• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2326
  • 20
  • 18
  • 18
  • 18
  • 15
  • 12
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • Tagged with
  • 2432
  • 2432
  • 1447
  • 1154
  • 598
  • 488
  • 445
  • 419
  • 391
  • 345
  • 326
  • 316
  • 314
  • 307
  • 305
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Proposta de metodologia de avaliação da implementação de práticas enxutas em serviços de saúde

Augusto, Byanca Pinheiro January 2017 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis, 2017 / Made available in DSpace on 2017-09-26T04:20:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 348004.pdf: 955456 bytes, checksum: eda8cad184a69de136c68b4485c3b36c (MD5) Previous issue date: 2017 / Dadas as pressões por melhoria de qualidade e redução de custos, os serviços de saúde têm buscado técnicas provenientes de Sistemas de Produção Enxuta (SPE) para solucionar seus problemas e gerenciar seus processos. Tal adaptação e consequente aplicação dos princípios e práticas enxutas recebe a denominação de Lean Healthcare (LH - serviços de saúde enxutos). Apesar da vasta literatura sobre a implementação de práticas enxutas em serviços de saúde, ainda existe escassez de evidências quanto a estudos contendo métodos de avaliação da implementação. Nesse contexto de implementação do LH, o presente trabalho tem por objetivo propor uma metodologia de avaliação da implementação das práticas enxutas no contexto de serviços de saúde. Esta metodologia agrega conceitos de análise de maturidade em implementação enxuta com o modelo desenvolvido por Dahlgaard et al. (2011), possibilitando elencar as Práticas Enxutas (PEs) mais críticas para a implementação do LH e estabelecer um direcionamento prático, no qual o contexto da organização é levado em consideração para determinar a adequada priorização de implementação das PEs. A aplicação desta metodologia ocorreu em um setor de emergência de um hospital-escola Brasileiro. A metodologia foi construída e ilustrada ao longo de três artigos que compreendem as seguintes etapas: (i) identificação na literatura de lacunas relacionadas às práticas, barreiras e métodos de avaliação da implementação enxuta em serviços de saúde; (ii) compreensão dos relacionamentos entre as PEs e os Fatores Críticos (FCs) para a implementação do LH; e (iii) proposição de uma metodologia de avaliação das PEs em serviços de saúde considerando a frequência de ocorrência dos problemas e o nível de adoção da PEs na organização em estudo. Do ponto de vista teórico, o presente trabalho contribui com a proposição de uma metodologia de avaliação da implementação enxuta em organizações de saúde que permite a integração dos problemas existentes, do nível de adoção das PEs e dos critérios de suporte à tomada de decisão na organização de saúde, levando em conta as características específicas da organização. Em termos práticos, os resultados da aplicação da metodologia proposta possibilitam às organizações de saúde focarem seus esforços de implementação enxuta correlacionando-os e evitando dispêndios de energia desnecessários durante a implementação do LH. / Abstract: Given the pressures for quality improvement and cost reduction, health services have sought techniques from Lean Production Systems (LPS) to solve their problems and manage their processes. Such adaptation and consequent application of lean principles and practices is called Lean Healthcare (LH). Despite the vast literature on the implementation of lean practices in health services, there is still a lack of evidence for studies containing methods of lean implementation assessment. In this context, this paper aims to propose a methodology to assess the implementation of lean practices in the context of health services. This methodology aggregates concepts of maturity analysis in lean implementation with the model developed by Dahlgaard et al. (2011), making it possible to list the most critical Lean Practices (LPs) for the implementation of LH and establish a practical orientation in which the organization context is taken into account to determine the appropriate prioritization of LPs implementation. The method is applied in an emergency sector of a Brazilian university hospital. The method was constructed and illustrated throughout three articles that comprise the following steps: (i) identification through a literature review of gaps related to practices, barriers and assessment methods of lean implementation in health services; (ii) understanding the relationships between LPs and Critical Factors (CFs) for LH implementation; and (iii) proposing a method for evaluating LPs in health services, considering the frequency of occurrence of problems and the level of adoption of LPs in the organization. From the theoretical point of view, the present work contributes to the proposal of a method of assessment of the lean implementation in health organizations that allows the integration of existing problems, the level of adoption of LPs and the decision making criteria in the organization, taking into account the specific characteristics of the organization. In practical terms, the results of applying the proposed method allow health organizations to focus their lean implementation efforts by correlating them in a contingent manner and avoiding unnecessary energy surges during LH implementation.
22

Utilização da rede de serviços de saúde bucal por crianças e adolescentes com leucemia

