Return to search

FREVoz: um framework para automação de testes de voz

SILVA, Alex Antônio Cândido, também é conhecido em citações bibliográficas por: CÂNDIDO SILVA, Alex Antônio / Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-09-14T20:29:28Z
No. of bitstreams: 2
license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5)
DISSERTAÇÃO Alex Antônio Cândido Silva.pdf: 3944433 bytes, checksum: a0a44e61bdf86ca24e8954101b8e922f (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-09-18T15:25:32Z (GMT) No. of bitstreams: 2
license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5)
DISSERTAÇÃO Alex Antônio Cândido Silva.pdf: 3944433 bytes, checksum: a0a44e61bdf86ca24e8954101b8e922f (MD5) / Made available in DSpace on 2018-09-18T15:25:33Z (GMT). No. of bitstreams: 2
license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5)
DISSERTAÇÃO Alex Antônio Cândido Silva.pdf: 3944433 bytes, checksum: a0a44e61bdf86ca24e8954101b8e922f (MD5)
Previous issue date: 2017-03-07 / Teste de software é uma das atividades desempenhadas durante o ciclo de desenvolvimento de um software. Ele é o principal responsável por garantir a qualidade do produto sob desenvolvimento. Essa atividade está presente nos diversos tipos de produtos de software desenvolvidos, desde aplicações desenvolvidas em plataformas para desktop, web e dispositivos móveis. A tecnologia presente nos dispositivos móveis tem facilitado cada vez mais a vida do usuário final enquanto as possibilidades de interação tem se tornado mais natural através de novos tipos de interfaces de interação por gestos e voz. As interações mais tradicionais como o toque na tela não são mais consideradas desafiadoras, uma vez que são amplamente suportadas pelos frameworks de automação de teste disponíveis no mercado, diferentemente das interações através da voz humana, que não possuem ferramentas com tal suporte. Diante desse cenário, esse tipo de teste acaba sendo executado de forma manual, onde o testador precisa interagir diretamente com o dispositivo através da voz, ou então manipular em tempo real ferramentas que possibilitem a execução de arquivos de áudio com gravações dos comandos de voz. O trabalho proposto, FREVoz – Um Framework para Automação de Testes de Voz, adiciona uma nova camada de comunicação ao framework FREVO, estendendo-o e permitindo-o o desenvolvimento de casos de teste com suporte a manipulação de áudios. Através dessa extensão, o desenvolvedor de testes automáticos consegue desenvolver e executar casos de teste de voz de maneira automática. FREVoz apresenta-se como uma alternativa viável para o desenvolvimento de scripts de automação de testes baseado em UI Automator, apesar de ser possível aplicar seus conceitos para outros tipos de tecnologias de automação de testes. Um estudo de caso foi realizado através da automação de uma suíte de testes de voz com o objetivo de comparar o tempo total gasto na execução através das duas abordagens, manual e automática. Também foi realizado um experimento com 3.840 execuções de casos de teste, possibilitando exercitar a aplicação de reconhecimento de voz disponível nos dispositivos móveis na plataforma Android, o Google Voice Search, para 16 comandos válidos contendo 3 variações de áudios com qualidade e entonação diferentes. Cada uma dessas variações foi executada 10 vezes em 8 idiomas suportados, com o propósito de avaliarmos o comportamento da aplicação Google Voice Search perante o reconhecimento desses comandos, bem como realizarmos uma avaliação da qualidade dos recursos de áudio utilizados. Neste experimento, simulamos alguns dos testes de voz realizados dentro do contexto do convênio entre o Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco e a Motorola. / Software testing is one of the activities performed during the software development cycle. It is primarily responsible for ensuring the quality of the product under development. Testing is present in the various types of software products developed, from applications developed for desktop and web up to mobile platforms. The technology present in mobile devices has increasingly facilitated the life of the end user. For instacne, the ways of interaction have become more natural through new types of interfaces like gestures and voice. More traditional interactions such as touch screen are no longer considered challenging, since they are widely supported by the test automation frameworks available in the market. Differently, interactions through the human voice, which do not have tools with such support, are still a challenge. Given this scenario, this kind of test is executed manually, where the tester needs to interact directly with the device through her voice, or to manipulate real time tools to play audio files containing the commands that will exercise the voice feature. This work introduces FREVoz – A Framework for Automation of Voice Testing. FREVoz extends the framework FREVO by adding a new layer of communication that allows the development of test cases with support for audio manipulation. Through this extension, test developer can automatically program and execute voice test cases.FREVoz is presented as a viable alternative to the development of test automation scripts based on UI Automator, although it may be possible to apply its concepts to other types of test automation technologies. A case study was carried out through the automation of a suite of voice tests with the objective of comparing the total time spent in execution through the two approaches, manual and automatic. An experiment was also carried out with 3,840 test cases, making it possible to exercise the speech recognition application available on mobile devices on the Android platform, Google Voice Search, for 16 valid commands containing 3 variations of audios with different quality and intonation. Each of these variations was performed 10 times in 8 supported languages in order to evaluate the Google Voice Search application behavior in recognizing of these commands, as well as to perform an evaluation of the quality of the audio resources used. Thus, we have simulated some of the voice tests made within the context of the cooperation project between the Center of Informatics of Federal University of Pernambuco and Motorola.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufpe.br:123456789/26695
Date07 March 2017
CreatorsSILVA, Alex Antônio Cândido
Contributorshttp://lattes.cnpq.br/0005349558315095, IYODA, Juliano Manabu
PublisherUniversidade Federal de Pernambuco, Programa de Pos Graduacao em Ciencia da Computacao, UFPE, Brasil
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPE, instname:Universidade Federal de Pernambuco, instacron:UFPE
RightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil, http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/, info:eu-repo/semantics/embargoedAccess

Page generated in 0.0168 seconds