Return to search

Avaliação da proliferação celular e apoptose nas hepatopatias crônicas caninas não neoplásicas /

Orientador: Renée Laufer Amorim / Banca: Noeme Sousa Rocha / Banca: Raimundo Alberto Tostes / Resumo: As hepatites crônicas são comumente encontradas em muitas raças de cães na prática veterinária e independentemente da causa evoluem para um quadro de fibrose e conseqüentemente cirrose. Nos homens os quadros de hepatites crônicas e cirrose podem evoluir para lesões displásicas e conseqüentemente neoplásicas. Esta evolução do processo, como ocorre nos homens, não é bem definida nos cães. Alguns autores acreditam que possa ocorrer uma progressão das hepatites crônicas caninas para carcinomas hepatocelulares. Marcadores imunoistoquímicos são utilizados com o objetivo de avaliar o potencial pré-neoplásico das hepatites crônicas caninas. No presente trabalho, os marcadores imunoistoquímicos PCNA, caspase-3 e p53 foram utilizados com vistas a nos fornecer informações sobre a proliferação e apoptose dos hepatócitos e possíveis alterações genéticas que induzam a carcinogênese hepática. Os resultados obtidos mostram que as hepatites crônicas nos cães expressam estes marcadores em maior quantidade que o tecido hepático normal e de maneira mais próxima às lesões hepáticas neoplásicas o que permite afirmar que estas lesões têm potencial de sofrer alterações neoplásicas. / Abstract: Chronic hepatitis is usually found in several breeds of dogs in veterinary practice, and independently of the cause it progress to a stage of fibrosis and consequently cirrhosis. In men chronic hepatitis and cirrhosis may progress to dysplasic and neoplasic lesions. The evolution of this process, as occurs in men is not well established in dogs. Some authors believe that the progression of chronic canine hepatitis for hepatocellular carcinomas can occur. Some immunohistochemical markers can be used to assess the pre-malignant potential of the canine chronic hepatitis. In this study, the immunohistochemical markers PCNA, caspase-3 and p53 were used to give information about the proliferation and apoptosis index of the hepatocytes and the possible genetic alterations that can lead the hepatic carcinogenesis. Results show that the expression of these markers are higher in chronic canine hepatitis than in normal hepatic tissue and closer to the expression in the hepatocellular carcinomas, which allows us to confirm that these lesions have the potential of undergoing neoplasic alterations. / Mestre

Identiferoai:union.ndltd.org:UNESP/oai:www.athena.biblioteca.unesp.br:UEP01-000499867
Date January 2007
CreatorsTeixeira, Leandro Bertoni Cavalcanti.
ContributorsUniversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia.
PublisherBotucatu : [s.n.],
Source SetsUniversidade Estadual Paulista
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typetext
Format61 f.
RelationSistema requerido: Adobe Acrobat Reader

Page generated in 0.0058 seconds