Return to search

A Colonização e a construção do espaço petrolandense na primeira metade do século XX

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-26T00:49:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1
290408.pdf: 1406875 bytes, checksum: b0a4df83954675516dd733b1b1ffd99e (MD5) / A colonização da região do Alto Vale do Itajaí, mais especificamente o município de Petrolândia, teve inicio nas primeiras décadas do século XX. Petrolândia, antes denominada Perimbó, foi colonizada principalmente por migrantes que saíram da região da grande Florianópolis - Angelina, São Pedro de Alcântara, São Bonifácio, Águas Mornas e outros - rumo ao Alto Vale a procura de novas terras. Propomo-nos reconstruir esse processo de colonização, com base nas memórias dos moradores mais antigos da cidade, enfatizando a adaptação dos colonos ao lugar, a construção do espaço e as relações entre os diferentes sujeitos que viviam na região. O trabalho foi dividido em três partes. Na primeira, buscamos analisar os motivos e causas da saída desses migrantes as antigas áreas coloniais em busca de novas terras. Na segunda parte nos debruçamos sobre a fixação dos colonos a terra e sobre a construção do espaço petrolandense. Por fim, no terceiro capítulo, problematizamos uma leitura recente da colonização, visando a construção de um passado e de uma identidade para o município. / The beginning of the colonization of the Upper Itajaí Valley, specifically the city of Petrolândia, began in the early decades of the twentieth century. Petrolândia before Perimbó called, was settled mainly by migrants who left the region of Florianopolis - Angelina, San Pedro de Alcantara, St. Boniface, warm waters and others - into the Upper Valley in search of new lands. We propose to reconstruct this process of colonization, based on memories of older residents of the city, emphasizing the adaptation of settlers to the place, the construction of space and the relationships between the different individuals living in the region. The work was divided into three parts. At first, we analyze the reasons and causes the output of these migrants the former colonial areas in search of new lands. In the second part we focus on the establishment of settlers on the land and the construction of space petrolandense. Finally, the third chapter, we discuss a recent reading of colonization, involving the construction of a past and an identity for the city.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/95376
Date26 October 2012
CreatorsStaroski, Vivian
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Souza, Rogerio Luiz de
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format174 p.| il.
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0028 seconds