CURI, Davi Silva Carvalho 05 April 2017 (has links)
Submitted by Fernanda Rodrigues de Lima (fernanda.rlima@ufpe.br) on 2018-07-20T22:49:16Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Davi Silva Carvalho Curi.pdf: 2506878 bytes, checksum: 6b8e3cd88c576d2fe5346ecc28cd7b12 (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-07-23T17:45:19Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Davi Silva Carvalho Curi.pdf: 2506878 bytes, checksum: 6b8e3cd88c576d2fe5346ecc28cd7b12 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-23T17:45:19Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Davi Silva Carvalho Curi.pdf: 2506878 bytes, checksum: 6b8e3cd88c576d2fe5346ecc28cd7b12 (MD5) Previous issue date: 2017-04-05 / Crianças e adolescentes com leucemia podem apresentar manifestações bucais que interferem no tratamento antineoplásico. Desta forma, faz-se necessária a utilização regular da rede de serviços de saúde bucal para o restabelecimento e/ou manutenção da saúde bucal. Pesquisas que avaliem determinantes do uso desta rede são escassas neste público. Esta dissertação avaliou a utilização da rede de serviços de saúde bucal por crianças e adolescentes com leucemia, segundo características socioeconômicas e demográficas dos cuidadores, de organização dos serviços odontológicos, de condição de saúde e de percepção de saúde bucal e necessidade de tratamento odontológico. Trata-se de um estudo transversal exploratório abrangendo todas as crianças e adolescentes com leucemia entre 03 e 16 anos que compareceram à consulta médica no ambulatório do Centro de Onco-hematologia Pediátrica do Hospital Universitário Oswaldo Cruz da Universidade de Pernambuco no período entre março e agosto de 2016. Os dados foram coletados mediante análise do prontuário contendo informações sobre a doença e realização de entrevista estruturada dirigida aos cuidadores das 80 crianças e adolescentes, sendo registrados em um formulário de pesquisa. Em seguida, os dados foram analisados no programa SPSS versão 22.0. Dentre os achados, ser do sexo feminino, não trabalhar, não ter renda mensal e receber benefício social foram as principais características demográficas e socioeconômicas dos cuidadores das crianças e adolescentes com leucemia que utilizaram a rede. Também, renda familiar per capita < R$ 220,00 e > R$ 220,00 estava presente naquelas que usaram a rede pública e particular, respectivamente. Ademais, a maioria das crianças e adolescentes que utilizou algum SSB da rede tinha cuidadores que acharam necessário o tratamento odontológico. Além disso, a maioria que utilizou apenas a rede especializada estava em uma única fase do tratamento oncológico (durante o internamento), realizou tratamento de ferida e teve um tempo de deslocamento entre a residência da criança/adolescente e os serviços de saúde bucal maior que 40 minutos. Esta pesquisa se torna relevante por gerar informações que possam servir para o planejamento de políticas ou programas que estimulem a utilização da rede de maneira mais integral e resolutiva. Entretanto, são necessários estudos com a participação de mais centros de referência em oncologia pediátrica para confirmação dos nossos achados. / Children and adolescents with leukemia may present oral manifestations that influence in the antineoplastic treatment. Thus, it is necessary to use the dental care network regularly for the restoration and / or maintenance of oral health. Research that evaluates factors associated with the use of this network is scarce in this public. The aim of this dissertation was to evaluate the use of the dental care network by children and adolescents with leukemia, according to the socioeconomic and demographic factors of caregivers, the organization of dental services, health condition and oral health perception and the need for dental treatment. It is an exploratory cross-sectional study, covering all children and adolescents with leukemia between the ages of 3 and 16 who attended the outpatient clinic of the Center for Pediatric Onco-hematology at the Oswaldo Cruz University Hospital of the University of Pernambuco between March and August 2016. Data were collected by analyzing the medical record containing information about the disease and a structured interview conducted for the caregivers of 80 children and adolescents, being recorded in a research form. After, they were analyzed in the SPSS program version 22.0. Among the findings, being female, not working, not having monthly income and receiving social benefit were the main demographic and socioeconomic characteristics of caregivers of children and adolescents with leukemia who used the network. Also, family income per capita <R$ 220,00 and > R$ 220,00 was present in those that used the public and private network, respectively. In addition, most children and adolescents who used some SSB from the network had caregivers who found dental treatment necessary. Furthermore, the majority who used only the specialized network were in a single phase of oncological treatment (during hospitalization), performed wound treatment and had a time of displacement between the child's home / adolescent and the oral health services greater than 40 minutes. This research becomes relevant for generating information that can be used to plan policies or programs that stimulate the use of the network in a more integral and resolutive way. However, studies with the participation of more reference centers in pediatric oncology are necessary to confirm our findings.
23

A ação profissional do assistente social e o acesso de usuários não residentes no Brasil aos serviços públicos de saúde na fronteira

