• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2326
  • 20
  • 18
  • 18
  • 18
  • 15
  • 12
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • Tagged with
  • 2432
  • 2432
  • 1447
  • 1154
  • 598
  • 488
  • 445
  • 419
  • 391
  • 345
  • 326
  • 316
  • 314
  • 307
  • 305
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Micropolítica e processos de trabalho de um centro de atenção psicossocial : experiências intersubjetivas dos trabalhadores / Micropolitics and work processes of a psychosocial care center : intersubjective experiences of workers

Godoy, Maria Gabriela Curubeto January 2009 (has links)
GODOY, Maria Gabriela Curubeto. Micropolítica e processos de trabalho de um centro de atenção psicossocial : experiências intersubjetivas dos trabalhadores. 2009. 252 f. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-01-09T16:14:49Z No. of bitstreams: 1 2009_tese_mgcgodoy.pdf: 1226461 bytes, checksum: a02dc7004ca6c2ad817f69568c659722 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-01-09T16:15:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_tese_mgcgodoy.pdf: 1226461 bytes, checksum: a02dc7004ca6c2ad817f69568c659722 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-01-09T16:15:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_tese_mgcgodoy.pdf: 1226461 bytes, checksum: a02dc7004ca6c2ad817f69568c659722 (MD5) Previous issue date: 2009 / This reasearch investigates the intersubjective experiences of work in the cotidiane micropolitical processes of a community mental health service. We tried to understand the experiences in articulation to the dispositions and positions of the workers. This process conducted us to the identification of some relevant relational configurations considering the perspective of the workers. We established a dialogue with several authors that investigate the health work in Brazil and the mental health community work in other countries. The national literature presents a propositive tendency that contributes to the elaboration of some principles for the health work. However, new empirical studies are necessary to understand the ambivalences and contraditions that appear in the cotidiane between the health workers. Thus, we decided to study this subject considering the historic process of health work and profissionalization, in order to understand interprofessional interactions and conflicts that affect conceptions and establishe possibilities and restrictionas for the constitution of a collective multiprofessional work in mental health. We used a critical hermeneutic approach presenting the multiple versions of the workers experiences relating them to different contexts. Ambivalences and contradictions are relevant in the intersubjective experiences of work and they represent restrictions and possibilities for the constitution of a new praxis among the workers. Ethical and political dimensions of the health work may be associated to affective dimensions, understanding the affect as a potent agent in the mobilization of positions and dispositions that may conduct to reconfigurations of established relations. / Esta investigação discorre sobre as experiências intersubjetivas de trabalho situando-as na micropolítica cotidiana de um CAPS que vem reorganizando algumas de suas ações. Buscamos compreender tais experiências articulando-as às posições e disposições dos agentes que as vivenciam, o que nos levou a identificar algumas configurações relacionais relevantes entre os trabalhadores. Dialogamos com diversos autores que vem abordando a temática do trabalho em saúde no Brasil e em equipes comunitárias de saúde mental na literatura estrangeira. A literatura nacional neste campo, caracterizada por uma propositividade importante para a constituição de um ideário sobre o trabalho em saúde, apresenta, no entanto, lacunas em relação a estudos empíricos que enfoquem ambivalências e contradições emergentes nos microprocessos cotidianos. Isto nos levou a trilhar uma trajetória alternativa, referenciada no percurso histórico da constituição do trabalho em saúde e dos processos de profissionalização, de maneira a enfocar as interações estabelecidas entre os trabalhadores considerando as relações e conflitos interprofissionais, bem como as concepções, dificuldades e limites do trabalho coletivo e multiprofissional em saúde mental. Utilizamos um referencial metodológico fundamentado na hermenêutica crítica, de maneira a compreender as experiências intersubjetivas de trabalho nas suas diferentes versões emergentes entre os trabalhadores. Apresentamos uma contextualização de âmbitos sócio-históricos, locais e singulares de maneira a inscrever processual e dialeticamente tais experiências, dotando-as de múltiplos sentidos. As experiências intersubjetivas de trabalho são permeadas por ambivalências e contradições emergentes no cotidiano que representam limites e possibilidades para a constituição de uma nova práxis coletiva entre os trabalhadores. Às dimensões éticas e políticas que referenciam o trabalho em saúde, devem associar-se dimensões afetivas, por compreender o afeto como uma potência mobilizadora de disposições e de posições que permitem reconfigurações em relações de saber/fazer/poder estabelecidas.
32

