflection on how gender articulates with parental performance within a context of social and political legitimacy will be developed. The main idea of the text is to problematize the transgender parenting in its relationship with gender, analyzing the conceptions of paternity and maternity that permeate a gestational experience. Theoretically, we intend to discuss the possibility of parenting as being a performative act, using Butlers performativity theory and linking it with discussions about the maternal and paternal role proposed by Lacan. On the other hand, the concepts of performativity and parody as a proposal that escapes heteronormative discourse will be used. For that matter, semi-structured interviews with transgender men were used. The trans phenomenon plays with the production and re-creation of new social relations. It becomes possible to reinvent the gender relations within a heterosexual domain, making us question the binarity to which the sex / gender system is submitted, being represented by the gender asymmetry in parenthood: the father and the mother
49

Andrea Tonacci: do teatro das verdades às cenas de ficção em Interprete Mais, Pague Mais e Serras da Desordem / Andrea Tonacci: from the Theatre of Truths to the Scenes of Fiction.

Canton, Luciana Giannini 29 October 2014 (has links)
A presente pesquisa analisa e compara o processo criativo de dois filmes de Andrea Tonacci: Interprete Mais, Pague Mais (1974-1995) e Serras da Desordem (2006), com foco na relação do cineasta com os atores documentados, investigando a questão da encenação, performatividade e teatralidade. No primeiro filme, ao documentar a crise de um grupo de teatro, Tonacci explora a teatralidade inerente à realidade que documenta, resultando em uma presentificação que só existe através de seu registro cinematográfico. No segundo filme, ele encena a vida de um índio com o próprio índio, encontrando na reconstituição da vida do outro uma narrativa essencialmente autobiográfica. A comparação dos dois procedimentos visa ao confronto e a uma possível aproximação entre as diferentes formas de mise en scène/mise en présence no ato de filmar do cineasta, bem como a um entendimento das diferentes formas de encenar/presentificar o real no cinema de ficção e documentário. / This work analizes and compares the creative process of two films by Andrea Tonacci: Play More, Pay More (1974-1995) and Hills of Disorder (2006), focusing on the relationship between the filmmaker and the actors, by exploring the notions of staging, theatricality and performativity. On the first film, while showing the crisis faced by a theater group, Tonacci exposes the teatricality inherent to the reality portrayed, resulting in a presentification that only exists through his cinematic device. On the second film, by enacting the story of a native Brazilian, played by the native himself, he finds on the reconstruction of the life of the other a narrative that is essencially autobiographic. A comparison of the two procedures aims at the confrontation and possible approach of these two forms of mise en scène/mise en présence on the very act of filming, through an understanding of the diferent forms of staging/presenting the real on documentary and fiction films.
50

Performatividade transgênera: equações poéticas de reconhecimento recíproco na recepção teatral / Not informed by the author

