Return to search

A Ética trágica e a prática clínica da psicanalíse

Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.

Made available in DSpace on 2012-10-26T09:03:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 302349.pdf: 921562 bytes, checksum: 5aa70fca88e20e29c14705083c105b61 (MD5)

A valorização do inconsciente e do conflito pulsional, bem como a consideração do homem enquanto produto de forças em combate, aproximam os discursos freudiano e nietzscheano. Entretanto, é a consideração de que o conflito não pode nem deve ser eliminado, mas sim suportado mediante a possibilidade de representações, que os implica em uma mesma ética. Torna-se então possível sustentar a tese de que a prática psicanalítica se orienta a partir dos mesmos pressupostos da ética trágica proposta por Nietzsche de forma que tal orientação ética determina os objetivos e procedimentos da psicanálise. Podemos considerar, então, a psicanálise como uma teoria psicológica e uma prática clínica que possibilita o renascimento do pensamento trágico na contemporaneidade

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.ufsc.br:123456789/96126
Date2012
CreatorsGhisi, Valéria de Angelo
ContributorsUniversidade Federal de Santa Catarina, Scotti, Sergio
PublisherFlorianópolis, SC
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UFSC, instname:Universidade Federal de Santa Catarina, instacron:UFSC
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.002 seconds