Alcoolismo: trabalho e violência. Um estudo a partir do Programa de Atendimento ao Trabalhador Alcoolista da UFRJ / Alcoholism: work and violence. A study starting from the Program of Attendance to workers alcoolics of UFRJ

Ramos, Terezinha de Jesus de Almeida January 2002 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:11:22Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 524.pdf: 961384 bytes, checksum: 83a6769ff460743bfe67a31132aee300 (MD5) Previous issue date: 2002 / Nesta dissertação estudamos, com destaque, as mortes ocorridas no período de 1995 a 1999, de trabalhadores alcoolistas atendidos no Programa de Atendimento aos Trabalhadores Alcoolistas, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, localizado no subsistema da Divisão de Saúde do Trabalhador, SR4. Foram identificados dez casos de morte no período estudado. O interesse por esses casos se deve à hipótese de que se trata de mortes determinadas direta ou indiretamente por causas violentas. Nesse sentido, foram reconstituídas as trajetórias de vida e trabalho destes trabalhadores na Universidade, desde sua admissão. Foram utilizadas ferramentas como a história oral, entrevistas e informações documentais obtidas pelo prontuário médico social e a parte funcional. Estando o Programa de atendimento ao trabalhador alcoolista voltado para a recuperação do trabalhador do setor público, discute-se o limite de sua intervenção vis-à-vis o evento legal. Essa preocupação tem em seu horizonte a política de prevenção, promoção à saúde e de tratamento com vistas a uma melhor qualidade de vida no trabalho.
33

Impasses e possibilidades do gerenciamento de resíduos de serviços de saúde no Brasil: um estudo de caso no Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria ENSP FIOCRUZ / Predicaments and possibilities of the health service residues management in Brazil: a case study in the Center Health School Germano Sinval Faria ENSP FIOCRUZ

Farias, Leila Maria Mattos de January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:11:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 836.pdf: 665286 bytes, checksum: 1280ba8ecf96e464651d444d241103d8 (MD5) Previous issue date: 2005 / Este trabalho aborda os resíduos de serviços de saúde (RSS) a partir da legislação vigente, com ênfase na importância da gestão adequada da parcela de infectantes, perfurantes e cortantes, para a proteção da saúde pública e do meio ambiente. Trata-se de um estudo de caso de caráter exploratório sobre a aplicação da legislação de resíduos de serviços de saúde no Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria, Departamento da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (FIOCRUZ), eselecimento integrante do Sistema Único de Saúde. O estudo realizado a partir da aplicação de questionários a profissionais de saúde geradores de resíduos, gestores e reguladores, se insere no esforço de problematização do tema. A partir dos resultados encontrados, foram avaliados os impasses e possibilidades na aplicação da legislação no eselecimento escolhido. Foram analisados os fenômenos e fatores apontados nos discursos e nas respostas objetivas dos envolvidos sendo feita uma comparação dos mesmos com a estrutura da norma orientadora do estudo. Foram adotados procedimentos de transformação de informações em dados qualitativos a partir da análise das respostas, que possibilitaram avaliar alguns fatores como: conhecimento das normas pelos agentes das práticas de saúde; observação da legislação na rotina; acolhimento das orientações da norma visando a qualidade do trabalho; capacitação das equipes e do trabalho com incorporação de tecnologias; conhecimento dominado pelas equipes não decorrentes das normas; responsabilidades de grupos e de lideranças institucionais; relação do conteúdo da norma com os conceitos de biossegurança; percepção de risco; domínio de procedimentos em situações graves; capacidade institucional versus práticas de trabalhos relacionadas à norma; existência de duas vertentes informando a construção de legislação mediada sob o conceito de risco das áreas de saúde pública e meio ambiente e possibilidades de desdobramentos para a implantação nacional da norma. Os resultados encontrados sugerem pouco conhecimento das normas em vigor, apontam para a necessidade de uma política institucional consistente e de um processo de capacitação dos trabalhadores baseado na educação continuada e permanente, de forma a possibilitar uma mudança de cultura nas práticas adotadas.
34

