Return to search

Valor da histerossonografia na avaliação da cavidade endometrial na mulher com sangramento uterino anormal

Orientadores: Ellen Elizabeth Hardy, Luis Guilhermo Bahamondes / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-23T00:36:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Albuquerque_LuizGuilhermeTrevisande_M.pdf: 1503346 bytes, checksum: 5e5ec73ce6b599cf039514c070a154d7 (MD5)
Previous issue date: 1997 / Resumo: Sangramento uterino anormal é uma das queixas mais freqüentes das mulheres que procuram atenção ginecológica. Por este motivo, observa-se a necessidade de obter-se o diagnóstico de suas causas com métodos propedêuticos de fácil execução, de alta acurácia diagnóstica e de baixo custo. Esta pesquisa comparou a acurácia diagnóstica da histerossonografia com a da ultra-sonografia e histeroscopia no diagnóstico das alterações uterinas nas mulheres com história clínica de sangramento uterino anormal, tendo como padrão ouro a histologia. Foram examinadas 56 pacientes assistidas no Setor de isteroscopia do CAISMlUNICAMP e os resultados analisados, comparando a sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo dos três métodos propedêuticos. A sensibilidade da histerossonografia e da histeroscopia , foi de 94% e a da ultra-sonografia foi de 83%. A especificidade da histerossonografia foi de 87%, da histeroscopia de 92% e da ultra-sonografia 76%. As diferenças entre os três métodos não foram estatisticamente significativas. Concluímos que a histerossonografia é um método acurado para diagnóstico de alterações orgânicas que causam sangramento uterino anormal, podendo ser utilizado como método substituto da histeroscopia e complementar à ultra sonografia para diagnóstico de alterações uterinas causadoras de sangramento uterino anormal / Abstract: Abnormal uterine bleeding is the most frequent complaint of gynecologic patients. Thus, an inexpensive, simple, and accurate diagnostic procedure would be very useful. We compared the accuracy of sonohysterography with that. of office hysterography and ultrasonography in women with abnormal uterine bleeding, using histology as the gold standard. We evaluated 56 patients attending the Department of Gynecology and o bstetrics, CAISM/UNICAMP, and the results were analysed, comparing the sensitivity, specificity, positive and negative predictive values of the three procedures. Sonohysterography and histeroscopy's sensitivity was 94%, , ultrasonography's was 83%. Specificity for sonohisterography was 87%, histeroscopy's 92% and 76% for ultrasonography. The results did not differ significantly. We concluded that sonohysterography is an accurate method to evaluate morfhologic alterations of the uterine cavity that cause abnormal uterine bleeding. It can be used as a substitute procedure of office histeroscopy and complementary to ultrasoud for the evaluation of women with abnormal terine bleeding / Mestrado / Tocoginecologia / Mestre em Medicina

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/309104
Date14 November 1997
CreatorsAlbuquerque, Luiz Guilherme Trevisan de
ContributorsUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, Bahamondes, Luis Guillermo, 1946-, Hardy, Ellen Elizabeth, 1939-
Publisher[s.n.], Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicas, Programa de Pós-Graduação em Medicina
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/masterThesis
Format68f. : il., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da Unicamp, instname:Universidade Estadual de Campinas, instacron:UNICAMP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0124 seconds