• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3591
  • 43
  • 43
  • 43
  • 35
  • 27
  • 17
  • 17
  • 15
  • 15
  • 14
  • 9
  • 9
  • 9
  • 4
  • Tagged with
  • 3670
  • 3670
  • 1823
  • 1566
  • 612
  • 421
  • 399
  • 366
  • 364
  • 342
  • 298
  • 279
  • 268
  • 256
  • 246
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Uso da estesiometria e biotesiometria para o diagnóstico de polineuropatia periférica do diabete melito e do pé diabético em risco de ulceração neuropática

Ferreira, Anthero Sarmento January 1997 (has links)
Embora a estesiometria e biotesiometria venham sendo propostas como métodos válidos para diagnosticar a polineuropatia diabética e para classificação do pé diabético quanto ao risco dê ulceração neuropática, seus desempenhos em relação à velocidade de condução nervosa sensitiva e motora e à amplitude dos potenciais de ação nervosos sensitivos e musculares compostos (considerados padrão-ouro para o diagnóstico de neuropatia) não estão bem estabelecidos. No presente estudo buscou-se: 1. Avaliar o desempenho (quanto a sensibilidade, especificidade e valores preditivos ), da estesiometria e biotesiometria, · separadamente e em conjunto, no diagnóstico da polineuropatia periférica sensitiva e motora do diabete melito; 2. Caracterizar os resultados que se obtém na estesiometria quando o paciente examinado é considerado em risco para o desenvolvimento de úlcera neuropática (ou seja, com limiar de sensibilidade vibratória definido pela biotesiometria como maior ou igual a 25V). Foram estudados 26 indivíduos hígidos (18 mulheres e 8 homens, com idade variando entre 15 e 61 anos) e 30pacientes diabéticos (15 mulheres e 15 homens, com idade variando entre 23 e 73 anos). A sensibilidade cutânea à pressão de 10 gramas, obtida com o monofilamento 5.07 de Semmes-Weinstein foi avaliada por seis vezes em 9 pontos diferentes das regiões plantares dos pés dos pacientes. O resultado foi quantificado conforme o número de erros (zero a 54). Para avaliar o limiar de sensibilidade vibratória utilizou-se a biotesiometria, sendo testada a região plantar do primeiro dedo de cada pé. A condução nervosa foi avaliada ·pela medida das velocidàdes de condução nervosa sensitiva do nervo sural e motora dos nervos peroneat e tibial e da amplitude do potencial de ação nervoso sensitivo do primeiro e dos potenciais de ação musculares compostos dos dois últimos. Foi considerado neuropata o paciente que apresentou pelo menos um teste de condução nervosa alterado. Observou-se: 1. Cortei ação entre as medidas obtidas· ·para a biotesiometria e estesiometria e os testes eletrofisiológicos utilizados para avaliar a velocidade de condução ··nervosa e amplitude dos potenciais de . aÇão nervosos sensitivas e ·musclilares compostos; 2. Bom desempenho da estesiometria para o c!iagnóstico de polineuropatia diabética (sensibilidade de 82,4% e especificidade de 81,1%) e para o diagnóstico do pé com limiar para sensibilidade vibratória 'de 25V ou mais (sensibilidade de 87,5% e especificidade de 93% ). Conciuiu-se que: 1. Para ó diagnóstico dé p(,nneuropatia diabética - 1 a) a biotesíometrla e a estesiometrla slo métodos.válidos; 1b) o desempenho da estesiometria é melhor que o da biotesiollletria;·1c) o ponto• de corte l'la estesiometria é a insensibilidade à presslo plantar em 2 de 54 tentativas (4% ou mais de erros nos testes). 