Caracterização e análise da complexidade como recurso para gestão de sistemas sócio-técnicos / Characterization and analysis of complexity as a resource for safety management in socio-technical systems

Righi, Angela Weber January 2014 (has links)
A crescente complexidade dos sistemas sócio-técnicos (SST) tem implicações para a gestão da segurança dos mesmos. Assim, os métodos de gestão da segurança devem ser compatíveis com tal complexidade, implicando no uso de princípios e práticas que entram em conflito com as abordagens gerenciais tradicionais. Um pré-requisito para tal gestão é a compreensão das diferentes dimensões da complexidade de um SST. Sendo assim, objetivo geral desta pesquisa foi apresentar diretrizes para a caracterização e análise da complexidade em sistemas sóciotécnicos. Para tal, a pesquisa foi estruturada em cinco artigos, com os seguintes propósitos e métodos: (i) identificar as principais áreas de pesquisa relacionadas à Engenharia de Resiliência, através de uma revisão sistemática de literatura; (ii) a partir de um estudo de caso, realizar a análise de uma Central de Regulação Médica do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), com base nas características fundamentais de sistemas complexos; (iii) propor uma ferramenta de caracterização da complexidade de um SST, a partir de uma aplicação exploratória por meio de um estudo de caso em uma emergência hospitalar dos EUA; (iv) apresentar uma estrutura para caracterização e análise da complexidade em SST, a partir de um estudo de caso em uma emergência hospitalar no Brasil; (v) avaliar e aperfeiçoar diretrizes de gestão de SSTC, a partir de um estudo empírico em uma emergência hospitalar no Brasil. As principais contribuições da tese consistem em desenvolver e aplicar diretrizes para caracterização e análise da complexidade como recurso para a gestão de sistemas sóciotécnicos. / The increasing complexity of the complex socio-technical systems (CSS) has implications for the management of safety. Thus, methods of safety management should be consistent with such complexity, implying the use of principles and practices that conflict with traditional management approaches. A pre-requisite for such management is the understanding the different dimensions of complexity of a CSS. Thus, the general objective of this research was to present guidelines for characterization and analysis of complex socio-technical systems. Therefore, the research was structured in five articles, with the following aims and methods: (i) to identify the main areas of research related to Resilience Engineering , through a systematic literature review; (ii) from a study case, to perform the analysis of a SAMU Center of Medical Regulation (SAMU - Service Mobile Emergency), based on the fundamental characteristics of complex systems; (iii) to propose a tool for characterizing the complexity of an CSS, from an exploratory application through a case study in a hospital emergency department in the U.S.; (iv) to provide a framework for characterization and analysis of the complexity in CSS, from a case study in a hospital emergency department in Brazil; e, (v) to evaluate and refine guidelines of CSS management, from an empirical study in a hospital emergency department in Brazil. The main contributions of the thesis are to develop and implement guidelines for characterization and analysis of complexity as a resource for the management of sociotechnical systems.
35

Avaliação da ação de acompanhamento do crescimento em menores de 1 ano, em unidades de saúde no Estado de Pernambuco, 1998

