Return to search

O encontro estético como experiência de transformação

Submitted by Jailda Nascimento (jmnascimento@pucsp.br) on 2016-10-26T15:09:33Z
No. of bitstreams: 1
Mônica Marques Zilli.pdf: 898413 bytes, checksum: b9ee4ead79b3cd989666db8bcff48caf (MD5) / Made available in DSpace on 2016-10-26T15:09:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Mônica Marques Zilli.pdf: 898413 bytes, checksum: b9ee4ead79b3cd989666db8bcff48caf (MD5)
Previous issue date: 2016-09-09 / The aesthetic experience has been fascinating people throughout history, being the target of several investigations in different fields of knowledge. In this work, the aesthetic encounter is conceived as an experience of transformation of the self, in so far as it constitutes an encounter with a transformational object, the effects of which are rooted in the experiences with the first caregiver objects. Based on W. Bion’s concept of réverie and on H. Kohut’s of transmuting internalization, the functional dimensions of the transformational object, from which the work of art operates, conveying an intrinsic sublimating potential, are investigated. This perspective legitimizes art as a complex and rich therapeutic device, hence its importance as a promoter of individual and collective health / Há séculos a experiência de fruição estética fascina o ser humano, sendo alvo das mais diversas investigações em diferentes campos do saber. Neste trabalho, busca-se pensar o encontro estético como experiência de transformação do self na medida em que se constitui um encontro com um objeto transformacional, cujos efeitos radicam-se nas experiências com os primeiros objetos cuidadores. Com aporte na teoria bioniana da réverie e kohutiana da internalização transmutadora, são elucidadas as dimensões funcionais do objeto transformacional a partir das quais a obra de arte, entendida como tal, operaria, veiculando um potencial sublimatório intrínseco. Esta perspectiva legitima a arte como complexo e rico dispositivo terapêutico, de modo que as transformações propiciadas pelo encontro estético na experiência do self dizem respeito à oferta de uma forma especializada de cuidado - a partir do que também se advoga a importância da arte e da cultura enquanto promotores de saúde individual e coletiva

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:leto:handle/19239
Date09 September 2016
CreatorsZilli, Mônica Marques
ContributorsFigueiredo, Luís Claudio
PublisherPontifícia Universidade Católica de São Paulo, Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica, PUC-SP, Brasil, Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Formatapplication/pdf
Sourcereponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da PUC_SP, instname:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, instacron:PUC_SP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0071 seconds