Return to search

Eimerídeos parasitas de búfalos /

Orientador: Wilma Aparecida Starke Buzetti / Banca: Neusa Saltiel Stobbe / Banca: Maria Conceição Zocoller Seno / Resumo: A coccidiose é uma doença parasitária que tem como agentes etiológicos várias espécies de protozoários, incluindo as do gênero Eimeria Schneider, 1875 (Apicomplexa: Eimeriidae). O estudo teve como objetivo identificar as espécies de protozoários do gênero Eimeria que parasitam búfalos, assim como verificar a presença de espécies patogênicas e suas frequências através de exames coproparasitários, além de acompanhar a evolução do parasitismo nos bezerros e nas búfalas adultas durante o ano. Foram analisadas fezes de dois lotes (um lote por ano de experimento) de 18 bezerros búfalos do nascimento aos 365 dias de idade, de ambos os sexos e suas respectivas mães, criados na Fazenda de Ensino e Pesquisa (FEP) da Unesp- Campus das espécies de Eimeria spp. foi feita através das características morfomicrométricas de Ilha Solteira no município de Selvíria- MS. A identificação dos oocistos esporulados. Os bezerros búfalos iniciaram o parasitismo patente entre os 6 a 29 dias de idade com a maior concentração de eliminação de oocistos nas fezes de 188 a 292 dias de vida. As búfalas adultas não eliminaram oocistos nas fezes em nenhuma época do ano, e mesmo entre os bezerros infectados não houve manifestação de sintomatologia clínica característica de coccidiose. Observou-se em ambos os anos analisados, que o maior índice parasitário ocorreu durante o período chuvoso, ou seja de setembro a janeiro nos dois anos (2000 e 2001). As espécies identificadas foram as seguintes: E. ellipsoidalis, E. zuernii, E. auburnensis, E. brasiliensis, E. alabamensis e E.cylindrica. As espécies prevalecentes foram E. ellipsoidalis e E. cylindrica que predominavam nos animais mais jovens (6 a 133 dias). A E. zuernii, por outro lado, apresentou-se em baixo índice parasitário e somente nos animais mais velhos (208 - 283 dias). / Abstract: Coccidiosis is a parasitic disease that has as etiologic agents some protozoan species, including the genus Eimeria Schneider 1875 (Apicomplexa: Eimeriidae). The objective of this study was to identify the species of Eimeria that most commonly affect the water buffalo. Feces of two groups (a groups per year of experiment) of 18 buffalo calves were analyzed for12 months after the birth and feces of 18 buffalo cows were analyzed four times a year (January, April, July and October). The identification of the species was made through the morphological examination of esporulated oocists. The buffalo calves started shedding oocists through their feces between 6 and 29 days of age with the highest concentration of the oocysts between 188 and 292 days of age. The buffalo cows were negative to Eimeria spp. The animals were found more infected during the rainy season, (September to January) in both years. The species identified were: E. ellipsoidalis, E. zuernii, E. auburnensis, E. brasiliensis, E. cylindrica and E. alabamensis. The prevalent species were E. ellipsoidalis and E. cylindrica that predominated in the youngest animals (6 to 133 days). E. zuernii, on the other hand, was found only in low numbers in the feces of older calves (208-283 days). / Mestre

Identiferoai:union.ndltd.org:UNESP/oai:www.athena.biblioteca.unesp.br:UEP01-000183315
Date January 2002
CreatorsNoronha Júnior, Antonio Carlos Faconti de.
ContributorsUniversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Engenharia (Campus de Ilha Solteira).
PublisherIlha Solteira : [s.n.],
Source SetsSao Paulo State University, Sao Paulo - Brazil.
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typetext
Format45 f. :
RelationSistema requerido: Adobe Acrobat Reader

Page generated in 0.0022 seconds