Figueiredo Carvalho, Michelle January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:04:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo8841_1.pdf: 3681206 bytes, checksum: f7e152ecb51277fd67eb20d72a69679a (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / O crescimento representa um dos melhores indicadores de sa􀀀de e nutricao de criancas, sendo considerado pelo Ministério da Sa􀀀de como o eixo integrador da atencao primaria sa􀀀de infantil. A pesquisa teve como objetivo avaliar a acao de monitoramento do crescimento em menores de 1 ano da Regiao Metropolitana do Recife (RMR) e Interior do Estado de Pernambuco. Foi utilizado o banco de dados da Pesquisa “Atencao Sa􀀀de Materno-Infantil no Estado de Pernambuco - 1998”, a qual analisou 120 unidades de sa􀀀de (US) de 18 municipios, através de entrevistas s maes das criancas e aos diretores das unidades. Com base nas duas revisões de literatura, a autora propôs um modelo contendo alguns dos aspectos mais importantes para avaliacao da acao de monitoramento do crescimento. Realizou-se uma avaliacao normativa da estrutura e processo, a partir de indicadores disponnveis e normas selecionadas. A amostra foi constituida por 816 criancas. Em relacao avaliacao da estrutura, verificou-se que 8,3% das US nao possuiam balanca pesa-bebe e em 7,5% esse equipamento nao funcionava; mais de 90% das US dispunham do cartao da crianca; mais de 70% nao dispunham de normas de acompanhamento do crescimento e desenvolvimento; mais de 70% dos médicos e auxiliares de enfermagem, 50% dos enfermeiros e mais de 60% dos atendentes nao foram treinados para a assistencia a crianca. Em relacao ao processo, observou-se que mais de 90% das criancas que compareceram ao servico foram atendidas e que apenas 20% compareceram por motivo de rotina; a maioria das maes apresentou o cartao da crianca na consulta, mas 15,1% nao o fizeram; apenas metade das criancas foi pesada; 30% nao tiveram seu peso marcado no grafico; 62,5% e 72,7% das maes das criancas com peso abaixo do percentil 10 e com curva de peso descendente, respectivamente, nao receberam nenhuma informacao sobre o crescimento de seus filhos; apenas 47,2% dos médicos solicitaram o cartao da crianca. A acao de monitoramento do crescimento (em termos de estrutura e processo) ainda nao tem atividades efetivamente consolidadas pelos servicos e na pratica dos profissionais de sa􀀀de no Estado de Pernambuco
36

Informações de mães como dado para avaliação de um serviço de saude escolar e da interação familia-escola

Aragão, Ana Maria Falcão de, 1959- 15 July 2018 (has links)
Orientador : Anita Liberalesso Neri / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-15T07:33:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Aragao_AnaMariaFalcaode_M.pdf: 9349762 bytes, checksum: e31140593e03d1f37b2cd09085c25dd7 (MD5) Previous issue date: 1989 / Mestrado
37

Testes pre-operatorios sistemicos na cirurgia de catarata ambulatorial em adultos : estudo do impacto sobre a acuidade visual pos-operatoria e sobre as complicações cirurgicas oculares

