Return to search

As mulheres de fato e a obrigatoriedade da submissão ao que se nomeia de transexualidade : dilemas da identidade

Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2015. / Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2015-11-19T19:02:49Z
No. of bitstreams: 1
2015_AndréaStefaniPeixotodaSilva.pdf: 1838596 bytes, checksum: e5112fd20a75d0f320f103c0b38575df (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2015-12-23T14:32:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1
2015_AndréaStefaniPeixotodaSilva.pdf: 1838596 bytes, checksum: e5112fd20a75d0f320f103c0b38575df (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-23T14:32:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1
2015_AndréaStefaniPeixotodaSilva.pdf: 1838596 bytes, checksum: e5112fd20a75d0f320f103c0b38575df (MD5) / Com o estudo etnográfico através danarrativa de cenas de vida de quatro mulheres,objetiva problematizar a submissão ou a obrigatoriedade ao que se nomeia portransexualidadenaprocuraou na realização das cirurgias de adequação genital e nos processos judiciais de alteração de prenome civil e/ou gênero. Para tanto, explorou-se as concepções vigentes sobre a categoria transexual na visão médico-psicológica e nos campos do direito em contraposição à percepção das sujeitas:as mulheres de fato- nascidas com um pênis entre as pernas, embora se afirmem mulheres -na compreensão da identidade real. Neste empreendimento privilegiaram-seas demandas de alteração de prenome e/ou mudança de gênero nos documentos civis, assim como a experiência (ou a expectativa)em relação aos procedimentos médico-psicológicos para as referidas cirurgias. Concluiu-se que, em se tratando das interlocutoras do trabalho, aquilo que chamam detransexualidadeconfigura-se como meros processos clínico-jurídicos, uma condição ou situação temporária ou liminar, para a superação de um problema físico e não uma identidadevivida por aquelas sujeitas. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / With the ethnographic study of life narrative scenes of four women, this thesis aims at discussing the subjection of these women to the imposing classification of what is named by transsexuality as a condition to become eligible to surgical intervention of genital adequacy and to file civil lawsuits allowing them to change their gender and their given name. In this connection, the work examines current conceptions of transsexuality in medical-psychological and legal discourses, as opposed to the perception of the subjects themselves: that is, the views of the actual women who are born with a penis between their legs. They look at themselves as plain women and conceive transsexuality as a liminal condition,mere clinical-legal processes, to overcome a physical or a juridical problem but not an identity. Focusing on demands to change their given names and gender on civil documents, as well as on their experiences or expectations about the genital adequacy surgery, the work discusses the struggle for recognition of these women.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unb.br:10482/19035
Date15 July 2015
CreatorsSilva, Andréa Stefani Peixoto da
ContributorsOliveira, Luís Roberto Cardoso de
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UnB, instname:Universidade de Brasília, instacron:UNB
RightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data., info:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0023 seconds