Hellmann, Rafaela Brustolin January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-graduação em Serviço Social / Made available in DSpace on 2012-10-24T05:46:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 261615.pdf: 1037870 bytes, checksum: b047853f10032604c3c5b3619a997408 (MD5) / O trabalho ora apresentado discute o acesso de cidadãos não residentes no Brasil às ações e serviços públicos de saúde deste país, se particularizando na ação profissional de Assistentes Sociais em atuação junto a esta população. O estudo realizou-se em seis municípios do Estado brasileiro do Paraná, fronteira com os Departamentos paraguaios de Canindeyú e Alto Paraná. Objetivou compreender e analisar o movimento processual das ações profissionais desenvolvidas pelos Assistentes Sociais, atuantes na área da saúde em municípios fronteiriços, que atendem a demanda de cidadãos não residentes no Brasil pelo acesso às ações e serviços públicos de saúde. A fim de responder ao objetivo traçado, caracterizou o contexto profissional nos municípios pesquisados e as particularidades da região de fronteira. E ainda, identificou as ações dos Assistentes Sociais no atendimento às necessidades em saúde da população não residente no Brasil, relacionando com aspectos do sistema local de saúde. Demarcou os espaços no campo político-profissional ocupados pelos Assistentes Sociais da área estudada, bem como apreendeu as discussões/proposições levantadas nestes espaços relacionadas às demandas em saúde, vindas da população fronteiriça. As análises realizadas têm como marco de referência o acesso à saúde como um direito fundamental de todo ser humano, independente do território onde viva e/ou de sua nacionalidade, contemplando a perspectiva da assistência, da prevenção e da promoção em saúde, como responsabilidade estatal. A pesquisa de campo utilizou como instrumento a entrevista de tipo não estruturada focalizada, com oito Assistentes Sociais. Como corolário pode-se inferir que as Assistentes Sociais desempenham suas atividades profissionais em um contexto adverso para a concretização do acesso à saúde da população não residente. As mesmas não desenvolvem ações/projetos específicos pensados para trabalhar com estes usuários, mas atendem as demandas conforme estas lhes são apresentadas. Assim, o objetivo posto na ação destas profissionais é de viabilizar o acesso às ações e serviços de saúde. No entanto, não há antecipação da demanda e o acompanhamento dos casos é prejudicado pelo fato de se tratar de uma população flutuante. A pesquisa demonstrou, ainda, como as condições de trabalho interferem significativamente no exercício profissional das Assistentes Sociais. Por último, este trabalho dissertativo vem contribuir para desencadear o debate acerca da atuação do Serviço Social em espaços fronteiriços e dos desafios postos à profissão nesta área.
24

Diagnóstico de organizações complexas

Moreira, Fernanda Kempner January 2011 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-26T04:07:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 291998.pdf: 1323870 bytes, checksum: 52a54260d869ffa9baf1b437a3695a66 (MD5) / Esta dissertação se propõe a desenvolver um método de avaliação de organizações de serviços de saúde capaz de gerar diagnósticos que proporcionem a discussão de seus problemas e a consequente geração de iniciativas para melhoria e inovação, considerando sua complexidade e especificidade. Fundamenta-se, para este fim, nos conceitos de complexidade de Luhmann e Morin, aliados ao estudo das organizações e da ciência da Administração A análise organizacional buscou em Perrow e Morgan a importância do diagnóstico organizacional. Para compreender o estudo de caso, apresentam-se os conceitos básicos das organizações de saúde, sua complexidade e a contextualização das categorias de análise do instrumento para os serviços de saúde. Este estudo caracteriza-se como um estudo teórico-empírico, com pesquisa de campo de caso único. O instrumento proposto é uma adaptação para organizações de serviços da ferramenta desenvolvida pelo Núcleo Interdisciplinar de Estudos em Gestão da Produção e Custos (NIEPC) da Universidade Federal de Santa Catarina. É composto por 65 assertivas que relacionam 13 categorias de análise com 5 fatores de resultados, aqueles que conferem competitividade às organizações. O instrumento foi aplicado em uma organização pública de saúde, a Unidade de Pronto Atendimento Sul (UPA Sul) do Município de Florianópolis - SC, e contou com a participação de profissionais de diversas categorias, o que enriqueceu os resultados. O instrumento, através de suas assertivas, proporcionou à organização a oportunidade de analisar e discutir o seu processo produtivo, confirmando a complexidade existente. A análise organizacional resultante da aplicação do instrumento indicou que as categorias Desempenho Operacional, Gestão Ambiental e Planejamento da Produção necessitam de ações urgentes, pois não contribuem para o alcance de nenhum dos cinco resultados de desempenho - Confiabilidade, Custos, Flexibilidade, Qualidade e Rapidez. As ideias de melhoria propostas pelos profissionais convergem para ações em Treinamento, Informação e Relacionamento com Clientes, chamados de fatores de prática, como os que mais influenciariam a melhoria do processo produtivo, constatação que norteou a elaboração de três projetos de melhoria a serem aplicados pela própria Unidade. Outras ideias foram geradas e podem ser fonte de projetos a serem encaminhados aos órgãos competentes. O instrumento demonstrou-se de fácil aplicação e surtiu resultados que refletem a realidade da organização, permitindo que a mesma realize ajustes em seu processo produtivo, o que levará à melhoria dos seus resultados. / This thesis proposes to develop an evaluation method of health service organizations able to provide diagnostics that generate discussion of their problems and the consequent generation of innovation and improvement initiatives, considering its complexity and specificity. Based, to this end, the Luhmann's concepts of complexity and Morin, together with the study of organizations and science of management analysis and organizational Perrow Morgan looked at the importance of organizational diagnosis. To understand the case study, we present the basic concepts of health organizations, its complexity and contextualization of the categories of analysis tool for health services. This study is characterized as a theoretical-empirical field research with a single case. The instrument is adapted to service organizations of the tool developed by the Interdisciplinary Studies in Management and Production Costs (NIEPC), Federal University of Santa Catarina. It consists of 65 statements that relate to 13 categories of analysis results with five factors, those that confer competitiveness to organizations. It was administered in a public health organization, the Emergency Unit South (South UPA) in Florianopolis - SC, and with the participation of professionals in various categories, which enriched the results. The instrument, through their statements, the organization has provided the opportunity to review and discuss the production process, confirming the existing complexity. The organizational analysis resulting from the application of the instrument indicated that the categories Operational Performance, Environmental Management and Production Planning in need of urgent actions because they do not contribute to the achievement of any of the five performance results - Reliability, Cost, Flexibility, Quality and Speed. Ideas of improvements suggested by the professionals converge on Training, Information and Customer Relations, called factors of practice such as those that most influence the improvement of the production process, finding that guided the development of three improvement projects to be implemented by the Unit itself. Other ideas were generated and can be a source of projects to be submitted to competent bodies. The instrument proved to be easy to apply and has had results that reflect the realities of the organization, allowing it to carry out adjustments in its production process, which will lead to improved results.
25