Nascimento, Mauricio Abujamra 27 July 2005 (has links)
Orientadores: Rodrigo Pessoa Cavalcanti Lira, Carlos Eduardo Leite Arieta / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-04T23:06:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Nascimento_MauricioAbujamra_D.pdf: 2012620 bytes, checksum: 0f9c29d9c1b3be9bf16b348186852748 (MD5) Previous issue date: 2005 / Resumo: O objetivo deste ensaio clínico aleatório foi investigar se a rotina de testes pré-operatórios sistêmicos para facectomias reduz a ocorrência de complicações cirúrgicas oculares e estudar seu impacto na acuidade visual final. O estudo foi desenvolvido no Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas ¿ Unicamp, Campinas, São Paulo, Brasil, entre 10 de fevereiro de 2000 e 10 de janeiro de 2001. As cirurgias de catarata foram aleatoriamente selecionadas para serem precedidas por uma rotina de testes pré-operatórios (grupo de testes rotineiros) ou não precedidas por testes rotineiros (grupo de testes seletivos). Caso o paciente foi sorteado para o grupo de testes seletivos, foi solicitado que nenhum teste pré-operatório fosse executado a menos que o paciente apresentasse um novo problema médico, ou piora de uma doença preexistente, a qual requeresse os testes independentemente da realização da cirurgia. Para pacientes sorteados para o grupo de testes rotineiros, foram solicitados: eletrocardiograma, hemograma completo e glicemia de jejum. Complicações cirúrgicas oculares, acuidade visual melhor corrigida pré e pós-operatórias foram anotadas em formulário padronizado. A amostra de 1.025 pacientes programada para ser submetida à cirurgia de catarata incluiu 513 sorteados para o grupo de testes seletivos e 512 sorteados para o grupo de testes rotineiros. Os dois grupos tiveram proporções semelhantes de operações que foram canceladas e não foram remarcadas (2% em cada grupo). A taxa cumulativa de complicações cirúrgicas oculares foi similar em ambos os grupos , 20.5% no grupo de testes rotineiros e 19.3% no grupo de testes seletivos (P = 0.624). A acuidade visual melhor corrigida pré e pós-operatória foi similar nos dois grupos (P = 0.999 na pré-operatória e P = 0.664 na pós-operatória). Os resultados deste estudo sugerem que uma rotina de testes clínicos pré-operatórios não reduz a incidência de complicações cirúrgicas oculares e não influencia na acuidade visual final. Uma conduta mais eficiente seria solicitar apenas testes pré-operatórios indicados pela história clínica ou exame físico do paciente. A adoção dessa conduta pode permitir economia ao sistema de saúde do Brasil, que financia cerca de 250.000 facectomias ao ano / Abstract: The aim of this prospective randomized clinical trial was to investigate whether routine medical testing before cataract surgery reduced the rate of ocular surgical complications and to study its impact on visual acuity outcome. The study was carried out in an academic medical center in Brazil, at State University of Campinas, between 10 February 2000 and 10 January 2001. The scheduled cataract operations were randomly assigned to one of two groups: 1) to be preceded by routine medical testing (the ¿routine-testing group¿) or 2) not to be preceded by routine medical testing (the ¿selective-testing group¿). If the patient was assigned to the selective-testing group, it was requested that no preoperative testing be performed unless the patient presented with a new or worsening medical problem that would warrant medical evaluation with testing. In the case of patients assigned to the routine-testing group, three tests were requested: a 12-lead electrocardiogram, a complete blood count, and measurements of serum glucose. Ocular surgical complications, preoperative and postoperative best-corrected visual acuity were recorded on a standardized form. The sample of 1 025 patients scheduled to undergo cataract surgery was comprised of 512 assigned to the routine-testing group and of 513 assigned to the selective-testing group. The two groups had similar proportions of operations canceled and not subsequently rescheduled 2% in each group. The cumulative rate of ocular surgical complications was similar in the two groups, 20.5% in the routine-testing group and 19.3% in the selective-testing group (P = 0.624). The preoperative and the postoperative best-corrected visual acuity were similar in both groups (P = 0.999 in the former and P = 0.664 in the latter). The results of this study suggest that routine medical testing before cataract surgery did not reduce the rate of ocular surgical complications and did not influence visual acuity outcome. A more efficient approach should be only to request preoperative tests indicated by patient history or physical examination. This attitude may help our health system to save resources in its challenge of to finance 250.000 cataract surgeries each year / Doutorado / Oftalmologia / Doutor em Ciências Médicas
38

