Return to search

Neospora caninum em bovinos da bacia leiteira da região de Pelotas, RS: soroprevalência e associação com fatores de risco / Neospora caninum in bovines from the milk basin region of Pelotas county, RS: serum prevalence and risk factors association

Made available in DSpace on 2014-08-20T14:37:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1
dissertacao_andreia_lucas.pdf: 441722 bytes, checksum: dac4b1a81e107c0d74f5c96cdf4078ac (MD5)
Previous issue date: 2007-06-25 / The seroprevalence of Neospora caninum and the associated risk factors in
dairy properties were verified in Pelotas region. Blood serum of 1046 six months
older females from 92 properties were analysed by indirect immunofluorescence
Assay (IFA ≥100). Canine seroprevalence from 67 properties was also verified (IFA ≥
50). An epidemiological questionnaire with neosporosis related issues was also
applied to evaluate risk factors and statistical associations between the serological
status of the livestock and the possible variables related to environment and
handling, were evaluated by logistic regression (Statistx 8.0). The prevalence in
bovines was 12,04%, in 47,6% of the analysed properties. Although at least one
seropositive dog was found in 26,8% of the properties, none association was found
between canine and bovine seroprevalences . The variables that presented statistic
relation with the seropositivity to N. caninum in the studied were: access of others
domestic animals to the bovine food (OR: 13,34; IC 95%: 1,60-111,57, P=0,0168),
and monthly milk production until 5000l (OR: 2,77; IC 95%: 1,07-7,18, P= 0,0362). / Para verificar a prevalência de anticorpos para Neospora caninum e os
fatores de risco associados em bovinos leiteiros provenientes de 92 propriedades
localizadas na bacia leiteira da região de Pelotas, Rio Grande do Sul, foram
coletadas 1046 amostras de soro sanguíneo de fêmeas com mais de seis meses de
idade e aplicado um questionário epidemiológico, contendo questões ligadas a
neosporose aos responsáveis pelas propriedades. As amostras foram avaliadas pela
reação de imunofluorescência indireta (RIFI ≥ 100). As associações estatísticas
entre o status sorológico do rebanho e as possíveis variáveis ligadas ao ambiente
e manejo, foram avaliadas por regressão logística (Statistx 8.0). Também foi
verificada a soroprevalência dos cães (RIFI ≥ 50) em 67 propriedades. Em 26,8%
(18/67) destas propriedades existia pelo menos um cão soropositivo para N.
caninum. A prevalência entre os bovinos foi de 12,04%, distribuídos em 47,6%
(43/92) das propriedades analisadas. A porcentagem de fêmeas soropositivas, por
propriedade, variou de 2,6 a 100%. As variáveis: acesso de outros animais
doméstico à comida dos bovinos (OR: 13,34; IC 95%: 1,60-111,57, P=0,0168) e
produção leiteira até 5000 l/mês (OR: 2,77; IC 95%: 1,07-7,18, P= 0,0362)
apresentaram associação estatística com a soropositividade para N. canium. Não foi
observada associação entre a soropositividade dos cães e dos bovinos nos
rebanhos estudados.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufpel.edu.br:123456789/2524
Date25 June 2007
CreatorsLUCAS, Andréia da Silveira
ContributorsCPF:25925237072, http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783838E2&dataRevisao=null, FARIAS, Nara Amélia da Rosa
PublisherUniversidade Federal de Pelotas, Programa de Pós-Graduação em Veterinária, UFPel, BR, Veterinária
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Formatapplication/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFPEL, instname:Universidade Federal de Pelotas, instacron:UFPEL
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0147 seconds