Return to search

Efeito da intensificação na larvicultura do camarão-da-malásia Macrobrachium rosenbergii /

Resumo: Avaliou-se o efeito da densidade de estocagem na larvicultura de Macrobrachium rosenbergii nas densidades de 50, 70, 80, 90, 100, 120 e 140 larvas/L. Os custos de implantação, de produção e os indicadores econômicos de três larviculturas hipotéticas utilizando densidades de estocagem de 50, 100 e 140 larvas/L foram avaliados. Os resultados obtidos mostram que a intensificação do sistema influenciou as variáveis sobrevivência e produtividade. Nas densidades mais elevadas, os valores de produtividade foram maiores, todavia, a partir de 90 larvas/L o espaço demonstrou-se um fator limitante, afetando a quantidade de indivíduos na população sem comprometer o desenvolvimento das larvas. Na análise econômica, o cultivo na densidade de 140 larvas/L apresentou os melhores indicadores econômicos e suportou melhor as possíveis variações de mercado. No entanto, a densidade de 100 larvas/L apresentou indicadores próximos aos obtidos para 140 larvas/L, maior eficiência na taxa de metamorfose e pode gerar menor nível de estresse nas larvas. Conclui-se que o intervalo de 90 a 100 larvas/L é mais adequado, biológica e economicamente, para a produção de pós-larvas de M. rosenbergii, em sistema fechado dinâmico / Abstract: We evaluated the effect of stocking density on larval rearing of Macrobrachium rosenbergii in stocking densities of 50, 70, 80, 90, 100, 120 and 140 larvae/L. The costs of planting, production and economic indicators using three hypothetical hatcheries stocking densities of 50, 100 and 140 larvae/L were evaluated. The results obtained show that the intensification of the system influences the survival and productivity variables. At higher densities, the productivity values were greater, however, from 90 larvae/L the space proved to be a limiting factor, affecting the amount of individuals in the population without compromising the development of larvae. In economic analysis, the rearing in density of 140 larvae/L showed the best economic indicators and endured the best possible market variations. However, the density of 100 larvae/L showed indicators close to those obtained for 140 larvae/L, more efficient rate of metamorphosis and can lead to lower stress levels in the larvae. We conclude that the range of 90 to 100 larvae/L is more appropriate, biological and economically, to produce post-larvae of M. rosenbergii, in a closed system dynamic / Orientador: Wagner Cotroni Valenti / Coorientador: Alessandra da Silva Augusto / Banca: Margarete Mallasen / Banca: Ricardo Jorge Guerra Calado / Mestre

Identiferoai:union.ndltd.org:UNESP/oai:www.athena.biblioteca.unesp.br:UEP01-000649993
Date January 2011
CreatorsDavid, Fernanda Seles.
ContributorsUniversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Centro de Aqüicultura.
PublisherJaboticabal : [s.n.],
Source SetsSao Paulo State University, Sao Paulo - Brazil.
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
Typetext
Formatix, 114 f. :

Page generated in 0.002 seconds