2. Para o diagnóstico do pé diabético em risco de apresentar uteeraÇio . . neuropátlca pode-se utilizar a ettesiometria - insensibilidade à presslo de 10 gramas obtida com o monofilatnento 5.07de Semmes-Weinstein em 9 de 54 tentativas (17% ou mais dé erros nos testes realizados), o que corresponde a um 'limiar de sensibilidade vibratória de 25V ou mais, com ~ensibilidade de 87,5% e espeeifiêldade de 93%. / Although aesthesiometry and biothesiometry have been used as valid methods for the diagnosis of diabetic polyneuropathy and classification of diabetic foot . at risk of developing neuropathic ulceration, their performance in relation to sensory and motor nerve conduction vetocity and to the amplitude of sensory nerve action potenciais and compound muscle action potentials ( considered golden standards for the diagnosis of neuropathy) is not well established. The purpose of this study is to: 1. Evaluate the performance (as to sensitivity, specificity and predictive values) of aesthesiometry and biothesiometry, separatety and together, for the diagnosis of sensory and motor peripheral neuropathy of diabetes mellitus; 2. Characterize the results obtained from aesthesiometry when the patient examined is considered. to be at ri$k to develop neuropathic ulceration (i.e. with vibration perception threshold defined by biothesiornetry · as higher or equal to 25V). 26 healthy individuais (18 women and 8 men, aging 25..61 yrs old) and 30 diabetic patients (15 women and 15 men, aging 23-73 yrs old) were studied. Skin sensibility (pressure of 1 Og obtained with Semmes-Weinstein 5.07 monofilament test was evaluated for 6 times in different points on the sole of the patients' feet. The result was quantified according to the number of errors (from O to 54). . In order to evaluate the vibration perception threshold, biothesiometry was used and tested on the sole region of the patients' great toes. Nerve conduction was evaluated by using measures obtained from 17 sensory nerve conduction velocity and amplitude Of sensory nerve action potentials of the sural nerve and motor nerve conduction velocity and amplitude of compound muscle nerve action potentials of the peroneal and tibial nerves. Patients who presented at least one altered test YJere considered with neuropathy. lt was observed: 1. Correlation between measures . obtained for /biothesiometry and aesthesiometry and the electrophy~iological tests. used to evaluate nerve conduction velocity and amplitude . of sensory nerve action potentials and compound muscle action potenti•J~; 2 •. Good performance of aesthesiometry for the diagnosis Of .diabetic polyneuropathy (sensitivity of 82.4% and specificity of 81.1%). and for the diagnosis of the foot with vibration perception threshold of 25V or higher (sensitivity of87.5% and specific~ty of 93%). lt was concluded th•t: 1. For the diagnosis of diabetic polynel:Jropathy .. 1 a) both biothesiometry and aasthesiom.try are proved to be valid methods; 1 b) aesthesiometry perfC)rmance is bettet than biothesiometry. 1 c) the cutoff point in aesthesiometry is.the.insensibility.t910g·pressure on the sole region of the patientsl feet in two of ~ tries (error percentage of 4% or more. on the testa performed). 2. For the diagnosis of diabetic fqot at risk of developing neuropathic ulceration, aesthesiometry.- insensibility .. to 10g pressure obtaiAed With Semmes-Weinstein 5.07' monofila'!'ent test in 9 of 54 tries (error percentage of 17% or more on the tests performed), which corresponds to vibration perception threshold of 25V ()r more, with sensibility of 87,5% and speciflcity of 93% - was useél. ·
2

