• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 165
  • 30
  • 7
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 207
  • 87
  • 80
  • 53
  • 36
  • 34
  • 33
  • 29
  • 26
  • 22
  • 21
  • 21
  • 20
  • 19
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Efecto de la temperatura de mezcla-compactación y la distancia de transporte en las propiedades mecánicas de la mezcla asfáltica en caliente en la Región Centro

Vargas Malpartida, Evolym Jessenia 22 May 2019 (has links)
La mezcla asfáltica en caliente es una de las más utilizadas por sus características físicas y durabilidad, superior a otro tipo de mezclas como mezclas asfálticas en frio o tratamiento superficial, por lo cual es recomendable para vías con tráficos mayores a 1’000,000 de ejes equivalentes como indica el Ministerio de Transporte y Comunicaciones. Sin embargo, es necesario realizar todos los controles de calidad y procesos de construcción de forma adecuada, pues no tomar en cuenta las recomendaciones dadas por el MTC en cada una de las etapas, puede perjudicar la calidad de la mezcla final.
2

Efeito da adição de fíler gesso nas propriedades dos ligantes asfálticos e concretos asfálticos

Gouveia, Fernanda Pereira 19 April 2013 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-09-11T16:19:26Z No. of bitstreams: 1 2013_FernandaPereiraGouveia.pdf: 6882242 bytes, checksum: 28ba49068125c06ded4bf4fee72bb3ec (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-09-27T12:13:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_FernandaPereiraGouveia.pdf: 6882242 bytes, checksum: 28ba49068125c06ded4bf4fee72bb3ec (MD5) / Made available in DSpace on 2013-09-27T12:13:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_FernandaPereiraGouveia.pdf: 6882242 bytes, checksum: 28ba49068125c06ded4bf4fee72bb3ec (MD5) / Esta pesquisa propõe o aproveitamento de resíduos de chapas de gesso acartonado (CGA), componentes do sistema de construção drywall. A utilização do drywall vem ganhando espaço, atualmente, no mercado brasileiro, devido ao aquecimento da indústria da construção, impulsionado pelos créditos imobiliários. Os resíduos de CGA podem ser gerados tanto na etapa de fabricação, quanto na etapa de construção, e sua deposição em aterros sanitários propicia o aparecimento de gás sulfídrico (H2S) que é inflamável e traz danos à saúde humana. Por outro lado, na área de pavimentação, estudos demonstram que a adição de fíleres em ligantes asfálticos e misturas asfálticas modifica as suas caracteríticas promovendo benefícios importantes para os revestimentos asfálticos. Neste trabalho, o gesso oriundo das CGA foi transformado em fíler e adicionado ao cimento asfáltico de petróleo (CAP) nos seguintes percentuais, em massa: 20%, 40%, 60%, 80% e 100%. Também foram produzidas misturas do tipo concreto asfáltico (CA) utilizando fíler gesso, em substituição ao fíler convencional de uma mistura de referência, nos percentuais em massa, 20%, 40%, 60%, 80% e 100%. A dosagem da mistura asfáltica foi baseada no método Marshall, de acordo com os limites da faixa granulométrica “C” do DNIT. Destacam-se como resultados dos ensaios para o CAP modificado com gesso, o aumento da viscosidade, a diminuição da penetração e aumento do ponto de amolecimento, além da redução da suscetibilidade térmica. Essas caracteríticas são positivas, no ponto de vista da melhoria do desempenho dos pavimentos, pois proporcionam o aumento da resistência à fadiga e à deformação permanente a que