Return to search

Intima da aorta de coelho em areas predispostas a aterosclerose : estudo morfologico qualitativo em microscopia optica e eletronica

Orientador : Jose Lopes de Faria / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-14T02:53:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1
Andrade_LilianaAparecidaLuccideAngelo_D.pdf: 7540103 bytes, checksum: 0b1cf1e5a7f3dc486673343840360669 (MD5)
Previous issue date: 1986 / Resumo: No estudo da aterosclerose inúmeros trabalhos na literatura têm contribuído para o entendimento desta doença de âmbito mundial, freqüente e de grande complexidade. O conhecimento aspectos morfológicos normais das diferentes artérias e de dos seus segmentos é imprescindível para podermos separar as variações fisiológicas daquelas realmente patológicas. Baseando-se nos resultados anteriores do trabalho de Lopes de Faria e Faria (1971) que encontraram os primeiros depósitos lipídicos na curvatura menor do arco aórtico, em coelhos submetidos a leve hipercolesterolemia de curta duração, o objetivo do presente trabalho foi estudar aspectos morfológicos da íntima da aorta de coelhos adultos os normais, na referida região, comparando-os com a íntima da curvatura maior do arco aórtico, que serviu como controle. Procuramos investigar se existiria algum dado morfológico local, no coelho normal, em nível de microscopia óptica e de eletrônica, que pudesse ser responsável por este deposito precoce e localizado. Foram estuda dos 10 coelhos adultos, da raça Nova Zelândia, machos, com 5 a 6 meses de idade. Destes, 7 receberam injeção intra-venosa do corante azul de Evans, cerca de 3 horas antes do processo de fixação por perfusão. Com esta coloração correlacionamos as áreas de maior permeabilidade (áreas azuis) no arco, com os dados morfológicos .
Os nossos resultados mostraram uma coloração azulada difusa e mal delimitada da Intima, localizada preferencialmente na aorta ascendente (em 5 dos 7 animais) e na curvatura menor do arco aortico (em 3 dos 7 animais). Os achados de microscopia óptica demonstraram a dificuldade para se delimitar a camada íntima da média neste segmento da aorta / Abstract: Not informed / Doutorado / Anatomia Patologica / Doutor em Ciências Médicas

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/oai:repositorio.unicamp.br:REPOSIP/310077
Date30 June 1986
CreatorsAndrade, Liliana Aparecida Lucci de Angelo, 1951-
ContributorsUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS, Faria, José Lopes de, 1917-
Publisher[s.n.], Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Format108 f. : il., application/pdf
Sourcereponame:Repositório Institucional da Unicamp, instname:Universidade Estadual de Campinas, instacron:UNICAMP
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0021 seconds