Return to search

Acuracidade dos métodos de previsão e a sua relação com o dimensionamento dos estoques de produtos acabados

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. / Made available in DSpace on 2012-10-19T12:36:28Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T21:34:12Z : No. of bitstreams: 1
187126.pdf: 30754238 bytes, checksum: bec0d54b6b6e4012194a15f0d14265fa (MD5) / Este trabalho analisa a relação entre a acuracidade da previsão da demanda e o estoque de produtos acabados, identificando formas de avaliação e monitoramento da acuracidade. As empresas que atendem aos clientes com os estoques e executam o planejamento da produção baseado em previsões de demanda, precisam utilizar métodos de previsão, os quais apresentem uma boa acuracidade e, também, necessitam monitorar esta acuracidade para tomada de ações, quando necessário. Se a previsão apresenta uma baixa acuracidade, o processo de planejamento da produção, também, será de baixa precisão. Nestes casos, podem ser gerados estoques excessivos, ou podem ocorrer faltas nos estoques com conseqüente atraso nas entregas a clientes, insatisfações de clientes e possibilidade de perdê-los para a concorrência. É da satisfação dos clientes que depende a sobrevivência de uma empresa. Dentro deste contexto, serão descritas as formas de avaliação e de monitoramento da acuracidade da previsão da demanda, como determinar o método de previsão que apresenta a melhor acuracidade e de que forma essa acuracidade influencia o nível dos estoques e os respectivos custos anuais de manutenção de estoques.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/82190
Date January 2001
CreatorsSchwitzky, Marcelo
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Lopez Vaca, Oscar Ciro
PublisherFlorianópolis, SC
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Formatii, 119 f.| tabs., grafs.
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0016 seconds