são submetidos. O ensaio de cisalhamento dinamico (DSR) indicou que os CAPs modificados, a partir de 40%, apresentaram comportamento dúctil e ao mesmo tempo elástico, contribuindo com a resistencia à fadiga dos concretos asfálticos. A adesividade do agregado-CAP modificado ficou prejudicada nas composições contendo 60%, 80% e 100 % de gesso. Os ensaios mecânicos em corpos de prova de CA, indicaram que 60%, 80% e 100% de gesso em substituição ao fíler convencional, promovem melhorias consideráveis para a vida de fadiga e deformações permanentes, além do aumento da resistência à tração e módulo de resiliência. Por outro lado, ensaios de umidade induzida apontaram que corpos de prova contendo adição de fíler gesso, acima de 20% foram os que mais sofreram suscetibilidade. Conclui-se que, devido às limitações frente às condições de umidade, o fíler gesso pode ser utilizado em concretos asfálticos, prevendo até 20% de substituição ao fíler convencional. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This research proposes the reuse of drywall plasterboard waste. The use of PlasterBoard (PB or CGA in portuguese) in Brazil has increased in recent years due to the growing of the building industry, driven by the easiness of real state credits. PB Waste (PBW) can be generated both during its own manufacturing stage or as scraps in the construction sites. The deposition of PBWs in landfills allows the undesirable production of hydrogen sulfide (H2S) gas. Such gas is flammable and brings harm to human health. On the other hand, in matters of paving, studies show that the addition of asphalt binders and fillers in asphalt mixtures change the paving characteristics producing major benefits in asphaltic coatings. In this research, the gypsum of the PBWs is transformed into filler and added to the Petroleum Asphalt Cement (PAC or CAP in portuguese) in the following percentages, in weight: 20%, 40%, 60%, 80% and 100%. Also mixtures of Asphalt Concrete (AC or CA in portuguese) were produced using gypsum as filler, replacing the conventional fillers of standard reference mixtures in weight percentage of 20%, 40%, 60%, 80% and 100%. The dosage of the asphalt mix was based on the Marshall method according to the limits of the range of particle size "C" of the Brazilian Department of National Infrastructure and Transportation (DNIT). The results of the tests for the modified PAC, draw attention to the increase in viscosity, decrease in penetration, increase in the softening point, and reduction in the thermal susceptibility. These results are positive to improving paving performances, as they provide more strength to fatigue and to permanent deformation. The Dynamic Shear Rehometer Test (DSR) indicated that the modified PACs (with 40% or more of filler from PBWs) showed elastic and ductile behavior giving to AC a better fatigue strength. The adhesion among aggregates and modified PAC was worse for compositions with 60%, 80% and 100% of PBWs. The mechanical tests on modified PAC specimens, indicated that 60%, 80% and 100% of gypsum, replacing the conventional fillers, provided significant improvements to fatigue and permanent deformation stregths, and increased tensile strength and modulus of resilience. However, specimens with more than 20% of gypsium and under induced moisture showed a decrease in tensile strength. In conclusion, because of such limitation due to moisture, gypsum replacing the conventional filler, may be used in AC up to 20%.
3

