Return to search

Cemitérios como fonte de poluição em aquíferos |b estudo do Cemitério Vila Formosa na bacia sedimentar de São Paulo

Este trabalho constitui parte de um projeto maior que tem por objetivo estudar os impactos gerados pela localização de cemitérios em meio urbano, particularmente no que diz respeito às águas subterrâneas. Esta pesquisa corresponde à fase de monitoramento do Cemitério Vila Formosa, localizado na área metropolitana de São Paulo, o qual foi escolhido por ser o maior cemitério da América do Sul. Pesquisas paralelas já haviam comprovado a contaminação bacteriológica das águas subterrâneas deste cemitério. O objetivo específico deste trabalho foi investigar parâmetros indicadores de contaminação química das águas subterrâneas da área do Cemitério Vila Formosa. Para isso foram obtidas amostras de seis poços de monitoramento construídos na área do cemitério e de uma fonte localizada no seu interior. Os resultados das análises físico-químicas e químicas permitiram as seguintes conclusões: 1. A presença do cemitério contribuiu para elevar a concentração total de íons (sólidos totais dissolvidos) nas águas subterrâneas, sendo a fonte mais provável do cátion que mais se elevou (\'Ca POT. 2+\') a cal utilizada no cemitério; 2. As águas do Cemitério Vila Formosa apresentaram concentração excessiva de produtos nitrogenados (nitrato, nitrito e amônia), que têm sua origem mais provável no processo de decomposição dos corpos, ativado pela proliferação de microorganismos; 3. A presença de cemitério provocou o aparecimento dos seguintes metais: manganês, cromo, ferro, prata e alumínio, em níveis acima dos valores máximos permissíveis em águas utilizadas para consumo humano. Estes metais se originam provavelmente das tintas, vernizes e guarnições dos caixões. São enfatizados no trabalho os riscos de saúde pública representados pela contaminação química das águas subterrâneas de áreas de cemitérios, especialmente pelos altos índices de produtos nitrogenados. São feitas recomendações sobre os critérios de ordem geológica e hidrogeológica que devem ser levados em conta quando da implantação de cemitérios. São ainda apresentados aspectos da incompleta legislação existente sobre o assunto. / The present study is part of a larger project designed to investigate the environmental impacts, in particular the potential risks for groundwaters, generated by the location of cemeteries in urban areas. This work describes the results of physicochemical analyses performed in groundwaters from the Vila Formosa Cemetery, situated in the metropolitan area of São Paulo, which is the largest cemetery of South America. Parallel analyses had already comproved bacteriological contamination of the waters of the water table in this cemetery. The specific aim of the study was to investigate parameters indicative of chemical contamination of groundwaters in the area of Vila Formosa cemetery. To this end periodical samples were obtained from six sampling wells implanted in the area of the cemetery and from a spring located in its interior. From the results of the physicochemical and chemical analyses it was possible to conclude that: 1. The presence of the cemetery contributed to elevate the total concentrations of ions (total dissolved solids) in the groundwaters, the likeliest source of the cation which showed the greatest increase (Ca++) being the lime utilized in the cemetery. 2. The groundwaters of the cemetery contained high concentrations of nitrogen compounds (nitrate, nitrite and ammonia), which probably originated from the process of decomposition of corpses, activated by the proliferation of microorganisms. 3. The presence of the cemetery was responsible for the appearance in the groundwaters of manganese, chromium, iron, silver and aluminum in amounts which exceeded the maximal permissible concentrations in waters destined for human consumption. The most probable source of these metals was the paints, varnishes and garnitures of the conffins. The data obtained in this study emphasize the danger to human health represented by the chemical contamination of groundwaters in areas of cemeteries, specially by the presence of high concentrations of nitrogen compounds. Geological and hydrogeological criteria that should be utilized for the establishment of cemeteries are recommended. Several aspects of the still incomplete legislation on this matter are also presented.

Identiferoai:union.ndltd.org:usp.br/oai:teses.usp.br:tde-02042014-110435
Date10 May 1994
CreatorsMigliorini, Renato Blat
ContributorsKimmelmann e Silva, Annkarin Aurelia
PublisherBiblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Source SetsUniversidade de São Paulo
LanguagePortuguese
Detected LanguagePortuguese
TypeDissertação de Mestrado
Formatapplication/pdf
RightsLiberar o conteúdo para acesso público.

Page generated in 0.0109 seconds