Return to search

Efeito do nitrogenio nas trincas de solidificação de aço austenitico

Orientador : Roseana da Exaltação Trevisan / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-08-03T09:19:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Braga_EduardodeMagalhaes_D.pdf: 6914803 bytes, checksum: 938752f9896a583e8455337b3bd3d295 (MD5)
Previous issue date: 2002 / Resumo: Trincas de solidificação ocorrem na zona fundida de soldas e atingem diversos materiais de engenharia. Este tipo de trinca é intergranular e sua ocorrência está associada a uma ductilidade insuficiente que o material apresenta, em um certo intervalo de temperatura, em suportar tensões trativas que surgem durante o resfriamento. Neste trabalho utilizou-se o processo FCAW em CC+ e metal de adição do tipo AWS E316LTl-l, empregando corrente pulsada e convencional. A corrente média foi variada em três níveis, 150, 200 e 250 A. Como metal base foi utilizado o aço inoxidável austenítico AISI 316L. O gás de proteção utilizado foi o CO2 com quatro diferentes porcentagens de nitrogênio 0, 5, 10 e 15%, com o intuito de introdução deste elemento na zona fundida em diferentes concentrações com uma vazão de 15 l/min. Para avaliar a susceptibilidade ao trincamento a quente da zona fundida da junta soldada, foi projetado, construído e aferido o equipamento de teste Transvarestraint e utilizado com 1, 3 e 5% de deformação tangencial. O critério adotado para a susceptibilidade ao trincamento foi através da medida do comprimento total de trincas - CTT. Os resultados indicaram que o comprimento total de trincas não sofreu influência pelo aumento do nível de nitrogênio na zona fundida, sendo maior para a soldagem usando corrente elétrica no modo convencional, assim como, este aumento de nitrogênio causou a diminuição na quantidade de ferrita delta formada. Para correntes de soldagens maiores, o comprimento total de trincas diminuiu e a formação de ferrita delta na zona fundida aumentou, independente do tipo de corrente usada no processo. Observou-se também, que a tensão tangencial foi a variável que mais influenciou na formação das trincas de solidificação, tendo uma relação direta com o fenômeno, afetando significativamente, independente do seu valor utilizado / Abstract: Solidification cracking is one of the main problems that occur in welded joints, mainly in joints of aluminum alloys and stainless steel. Such cracking develops in an intergranular form at the welding bead during the solidification time-period. The phenomenon is basically due to the insufficient ductility of the filler metal to bear the traction stresses arises during the cooling of the bead. During shrinkage, micro fissures form within the weld, which during further cooling may propagate to the surface where they then can appear as macro cracks. In this work an experimental evaluation of the influence of both pulsed and conventional welding currents on the formation of solidification cracks. The AISI 316L austenitic stainless steel was employed as the base metal. The weld was carried out by the Flux Cored Arc Welding - FCA W process in CDEP using CO2 shielding gas with four different nitrogen levels (O, 5, 10 and 15%) in order to induce different nitrogen weld metal concentrations and A WS E316LT1-1 as tubular wire. Pulsed and conventional welding currents were applied with three different levels: 150, 200 and 250 A. The Transvarestraint test, projected, constructed and calibrated, with three different tangential strain levels 1, 3 and 5% was used for the evaluation of the solidification cracks. The results showed that the total crack length (CTL) was not influenced by the increase of the level of nitrogen in metal weld and it was larger when conventional current was used, as well as, this increase of nitrogen decreased the amount of delta ferrita. With the use of larger welding currents, CTL decreased and the ferrita delta increased, independent of the type of used current. The tangential strain has a significant impact on the CTL independent of its used value / Doutorado / Fabricação / Doutor em Engenharia Mecânica

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/265304
Date12 June 2002
CreatorsBraga, Eduardo de Magalhães
ContributorsUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, Trevisan, Roseana da Exaltação, 1951-, Diniz, Anselmo Eduardo, Zoqui, Eugênio José, Scotti, Americo, Filho, Waldek Wladimir Bose
Publisher[s.n.], Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia Mecânica
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguageEnglish
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Format150p. : il., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da Unicamp, instname:Universidade Estadual de Campinas, instacron:UNICAMP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0016 seconds