Return to search

As praticas avaliativas e a organização do trabalho pedagogico

Orientador : Luiz Carlos de Freitas / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-18T13:46:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1
VillasBoas_BenignaMariadeFreitas_D.pdf: 14685148 bytes, checksum: 11a947b4c6ab38ae6fa0efc798696ead (MD5)
Previous issue date: 1993 / Resumo: As articulações entre as práticas de avaliação e a organização do trabalho pedagógico foram analisadas a partir de revisão de literatura e de pesquisa etnográfica realizada durante todo um ano letivo em turmas de 1º a 4º séries do ensino de 1º grau, em uma escola pública do Distrito Federal. A divisão entre trabalho manual e intelectual, A fragmentação/desqualificação e o controle hierárquico, características básicas da organização capitalista do processo de trabalho, foram adotadas como categorias de análise dessas articulações, destacando-se, preliminarmente, as implicações da relação educação-sociedade para a avaliação escolar, por se considerar que esta se realiza segundo valores impostos pela sociedade. A investigação realizada permitiu concluir que, independentemente do trabalho pedagógico poder ou nao ser considerado "capitalista" em sua essência, as três características citadas estão presentes na organização do trabalho pedagógico da escola e da sala de aula; que as práticas avaliativas, nas suas modalidades formal e informal, são fortemente influenciadas pela organização capitalista do processo de trabalho, contribuindo para a formação dos alunos para a ordem capitalista; que o controle hierárquico foi a categoria mais enfatizada nas práticas avaliativas da escola estudada; e que a série escolar parece ser uma variável importante para a compreensao da avaliação. A avaliação revelou-se um potente instrumento de sustentação da "versão escolar" da organização capitalista do trabalho no interior da escola e da sala de aula. Os resultados apontam para a existência de interação das práticas avaliativas com a organização do trabalho pedagógico na escola e na sala de aula, indicando que a avaliação afeta e é afetada pela organização do trabalho pedagógico. / Abstract: The relationships between evaluation practices and pedagogic work organization were analysed through literature review and anetnographic research conducted during a whole academic year in elementary school classes from first to fourth grades, in a public school in the Federal District, Brazil. The division between manual and intelectual work, the fragmentation/deskilling and the hierarchical control, which are the basic characteristics of the capitalist organization of the working process, were adópted as analysis categories. The implications of the education-society relationship to school evaluation were stressed because it is considered that school evaluation is accomplished according to values imposed by society. The research found that: 1 - wether or not the pedagogic work is considered capitalist in its essence, the three characteristics mentioned are present in the pedagogic work organization in the school and in the classroom; 2 - both the formal and informal evaluation practices are strongly influenced by the capitalist organization of the working process, contributing to the students' preparation for the capitalist order; 3 - the hierarchical control was the most emphasized category in the examined evaluation practices; 4 - the school grade leveI seems to be an important variable to understand evaluation. The evaluation revealed itself to be a powerful supporting instrument to the "school version" of the capitalist work organization, inside the school and the classroom. The results show the existence of an interaction between evaluation practices and the organization of pedagogic work in the school and in the classroom. They indicate that evaluation affects and is affected by the pedagogic work organization. / Doutorado / Metodologia de Ensino / Doutor em Educação

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/253753
Date21 June 1993
CreatorsVillas Boas, Benigna Maria de Freitas
ContributorsUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, Freitas, Luiz Carlos de, 1947-, Freitas, Luiz Carlos de
Publisher[s.n.], Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguageEnglish
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Format481f., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da Unicamp, instname:Universidade Estadual de Campinas, instacron:UNICAMP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0019 seconds