Return to search

O curso gênero e diversidade na escola (GDE) : uma análise sobre o olhar de cursistas da UFPR Litoral

Orientador : Prof. Dr. Marcos Claudio Signorelli / Co-orientador : Prof. Dr. Daniel Canavese de Oliveira / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa: Matinhos, 20/03/2017 / Inclui referências : f. 153-160 / Resumo: A presente dissertação empreendeu analisar em que medida e como o conteúdo formativo aprendido num curso de formação docente em gênero e diversidade na escola pôde ser aplicado nos espaços de atuação profissional dos/as participantes, bem como os desdobramentos, limites e possibilidades. Considerado como uma experiência inovadora de formação de profissionais da educação nas temáticas de gênero, sexualidade, orientação sexual e relações étnico-raciais, o curso Gênero e Diversidade na Escola (GDE) vem demonstrando ser uma política pública educacional voltada ao enfrentamento do preconceito e discriminação histórica de grupos minoritários. Para chegar ao objetivo, que consistiu em analisar após dois anos, os desdobramentos de cento e quarenta e cinco egressos/as do curso, à luz da aplicabilidade do GDE nos locais de atuação profissional, foi adotada a pesquisa de abordagem quanti-qualitativa, dividindo-a em três etapas. Cada uma dessas etapas foi descrita e analisada por meio de artigos científicos, os quais apresentam de forma detalhada cada fase do estudo, os objetivos e técnicas de pesquisa utilizadas. A primeira etapa buscou alcançar o objetivo por meio da técnica de Análise Documental, realizada a partir da leitura prévia e categorização dos 145 Projetos Interventivos de Aprendizagem (PA), agrupando-os em categorias de análise. A segunda etapa utilizou como instrumento de coleta de dados o formulário online, com enfoque na abordagem quantitativa do estudo e do follow-up no período de dois anos após a conclusão do GDE. Na terceira e última etapa ocupou-se da técnica da entrevista por meio da análise qualitativa e da triangulação de métodos. Os aspectos empíricos advindos do campo de pesquisa foram cotejados com os aportes teóricos das áreas de estudo de gênero, diversidade, políticas públicas da educação e desenvolvimento humano. Verifica-se que as políticas públicas com enfoque em gênero e diversidade galgaram avanços no cenário político-econômico e educacional brasileiro, e que mesmo após dois anos de conclusão do curso, a maioria dos/as egressos/as sente-se preparada e não demonstra constrangimento ou dificuldade para tratar sobre a temática na escola ou em outros espaços da sociedade. No entanto, iniciativas de formação docente como esta apresentada neste estudo necessitam ser mantidas para que educadores e educadoras possam continuar a receber qualificação para ajudar a propagar conhecimento, culturas de paz, respeito e equanimidade nos espaços escolares e fora deles. Palavras-chave: Curso de Formação Docente. Gênero. Diversidade. Escola. Políticas Públicas. Desenvolvimento Humano. / Abstract: The present dissertation analyzed the extent to which and how the training content received in a teacher training course in gender and diversity in the school could be applied in the spaces of professional performance of the participants, as well as the unfolding, limits and possibilities. Considered as an innovative experience of training education professionals in the themes of gender, sexuality, sexual orientation and ethnic-racial relations, the course Gender and Diversity in School (DGE) has been proving to be an educational public policy aimed at coping with prejudice and discrimination of minority groups. In order to reach the objective, which was to analyze after two years, the results of one hundred and forty-five graduates of the course, in light of the applicability of the DGE in the places of professional performance, was adopted the quantitative-qualitative approach research, dividing -a in three stages. Each of these stages was described and analyzed through scientific articles, which present in detail each phase of the study, the objectives and research techniques used. The first step was to reach the objective through the technique of Documentary Analysis, carried out from the previous reading and categorization of the 145 Interventional Learning Projects (PA), grouping them into categories of analysis. The second step used the online form as a data collection tool, focusing on the quantitative approach of the study and follow-up in the two-year period after the conclusion of the DGE. In the third and final stage, the technique of the interview was occupied through the qualitative analysis and the triangulation of methods. The empirical aspects derived from the field of research were compared with the theoretical contributions of the areas of study of gender, diversity, public policies of education and human development. It can be seen that public policies with a focus on gender and diversity have brought progress in the Brazilian political-economic and educational scenario, and that even after two years of completion, graduates feel prepared and do not show embarrassment or difficulty in dealing with The theme at school or in other spaces of society. However, teacher education initiatives such as this one in this study need to be maintained so that educators can continue to receive qualifications to help propagate knowledge, cultures of peace, respect and equanimity in and out of school settings. Keywords: Teacher Training Course. Gender. Diversity. School. Public Policy. Human Development.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:dspace.c3sl.ufpr.br:1884/47306
Date January 2017
CreatorsTozetti, Renata de Fátima
ContributorsOliveira, Daniel Canavese de, Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável, Signorelli, Marcos Claudio
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format175 f. : il., algumas color., tabs., grafs., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPR, instname:Universidade Federal do Paraná, instacron:UFPR
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
RelationDisponível em formato digital

Page generated in 0.0447 seconds