Return to search

Hidromedusas (Cnidaria, Hydrozoa) das Províncias Nerítica e Oceânica da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, Brasil

Made available in DSpace on 2014-06-12T23:01:56Z (GMT). No. of bitstreams: 2
arquivo8183_1.pdf: 3012343 bytes, checksum: cb4b6d55debfed589eefe197cc468b0a (MD5)
license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5)
Previous issue date: 2005 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / O presente estudo teve por objetivo a identificação das espécies de hidromedusas, como estas estão distribuídas espacialmente e sob quais condições ambientais ocorrem nas províncias nerítica e oceânica da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, Brasil. Foram analisadas 32 amostras coletadas em estações demarcadas em perfis perpendiculares à costa. As amostras foram obtidas através do navio de pesquisa Victor Hensen , como parte do projeto bilateral (Brasil-Alemanha) JOPS-II no período de 04/03/1995 a 11/03/1995. Para as coletas de zooplâncton foi utilizada rede do tipo Bongo, com malha filtrante de abertura de 300 μm e diâmetro de boca da rede de 60 cm. Os arrastos foram duplos oblíquos e o volume de água filtrado foi determinado através de fluxômetro. As amostras foram fixadas com formol a 4%. Foi feita triagem total das hidromedusas para posterior contagem e identificação, com auxílio de estereomicroscópio. Foram identificadas 20 espécies de hidromedusas, dentre as quais destacaram-se Liriope tetraphylla e Aglaura hemistoma, duas das mais freqüentes e abundantes medusas. A maioria das espécies identificadas é indicadora de águas de plataforma ou tropical. A distribuição de algumas espécies sugere a influência da água de plataforma na província oceânica e vice-versa. O maior valor médio de densidade foi registrado na província nerítica, enquanto a maior diversidade correspondeu à província oceânica. A biomassa zooplanctônica ocorreu, em geral, de acordo com o padrão, diminuindo da costa em direção ao oceano. A análise de agrupamento evidenciou uma separação das estações de acordo com a província oceânica (profundidade). A densidade média de hidromedusas foi maior na Paraíba e decresceu em direção ao Ceará, onde foi registrado maior número de espécies

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufpe.br:123456789/8716
Date January 2005
CreatorsSILVA, Elaine de Melo
ContributorsLEITÃO, Sigrid Neumann
PublisherUniversidade Federal de Pernambuco
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPE, instname:Universidade Federal de Pernambuco, instacron:UFPE
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0026 seconds