Return to search

Necessidade de filhos : maternidade, familia e (homo)sexualidade

Orientador: Mariza Correa / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-04T01:38:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Souza_EricaRenatade_D.pdf: 7639351 bytes, checksum: 17783ecdc77c0c328c4e0d5443ce68de (MD5)
Previous issue date: 2004 / Resumo: Os movimentos homossexuais têm lutado por seus direitos no mundo todo e, nesse processo, questões relativas à família, ao casamento e à filiação fazem parte das reivindicações. Lésbicas optam pela maternidade e mulheres que se tornaram mães em relações heterossexuais envolvem-se em relações lésbicas. Dessa forma, novas práticas sociais surgem à medida que a maternidade e a homossexualidade são articuladas. Tais práticas ganham formas distintas e particulares, variando conforme o contexto sócio-cultural em que essas mulheres vivem. Esta pesquisa compara os efeitos da mencionada articulação entre maternidade e homossexualidade, nas regiões metropolitanas de Campinas (São Paulo, Brasil) e Toronto (Ontário, Canadá), analisando os jogos de poder construídos nas relações entre essas mulheres, entre elas e a lei, entre elas e a sociedade, as expectativas sobre a maternidade, as hierarquias, a violência, as políticas ídentitárias e a busca pelo reconhecimento e pela igualdade, enquanto a maternidade aparece como definidora dos lugares de cada ator social na rede de relações. Portanto, assumo como foco da análise as maternidades e o lugar destas nas relações entre as mães biológicas e suas companheiras ou namoradas, bem como o lugar das maternidades das companheiras das mães biológicas nas relações destas com os filhos consanguíneos da sua companheira / Abstract: The homosexual moviments have struggled for their righs all over the world and in this context issues on the family, marriage and filiation are part of their claims. Lesbians choose to become mothers, and women who became mothers through heterosexual relations get themselves involved in lesbian relationships. Consequently, new social practices arise when motherhood and homosexuality are articulated. These practices are varied and particularly biased by the social and cultural contexts where these women are situated. Tins research compares the outcome of the mentioned articulation between motherhood and homossexuality in the metropolitan region of Campinas (Sao Paulo, Brazil) and of Toronto (Ontario, Canada), analysing the relations of power upon female couples, between them and the law, between them and society, the expectations on mothering, the hierarchies, violence, politics of identities, and their efforts to be recognized and to live with equity. In this analisys, the concept of motherhood seems to define the social actors' places in the network of relationships. Therefore, the focus of the analisys is on the concept and practices of mothering, on the place of its practices in the biological mothers' relationships to their partners or girlfriends, as well as the place of mothering practices for the birth mothers' partners in their relationships to their partners' children / Doutorado / Ciencias Sociais / Doutor em Ciências Sociais

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/280723
Date26 January 2005
CreatorsSouza, Érica Renata de
ContributorsUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, Corrêa, Mariza, 1944-2016, Gregori, Maria Filomena, Slenes, Robert Wayne Andrew, Simões, Júlio Assis, Carvalho, Marilia Pinto de
Publisher[s.n.], Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguageEnglish
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Format242p. : il., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da Unicamp, instname:Universidade Estadual de Campinas, instacron:UNICAMP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0019 seconds