Return to search

Processos organizativos em dança: a singularidade dos designs

Submitted by Cynthia Nascimento (cyngabe@ufba.br) on 2013-02-20T11:26:41Z
No. of bitstreams: 1
Carolina Camargo de Nadai.pdf: 2618013 bytes, checksum: ec63ea17b522ff0e2097fcf015232d16 (MD5) / Approved for entry into archive by Fatima Cleômenis Botelho Maria (botelho@ufba.br) on 2013-02-20T14:10:34Z (GMT) No. of bitstreams: 1
Carolina Camargo de Nadai.pdf: 2618013 bytes, checksum: ec63ea17b522ff0e2097fcf015232d16 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-02-20T14:10:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Carolina Camargo de Nadai.pdf: 2618013 bytes, checksum: ec63ea17b522ff0e2097fcf015232d16 (MD5) / Diferentes danças co-existem no mundo e todas elas são designs enquanto acontecem, esta é a hipótese aqui lançada. Para dissertar acerca dos modos organizativos da dança, esta pesquisa inclinou-se a uma redução inter-teórica para abarcar os conceitos de dança, design e evolução, bem como utilizou-se de alguns parâmetros sistêmicos (da Teoria Geral dos Sistemas), com o objetivo de entender que a dança no seu fazer, configura um design respectivo às interações produzidas pela estrutura e funcionalidade vigentes em cada singularidade organizativa. Nessa perspectiva corpo e ambiente co-evoluem e co-desenham informações que resultam em designs de dança. Para tanto, foi necessário desmistificar a compreensão hegemônica de design, presente principalmente nos meios de comunicação, com o intuito de perceber que designs são resultantes de modos relacionais estabelecidos entre estrutura e funcionalidade. O objetivo desta pesquisa é possibilitar a percepção de que os mais variados modos organizativos em dança resultam em designs enquanto acontecem, e que designs de dança são contextualizados pelos acordos continuamente construídos entre corpo e ambiente. / Universidade Federal da Bahia. Escola de Dança. Salvador-Ba, 2011.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:192.168.11:11:ri/8583
Date20 February 2013
CreatorsNadai, Carolina Camargo De
ContributorsMachado, Adriana Bittencourt
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFBA, instname:Universidade Federal da Bahia, instacron:UFBA
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0181 seconds