A avaliação como dispositivo

Furtado, Juarez Pereira 21 February 2001 (has links)
Orientador : Gastão Wagner de Sousa Campos / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-28T00:15:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Furtado_JuarezPereira_D.pdf: 62252895 bytes, checksum: 55cb935cac165c8473b1560467d98b6f (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: No presente estudo realizamos investigação sobre métodos potencialmente mais adequados para a avaliação de serviços e programas em saúde a partir das questões colocadas pelas limitações da avaliação ortodoxa. Percorremos diferentes concepções de avaliação de programas e serviços e identificamos na proposta de avaliadores de quarta geração (Guba & Lincoln, 1989) e no método Paidéia (Campos, 2000-a), potencial capaz de superar alguns destes impasses e questões, favorecendo a utilização dos resultados do processo avaliativo e a capacitação e desenvolvimento dos grupos de interesse envolvidos. A partir do estabelecimento deste referencial, realizamos incursão ao campo, através de um processo de avaliação participativa junto a um serviço de atendimento domiciliar ligado ao SUS, com os propósitos de compreender esta nova modalidade assistencial e ao mesmo tempo tomar o processo avaliativo um dispositivo facilitador de reflexão, análise e mudanças pela equipe responsável. Ao final discutimos o processo desenvolvido junto à equipe do serviço e a outros grupos de interesse e as virtualidades e limitações de nossa opção metodológica / Abstract: Not informed. / Doutorado / Saude Coletiva / Doutor em Saude Coletiva
39

O SUS em Maua (SP) : desafios na construção

Pereira, Jocelene Batista 12 November 2000 (has links)
Orientador: Luiz Carlos de Oliveira Cecilio / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-02T20:19:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pereira_JoceleneBatista_M.pdf: 5553054 bytes, checksum: fdb698acf314e670748246c900d41bf2 (MD5) Previous issue date: 2000 / Resumo: o presente trabalho aborda as dificuldades do Sistema de Saúde da cidade de Mauá, situada na região metropolitana de São Paulo, na estruturação da assistência à saúde, apesar de uma longa trajetória de construção e investimento em equipamentos e recursos humanos para o setor. Utiliza uma metodologia com diferentes etapas que inclui entrevistas com usuários, observação do funcionamento das unidades de saúde, entrevistas com dirigentes e funcionários de saúde e entrevistas com pacientes do serviço de urgência-emergência com risco para hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença bronco pulmonar obstrutiva crônica, câncer de mama e câncer de colo de útero. Nos resultados foram encontradas 'falas' semelhantes dos diversos atores sociais acerca da falta de vínculo, autonomia, capacidade de resolver os problemas de saúde e um certo 'mal estar' generalizado, que se concretiza na observação do funcionamento das unidades de saúde e nos questionários de risco, onde aparecem dados preocupantes, como 31 % dos pacientes diabéticos e 33% dos hipertensos que não sabiam do risco. Os resultados são analisados diante das chamadas necessidades de saúde trabalhadas por Stotz e mais recentemente por Matsumoto e Cecílio, que são sistematizadas em quatro itens: necessidade de boas condições de vida, necessidade de vínculo com os serviços de saúde, equipes ou profissionais de saúde, necessidade de acesso a todas as tecnologias que melhorem, prolonguem a vida e amenizem o sofrimento e necessidade de autonomia do paciente na relação com os profissionais de saúde. Após confrontar os resultados obtidos com o areabouço coneeptual de análise, concluiu-se que o Sistema de saúde de Mauá não atende às necessidades de saúde de seus usuários, embora tenha os instrumentos necessários. Finalizou-se com algumas considerações quanto à reformulação necessária, para iniciar o enfrentamento desta dura realidade, que parece ser comum a diversos municípios / Abstract: The present work approaches the difficulties of the System of Hea1th of the city of Mauá, located in the metropolitan area of São Paulo, in the structuring of the attendance to the health, in spite of a long construction path and investmem in equipments and human resources for the section. lt uses a methodology with different stages that it includes interviews with users, observation of the operation of the units of health, interviews with leaders and employees of health anel interviews with patients of the urgency-emergency servics with risk for high blood pressure, diabetes mellitus, chronic obstructive lung discase, mama cancer and cancer of uterus lap. In the results we found 'speeches' similar of the several social actors concerning the entail lack, autonomy, capacity to solve the problems of health and a right 'badlly to be' wiedespread, that is rendered in the observation of the operation of the units of health and in the risk questionnaires, where they appear preoccupying data, as 31 % of the diabetic patients anel 33% of the hypertension patients that didn't know about the risk. The results are analyzeel before the calls needs of health worked by Statz and more recently for Matsumato and Cecilia, that are systematized in four items: need of good life conditions, entail need with the services of health, teams or professionals of health, access need the all the technologies that get better, prolong the life and soften the suffering, and need of the patient's autonomy in the relationship with the professionals of health. After confronting the results obtained with the conceptual framework of analysis, we concluded that the System of health of Mauá doesn't assist the needs of your users' health, although he/she has the necessary instruments. We concluded with some considerations as the necessary reformation, to begin the act of facing of this reality lasts, that seems to be common to several municipal districts / Mestrado / Mestre em Saude Coletiva
40

