Return to search

A relação entre a voz e expressão de gênero : a percepção de pessoas transexuais

Mestrado (dissertação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2017. / Submitted by Gabriela Lima (gabrieladaduch@gmail.com) on 2017-12-01T09:42:38Z
No. of bitstreams: 1
2017_AlanaDantasBarros.pdf: 1063255 bytes, checksum: 052192183a45e5b76d3bab8b389054c3 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-02-06T17:51:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1
2017_AlanaDantasBarros.pdf: 1063255 bytes, checksum: 052192183a45e5b76d3bab8b389054c3 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-02-06T17:51:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1
2017_AlanaDantasBarros.pdf: 1063255 bytes, checksum: 052192183a45e5b76d3bab8b389054c3 (MD5)
Previous issue date: 2018-02-06 / A voz está entre os fatores que influenciam a qualidade de vida para muitas pessoas trans, por ser um fator marcante na percepção de gênero, e a não conformidade da voz com o gênero, pode gerar sentimentos de inadequação. Na perspectiva da promoção da saúde integral das pessoas trans, devem ser considerados os aspectos relativos ao papel da voz e da comunicação relacionado na expressão de gênero. Diante disto, essa dissertação teve como objetivo analisar a percepção das pessoas trans sobre a relação entre sua expressão de gênero e suas interações sociais, através da voz e da comunicação, buscando a construção de uma reflexão considerando o contexto social e de saúde trans. O caminho metodológico percorrido, teve como abordagem a pesquisa qualitativa em saúde, e buscou-se no método da hermenêutica dialética, as bases teórico-filosóficas para o desenvolvimento, análise, interpretação e compreensão dos discursos dos(as) envolvidos(as). Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 05 mulheres transexuais e 13 homens trans, de diferentes cidades do Brasil, entre 18 e 64 anos. A análise dos dados possibilitou o surgimento de quatro categorias empíricas: Conforto quanto à expressão social de gênero; Importância da voz; Voz e expressão de gênero; e Atenção à saúde integral. As discussões refletiram sobre a dimensão subjetiva da voz quanto à expressão de gênero, buscando compreender as diferentes percepções das pessoas trans – compreendendo a voz como um fenômeno comportamental e subjetivo, que, se materializando nas interações sociais – nos possibilita conhecer e nos aproximar das diversidades e das possibilidades de expressão de gênero. Potencializando o desenvolvimento adequado de abordagens de promoção da saúde integral para essas pessoas, no intuito de superar as iniquidades em saúde e subsidiar a fonoaudiologia para contribuir com o bem-estar e a saúde das pessoas trans. / Voice is among the factors that influence the quality of life for many transgender people because it is a significant factor in the perception of gender and the nonconformity of the voice with the gender can generate feelings of inadequacy. In the perspective of promoting the comprehensive health of transgender people, aspects related to the role of voice and related communication in the expression of gender should be considered. Aiming at this, this dissertation aimed to analyze the perception of transgender people about the relationship between their gender expression and their social interactions, through voice and communication, seeking the construction of a reflection considering the social and trans health context. The methodological path covered was the qualitative research in health, the theoretical-philosophical bases for the development, analysis, interpretation, and understanding of the speeches of the participants were sought in the method of dialectical hermeneutics. As research instruments, a research diary was developed and semi-structured interviews were conducted with 05 transsexual women and 13 trans men from different cities of Brazil, aged between 18 and 64 years. The analysis of the generated data enabled the emergence of the following empirical categories: Comfort as to the social expression of gender; Importance of voice; Voice and gender expression; and Comprehensive health. The categories were interpreted in an integrated manner to the social and health context studied, articulated to the observations and interpretations of the research diary. The discussions allowed us to reflect on the subjective dimension of the voice regarding the expression of gender in order to understand the different perceptions of the trans people - understanding the voice as a behavioral and subjective phenomenon, which materializes in social interactions - enables us to know and approach the diversities and of the possibilities of gender expression. Potentializing the proper development of approaches to promote comprehensive health for these people, in order to overcome health inequities and subsidize speech therapy to contribute to the well-being and health of trans people. / La comunicación, verbal y no verbal, como un aspecto importante del comportamiento humano y la expresión de género. Siendo la voz un factor marcante en la percepción de género, la no conformidad de la voz con la expresión del mismo, puede generar sentimientos de inadecuación, teniendo un potencial impacto psicosocial sobre voz y comunicación en la expresión de género de hombres trans. Con el objetivo de analizar la percepción de los hombres sobre la expresión de género e interacciones sociales, influenciadas por la voz y la comunicación. Método: Investigación cualitativa de base teórico filosófica en la hermenéutica dialéctica, orientada por la noción de performatividad de género. En la que se realizaron entrevistas semiestructuradas por una fonoaudióloga con 14 hombres trans de varias regiones de Brasil con edades entre 18 y 42 años. Resultados y Discusión: El análisis de las entrevistas posibilitó el surgimiento de categorías analíticas relacionadas a la voz y comunicación en las interacciones sociales, involucrando las relaciones entre voz, salud e interacciones sociales y el soporte de profesional de la voz en la salud colectiva. Las categorías fueron interpretadas de manera integrada al contexto social y de salud estudiado. Conclusión: Comprender la perspectiva de los hombres sobre voz y comunicación, posibilita el desarrollo de enfoques de cuidado culturalmente competentes, sin patrones normativos de género, con comprensión y respeto a las individualidades y variadas maneras de expresión de género. En especial para la salud colectiva buscando equidad e integralidad en salud, ofreciendo subsidios para que la fonoaudiología pueda contribuir a la autoestima y salud de los hombres trans.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unb.br:10482/31164
Date03 October 2017
CreatorsBarros, Alana Dantas
ContributorsMendonça, Ana Valéria Machado
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguageUnknown
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Sourcereponame:Repositório Institucional da UnB, instname:Universidade de Brasília, instacron:UNB
RightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data., info:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0024 seconds