Return to search

Estudo do comportamento ao desgaste e corrosão dos aços inoxidáveis AISI 316L e AISI 420 depositados pelo processo de aspersão térmica a arco elétrico

Made available in DSpace on 2014-06-12T17:39:52Z (GMT). No. of bitstreams: 2
arquivo7540_1.pdf: 5026248 bytes, checksum: f5f447185ca3deff43887579c576a4c9 (MD5)
license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5)
Previous issue date: 2007 / Os componentes mecânicos em serviço apresentam comportamento que é
uma conseqüência extremamente dependente da qualidade de sua superfície, da
área de contato entre superfícies e do ambiente sob o qual os componentes são
aplicados. Em particular, a corrosão e o desgaste, danificam direta e indiretamente
a superfície dos componentes mecânicos, que se reverte em elevados custos de
produção e de manutenção de sistemas mecânicos devido às paradas de
equipamentos para reparo ou substituição de componentes, que chega a atingir
aproximadamente 4,2% do produto interno bruto nos países industrializados.
Para eliminar ou minimizar os efeitos da corrosão e do desgaste, os
componentes são submetidos a tratamentos superficiais. Os processos de
revestimentos metálicos de materiais que apresentam propriedades superiores às
do material de base se mostram eficientes em aplicações industriais e na proteção
de superfícies metálicas em ambientes agressivos.
A técnica de aspersão térmica oferece a possibilidade de se revestir
materiais de construção mecânica tais como aços comuns ao carbono com outros
metais e ligas, objetivando protegê-los contra a corrosão e também ao desgaste.
Dentro deste contexto, o presente trabalho de dissertação tem como objetivo
analisar e comparar o desempenho de revestimentos metálicos aplicados
industrialmente por aspersão térmica. Neste estudo são analisados revestimentos
a base dos aços inoxidáveis austenítico AISI 316L, do martensítico AISI 420 e a
mistura desses aços, quanto às suas resistências ao desgaste e a corrosão. No
caso da mistura destes revestimentos alia-se a maior proteção contra corrosão do
revestimento AISI 316L à maior resistência ao desgaste por abrasão do
revestimento AISI 420. Foi efetuado tratamento térmico para a mistura dos
revestimentos AISI 316L e AISI 420 e observação da influência e efeito deste
sobre as propriedades investigadas para cada liga.
Os revestimentos foram aplicados pelo processo de Aspersão Térmica a
Arco Elétrico (Arc Spray) e são analisadas as propriedades de micro-dureza, de
resistência a corrosão e ao desgaste. Para os ensaios de resistência ao desgaste
foi proposto e construído um abrasômetro do tipo pino sobre disco, que consiste
em um método de avaliação eficiente. As análises de corrosão foram baseadas
nas técnicas eletroquímicas, em meio cloreto.
As características microestrutural, mecânica e química dos revestimentos
foram analisadas através de testes específicos para cada uma das propriedades
desejadas. Utilizou-se microscopia ótica e eletrônica de varredura para
caracterizar o revestimento aplicado e a técnica de difração de raios-X na
identificação dos constituintes do revestimento.
Nos resultados obtidos, para todos os revestimentos aplicados, analisou-se a
eficiência dos revestimentos aplicados quanto ao aumento da resistência aodesgaste e à corrosão das superfícies revestidas, à dureza do revestimento e
porosidade. O efeito dos tratamentos térmicos aplicados aos revestimentos
resultou em um acentuado aumento de todas as propriedades avaliadas, quando
comparado com o revestimento sem tratamento térmico.
Através dos resultados obtidos foi evidenciado que o processo de aspersão
térmica a arco elétrico, com os parâmetros definidos, apresentou um resultado
satisfatório para a utilização dos arames AISI 316L e AISI 420, bem como a
mistura destes dois aços, como revestimento de superfícies de aço baixo carbono

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufpe.br:123456789/5490
Date January 2007
CreatorsGuilherme Leal de Macêdo, Ney
ContributorsLeopoldino Urtiga Filho, Severino
PublisherUniversidade Federal de Pernambuco
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPE, instname:Universidade Federal de Pernambuco, instacron:UFPE
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0032 seconds