Estratégias da equipe de enfermagem pediátrica para o descarte adequado dos resíduos de serviço de saúde no ambiente hospitalar

Bento, Deonízio Gercy January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Gestão do Cuidado em Enfermagem, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-09-08T04:04:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 334070.pdf: 1474075 bytes, checksum: 4a93f1afd8da135e8266f80ad24fcd98 (MD5) Previous issue date: 2014 / Pesquisa qualitativa, do tipo pesquisa-ação com o objetivo de elaborar estratégias que garantam o descarte seguro e eficiente dos Resíduos do Serviço de Saúde em unidades de internação pediátrica. O estudo foi desenvolvido em duas unidades de internação de um Hospital Infantil do Sul do Brasil. Os participantes foram 30 profissionais da equipe de enfermagem. O estudo baseou-se nos pressupostos da metodologia problematizadora de Paulo Freire. A coleta de dados ocorreu nos meses de julho a agosto de 2014, através de encontros utilizando o Arco de Charles Maguerez, promovendo o diálogo e possibilitando aos envolvidos a participação ativa no processo. A análise de dados respeitou os fundamentos da pesquisa qualitativa. Os dados dos encontros foram transcritos na íntegra e após leitura minuciosa procedeu-se a categorização dos mesmos, agrupando-os por semelhança ou discordância, preparando-os para a fase dialógica com o marco conceitual e a literatura. Os resultados desta Dissertação demonstram que os profissionais tinham pouco conhecimento sobre a questão dos resíduos dos serviços de saúde, o que interfere diretamente no descarte seguro e eficiente dos mesmos. Ao se dar conta do problema relativo ao descarte inadequado e do pouco conhecimento sobre a temática, os profissionais apontam que a instrumentalização e momentos de diálogo no dia a dia da assistência são as estratégias essenciais para possibilitar mudanças relativas a esta prática. O desenvolvimento desta pesquisa-ação permitiu, não só a instrumentalização dos profissionais da equipe de enfermagem, mas possibilitou aos profissionais detectarem algumas falhas, sendo impulsionados a corrigir as questões que estavam relacionadas ao descarte inadequado. A Enfermagem pode ser o ponto de partida para a segregação adequada destes resíduos, através de capacitações, treinamentos, supervisões e estudo de casos pontuais, fornecendo uma visão ampla dos Programas de Gerenciamento de Resíduos e sua influência para uma melhor qualidade de vida. Estes resultados reafirmam a necessidade de espaços de reflexão no cotidiano9da prática assistencial. Por fim, sugere-se que novos estudos sejam feitos nesta área, seja com estudantes ou com profissionais de enfermagem atuantes na área hospitalar e na Atenção Primária, para conhecer a rotina do manejo dos resíduos dos serviços e instituições de saúde e nos ambientes de formação da Enfermagem permitindo a identificação de estratégias que garantam o adequado descarte destes resíduos. Recomenda-se que o enfermeiro coordenador das unidades possa assumir a questão da educação permanente no cotidiano da assistência, permitindo o diálogo constante sobre a temática. Destaca-se a importância das Instituições tratarem esta questão com maior seriedade, contribuindo para o cuidado do meio ambiente e a qualidade de vida dos trabalhadores e da comunidade.<br> / Abstract : Qualitative, action research with the aim to develop strategies assuring the safe and efficient disposal of medical waste in pediatric hospitalization units. The study was carried out in two hospitalization units of a children?s hospital in south Brazil. Study participants were 30 professionals from the nursing team. The study was based on the principles of Paulo Freire?s problem-posing methodology. Data were collected in July and August 2014, at meetings using the arc of Charles Maguerez, which promoted dialogue and enabled those involved to actively participate in the process. Data analysis respected the foundations of qualitative research. The data obtained in the meetings were transcribed in their entirety and categorized after a thorough reading, by grouping them by similarity or disagreement, and preparing them to the dialogical phase with the conceptual framework and literature. The results of this dissertation demonstrate that the professionals had little knowledge on the matter of medical waste, which directly interferes in its safe and efficient disposal. Once they noticed the problem regarding the inappropriate disposal of medical waste and their lack of knowledge on the subject, the professionals pointed out that the provision of tools and moments of dialogue in the care daily routine are essential strategies to enable changes related to this practice. The development of this action research allowed not only the provision of tools to the nursing team professionals, but also enabled them to detect flaws, driving them to correct the issues related to the inappropriate disposal of medical waste. Nursing can be the starting point for the appropriate segregation of such waste, through qualification, training, supervision and the study of specific cases, providing a broad view of the Waste Management Program and its influence on better quality of life. These results reiterate the need for reflection spaces in the routine of the care practice. Finally, the development of further studies in this area is recommended, either with nursing students or professionals working in hospital and in primary care settings, so as to learn the routine handling of waste in health11services and institutions and in the nursing education environments, allowing the identification of strategies to guarantee the safe and efficient disposal of such waste. The coordinating nurse of the units should take over the question of permanent education in the care routine, enabling constant dialogue on the subject. It is important for institutions to deal with this question more seriously, contributing to the care for the environment and the quality of life of workers and the community.
26

