Return to search

Morte, música e sexualidade na Ópera Turandot de Puccini

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura. / Made available in DSpace on 2012-10-24T07:48:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1
266531.pdf: 4722395 bytes, checksum: 3fdde5c85b3d38a1fa1b94bdac3119be (MD5) / Esta dissertação pretende ser uma análise multiangular da ópera Turandot, de Giacomo Puccini (1858-1924). Deixada incompleta pelo compositor e encenada pela primeira vez em 1926, esta ópera é vista pelos musicólogos William Ashbrook e Harold Powers como marco do fim da grande tradição operística da Itália.
O trabalho considera o entrelaçamento das convenções musicais e das convenções discursivas da partitura músico-textual de Turandot, a fim de esclarecer como analogias, referências e contradições musicais podem contribuir para a eficácia da narrativa verbal.
O estudo de Turandot levou à reflexão da ópera como gênero e a dissertação está organizada pela gradual exploração das camadas da obra, da mais externa, a ópera em geral, até a reflexão sobre a psicologia de suas personagens, passando pela influência mútua entre música e narrativa nas idiossincrasias de Turandot como construção músico-literária singular.

This paper intends to be an analysis from many angles of the opera Turandot, by Giacomo Puccini (1858-1924). Left incomplete by its composer and taken to the stage for the first time in 1926, this opera is regarded by musicologists William Ashbrook and Harold Powers as the ending of Italy's great operatic tradition.
This work considers the intertwining of musical and speech conventions from Turandot's musical and textual score, with the objective of clarifying how musical analogies, references and contradictions may contribute to verbal narrative's effectiveness.
The analysis of Turandot led to the reflection of opera as genre, so the paper is organized according to the gradual exploring of that opera's layers, from the most external - that is, the opera in general - to the reflection over its characters' psychology, passing by the mutual influence between music and narrative in Turandot's idiosyncrasies as a musical-literary unique construction.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/92321
Date January 2009
CreatorsSanson, Beatriz Tironi
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Almeida, Tereza Virginia de
PublisherFlorianópolis, SC
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format100 f.| il.
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0014 seconds