Avaliação da ação indutora da dietilnitrosamina e do efeito promotor do álcool etílico e da N-nitrosonornicotina na carcinogênese esofágica experimental em camundongos

Gurski, Richard Ricachenevsky January 1999 (has links)
Resumo não disponível
3

Comunicação institucional em saude publica : uma pesquisa conscientizadora

Kruel, Ines Rosito Pinto January 1994 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações e Artes / Made available in DSpace on 2012-10-16T07:11:09Z (GMT). No. of bitstreams: 0
4

Expressão das proteínas P53 e BCL-2 no carcinoma de endométrio

Appel, Márcia January 2004 (has links)
Resumo não disponível
5

Avaliação do Programa Saúde da Família e sua associação com indicadores demográficos, políticos e econômicos nos municípios do Estado de Santa Catarina

Henrique, Flávia January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública / Made available in DSpace on 2012-10-22T11:37:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 228686.pdf: 257547 bytes, checksum: dfc0f64051f7d733e3d1242259f6adbc (MD5) / Historicamente, a proposta de reformulação das bases da medicina hegemonicamente praticada, de cunho liberal, recebeu várias contribuições: por um lado, de movimentos de cunho transformador, como a medicina social; por outro, de cunho reformista, advindos do seio da própria categoria médica, como a medicina preventiva; ou ainda de parte do estado, como forma de contenção dos pobres e redução dos custos da prática médica, como a medicina comunitária. É neste cenário, complexo e contraditório, temperado pelo ajuste fiscal, garantidor de controle de gastos sociais e superávits primários, que o Ministério da Saúde propõe o Programa Saúde da Família. O PSF foi implantado, a partir de 1994, inicialmente priorizando populações vulneráveis, mas expandiu-se rapidamente, recebendo, a partir de 1997, a designação de estratégia de saúde da família, como modelo de atenção primária brasileira, destinado a toda a população e munido do desafio de mudar o modelo assistencial do SUS. Neste contexto, fazem-se necessárias pesquisas que possibilitem avaliar se o PSF vem conseguindo atingir as metas previstas para o programa. Assim, desenvolve-se este trabalho, que objetiva avaliar, classificar e verificar as possíveis associações do Programa Saúde da Família com indicadores demográficos, sociais e econômicos, nos municípios do estado de Santa Catarina. O método utilizado é transversal e baseia-se em dados retroativos e secundários, obtidos através do SIAB, SIH, DATASUS e Tribunal de Contas do estado de Santa Catarina. A amostra se compõe de 125 municípios que apresentavam dados para o PSF em 2001 e 2004, os recortes realizados pela pesquisa. Os dados são apresentados sob a forma de dois artigos. No primeiro, utiliza-se proposta de avaliação com base nos componentes estrutura, processo e resultados, medindo, respectivamente, cobertura assistencial, mudança no modelo assistencial e internações por doenças preveníveis pela atenção primária; além disso, classificam-se os municípios catarinenses, quanto ao PSF, em satisfatório, intermediário e insatisfatório. No segundo artigo, utilizando a classificação obtida para o PSF, busca-se a associação desta com os indicadores: porte populacional, IDH-M, gasto per capita com saúde e bloco ideológico na gestão municipal. A análise dos artigos possibilita inferir que houve uma ampliação estatisticamente significativa dos municípios quanto à cobertura do Programa Saúde da Família, porém sem mudanças significativas no modelo assistencial ou nas internações preveníveis pela atenção primária. É possível inferir, ainda, que a classificação para o PSF está fortemente associada com o porte populacional e o IDH-M, não apresentando associação estatisticamente significativa com os demais indicadores.
6

Avaliação da ação indutora da dietilnitrosamina e do efeito promotor do álcool etílico e da N-nitrosonornicotina na carcinogênese esofágica experimental em camundongos

Gurski, Richard Ricachenevsky January 1999 (has links)
Resumo não disponível
7

Causas das modificações arquitetônicas do Hospital de Caridade de Florianópolis (1850-1950)

Heldwein, Armando Herberto January 2004 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Prograrma de Pós-Graduação em Saúde Pública. / Made available in DSpace on 2012-10-21T23:04:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 214175.pdf: 9382775 bytes, checksum: f9444e33162614fc9ae68485bce11648 (MD5) / Esta é uma pesquisa documental com auxílio de bibliografia e que apresenta
8