Efeito do líquido da Castanha do Caju (LCC) nas propriedades reológicas do ligante asfáltico modificado por SBS / Effect of the cashew nut shell liquid (CNSL) on the rheological properties of the asphalt binder 50/70 modified with SBS

Rodrigues, Fabíola Odete 08 1900 (has links)
RODRIGUES, Fabíola Odete. Efeito do líquido da Castanha do Caju (LCC) nas propriedades reológicas do ligante asfáltico modificado por SBS. 2010. 95 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2011-07-05T17:10:31Z No. of bitstreams: 1 2010_dis_forodrigues.pdf: 2003959 bytes, checksum: 365274d254aada5635d1a5cd10337a75 (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2011-07-05T17:11:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dis_forodrigues.pdf: 2003959 bytes, checksum: 365274d254aada5635d1a5cd10337a75 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-07-05T17:11:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dis_forodrigues.pdf: 2003959 bytes, checksum: 365274d254aada5635d1a5cd10337a75 (MD5) Previous issue date: 2010 / The objective of this study was to modify the asphalt binder (LA) with 50/70 penetration by incorporating SBS (3, 4 and 4.5%) and the cashew nut shell liquid (CNSL) (1% w/w). The studies were directed towards assessing and analyzing the rheological master curves obtained from tests on a dynamic-shear rheometer (DSR). In addition, we assessed the effects of additives in relation to the viscosity, storage stability, and oxidative aging simulated at the RTFOT. The results indicated that the addition of SBS increases the stiffness and the elastic response of the binder at high temperatures. The master curves showed improvements in the rheological parameters at intermediate and high temperatures, where the process of permanent deformation occurs. Samples with SBS contents 3, 4 and 4.5% were tested for storage stability for 48 hours. The sample with 3% SBS showed no phase separation when stored under the conditions investigated, however, samples with 4 and 4.5% of SBS showed phase separation. In these samples (4 and 4.5%), the addition of CNSL embedded in the modified binder by SBS show the potential to estabilize the binder-polymer mixture, avoiding phase separation. The CNSL, therefore, proved to be potentially useful to prevent phase separation of the LAs with the polymer. The results also indicate that the presence of CNSL promoted a reduction in viscosity and flow activation energy of the binder modified by SBS, contributing thus to improve the thermal susceptibility of the modified binder. Tests of resilient modulus (MR) and tensile strength (RT) in asphalt mixtures containing modified binder suggest that the presence of SBS makes the mixture less susceptible to deformation and failure than mixtures with pure LA. However, the asphalt mixture containing the binder modified by SBS with the addition of CNSL presents an even greater hardening when compared to the SBS blend containing no additive. It is likely that the presence of polymerized CNSL has contributed to the hardening of the sample. / O objetivo deste trabalho foi modificar o ligante asfáltico (LA) com penetração 50/70 pela incorporação de SBS (3, 4 e 4,5% m/m) e do líquido da castanha do caju (LCC) (1% m/m). Os estudos foram dirigidos para avaliação dos parâmetros reológicos e análise das curvas mestras obtidas através de ensaios realizados em um reômetro de cisalhamento dinâminco (DSR). Além disso, foram avaliados os efeitos da presença dos aditivos em relação à viscosidade, estabilidade à estocagem e envelhecimento oxidativo simulado em estufa RTFOT. Os resultados indicaram que a adição de SBS aumenta a rigidez e a resposta elástica do ligante em altas temperaturas. As curvas mestras mostraram melhorias nos parâmetros reológicos em temperaturas intermediárias e altas, onde ocorre o processo de deformação permanente. As amostras com teores de 3, 4 e 4,5% foram testadas quanto à estabilidade a estocagem por 48h. A amostra com teor de 3% SBS não apresentou separação de fases quando estocada nas condições trabalhadas, no entanto, as amostras com teores de 4 e 4,5% apresentaram separação de fases. Nessas amostras (4 e 4,5%), a adição do LCC incorporado ao ligante modificado por SBS demonstrou estabilizar a mistura ligante-polímero, evitando a separação de fases. O LCC, portanto, mostrou-se potencialmente útil para prevenir a separação de fases dos LAs modificados com o polímero. Os resultados também indicam que a presença do LCC promoveu uma redução na viscosidade e na energia de ativação de fluxo do ligante modificado por SBS, contribuindo, portanto, para melhorar a susceptibilidade térmica do ligante modificado. Os ensaios de módulo de resiliência (MR) e reistência a tração (RT) nas misturas asfálticas contendo os ligantes modificados sugerem que a presença do SBS torna a mistura menos susceptível à deformação do que as misturas com o LA puro. No entanto, a mistura asfáltica contendo o ligante modificado por SBS com adição de LCC apresenta um endurecimento ainda maior quando comparada a mistura que contém o SBS sem o aditivo. É provável que a presença de LCC polimerizado tenha contribuído para o endurecimento da amostra.
4

Avaliação do emprego de lama vermelha no desempenho à deformação permanente de misturas asfálticas a quente

