Return to search

Estudo do periodo silente do musculo abdutor curto do polegar em individuos normais e em pacientes com sindrome do tunel do carpo

Orientadores: Luiz Antonio de Lima Resende, Fausto Berzin / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-22T12:57:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Alves_RoselainePalhares_M.pdf: 2031468 bytes, checksum: c8d2b310401db67a34198364b0260040 (MD5)
Previous issue date: 1997 / Resumo: Estudou-se a duração do período silente do músculo abdutor curto do polegar em 10 indivíduos normais e em 10 pacientes com síndrome do túnel do carpo de ambos os sexos. Durante uma contração isométrica máxima mantida com o polegar em abdução, contra resistência imposta pelo examinador, um estímulo supra-máximo foi aplicado no nervo mediano. Foi feita a superposição dos três traçados das respostas obtidas pela estimulação. Para que obtivéssemos a média de cada voluntário e de cada paciente, fizemos a subtração da onda "F" , e então obtivemos a média da duração do período silente .de cada indivíduo. A média geral dos dez voluntários normais foi de 74,56 milisegundos. Este resultado é menor do que aqueles descritos na literatura, devido ao procedimento usado neste estudo: subtração da onda'
I "F" da duração total do período silente. A média geral da duração do período silente em pacientes com síndrome do túnel do carpo foi de 94,78 milisegundos, apresentando assim um retardo de 20,22 milisegundos em relação ao grupo de voluntários normais. Nos 10 pacientes com síndrome do túnel do carpo observaram-se alterações predominantes das fibras sensitivas em relação às motoras.
Este estudo sugere uma participação predominante das aferências na eletrogênese do período silente. Por outro lado, é possível que o estudo do período silente seja método coadjuvante no diagnóstico
eletrofisiológico da síndrome do túnel do carpo / Abstract: The duration of the silent period in abductor pollicis brevis muscle from normal subjects and patients with carpal tunnel syndrome was studíed. Ten (10) normal voluntaries and ten (10) patients (male and female) were examined. During a maximal isommetric contraction maintaind with the pollicis in abduction, adversely the resistence imposed by the examinator, a supramaximal electrial stimulation was applied ion the median nerve. The superposition of three traces from responses obtained by stimulation was done. To obtain the averàge from each voluntary and each patient, the subtraction of the wave "F" was done, than the average of duration of the silent period from each person was obtained. The general average from ten (10) nqrmal voluntaries was 74,56 msec. This result presented a lower average than those discribed in the líterate, because of the method used in this study, the subtraction of the wave "F" from the total duration of the silent período The general average of the duration of the silent period in patients
with the carpal tunnel syndrome was 94,78msec, presenting a retard of 20,22 msec according to the normal voluntaries group. In ten (10) patients with the carpal tunnel syndrome predominant alterations from sensitive fibres to motor fibres were observed. his study suggests a predominant participation of the afferents impulses on the electrogenesís of the silent period.The silent period may be a coadjuvant electrofisiological test for díagnoses of carpa I tunnel syndrome / Mestrado / Biologia e Patologia Buco-Dental / Mestre em Ciências

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/289767
Date20 March 1997
CreatorsAlves, Roselaine Palhares
ContributorsUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, Bérzin, Fausto, 1940-, Resende, Luiz Antonio de Lima, Schel, Arthur Oscar, Fortiguerra, Carlos Roberto H.
Publisher[s.n.], Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Programa de Pós-Graduação em Clínica Odontológica
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format62f. : il., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da Unicamp, instname:Universidade Estadual de Campinas, instacron:UNICAMP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0127 seconds