Psicose, família e crise : inserções psicanalíticas em um serviço multidisciplinar

Ribeiro, Cristina Martins 11 July 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-01-12T18:38:16Z No. of bitstreams: 1 2014_CristinaMartinsRibeiro.pdf: 1160026 bytes, checksum: 871108f6e3ad1388abdfcb12c17b69b5 (MD5) / Approved for entry into archive by Tania Milca Carvalho Malheiros(tania@bce.unb.br) on 2015-01-15T15:47:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_CristinaMartinsRibeiro.pdf: 1160026 bytes, checksum: 871108f6e3ad1388abdfcb12c17b69b5 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-01-15T15:47:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_CristinaMartinsRibeiro.pdf: 1160026 bytes, checksum: 871108f6e3ad1388abdfcb12c17b69b5 (MD5) / Este trabalho teve por objetivo mostrar algumas formas de inserção da psicanálise no Grupo de Intervenção Precoce nas Primeiras Crises do Tipo Psicótico (GIPSI). Através da perspectiva metodológica de estudo de caso, o próprio grupo foi tomado como objeto de pesquisa. Como contribuição mais detida, o presente estudo traz o olhar sobre o indivíduo a partir de eixos norteadores da patologia, nos quais se elaboram hipóteses clínicas como organizadas em torno da economia, da tópica e da dinâmica psíquica, valorizando o que pode ser construído em terapia a partir da relação transferencial, possibilitada pelo enquadre analítico introjetado no analista. Utilizando dois fragmentos clínicos multiprofissionais como exemplo de tais elaborações, o estudo traz as principais contribuições psicanalíticas acerca de como se pode pensar a saúde mental, a ética do cuidado como norteadora de atitudes terapêuticas, a escuta das defesas e fantasmas individuais como auxiliares para a clínica familiar e a psicanálise do mundo interno do paciente para embasar ações psicossociais. Observamos que em serviços multiprofissionais as contribuições da psicanálise são mais significativas no que tange o olhar do analista para contribuir com diálogos entre profissionais e com a ética do tratamento a ser dispensado, ao invés de ser na dimensão da clínica individual. Outra contribuição diz respeito à terapia familiar como promoção de um ambiente suficientemente bom para o desenvolvimento psíquico e capaz de suportar a emersão de um ego que coloque em xeque a estrutura familiar vigente. E também trazemos o pensamento de Green para a compreensão do limite da clínica a partir da consideração de que este deve ser experimentado pela dupla terapeuta-paciente, subordinando as classificações psicopatológicas à consideração do que é passível ou não de ser analisado. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This work aimed to display some manners of psychoanalytical insertion in Early Intervention in First Psychotic-Like Crises Group (GIPSI/UnB). A case study methodology takes the group itself as a research object. As a more detailed contribution, this study brings about the regard on the individual from the guiding axes of pathology, from which clinical hypotheses about the psychic economy, topic and dynamic are elaborated, truly valuing that which can be built in therapy through transference made possible by the analytical setting introjected in the analyst. From two clinical fragments as examples of such clinical and multiprofessional elaborations, this study further develops the main psychoanalytical contributions regarding mental health, care ethics as guide to a therapeutic posture, the listening of individual defenses and phantoms as an aid to family clinic and the psychoanalysis of the patient inner world to assist psychossocial actions. In multiprofessional mental health services, the contributions of psychoanalysis are more significant in terms to promote the dialogue between different professionals through the ethics of treatment, rather than improve clinical thoughts on the individual psychotherapy. Another contribution considers family therapy as a place that can transform families in a good enough environment for the patient able to support the emersion of his/her ego. We also bring the Green’s understandings that only the therapist-pacient encounter shows the clinical limits, subordinating a psychopathological state under consideration of what can be analyzed.
27

Práticas gerenciais de enfermeiras em unidades de produção de serviços hospitalares