Grupos de promoção à saúde no Programa Docente Assistencial em Florianópolis

Santos, Luciane de Medeiros dos January 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública / Made available in DSpace on 2012-10-20T00:12:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / A obra introduz o conceito de Grupo de Promoção à Saúde, ampliando a definição de Grupo Terapêutico, ao contemplar na unidade grupal ações concomitantes de prevenir, curar, recuperar e promover. É também proposto o conceito de inter-ajuda, relacionando-o à forma de interação promotora de saúde no grupo, desenvolvida em condições de cooperação mútua e cuidados simultâneos dos pacientes entre si. Este trabalho visa caracterizar e avaliar fenômenos do campo grupal no âmbito do Programa Docente Assistencial (PDA), com a finalidade de aperfeiçoar o planejamento de grupos nos sistemas locais de saúde. A pesquisa se desenvolveu com o método de observação participante de campo, estudando grupos de gestantes, diabéticos e hipertensos, em postos de saúde pertencentes ao Programa Docente Assistencial. O foco da avaliação foi a atuação dos coordenadores e a caracterização do "setting grupal" durante as respectivas dinâmicas, no contexto de uma leitura etnográfica de campo. A promoção da saúde somente ocorre num espaço de democratização social, capaz de desenvolver sistemas flexíveis de participação popular no tratamento e decisão dos amplos aspectos relacionados à saúde. O Grupo de Promoção à Saúde é identificado como um instrumento capaz de impactar positivamente sobre as limitações físicas, emocionais e sociais dos cidadãos na defesa dos princípios de universalidade, equidade e integralidade do Sistema Único de Saúde (SUS). A obra ressalta a urgência das dimensões humanas, destacando os conhecimentos da psicologia na formação acadêmica do profissional de saúde, para a concretização da interdisciplinariedade e integralidade das ações de saúde
9

Expressão das proteínas P53 e BCL-2 no carcinoma de endométrio

Appel, Márcia January 2004 (has links)
Resumo não disponível
10

Perfil e relação interprofissional da equipe de saúde do Programa Saúde da Família (PSF) em cidades de pequeno porte /

Carvalho, Maria de Lourdes. January 2008 (has links)
Orientador: Renato Moreira Arcieri / Banca: Eliel Soares Orenha / Banca: Nemre Adas Saliba / Banca: Sílvia Helena de Carvalho Sales Peres / Banca: Regina Maria Tolesano Loureiro / Resumo: A estratégia do Programa Saúde da Família - PSF veio para consolidar as ações de saúde oferecida pelo Sistema Único de Saúde - SUS e merece uma avaliação constante pela comunidade científica. Este estudo foi constituído de três capítulos com os seguintes objetivos: conhecer o perfil de oito equipes do PSF e cinco equipes de saúde bucal de cinco municípios de pequeno porte da região Noroeste do Estado de São Paulo, Brasil; identificar a intensidade do relacionamento entre a equipe, o interesse, a satisfação e a motivação dos profissionais do PSF bem como conhecer o perfil e a realidade de trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista utilizando-se um questionário semi-estruturado e a tabulação foi realizada no Programa EPI-INFO 2000 versão 6.04. Como resultado, as equipes do PSF eram constituídas de pessoas jovens (entre 18 e 29 anos), com alta rotatividade de seus membros (menos de um ano de trabalho) e residentes no município onde trabalhavam e todos os profissionais apresentaram dificuldades no relacionamento com seus pares na equipe do PSF. A falta de experiência, integração e motivação dos membros das equipes comprometiam as suas ações na comunidade. Os ACS, elo entre os usuários e o SUS, manifestaram o desejo de serem mais valorizados pelo gestor. Frente à importância deste Programa, ficou constatado a necessidade em fortalecer, de fato, as relações entre os membros desta equipe multidisciplinar / Abstract: The strategy the Family Health Program - FHP came to consolidate the actions of health offered for the Only System of Health - SUS and deserves a constant evaluation for the scientific community. This study, consisting of three chapters, it had the following objectives: to know the profile of eight teams of the PSF and five teams of buccal health of five cities of small transport of the region the northwest of the State of São Paulo, Brazil; to identify the intensity of relationship between team as well as the interest, the satisfaction and the motivation of the professionals of the PSF; to know the profile and the reality of work of the Communitarian Agents of Health. The collection of data was carried through using a half-structuralized questionnaire. The data was carried through in EPI-INFO 2000 Program version 6.04. As result, the teams of the PSF were constituted of young people (between 18 and 29 years), with high rotation of its members (less of one year of work) and residents in the city where it worked; all the professionals had presented difficulties in the relationship with its pairs in the team of the FHP. The lack of experience, integration and motivation of the members of the teams compromised its actions in the community. The ACS, link between the users and the SUS more demonstrated the desire of being valued by the manager. Front to the importance of this Program, was demonstrated the necessity to fortify the relations, in fact, it enters the members of this team to multidiscipline / Doutor

Page generated in 0.0805 seconds