Return to search

Distribuição temporal de NO2 e NH3 no aerossol atmosférico em Paranaguá-PR

Orientador : Prof. Dr. Rodrigo Arantes Reis / Coorientador : Prof. Dr. Emerson Joucoski / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa: Matinhos, 30/03/2017 / Inclui referências : f. 105-115 / Resumo: As áreas portuárias são centros de atividades econômicas e também grandes geradoras de impactos ao meio ambiente, que tendem a aumentar devido ao crescimento global do comercio. Nestas, ocorrem varias fontes de emissão de poluentes para a atmosfera, entre elas: locomotivas, caminhões, navios e rebocadores. As consequências na saúde da população local, devido a grande emissão de poluentes no ar são diversas, e consistem no maior risco ambiental a saúde humana atualmente. Paranaguá, uma das sete cidades do litoral paranaense, tem sua economia baseada na atividade portuária, sendo o porto de Paranaguá um dos mais importantes do Brasil e o maior exportador de grãos da America Latina. Devido a um importante complexo industrial relacionada a produção e transporte de fertilizantes no local, iniciativas que visem a compreensão da dinâmica poluidora para elementos relacionados a estas atividades são de extrema importância. Neste estudo, foi utilizado um equipamento chamado de APV (Amostrador de Pequeno Volume) para avaliação das concentrações de amônia (NH3) e dióxido de nitrogênio (NO2). O monitoramento da qualidade do ar foi realizado ao longo de 12 meses, foram obtidas, para os poluentes amostrados, medias gerais, mensais e sazonais. A media anual para dióxido de nitrogênio e amônia, ficou no entorno de 12,9 } 7,41 ?g/m3 e 3,61 } 3,82 ?g/m3. Houve variação na concentração dos poluentes com relação a sazonalidade, pois foi constatado que no inverno houve maior concentração de dióxido de nitrogênio e no outono houve predominância de amônia. A partir do levantamento bibliográfico e possível estimar que a contaminação, tanto NO2 quanto NH3, seja proveniente principalmente da atividade portuária, incluindo o trafego de carros, caminhões e industrias de fertilizantes. Os dados foram relacionados com variáveis através de cálculos estatísticos, utilizando-se para isto o software estatístico R. o resultado estatístico mostrou que não houve boa relação entre os poluentes amostrados e as variáveis. No entanto, o programa estatístico Open Air demonstrou que exite uma importante relação entre a direção do vento e potenciais fontes poluidoras. As medias anuais dos poluentes amostrados, foram comparadas aos resultados obtidos em pesquisas ao redor do mundo. Palavra-chave: Poluição Atmosférica, Porto, Paranaguá. / Abstract: The portuary areas are the center of economic activities and also generate big environmental impacts, which tends to increase due the global trade growth. It this, ocurr many air pollution sources, as trains, trucks, ships and tugboats. The consequences on health of the local population, due the great pollutant emissions are many, and consist in the biggest environmental risk to the human health today. Paranagua, one of the seven cities of Parana's coast, has its economy based on port activity, being The port of Paranagua one of the most important in Brazil, and the biggest grain exporter in Latin America. Due the large number of industries related to production and transport of fertilizers, initiatives aimed at understanding the dynamics of pollutant elements related to these activities are important. In this study, we used a small volume sampler to assess the ammonia (NH3) concentration and nitrogen dioxide (NO2). The monitoring analysis was realized in twelve months, where, general, monthly and seasonal averages were obtained for the pollutants sampled. The annual average for nitrogen dioxide and ammonia was around 12.9 } 7.41 ?g / m3 and 3.61 } 3.82 ?g/m3. There was variation in the concentration of pollutants in relation to seasonality, since it was observed that in the winter there was a higher concentration of nitrogen dioxide and in the autumn there was a predominance of ammonia. From the bibliographical survey it is possible to estimate that the contamination, both NO2 and NH3, comes mainly from port activity, including the traffic of cars, trucks and fertilizer industries. The data were related to variables through statistical calculations, using the statistical software R. The statistical result showed that there was no good relation between the pollutants sampled and the variables. However, the Open Air statistical program has shown an important relationship between wind direction and potential pollutant sources. The annual averages of the pollutants sampled were compared to the results obtained in surveys around the world. Keywords: Air pollution, Ports, Paranagua.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:dspace.c3sl.ufpr.br:1884/51719
Date January 2017
CreatorsTagliatella, Edipo Vinicius dos Santos
ContributorsJocouski, Emerson, Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável, Reis, Rodrigo Arantes
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format143 f. : il. algumas color., mapas, gráfs., tabs., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPR, instname:Universidade Federal do Paraná, instacron:UFPR
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
RelationDisponível em formato digital

Page generated in 0.01 seconds