Return to search

Previsão da dureza maxima na zona afetada pelo color em soldagem

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2016-01-08T16:17:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1
80571.pdf: 2695901 bytes, checksum: 895b38fb3cdfd8304523527442b05556 (MD5)
Previous issue date: 1989 / Foi estudada a aplicabilidade de fórmulas de previsão da pureza máxima da ZAC em função da composição química do metal base e do tempo de resfriamento entre 800 e 500ºC. Com esse fim foram utilizados valores de dureza medidos para aços estruturais nacionais do tipo baixo C, baixa liga e outros valores coletados da literatura. Foi constatado que, embora as fórmulas tenham sucesso na previsão da dureza da martensita, que parece depender exclusivamente do teor de carbono, e na previsão da dureza da microestrutura isenta de martensita, devido a falhas na avaliação da temperabilidade, surgem desvios da ordem de 30HV, considerados altos quando comparados com os níveis de dureza de 200 a 400HV, comuns na ZAC.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/157581
Date January 1989
CreatorsNiño Bohórquez, Carlos Enrique
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Buschinelli, Augusto Jose de A. (Augusto Jose de Almeida)
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Formatxi, 109f.| il., tabs
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0127 seconds