Return to search

Análise do perfil de expressão do gene SMYD4 em câncer de mama e seu envolvimento na carcinogênese mamária

Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-04-17T16:32:00Z
No. of bitstreams: 1
2013_CarolinaAmaroMoura.pdf: 3170359 bytes, checksum: e846389c8492193330a8768a4450adcb (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-05-07T11:29:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1
2013_CarolinaAmaroMoura.pdf: 3170359 bytes, checksum: e846389c8492193330a8768a4450adcb (MD5) / Made available in DSpace on 2013-05-07T11:29:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1
2013_CarolinaAmaroMoura.pdf: 3170359 bytes, checksum: e846389c8492193330a8768a4450adcb (MD5) / Modificações epigenéticas estão relacionadas a padrões de expressão
gênicas diferentes. A desregulação nos processos epigenéticos, incluindo metilação
nas caudas de histona, tem sido associada à biologia das lesões cancerosas e seus
resultados clínicos. Até agora, diversos genes codificadores de metiltransferases
tem sido descritos e associados à carcinogênese mamária. Os genes codificadores
de metiltransferases de lisina de histonas apresentam um domínio SET o qual é capaz de metilar resíduos de lisina nas caudas das histonas. A desregulação neste
processo de metilação pode mudar a conformação da cromatina e permitir a
transcrição de genes que agem na carcinogênese. Proteínas que contêm os
domínios SET e MYND (SMYDs) constituem uma família de cinco proteínas
altamente conservadas desde leveduras até vertebrados, e nem todas foram
completamente caracterizadas. O gene SMYD4 humano está localizado no
cromossomo 17 (17p13.3), em uma região que perde comumente a
heterozigosidade em cânceres de mama. No presente estudo, investigou-se o perfil
de expressão do gene SMYD4 em tumores de mama e seus tecidos não tumorais
adjacentes, em sete diferentes linhagens celulares de câncer de mama e em treze
diferentes tecidos humanos não cancerosos. Além disso, foram utilizadas células
estáveis com SMYD4 superexpresso na investigação da localização subcelular de
sua proteína e na análise da proliferação celular em consequência desta
superexpressão. Ademais, analisou-se a consequência da inibição de expressão
deste gene em linhagem celular de câncer de mama. Diante desses objetivos, descobriu-se que SMYD4 está frequentemente hipoexpresso em cânceres de mama, comparado às contrapartes não tumorais, e diminuídos em todas as
linhagens celulares de câncer de mama. Interessantemente, há uma maior
expressão nos tecidos mamários em comparação a todos os outros analisados.
Além disso, observou-se maior proliferação em células com expressão do SMYD4
silenciada. Os resultados demonstram novos caminhos na elucidação do papel de SMYD4, evidenciando a importância de sua hipoexpressão na progressão do câncer
de mama. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Epigenetic modifications are related to different gene expression patterns.
Misregulation of epigenetic processes, including methylation in histone tails, has been associated to the biology of cancer and their clinical outcome. Up to date, several methyltransferase genes have been described to be involved in breast carcinogenesis. Histone lysine methyltransferase genes encode proteins containing a SET domain with the ability to methylate lysine residues in histone tails. Misregulation on this methylation process can change the chromatin conformation and allow transcription of genes that operate in carcinogenesis. SET and MYND
domain proteins (SMYDs) are a family of five proteins highly conserved from yeast to
vertebrates, which have not yet been fully characterized. Human SMYD4 gene is
located at chromosome 17 (17p13.3) which is a region commonly exhibiting loss of
heterozygosity in breast cancers. In the present study it was investigated the
expression profile of SMYD4 in breast tumors and its adjacent non-tumor tissues, in
seven different breast cancer cell lines and in thirteen human normal tissues. In addition it was used stable cell lines overexpressing SMYD4 to investigate its subcellular localization, as well as its impact on cellular growth behavior before SMYD4 overexpression. It was also analyzed the effects of SMYD4 inhibition on the proliferation of a breast cancer cell line. It was found that SMYD4 is frequently downregulated in breast cancers compared to its non-cancerous counter-parts and frequently decreased in all breast cancer cell lines. Interestingly, it showed a higher expression in breast tissues comparing to all normal tissues analyzed. In addition it was found an increased proliferation in cells with silenced expression of SMYD4. These results shed new lights on the role of SMYD4, evidencing the importance of its
downregulation for breast cancer progression.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unb.br:10482/13029
Date22 January 2013
CreatorsMoura, Carolina Amaro de
ContributorsSilva, Fábio Pittella
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UnB, instname:Universidade de Brasília, instacron:UNB
RightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data., info:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0062 seconds