Vieira, Silvana Lima 28 March 2011 (has links)
Banca Examinadora: Sandra Maria Chaves dos Santos, Silvana Martins Mishima, Cristina Maria Meira de Melo e Josicélia Dumêt Fernandes. / Submitted by Samuel Real Mota (samuel.real@ufba.br) on 2013-08-09T17:26:19Z No. of bitstreams: 1 DISSER_PGENF_279 SILVANA.pdf: 2246421 bytes, checksum: 53464d9272addc68ab6ec16c4e56c3e0 (MD5) / Approved for entry into archive by Flávia Ferreira(flaviaccf@yahoo.com.br) on 2013-09-09T17:20:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSER_PGENF_279 SILVANA.pdf: 2246421 bytes, checksum: 53464d9272addc68ab6ec16c4e56c3e0 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-09T17:20:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSER_PGENF_279 SILVANA.pdf: 2246421 bytes, checksum: 53464d9272addc68ab6ec16c4e56c3e0 (MD5) Previous issue date: 2011-03-28 / Estudo sobre práticas gerenciais de enfermeiras em unidades de produção de serviços (UPS) hospitalares, em um Hospital Público de Ensino de Salvador-Bahia tendo por objetivo geral: analisar a prática gerencial de enfermeiras coordenadoras. Trata-se de estudo com abordagem qualitativa, descritiva e exploratória. Como técnicas de coleta de dados utilizamos entrevistas semi-estruturadas, observação assistemática e análise documental, com coleta de dados no período entre outubro à dezembro de 2010. Os sujeitos do estudo foram cinco enfermeiras que exerciam cargo de coordenação de unidades de produção de serviços com diferentes complexidades e finalidades no referido hospital. O tratamento do material coletado foi submetido à análise de conteúdo segundo Bardin (2004). Consideramos quatro categorias de análise para apreensão do exercício da prática gerencial da enfermeira fundamentadas no debate teórico sobre gestão em serviços de enfermagem, a saber: quanto à natureza das atividades desenvolvidas, quanto à interação-articulação entre as coordenações, quanto à autonomia e quanto ao uso de ferramentas gerenciais. Todos os sujeitos da pesquisa foram do sexo feminino, com especialização na área clinica, porém sem capacitação específica gerencial. Os resultados mostram que o conteúdo das práticas das coordenadoras concentrou-se para atividades de supervisão-controle, planejamento, avaliação e capacitação; identificamos que as enfermeiras detêm mais autonomia com a equipe de enfermagem, porém limitada para questões macro da organização, principalmente para execução; no que tange a interação articulação com as demais coordenadoras, esta se restringe à discussão de problemas que envolvem as unidades de produção, porém não ocorre para planejamento e avaliação dos serviços. A análise das categorias foi permeada por fatores intervenientes positivos, como a possibilidade de crescimento profissional e aprimoramento pessoal e, negativos, relacionados à lentidão na resolutividade de problemas, recursos financeiros e de pessoal deficientes. Constatamos que as práticas gerenciais adotadas remetem fortemente a teorias clássicas da administração com conceitos intrínsecos de visões e atitudes centralizadoras e com divisão do trabalho. Concluímos neste estudo que a prática gerencial de enfermeiras coordenadoras de unidades de produção de serviços hospitalares encontra-se distante do necessário para articulação, descentralização e efetividade, tendendo a reproduzir modelos tradicionais nos quais predominam estruturas hierárquicas de controle e obediência às normas. De uma forma geral consideramos que as profissionais se ressentem em sua prática de fragilidade teórica no campo da gerência, além do uso limitado de ferramentas gerenciais que orientem o trabalho, principalmente para avaliação. Esperamos que este estudo contribua para discussões sobre as características, condicionantes e determinantes das práticas gerenciais de enfermeiras. / Salvador
28

Caracterização e análise da complexidade como recurso para gestão de sistemas sócio-técnicos / Characterization and analysis of complexity as a resource for safety management in socio-technical systems

