Return to search

Governança de tecnologia da informação para micro e pequenas empresas : estudo de caso na cidade de Fortaleza

Made available in DSpace on 2019-04-05T23:04:44Z (GMT). No. of bitstreams: 0
Previous issue date: 2006-11-10 / The main objective of this paper is to investigate the adequacy of the Information
Technology (IT) resources in the business area of Micro and Small Sized Companies
(MSSCs) crediting the IT Management a fundamental role in mitigating the risks involved in the IT investment. A field research was accomplished, through application of questionnaires with ten managers of MSSCs in the city of Fortaleza. The questionnaires were applied during the period of March up to June of 2005. The model with 116 questions was subdivided in sections, with the goal of raising: the interviewee's profile, professional practice, strategic plan, organizational culture, incentive to innovation, problems involved with IT, solutions given to the IT problems, common practices of IT Management, IT Management, technological infrastructure, IT use in administration and IT outsourcing. The choice of the MSSCs segment was due to its importance in the economy, contributing to the job generation and income. Based on the analysis of the case study, it can be affirmed that the IT management is important for the development of MSSCs, improving the accomplishment of internal and external processes. From the information collected in the field research and its analysis, it was taken into consideration the lack of information of the following practices that are part of an IT Management process: the shortest time necessary to decisions making in IT, the relation of the invested percentage in IT when compared to the market, the expenses in IT executed along the years and the relation of the volume spent in IT to the profit of the company. It was identified the inexistence of operational risk prevention practices and the lack o knowledge of the existence of a relevant IT risk inventory, being also ignored the IT risks to which MSSCs are vulnerable, including the conformity risks. Regarding the IT administration, its responsibility was attributed to the high management, being part of the organizational administration. Based on the analysis of the case study, specially how the questions related to the IT risks and investments are conducted and to the practices adopted by the MSSCs managers in relation to IT resources and the knowledge about the topic, it is confirmed how incipient it is related to the existence of an IT management model. / O principal objetivo deste trabalho é investigar a adequação dos recursos de
Tecnologia da Informação (TI) na área de negócios das Micro e Pequenas Empresas (MPEs)
creditando à Governança de TI um papel fundamental na mitigação dos riscos envolvidos no
investimento da TI. Foi realizada uma pesquisa de campo, mediante aplicação de
questionários para dez gestores de MPEs na cidade de Fortaleza. Os questionários foram
aplicados no período de março a junho de 2005. O modelo com 116 questões foi subdividido
em seções, com o objetivo de se levantar: perfil do entrevistado, prática profissional, plano
estratégico, cultura organizacional, estímulo à inovação, problemas envolvidos com TI,
soluções dadas aos problemas de TI, práticas utilizadas de governança de TI, governança de
TI, infra-estrutura tecnológica, uso da TI em gestão e terceirização da TI. A escolha do
segmento das MPEs deveu-se à sua importância na economia, contribuindo com a geração de
emprego e renda. Com base na análise do estudo de caso, pode-se afirmar que a governança
de TI é importante para o desenvolvimento das MPEs, trazendo melhoria na realização dos
processos internos e externos. A partir das informações coletadas na pesquisa de campo e da
sua análise, considera-se o desconhecimento das seguintes práticas que fazem parte de um
processo de governança de TI: o tempo mínimo necessário para tomada de decisões para TI, a
relação do percentual investido em TI quando comparado com o mercado, os gastos em TI
efetivados ao longo dos anos e a relação do volume gasto em TI com o lucro da empresa.
Foram identificados a inexistência da prática quanto à prevenção ao risco operacional e o
desconhecimento da existência de um inventário dos riscos de TI relevantes, sendo também
desconhecidos os riscos de TI aos quais as MPEs estão sujeitas, incluindo os riscos de
conformidade. Com relação à gestão de TI, sua responsabilidade foi atribuída à alta gerência,
sendo parte da gestão da organização. Com base na análise do estudo de caso, principalmente
como são tratados as questões relacionadas aos riscos e investimentos em TI e às práticas
adotadas pelos gestores das MPEs quanto à gestão dos recursos de TI e ao próprio
conhecimento sobre o assunto, confirma-se a incipiência com relação à existência de um
modelo de governança de TI.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:dspace.unifor.br:tede/72170
Date10 November 2006
CreatorsArruda, Péricles Alves Ferreira de
ContributorsSilva Filho, José Bezerra da, Silva Filho, José Bezerra da, Dias, Maria Madalena, Belchior, Arnaldo Dias
PublisherUniversidade de Fortaleza, Mestrado Em Informática Aplicada, UNIFOR, Brasil, Centro de Ciências Tecnológicas
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UNIFOR, instname:Universidade de Fortaleza, instacron:UNIFOR
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
Relation5443571202788449035, 500, 500, -7645770940771915222

Page generated in 0.0027 seconds