Return to search

Estudos de correlação da estabilidade térmica e dissolução intríseca do Albendazol e os parâmetros farmacotécnicos das suas formulações

Made available in DSpace on 2014-06-12T16:32:38Z (GMT). No. of bitstreams: 2
arquivo6458_1.pdf: 1965538 bytes, checksum: 8f374e2e52abb2eb432b8356d023c716 (MD5)
license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5)
Previous issue date: 2006 / A indústria farmacêutica brasileira vem enfrentando novos desafios no
desenvolvimento tecnológico em virtude da baixa qualidade das matérias-primas
farmacêuticas que são comercializadas no país. O presente trabalho estuda a correlação
de técnicas analíticas visando à obtenção de parâmetros da qualidade tecnológica da
matéria-prima ativa albendazol e dos excipientes (celulose microcristalina 101, glicolato
de amido sódico, lauril sulfato de sódio, croscarmelose sódica, dióxido de silício
coloidal, talco e PVP K30), que possibilite prever a qualidade do produto farmacêutico
mais rápido e de desempenho mais elevado no que se compete à tecnologia, qualidade e
confiabilidade. As matérias-primas ativas, excipientes e misturas binárias foram
analisadas pelas técnicas térmicas (TG, DSC e DSC fotovisual), cromatrográficas e
dissolução. As metodologias térmicas utilizaram termobalança Shimadzu, modelo TGA
50H e calorímetro de varredura diferencial Shimadzu, modelo DSC-50. Foram obtidas
imagens dos processos calorimétricos através do sistema fotovisual, modelo VCC-520,
conectado a um microscópio da marca Olympus e a uma câmera fotográfica da marca
Sanyo acoplada ao calorímetro. Os dados cromatográficos foram obtidos no
cromatógrafo líquido, marca Shimadzu com detector de arranjo de diodo (DAD). Os
dados de dissolução foram obtidos numa estação de dissolução marca Hanso SR6
acoplado ao espectrofotômetro marca Shimadzu. Foram obtidos comprimidos de
albendazol a partir de 3 lotes diferentes de matéria-prima ativa, variando-se também os
fabricantes dos desintegrantes utilizados, no caso a croscarmelose sódica. Foram
realizados estudos comparativos de dissolução nos lotes de bancada dos comprimidos
de albendazol. As constantes das reações de termodecomposição foram calculadas
utilizando o modelo de Arrehnius. As constantes de dissoluções intrínsecas dos ativos e
misturas binárias e de dissolução dos comprimidos foram obtidas a partir dos dados de
dissolução. A comparação das constantes térmicas e de dissolução intrínsecas das
matérias-primas mostraram estar correlacionadas entre si e estas com as constantes de
dissolução dos comprimidos

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufpe.br:123456789/3642
Date January 2006
CreatorsQueiroz Lopes, Pablo
ContributorsOliveira Macêdo, Rui
PublisherUniversidade Federal de Pernambuco
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPE, instname:Universidade Federal de Pernambuco, instacron:UFPE
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0028 seconds