Lima, Mayara Sarisariyama Silverio January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2015 / Made available in DSpace on 2016-02-09T03:13:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 337471.pdf: 2275317 bytes, checksum: 1cc3e1486f14de05e5f4e502b64cbfb9 (MD5) Previous issue date: 2015 / A grande quantidade de lama vermelha gerada pela indústria do alumínio tem motivado pesquisadores a desenvolver métodos de reinserção do resíduo no ciclo produtivo. Estudos comprovam a possibilidade de utilização da lama vermelha na constituição de materiais cerâmicos. Entretanto, há uma carência de pesquisas em outros enfoques, como por exemplo, na aplicação de pavimentos. Neste contexto, esta pesquisa, avaliou a introdução de lama vermelha em misturas asfálticas usinadas à quente. Estabeleceu-se um teor de 7% de fíler a ser utilizado. Dessa forma, fabricaram-se misturas com 0%, 3%, 5% e 7% de lama vermelha complementadas por 7%, 4%, 2% e 0% de fíler de pó de pedra. Utilizaram-se agregados de origem granítica e uma curva granulométrica teórica correspondente à média da  Faixa C do DNIT. Utilizou-se CAP 50/70 e o teor de projeto estabelecido com auxílio de compactador giratório. Avaliaram-se os agregados quanto a aspectos de granulometria, índice de forma, massa específica, abrasão Los Angeles, adesividade e durabilidade. O ligante asfáltico foi caracterizado por ensaios de ponto de amolecimento, penetração e viscosidade. A fim de avaliar os efeitos de adição da lama vermelha no ligante, realizaram-se ensaios de ponto de amolecimento e penetração adicionando 3%, 5% e 7% de lama vermelha em peso de ligante. Com ensaios de fluorescência, massa específica, granulometria a laser, a caracterização da lama vermelha é efetuada de forma a fornecer subsídios para posterior classificação ambiental. Foram realizadas ainda, análise de pH e microscopia. As misturas asfálticas foram avaliadas quanto à deformação permanente e dano por umidade induzida (DUI). Com o objetivo de avaliar a percolação de lama vermelha e possíveis contaminações, realizou-se a análise da qualidade da água proveniente do condicionamento de corpos de prova asfálticos a 60°C do ensaio de DUI. Além do pH, analisaram-se as concentrações de ferro e alumínio presentes na água do ensaio. Os resultados foram comparados à água proveniente de abastecimento público. As misturas asfálticas constituídas por lama vermelha apresentaram resultados satisfatórios, demonstrando bons indicativos na viabilidade de aplicação do resíduo, apesar dos ensaios ambientais mostrarem um vazamento de lama vermelha da mistura.<br> / Abstract : The large quantity of red mud generated by aluminium industry has motivated researchers to develop methods to insert this residue in the production cycle. Some studies have proved the possibility for using red mud on ceramic materials; however, there is a lack of researches on other approaches, such as paving application. In this context, this research aims to evaluate the introduction of red mud in hot mix asphalt. Knowing the influence that amount filler has on permanent deformation resistance of asphalt mixtures, it was established a content of 7% to be used. Therefore, mixtures were made with 0%, 3%, 5% and 7% of red mud complemented by 7%, 4%, 2% and 0% stone dust filler. In this work, it is used granitic aggregates and a theoretical grading curve relative from average DNIT's "Faixa C". The binder used was the CAP 50/70 and the project content was established with the gyratory compactor. The aggregates are evaluated for particle size aspects, shape index, density, Los Angeles abrasion, adhesiveness and durability (sanity). The asphalt binder is characterized by a softening point test, penetration and viscosity. In order to evaluate the effects of red mud addition on asphalt binder, softening point and penetration tests were carried out by adding 3%, 5% and 7% red mud by weight of binder. Through x-ray diffraction tests, fluorescence, density, laser granulometry, the characterization of red mud is carried out in order to provide basis for further environmental rating. Were also measured, pH analysis with the aid of pH meter and microscopy by scanning electron microscopy. The asphalt mixtures are evaluated for performance to permanent deformation and moisture induced damage. In order to assess the red mud seepage and possible contamination that residue can cause, analysis of water quality from the conditioning moisture-induced damage test at 60 ° C was made. In addition to pH, it was analyzed the concentrations of Iron and Aluminum present in the tested water. The results were compared to water from public supply. The asphalt mixtures with red mud showed satisfactory results for resistance to permanent deformation and moisture induced damage, showing good indicators of the waste application viability.
5

Avaliação do emprego do micro revestimento asfáltico usinado a frio, na manutenção de vias urbanas no município de Joinville, Santa Catarina

Mello, Miguel Angelo da Silva 20 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2003. / Made available in DSpace on 2012-10-20T13:59:41Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / O desenvolvimento deste trabalho foi executado através da análise comparativa entre os custos dos serviços, executados por empresas de manutenção de vias, em revestimento asfáltico - serviço adotado até então pelo Governo Municipal - e os investimentos realizados com o micro revestimento asfáltico usinado a frio. Com esses dados - antes e depois da aplicação do micro revestimento asfáltico usinado a frio - esta análise poderá demonstrar que a aplicação do micro revestimento asfáltico usinado a frio foi uma solução eficaz e econômica. Com o devido embasamento bibliográfico e os dados obtidos através dos levantamentos, foram efetuadas as análises e a elaboração de um diagnóstico.
6

