Return to search

Condutas terapêuticas à pessoa com ostomia intestinal de um núcleo de assistência aos ostomizados (N A O) /

Orientador: Magda Cristina Queiroz Dell'Acqua / Banca: Heloisa Wey Berti / Banca: Leticia Faria Serpa / Resumo: O Núcleo de Assistência ao Ostomizado (NAO) é um serviço ambulatorial especializado que atende desde 1994. Com a intenção de reavaliar esse serviço e as condutas terapêuticas à pessoa ostomizada foi proposto o estudo. A cirurgia que conduz a confecção de um estoma produz mudanças na imagem corporal da pessoa que poderá comprometer várias dimensões de sua vida. Assim, o paciente ostomizado ao se deparar com o estoma no pós-operatório passa a conviver com essa nova realidade, apresentando demandas peculiares. Com isso, o objetivo deste estudo foi caracterizar o perfil social, avaliar o perfil clínico dos usuários do NAO, indicar a conduta de acordo com sua condição para a reconstrução do trânsito intestinal; a auto-irrigação pela colostomia e/ou por consulta de enfermagem no ambulatório. Para isto foi proposto um instrumento sistemático de acompanhamento em pós-operatório que possibilitasse o seguimento dos casos novos e/ou pessoa ostomizada já cadastrada neste serviço. Tratou-se de um estudo clínico-epidemiológico, descritivo, transversal, que foi realizado junto ao Ambulatório de Coloproctologia do Departamento de Gastroenterologia Cirúrgica do HC - FMB - UNESP. Os dados, após aprovação do Comitê de Ética, foram coletados, por meio de formulário. De acordo com os resultados, observou-se o perfil dos usuários com ostomia intestinal, sendo 51,3% são do sexo masculino; 83,4% brancos; 59,0% casados e 80,8% com escolaridade em ensino fundamental ou médio. A idade média foi de 61,30 anos com desvio padrão de 16,76. Cerca de 25% dos pacientes com ostomia intestinal realizaram cirurgia em até 1 ano, Resumo 50% dos pacientes realizaram em até 3 anos e 25% são ostomizados há mais de 10 anos. Após a avaliação final constatou-se que 28,2% das pessoas com ostomia intestinal têm indicação para a cirurgia de reconstrução... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The ostomy treatment team (NAO) is a specialized outpatient service which has been in operation since 1994. The aim of this study was to evaluate treatment methods for ostomy patients. Surgery which leads to fitting of a stoma produces changes in a person's appearance which can impact different areas of their life. Also, new ostomy patients have specific needs to help them get used to living with this new stoma after surgery. The objective of this study was to characterize social profile, evaluate clinical profile of NAO users, and suggest treatment according to their condition: intestinal transit reconstruction; self irrigation by colostomy; and/or nursing consultation at the outpatient clinic. A systematic post-surgery instrument was proposed to follow new or ostomized patients already enrolled in our clinic. This was a descriptive transversal clinical epidemiological study performed in conjunction with the Coloproctological Outpatients Clinic of the Surgical Gastroenterology Department, University Hospital, FMB - UNESP. After Ethics Committee approval, data were collected using the form. According to the results, intestinal ostomy patient profile was: 51.3% were male; 83.4% white; 59.0% married, and 80.8% without higher education. Mean age was 61.30±16.76 years. Around 25% of intestinal ostomy patients had undergone surgery in the last year, 50% in the last 3 years, and 25% had been ostomized for more than 10 years. Final evaluation showed 28.2% indicated for intestinal transit reconstruction; of these 52.2% where already available to begin pre-operative treatment, 33.3% were indicated for self irrigation, with 61.5% of these who Abstract met the required criteria wanted to start it according to an already determined plan and 38.5% would continue outpatient follow-up with nursing consultations. The systematic instrument was an adequate method of evaluating treatment method. / Mestre

Identiferoai:union.ndltd.org:UNESP/oai:www.athena.biblioteca.unesp.br:UEP01-000557830
Date January 2008
CreatorsPavan, Érika Cibele Pereira.
ContributorsUniversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina.
PublisherBotucatu : [s.n.],
Source SetsSao Paulo State University, Sao Paulo - Brazil.
LanguagePortuguese
Detected LanguageEnglish
Typetext
Format117 f. +
RelationSistema requerido: Adobe Acrobat Reader

Page generated in 0.0027 seconds