Righi, Angela Weber January 2014 (has links)
A crescente complexidade dos sistemas sócio-técnicos (SST) tem implicações para a gestão da segurança dos mesmos. Assim, os métodos de gestão da segurança devem ser compatíveis com tal complexidade, implicando no uso de princípios e práticas que entram em conflito com as abordagens gerenciais tradicionais. Um pré-requisito para tal gestão é a compreensão das diferentes dimensões da complexidade de um SST. Sendo assim, objetivo geral desta pesquisa foi apresentar diretrizes para a caracterização e análise da complexidade em sistemas sóciotécnicos. Para tal, a pesquisa foi estruturada em cinco artigos, com os seguintes propósitos e métodos: (i) identificar as principais áreas de pesquisa relacionadas à Engenharia de Resiliência, através de uma revisão sistemática de literatura; (ii) a partir de um estudo de caso, realizar a análise de uma Central de Regulação Médica do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), com base nas características fundamentais de sistemas complexos; (iii) propor uma ferramenta de caracterização da complexidade de um SST, a partir de uma aplicação exploratória por meio de um estudo de caso em uma emergência hospitalar dos EUA; (iv) apresentar uma estrutura para caracterização e análise da complexidade em SST, a partir de um estudo de caso em uma emergência hospitalar no Brasil; (v) avaliar e aperfeiçoar diretrizes de gestão de SSTC, a partir de um estudo empírico em uma emergência hospitalar no Brasil. As principais contribuições da tese consistem em desenvolver e aplicar diretrizes para caracterização e análise da complexidade como recurso para a gestão de sistemas sóciotécnicos. / The increasing complexity of the complex socio-technical systems (CSS) has implications for the management of safety. Thus, methods of safety management should be consistent with such complexity, implying the use of principles and practices that conflict with traditional management approaches. A pre-requisite for such management is the understanding the different dimensions of complexity of a CSS. Thus, the general objective of this research was to present guidelines for characterization and analysis of complex socio-technical systems. Therefore, the research was structured in five articles, with the following aims and methods: (i) to identify the main areas of research related to Resilience Engineering , through a systematic literature review; (ii) from a study case, to perform the analysis of a SAMU Center of Medical Regulation (SAMU - Service Mobile Emergency), based on the fundamental characteristics of complex systems; (iii) to propose a tool for characterizing the complexity of an CSS, from an exploratory application through a case study in a hospital emergency department in the U.S.; (iv) to provide a framework for characterization and analysis of the complexity in CSS, from a case study in a hospital emergency department in Brazil; e, (v) to evaluate and refine guidelines of CSS management, from an empirical study in a hospital emergency department in Brazil. The main contributions of the thesis are to develop and implement guidelines for characterization and analysis of complexity as a resource for the management of sociotechnical systems.
29

Vivência e experiência no cuidado da criança com estomia na perspectiva dos familiares e dos professores

Melo, Manuela Costa 12 April 2017 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-06-12T18:37:41Z No. of bitstreams: 1 2017_ManuelaCostaMelo.pdf: 1101063 bytes, checksum: 2f0bf42350cb5d134a5d858261f8a029 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-06-13T17:28:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_ManuelaCostaMelo.pdf: 1101063 bytes, checksum: 2f0bf42350cb5d134a5d858261f8a029 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-13T17:28:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_ManuelaCostaMelo.pdf: 1101063 bytes, checksum: 2f0bf42350cb5d134a5d858261f8a029 (MD5) Previous issue date: 2017-06-13 / A estomia tem impacto relevante na vida da pessoa e da sua família. Quando se trata de crianças, a situação não é diferente. A família e a criança com estomia precisam adquirir competências que não faziam parte do seu cotidiano, o que requer acompanhamento multiprofissional. OBJETIVO: Este estudo procurou compreender o processo do cuidar de familiares e professores da criança com estomia. MÉTODO: A investigação qualitativa constituiu o alicerce metodológico deste estudo. Para o processo de coleta de dados foi utilizada a narração de episódios significativos em roda de conversa com 13 familiares e entrevista em profundidade com cinco professores, as coletas foram audiogravadas, completadas pelo diário de campo. As narrativas foram transcritas e então submetidas a análise temática, fundamentada em Bardin, tendo como apoio o uso do software de tratamento de dados qualitativos NVivo® 10. A coleta de dados ocorreu entre os meses de setembro de 2015 a fevereiro de 2016. RESULTADO: Nas narrativas dos familiares, prevalecem o desconhecimento e o despreparo para lidar com a criança com estomia. Os familiares foram unânimes em narrar que, apesar das dificuldades, conseguem apoio dos profissionais de saúde, em especial a equipe de enfermagem do hospital que atende o grupo de estomizados. Entre os professores, verificamos que, em primeiro lugar, prevaleceram os pressupostos da integração muito mais do que os da inclusão da criança com estomia; em segundo lugar, os professores foram unânimes em narrar que a inserção da criança com estomia ocorria com a modificação da formação da própria prática pedagógica para atender, com qualidade, a diversidade; e os professores informaram a necessidade da presença do profissional enfermeiro nas escolas. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Evidenciou-se, a necessidade do planejamento individualizado e sistematizado, facilitando o processo do cuidar dos envolvidos. Dada a relevância e atualidade da temática, a compreensão desses aspectos pode auxiliar os profissionais da saúde e da educação que atuam com as famílias e as crianças com estomia. / The stoma has relevant impact on a person's life and their family. When it comes to children, the situation is not different. The family and the child with a stoma has to learn competencies that were not part of their routine before, and needs a multiprofessional follow-up care for that. OBJECTIVE: this study aimed to understand the process of caring for families and teachers of children with stoma. METHOD: qualitative research constituted the methodological of this study. For the data collection process was used in the narration of significant episodes in group talks with 13 relatives and profound interviews with five teachers, the collections were audio-recorded, in addition to the field diary. The narratives were transcribed and then subject to thematic analysis, based in Bardin. and with support from NVivo 10 software. Data collection occurred between the months of september 2015 the february of 2016. RESULT: Family members’ narratives revealed their lack of knowledge and unreadiness to care for the child with a stoma. All family members told that, despite difficulties, they do receive support from health professionals, specially the nurses from the hospital that serves the group of patients with a stoma. The teachers’ narratives revealed the prevalence of integration rather than inclusion of the student with a stoma. Also, the teachers told that dealing with the child with a stoma required changes in their pedagogical practices to welcome diversity. Finally, they affirmed that a nurse was necessary at school. CONCLUSION: showed that caring for a child with a stoma requires individualized and systematized planning. Given the importance of this theme, understanding these aspects may help health and education professionals that deal with children with a stoma and their families. / La ostomia tiene un impacto importante en las personas y en su vida familiar. Cuando se trata del niño, la situación no es diferente. La familia y el niño con ostomía necesitan adquirir habilidades que no formaban parte de su vida cotidiana, y requieren una abordage multiprofesional. OBJETIVO: Este estudio trata de comprender el proceso de cuidar de los miembros de la familia y maestros a el niño con ostomía. MÉTODOS: La investigación cualitativa fue la base metodológica de este estudio. Para el proceso de recolección de datos se utilizó la narración de episodios significativos en rueda de conversación con 13 miembros de la familia y fueron realizadas entrevistas en profundidad con cinco maestros, las informaciones colectadas fueron audio grabado y complementadas por el diario de campo. Los relatos fueron transcritos y luego sometidos a análisis temático, basado en Bardin, que tubo como apoyo el software de procesamiento de datos cualitativos NVivo 10. La recolección de datos se realizó entre los meses de septiembre de 2015 y febrero de 2016. RESULTADOS: En narrativas de la familia prevalecen la ignorancia y la falta de preparación para cuidar a un niño con ostomía. Los miembros de la familia fueron unánimes al relatar que, a pesar de las dificultades, se pueden apoyar en los profesionales de la salud, en especial el personal de enfermería del hospital que acompaña al grupo de ostomizados. Entre los profesores fue verificado que en primer lugar, prevaleció los supuestos de integración mucho más que la inclusión de los niños con ostomía; En segundo lugar, los profesores fueron unananimes en decir que la inclusión de los niños con ostomía tubo relación con la modificación de la formación de su propia práctica docente para atender con calidad, la diversidad; y los profesores informaron que hay necesidad de la presencia del profesional de enfermería en las escuelas. CONCLUSIÓN: Fue evidente la necesidad de una planificación individualizada y sistemática, lo que facilita el proceso de cuidar de los niños com ostomia. Dada la importancia y relevancia del tema, la comprensión de estos aspectos pueden ayudar a los profesionales de la salud y de la educación que trabajan con las familias y los niños con ostomía.
30