Caracterização e análise da complexidade como recurso para gestão de sistemas sócio-técnicos / Characterization and analysis of complexity as a resource for safety management in socio-technical systems

Righi, Angela Weber January 2014 (has links)
A crescente complexidade dos sistemas sócio-técnicos (SST) tem implicações para a gestão da segurança dos mesmos. Assim, os métodos de gestão da segurança devem ser compatíveis com tal complexidade, implicando no uso de princípios e práticas que entram em conflito com as abordagens gerenciais tradicionais. Um pré-requisito para tal gestão é a compreensão das diferentes dimensões da complexidade de um SST. Sendo assim, objetivo geral desta pesquisa foi apresentar diretrizes para a caracterização e análise da complexidade em sistemas sóciotécnicos. Para tal, a pesquisa foi estruturada em cinco artigos, com os seguintes propósitos e métodos: (i) identificar as principais áreas de pesquisa relacionadas à Engenharia de Resiliência, através de uma revisão sistemática de literatura; (ii) a partir de um estudo de caso, realizar a análise de uma Central de Regulação Médica do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), com base nas características fundamentais de sistemas complexos; (iii) propor uma ferramenta de caracterização da complexidade de um SST, a partir de uma aplicação exploratória por meio de um estudo de caso em uma emergência hospitalar dos EUA; (iv) apresentar uma estrutura para caracterização e análise da complexidade em SST, a partir de um estudo de caso em uma emergência hospitalar no Brasil; (v) avaliar e aperfeiçoar diretrizes de gestão de SSTC, a partir de um estudo empírico em uma emergência hospitalar no Brasil. As principais contribuições da tese consistem em desenvolver e aplicar diretrizes para caracterização e análise da complexidade como recurso para a gestão de sistemas sóciotécnicos. / The increasing complexity of the complex socio-technical systems (CSS) has implications for the management of safety. Thus, methods of safety management should be consistent with such complexity, implying the use of principles and practices that conflict with traditional management approaches. A pre-requisite for such management is the understanding the different dimensions of complexity of a CSS. Thus, the general objective of this research was to present guidelines for characterization and analysis of complex socio-technical systems. Therefore, the research was structured in five articles, with the following aims and methods: (i) to identify the main areas of research related to Resilience Engineering , through a systematic literature review; (ii) from a study case, to perform the analysis of a SAMU Center of Medical Regulation (SAMU - Service Mobile Emergency), based on the fundamental characteristics of complex systems; (iii) to propose a tool for characterizing the complexity of an CSS, from an exploratory application through a case study in a hospital emergency department in the U.S.; (iv) to provide a framework for characterization and analysis of the complexity in CSS, from a case study in a hospital emergency department in Brazil; e, (v) to evaluate and refine guidelines of CSS management, from an empirical study in a hospital emergency department in Brazil. The main contributions of the thesis are to develop and implement guidelines for characterization and analysis of complexity as a resource for the management of sociotechnical systems.

Page generated in 0.0936 seconds