Return to search

Avaliação quantitativa da suscetibilidade a decoesão lamelar de aços estruturais convencionais e de um aço para plataforma "off-shore"

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2016-01-08T16:46:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1
87965.pdf: 8360616 bytes, checksum: 8bd86fe0121c3317f2e8c9f2129cbe95 (MD5)
Previous issue date: 1990 / É escrita a aplicação do teste de Lehigh que permite uma medida quantitativa direta do nível de restrição requerido para ocorrência de decoesão lamelar. Aços estruturais convencionais com estricção em Z superior a 20% mostraram resistência a decoesão lamelar, só observado para níveis de restrição de soldagem da ordem do limite de resistência do material. A comparação dos resultados dos testes de Lehigh com testes indiretos de suscetibilidade mostrou que há melhor correlação com os valores de estricção em Z, medidos na região próxima a superfície da chapa laminada. Os resultados permitem questionar a aplicabilidade do método recomendado pelo IIW, para tração na direção-Z, que nem sempre é representativo, em especial para aços semi-acalmados. Além disso, a anisotropia na chapa-matriz verificada em um aço tipo ASTM-A36 mostrou ser importante o critério de amostragem adotado pelo fabricante de aço. Finalmente, para um aço BS4360 com controle de inclusões, não suscetível a decoesão lamelar, é comentada a possibilidade da ocorrência de trinca devido a globulização incompleta de sulfetos.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/157639
Date January 1990
CreatorsAihara, Yasunobu
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Buschinelli, Augusto Jose de A. (Augusto Jose de Almeida)
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Formatx, 111f.| il
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.2329 seconds