Return to search

Incapacidade para o trabalho decorrente de sinovite e tenossinovite no Brasil em 2008

Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2013. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2013-07-29T21:50:38Z
No. of bitstreams: 1
2013_DilmaMariaDeAndrade.pdf: 2956918 bytes, checksum: 2576d9dfdb622c4ec05012a2d6449d4e (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-08-02T15:30:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1
2013_DilmaMariaDeAndrade.pdf: 2956918 bytes, checksum: 2576d9dfdb622c4ec05012a2d6449d4e (MD5) / Made available in DSpace on 2013-08-02T15:30:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1
2013_DilmaMariaDeAndrade.pdf: 2956918 bytes, checksum: 2576d9dfdb622c4ec05012a2d6449d4e (MD5) / Estimar a prevalência e a duração dos benefícios auxílio-doença (BADs) decorrentes de si novite e tenossinovite, concedi dos pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) aos empregados no Brasil em 2008. Trata-se de um estudo descritivo constituído pelos BADs concedi dos à população de empregados declarados ao Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) em 2008. Foram coletados do Sistema Único de Benefícios (SUB) as informações sobre o ramo de atividade econômica (CNAE 2.0, níveis di vi são e cl asse), sexo, idade, localização geográfica, espécie de benefício, salário do benefício (SB) e a duração dos benefícios. Quanto à população (CNIS), os dados disponíveis referem-se apenas ao ramo de atividade econômica (CNAE 2.0, níveis di vi são e cl asse), sexo, idade e a localização geográfica (Unidade Federativa- UF). Em 2008 foram concedi dos 35.601 BADs decorrentes de sinovite e tenossinovite, com prevalência de 10,9/10.000 trabalhadores. No geral, a maioria dos BADs apresentou relação com o trabalho (Razão de Prevalência- RP 1,2), com o sexo feminino (RP 3,3), e com idade ≥ 40 anos (RP 1,4). As mai ores prevalências ocorreram nos CNAEs-di vi são 37-Esgoto (55,4; Odds Ratio-OR 5,1; IC 95% 4,5-5,8) e 60-Rádio e TV (47,1; OR 4,4; I C 95% 3,9-4,8) e CNAEs-cl asse 4757-Comércio varejista especializado de peças e acessórios para aparelhos eletrônicos para uso doméstico (186; OR 17,2; IC 95% 15,4-19,3) e 4222-Construção de redes de abastecimento de água e coleta de esgoto (175; OR 16,1; IC 95% 13,3- 19,4). Os ramos de atividade econômica 64-Serviços financeiros (CNAE-di vi são RP 3,2) e os 6422-Bancos múltipl os com carteira comercial (CNAE-cl asse RP 3,8) caracterizaram mais acidentes de trabalho inclusive com mai ores períodos de duração (mediana de 70 e 73 di as respectivamente) e principal mente entre os trabalhadores com idade ≥40 anos. A menor caracterização do nexo técnico ocorreu no CNAE-di vi são 87-Atenção domiciliar à saúde humana (RP 0,7) e no CNAE-cl asse 8711-Atividade de assistência aos idosos, convalescentes, imunodeprimidos prestados em residências particulares e coletivas (RP 0,6), ambos com prevalência elevada em trabalhadores mai s velhos. O CNAE-di vi são 60-Rádio e TV e o CNAE- cl asse 6010- Atividade de rádio apresentaram maior prevalência de BADs em trabalhadores mai s jovens e elevada razão de feminilidade (8,1 e 10,8 respectivamente). Em 76,0% dos BADs o SB foi <1000 Reais. Os ramos de atividade econômica 15-Preparação de couro e fabricação de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados (96,4%), e 1011-Abate e fabricação dos produtos da carne (96,8%) mostraram as mai ores percentagens de trabalhadores incapacitados com SB <1000 Reais, além da menor duração mediana (48 di as). Quanto à localização geográfica, o Rio de Janeiro mostrou a maior prevalência (41,7) com pequenas diferenças entre os grupos etários, segui do pelo Amazonas (38,3) o qual apresentou elevada prevalência em trabalhadores mai s jovens e em mulheres. A incapacidade para trabalho decorrente de sinovite e tenossinovite apresentou forte componente ocupacional, elevada feminilidade, e grande variação geográfica. A idade e o valor de SB mostraram forte associação com a duração dos afastamentos, sugerindo a presença de filtros de ordem econômica. _________________________________________________________________________ ABSTRACT / Estimate the prevalence and duration of sickness benefit claims (BADs) due to synovit is and tenosynovit is granted by the National Institute of Social Security (INSS) to employees in Brazil in 2008. This is a descriptive study consisting of BADs granted to the employees declared by the employers to the National Register of Social Information (CNIS) in 2008. Were collected from the Unified Benefit System (SUB) the information on the economic activity (CNAE 2.0- division and class), sex, age, geographical location (Federative Units -UF), type, disabilities benefit salary (SB) and duration of benefits. As for the population (CNIS), the available data refer only to the economic activity (CNAE 2.0, division and class), sex, age, and geographical location (UF). In 2008, 35.601 BADs were granted due to synovit is and tenosynovit is, with a prevalence of 10,9/10.000 workers. Overall, most of the BADs were work-related (RP 1,2), to the female gender (PR 3.3), and to age ≥ 40 years (RP 1,4). The highest prevalence occurred in CNAEs-division 37-Sewage (55,4; OR 5,1; IC 95% 4,5-5,8) and 60-Progamming and broadcasting activities (47,1; OR 4,4; I C 95% 3,9-4,8) and CNAEs-class 4757-Specialized retail trade of part s and accessories for electronic devices for home use (186; OR 17,2; IC 95% 15,4-19,3) and 4222- Construct ion of water supply networks and sewage (175; OR 16,1; I C 95% 13,3-19,4). The economic activity 64-Financial Institutions (CNAE- division RP 3,2) and 6422-Banks with multiple commercial portfolio (CNAE-class RP 3,8) characterized most work-related claims, as well as longer durations ( median 70 and 73 days respectively) and mainly among workers ≥ 40 years. The characterization of mi nor technical nexus occurred in CNAE-division 87-Residential care activities (RP 0,7) and CNAE-class 8711-Activity to assist the elderly, convalescents, immunocompromised provided in homes individual and collective (RP 0,6), both with high prevalence in older workers. The CNAE-division 60- Progamming and broadcasting activities and CNAE- Class 6010-Activity radio had higher prevalence BADs in younger workers and high femininity (8,1 and 10,8 respectively). In 76,0% of BADS the SB was <1000 Reais. The economic activity 15-Manufacture of leather and related products (96.4%), and 1011-Slaughtering and meat product manufacturing (96.8%) showed the highest percentages of workers with SB <1000 Reais, pl us the lowest median duration (48 days). Regarding the geographical location (UF), the Rio de Janeiro showed the highest prevalence (41,7) with small differences between age groups, followed by Amazonas (38,3) who had a high prevalence in younger workers and women. The work disability due to synovit is and tenosynovit is showed strong occupational component, high femininity, and great variation between the UFs. Age and income replacement showed a strong association with the duration of sickness benefit claims (BADs), suggesting the presence of an economic filter.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unb.br:10482/13831
Date22 April 2013
CreatorsAndrade, Dilma Maria de
ContributorsBranco, Anadergh Barbosa de Abreu
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UnB, instname:Universidade de Brasília, instacron:UNB
RightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data., info:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0034 seconds