Return to search

Formação de expectativas de inflação em um ambiente de racionalidade limitada e implicações macroeconômicas

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Economia, Florianópolis, 2016. / Made available in DSpace on 2016-09-20T04:10:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1
340708.pdf: 2834242 bytes, checksum: 1f173727d6c5a390be82178e3fb3bc34 (MD5)
Previous issue date: 2016 / Este estudo aborda a literatura de expectativas inflacionárias heterogêneas no ambiente de externalidades de rede e suas implicações macroeconômicas. O primeiro capítulo apresenta a literatura de expectativas heterogêneas, mostrando estudos, empíricos e teóricos, que exploram o tema. O segundo capítulo busca avaliar a evolução na distribuição dos preditores de inflação. Para tanto, elabora-se um modelo no qual o processo de escolha dos agentes é regido por dois atributos, a saber, acurácia menos o custo médio do preditor (atributos privados) e habilidades cognitivas heterogêneas (dispersão nas habilidades cognitivas). Os resultados alcançados mostram que heterogeneidade é uma propriedade emergente do modelo e que as heurísticas adotadas pelos agentes apresentam certo viés, ou seja, devido à falta de capacidade cognitiva de alguns agentes, estes acabam não selecionando o melhor preditor de inflação. Em seguida, no terceiro capítulo, verificar-se-á a distribuição dos preditores de inflação no ambiente de externalidades de rede. Desta maneira, para o processo de seleção das heurísticas, além dos dois atributos citados acima são acrescentadas motivações sociais. Os resultados obtidos mostram, novamente, que existe heterogeneidade na distribuição dos preditores. Além disso, o processo de seleção das heurísticas adotadas pelos agentes torna-se mais eficaz. Portanto, os agentes passam a utilizar o preditor que oferece a melhor acurácia com maior frequência. Este resultado indica, muito provável, que externalidades de rede proporcionam maior racionalidade nas decisões dos agentes. Diante deste fato, elabora-se uma extensão ao modelo de Brazier et al. (2008) para avaliar a volatilidade da inflação na conjuntura em que motivações sociais influenciam as decisões dos agentes. Utilizando três tipologias de rede (regular, small world e aleatória) para representar a estrutura de interação entre os agentes, os resultados apontam que a menor volatilidade da inflação é encontrada quando os agentes estão inseridos na estrutura de rede regular. Ademais, independente da estrutura de rede utilizada, os agentes adotam a heurística de meta de inflação com maior frequência em comparação ao estudo de Brazier et al. (2008).<br> / Abstract : This study addresses the literature of heterogeneous inflation expectations in thenetwork externalities environment and its macroeconomic implications. The firstchapter presents the literature of heterogeneous expectations, showing studies,empirical and theoretical, that explore the theme. The second chapter seeks toassess progress in the distribution of inflation predictors. To this end, we drawup a model in which the process of choosing agents is governed by two attributes,namely, accuracy less the average cost of predictor (private attributes) andheterogeneous cognitive abilities (dispersion in cognitive abilities). The resultsobtained show that heterogeneity is an emergent property of the heuristic modelthat adopted by the agents have a certain bias, or due to lack of cognitive abilityof some agents, they do not end up selecting the best predictor of inflation.Then, in the third chapter will be found the distribution of inflation predictors ofnetwork externalities environment. Thus, for the selection process of heuristics,besides the two attributes mentioned above is added social motivations. Theresults show again that there is heterogeneity in the distribution of predictors.In addition, the heuristic selection process adopted by the agents becomes moreeffective. Therefore, the agents start using the predictor that provides better accuracymore often. This result indicates, most likely, that network externalitiesprovides greater rationality in agents? decisions. Given this fact, draws up anextension to model Brazier et al. (2008) to assess the volatility of inflation in theenvironment in which social motivations influence the agents? decisions. Usingthree network types (regular, small world and random) to represent the structureof interaction between agents, the results indicate that the lower volatilityof inflation is found when agents are inserted into the regular network structure.Moreover, independent of the network structure used, agents adopt the inflationtarget heuristic more often compared to the study of Brazier et al. (2008).

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/167684
Date January 2016
CreatorsAlmeida, Helberte João França
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Silveira, Jaylson Jair da
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguageEnglish
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Format134 p.| il., grafs.
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0017 seconds