Leal, Dodi Tavares Borges 26 June 2018 (has links)
Pessoas que relacionam seus processos identitários e/ou expressivos com as transgeneridades provocam uma ruptura nos parâmetros normativos da cisgeneridade, os quais não se estabelecem mais como eixo de leitura do sujeito. Por sua vez, o modo receptivo proposto pelas pessoas transgêneras demanda uma atuação de leitura que leva em conta processos de reconhecimento recíproco suscitados no encontro com pessoas cisgêneras. Sendo um modo interpretativo de gênero, a passabilidade termo utilizado pela comunidade trans para indicar o grau em que a recepção e a expressão de gênero coincidem com uma cisgeneridade oposta à compulsória, ou seja, o passar socialmente desapercebido a mudança de gênero é influenciada por padrões cotidianos de performatividade psicossocial cisnormativa. A pesquisa visa investigar os dilemas e conflitos presentes no encontro da cisgeneridade com pessoas transgêneras femininas almejando equacionar elementos sensíveis da teatralidade para avaliar como ocorrem as situações de reconhecimento e desrespeito nessa cena a partir de dimensões poéticas atuantes na recepção e na performatividade de gênero. Este estudo propõe que a busca por reconhecimento recíproco de pessoas transgêneras pode contribuir em processos de construção e recepção social de sua performatividade, altamente marcados por situações de enfrentamento e violência. Assim, questiona-se: qual o efeito estético das transgeneridades hoje? A hipótese do estudo é a de que a leitura das transgeneridades femininas é sublinhada por processos épicos de elaboração poética cênica que, por sua vez, têm influência de condicionantes de passabilidade social ligadas ao drama. O campo da pesquisa visou investigar cenas próprias de encontro e desencontro com pessoas transgêneras femininas suscitadas a partir de três frentes: 1) recepção teatral: depoimento de espectadores/as que assistiram a encenação A Demência dos Touros da companhia Teatro do Perverto, cuja criação aborda problemáticas sociais da vida de mulheres transgêneras; 2) mediação teatral: registros de participantes de oficina intitulada Poéticas de gênero em interseccionalidade social, a qual foi elaborada tendo em vista os paradigmas e práticas da Teatra da Oprimida; e 3) performance: relato de Tetagrafias, experimento desenvolvido pela pesquisadora em Coimbra, Portugal. O referencial teórico da tese se baseia nos trabalhos sobre performatividade, recepção teatral e estudos de gênero e desdobra os seguintes aspectos que se equacionam entre a performance e a recepção das transgeneridades: a) loucura; b) anticolonialidade; c) indisciplina; d) reclusão; e) bestialidade; f) objetificação e g) desprezo. Dado que a encenação A Demência dos Touros tem sua problematização transliteralizada da novela O Alienista, de Machado de Assis, na qual se discutem peripécias e gravidades da patologização do social, a tese empreende reflexão sobre dinâmicas da loucura como o modo interpretativo decisivo para a leitura de gênero que se faz sobre as pessoas trans. Associa-se, então, as formas hegemônicas das transgeneridades aos modos coloniais de controle do corpo trans pelo Estado (realizado por meio dos condicionadores do processo transexualizador) tendo em vista a discussão de biopolítica em Foucault. Busca-se evidenciar que a pluralidade subjetiva e social das transgeneridades não se restringe ao paradigma da modificação corporal, condição determinante do modelo dramático endócrino-psiquiátrico da transexualidade. A tese demonstra, portanto, aspectos críticos das operações poético-subjetivas da experiência de recepção da performatividade transgênera desvendando, inclusive, a sugestividade anticolonial e épica no saber travesti. Os elementos levantados (sensoriais, dinâmicos, afetivos e discursivos) possibilitam compor um quadro cênicopoético do impacto de recepção da construção da performatividade transgênera no contexto social / People who relate their identitary and / or expressive processes to transgenerities provoke a rupture in the normative parameters of cisgenerity, which no longer establish itself as an axis of reading of the subject. On the other hand, the receptive mode proposed by transgender people demands a reading activity that takes into account processes of reciprocal recognition raised in the encounter with cisgender persons. As an a interpretative mode of gender, passability a term used by trans community to indicate the degree to which gender reception and expression coincide with a cisgenerity opposed to compulsory, that is, socially unnoticed change in gender is influenced by everyday norms of psychosocial cisnormative performativity. The research aims to investigate the dilemmas and conflicts present in the encounter of cisgenerity with female transgender people aiming to equate sensitive elements of theatricality to evaluate how the situations of recognition and disrespect in this scene occur from poetics dimensions acting in the reception and in the performativity of gender. This study proposes that the search for reciprocal recognition of transgender people can contribute to processes of social construction and reception of their performativity, highly marked by situations of confrontation and violence. Thus, it\'s asked: what is the aesthetic effect of transgenerity today? The hypothesis of the study is that the reading of feminine transgenerity is underlined by epic processes of scenic poetic elaboration that, in turn, are influenced by conditions of social passability linked to drama. The field of research aimed at investigating specific scenes of encounter and disagreement with female transgender people raised from three fronts: 1) theatrical reception: testimony of spectators who attended the theatre play A Demência dos touros of the company Teatro do Perverto, whose creation addresses social issues in the lives of transgender women; 2) theatrical mediation: registers of workshop participants entitled Poetics of gender in social intersectionality, which was elaborated in view of the paradigms and practices of Teatra da Oprimida; and 3) performance: Tetagrafias report, an experiment developed by the researcher and held in Coimbra, Portugal. The theoretical framework of the thesis is based on the works on performativity, theatrical reception and gender studies und unfolds the follow aspects that are equated between the performance and the reception of transgenerities: a) madness; b) anticoloniality; c) indiscipline; d) imprisonment; e) bestiality; f) objectification and g) contempt. Given that the theatre play A Demência dos touros has its problematization transliterated from the novel O Alienista, by Machado de Assis, in which the surprises and seriousness of the pathologization of the social are discussed, the thesis undertakes reflection on the dynamics of madness as the decisive interpretative mode for the reading about trans people. The hegemonic forms of transgenerity are then associated with the modes of control of the trans body by the state (developed through the conditioners of the transexualization process) in view of the discussion of bio-politics in Foucault. It is sought to show that the subjective and social plurality of transgenerity is not restricted to the paradigm of corporal modification, a determining condition of the dramatic endocrine-psychiatric model of transsexuality. The thesis demonstrates, therefore, critical aspects of the poetic-subjective operations of the reception experience of the transgender performativity, revealing even the anticolonial and epic suggestiveness in travesti knowledge. The raised elements (sensorial, dynamic, affective and discursive) make it possible to compose a scenic-poetic frame of the reception impact of the construction of transgender performativity in the social context

Page generated in 0.0748 seconds