Return to search

Carvão ativado do mesocarpo do coco verde - produção, otimização e aplicação na adsorção do corante Remazol black B

Made available in DSpace on 2014-06-12T18:08:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2
arquivo8100_1.pdf: 1368995 bytes, checksum: e65b9d68d7c549a75494cb798242f35e (MD5)
license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5)
Previous issue date: 2002 / Um dos setores industriais de grande importância para a economia brasileira é o
têxtil. Verifica-se, todavia, que os efluentes provenientes desta indústria produzem um
grande impacto ambiental por serem altamente coloridos. Isto ocorre devido à presença
de corantes que não se fixam na fibra durante o processo de tingimento. A adsorção é
uma das técnicas mais empregadas no tratamento de efluentes industriais, apresentando
custos moderados, tempo de processamento relativamente baixo, além da possibilidade
de recuperação da água para reaproveitamento no processo industrial. O carvão ativado
(granulado ou em pó) é um dos adsorventes mais usados na atualidade em processos de
remoção de compostos orgânicos, tanto em fase liquida como gasosa. O uso, porém,
destes adsorventes é normalmente limitado em razão do alto custo. O mesocarpo do
coco verde foi utilizado neste trabalho como matéria prima para produção de carvões
ativados de alta qualidade. Os carvões foram preparados por ativação com vapor d água.
Os carvões produzidos foram caracterizados em fase gasosa e líquida. A metodologia de
superfície de resposta foi utilizada para estudar a influência das variáveis do processo de
produção de carvão ativado sobre sua capacidade de adsorção. As variáveis,
temperatura e tempo de ativação foram otimizadas a 900 ºC e 25 min de ativação com
relação à capacidade de adsorção do carvão, obtendo um carvão um número de iodo de
1143 mg/g, adsorção de azul de metileno de 179 mg/g, área de BET de 819 m2/g, área
de Langmuir de 1222 m2/g, área de microporos de 521 m2/g, área superficial externa de
297 m2/g, e área de mesoporos de 288 m2/g. Este carvão foi avaliado quanto a sua
capacidade de adsorção em meio líquido utilizando o corante reativo UHPD]ROEODFN%,
muito encontrado em efluentes de indústrias têxteis. O estudo de equilíbrio de adsorção
ajustado ao modelo de adsorção de Langmuir-Freundlich forneceu uma capacidade
máxima de adsorção, do referido corante na monocamada, qmáx., de 143 mg/g

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufpe.br:123456789/6892
Date January 2002
CreatorsCavalcanti de Albuquerque Júnior, Eden
ContributorsFernanda Pimentel, Maria
PublisherUniversidade Federal de Pernambuco
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPE, instname:Universidade Federal de Pernambuco, instacron:UFPE
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0029 seconds