Return to search

"Muito prazer, eu existo!" Visibilidade e reconhecimento no ativismo de pessoas Trans no Brasil. / "Muito prazer, eu existo!" Visibilidade e reconhecimento no ativismo de pessoas Trans no Brasil. / "Pleased to meet you, I exist!" Visibility and recognition in Trans people activism in Brazil. / "Pleased to meet you, I exist!" Visibility and recognition in Trans people activism in Brazil.

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Esta é uma tese sobre cartazes, faixas, memes, cartilhas, palanques, microfones, panfletos, pessoas na rua, megafones, performances, vídeos, biografias, blogs, tweets e postagens no Facebook. Esta é uma tese sobre as interações sociais envolvidas na luta por reconhecimento empreendida por ativistas trans numa multiplicidade de palcos que vem sendo disponibilizados e construídos na arena política. Na última década, essa luta foi construída através da reivindicação por visibilidade. Assim, o dia específico de celebração ou de protesto de pessoas trans no Brasil, o dia 29 de janeiro, é chamado de Dia da Visibilidade Trans. A categoria visibilidade, cuja construção histórica pode ser percebida por diferentes meios, é polissêmica e contextual. É, portanto, o objetivo inicial desta tese explorar os diferentes sentidos atribuídos à visibilidade enquanto categoria chave da luta política no ativismo de pessoas trans no Brasil. Para tanto, foram realizadas observações etnográficas em diversos encontros de ativistas, tanto exclusivamente trans como LGBT em geral; em manifestações de rua; em seminários realizados em parcerias com órgãos governamentais; em uma campanha eleitoral e em espaços de sociabilidade e de ativismo online; além da análise de diversos materiais (cartazes, panfletos, memes, cartilhas, faixas, etc.) produzidos por ativistas; e duas entrevistas complementares ao trabalho etnográfico. A partir desse material de campo, busco tecer relações entre produções de regimes alternativos de visibilidade de pessoas trans e sua luta por reconhecimento, tendo como foco as interações sociais (online e offline), nas quais se fazem presentes processos comunicativos e negociações do estigma. / This is a thesis on posters, banners, memes, booklets, stages, microphones, flyers, people on the street, megaphones, performances, videos, biographies, blogs, tweets and Facebook posts. This is a thesis on the social interactions involved in the struggle for recognition undertaken by trans activists in a plurality of stages that has been made available and built in the political arena. In the last decade, this struggle was constructed under the demand for visibility. Thus, the specific day of celebration or protest of trans people in Brazil, January 29, is called Trans Visibility Day. The visibility, whose historical construction can be realized by different means, is polysemic and contextual. It is therefore the initial objective of this thesis to explore the different meanings attributed to the visibility as a key category of political struggle in the activism of trans people in Brazil. Therefore, ethnographic observations were conducted in various meetings of activists, both exclusively trans as LGBT in general; in street protests; at seminars held in partnership with government agencies; in an election campaign and in online spaces of sociability and activism; as well as the analysis of various materials (posters, flyers, memes, brochures, banners, etc.) produced by activists; and two additional interviews to complement the ethnographic work. From that field material, I try to weave relationships between alternative regimes of visibility of transgender people and their struggle for recognition, focusing on social interactions (online and offline), in which are present communicative processes and stigma negotiations.

Identiferoai:union.ndltd.org:IBICT/urn:repox.ist.utl.pt:BDTD_UERJ:oai:www.bdtd.uerj.br:5968
Date18 May 2015
CreatorsMario Felipe de Lima Carvalho
ContributorsSergio Luís Carrara, Guilherme Silva de Almeida, Marco Aurélio Máximo Prado, Horacio Federico Sívori, Paula Mendes Lacerda
PublisherUniversidade do Estado do Rio de Janeiro, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, UERJ, BR
Source SetsIBICT Brazilian ETDs
LanguagePortuguese
Detected LanguageEnglish
Typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion, info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
Formatapplication/pdf
Sourcereponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UERJ, instname:Universidade do Estado do Rio de Janeiro, instacron:UERJ
Rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess

Page generated in 0.0119 seconds