Análise da oferta e utilização de consultas especializadas e exames complementares em três capitais do nordeste do Brasil / Analysis of the supply and use of specialist consultations and laboratory tests in the three capitals of northeastern Brazil

Janssen, Nancy Maria Silva January 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-21T13:43:15Z (GMT). No. of bitstreams: 2 197.pdf: 1728516 bytes, checksum: 6582712943a41a439c51f060d69ba507 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2014 / Made available in DSpace on 2016-07-05T22:16:50Z (GMT). No. of bitstreams: 3 197.pdf.txt: 148639 bytes, checksum: cde5621275ca0c79ce0a8bdfb6186cd5 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 197.pdf: 1728516 bytes, checksum: 6582712943a41a439c51f060d69ba507 (MD5) Previous issue date: 2014 / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil / A oferta de serviços de saúde tem se mostrado aquém da necessidade da população atendida pelo SUS, sendo as formas de acesso a esses serviços o principal problema encontrado. Este estudo teve por objetivo analisar a oferta e utilização de consultas especializadas e exames complementares, em redes de atenção à saúde orientadas pela ESF em capitais do nordeste do Brasil. Trata-se de estudo de casos múltiplos, descritivo, com abordagem quantitativa e qualitativa, realizados nos município de Recife-PE, Natal-RN e Fortaleza-CE. Utilizou como fontes, dados do Sistema de Informações Ambulatorial, o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde e entrevistas semi-estruturadas realizadas com gestores, médicos e marcador de consultas das unidades de saúde da família. Os dados quantitativos foram tabulados e analisados estatisticamente de forma descritiva simples, enquanto os dados qualitativos foram analisados com o auxílio do Atlas-ti 5.0 e o método utilizado foi a condensação dos significados, proposto por Kvale. Identificou-se que as redes de atenção a saúde se mostraram fragmentadas, com sistema de referência e contra-referência fragilizados. Para medir sua necessidade de saúde, os municípios estudados utilizam a portaria GM/MS nº 1.101/2002, apesar de suas fragilidades. A oferta se apresentou no geral, superior à necessidade preconizada pelos parâmetros ministeriais, porém a utilização se mostrou sempre baixa em relação a oferta de consultas nas especialidades estudadas. O sistema de regulação nos três municípios se mostrou deficiente no processo de organização e desempenho da regulação assistencial, não cumprindo seu papel de organizar fluxos, gerenciar e priorizar o acesso, garantindo assim o princípio da integralidade do SUS. Os achados revelados por esta pesquisa apontam para a necessidade de atualizar os parâmetros assistenciais, de fortalecer a regulação, a fim de que os profissionais que compõem a rede de saúde e aqueles que exercem a função regulatória possam cumprir os preceitos do SUS e assim, assegurar a integralidade na atenção à saúde da população

Page generated in 0.0941 seconds