Desempenho de misturas asfálticas reforçadas com geossintéticos

Ante, Jaime Rafael Obando 04 November 2016 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2016. / Submitted by Camila Duarte (camiladias@bce.unb.br) on 2017-02-01T12:28:03Z No. of bitstreams: 1 2016_JaimeRafaelObandoAnte.pdf: 8240423 bytes, checksum: f22a0812219f926b9974fd4fd612e67c (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2017-02-15T18:32:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_JaimeRafaelObandoAnte.pdf: 8240423 bytes, checksum: f22a0812219f926b9974fd4fd612e67c (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-15T18:32:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_JaimeRafaelObandoAnte.pdf: 8240423 bytes, checksum: f22a0812219f926b9974fd4fd612e67c (MD5) / Vários estudos realizados no Brasil e no mundo têm relatado a eficácia dos geossintéticos como inibidores da propagação de trincas e suas contribuições no aumento da vida útil de pavimentos. O sucesso ou fracasso da restauração de pavimentos com geossintéticos depende do perfeito conhecimento de como o reforço interage com a massa asfáltica envolvente. Como contribuição ao conhecimento sobre o desempenho de misturas asfálticas reforçadas com geossintéticos, apresenta-se nesta tese um estudo sobre reforço de recapeamentos asfálticos mediante o uso de geossintéticos. Para tal, vários tipos de ensaios foram realizados tais como ensaios de resistência de interface geossintético-CBUQ, ensaios de flexão e de reflexão de trincas, dentre outros. Diferentes tipos e características do reforço foram investigadas, tais como: tipo de geossintético, rigidez à tração e dimensões de aberturas de geogrelhas. Os aspectos comportamentais avaliados foram: degradação térmica do geossintético de reforço, efeito da velocidade de deformação nas propriedades mecânicas do reforço, aderência entre o reforço e a mistura asfáltica, avaliação da reflexão de trincas e resistência à tração da mistura asfáltica reforçada. Dos resultados obtidos no trabalho, concluiu-se que a presença do geossintético foi capaz de aumentar em até 15 vezes a vida de fadiga da mistura asfáltica, permitindo deformações plásticas maiores do revestimento sem se chegar à ruptura total. A avaliação da aderência na interface geossintético – mistura asfáltica evidenciou que a presença do reforço pode provocar reduções significativas da adesão e no ângulo de atrito na interface. Em relação à degradação térmica, foi concluído que as mudanças nas propriedades mecânicas dos geossintéticos dependem do tipo de polímero constituinte, estrutura do reforço e proteção gerada pela emulsão asfáltica. Adicionalmente, o reforço diminuiu a intensidade das trincas refletidas e a velocidade com que elas se propagaram. / Several studies carried out in Brazil and in the world have reported the efficiency of geosynthetics to inhibit crack reflection in asphalt pavements and their contributions for the increase of pavement life. The success of failure of pavement restoration using geosynthetics depend on a perfect interaction between reinforcement and asphalt. To contribute to the knowledge on this type of geosynthetic application this thesis investigated asphalt cap reinforcement with geosynthetics. Different types of tests were performed, such as geosynthetic-asphalt interface shear strength, asphalt flexural strength and crack reflection, among others. The influence of different reinforcement properties was investigated focusing on the type of reinforcement, tensile stiffness and geogrid aperture dimensions. Thermal degradation of the reinforcement, asphalt-reinforcement adherence, influence of tensile test speed and crack reflection were assessed. The results obtained showed that the cap fatigue life increase up to 15 times due to the presence of the geosynthetic reinforcement, with larger plastic deformation prior to total cap failure. The evaluation of adherence at the geosynthetic-asphalt interface showed that the presence of the reinforcement may reduce significantly adhesion and friction angle at the interface. Regarding thermal degradation, changes in mechanical properties of the geosynthetics depended on the type of polymer, reinforcement structure and protection provided by the asphalt coating. In addition, the reinforcement reduced the intensity of the reflected cracks as well as crack propagation velocity.
7

Estudio del Comportamiento de los Microaglomerados Asfálticos discontinuos en caliente Aplicados en Chile y Revisión de su Normativa Actual

Jil Reyes, Luis Felipe January 2009 (has links)
El objetivo general del presente trabajo de título es estudiar los microaglomerados discontinuos en caliente, considerando el comportamiento observado en aquellos caminos en que se han aplicado en Chile y su normativa tanto nacional como internacional, para así evaluar el estado de los microaglomerados aplicados en Chile, proponer cambios a la normativa chilena actual y definir la posibilidad de extender el uso de esta tecnología a otra zonas del país teniendo en cuenta tanto los materiales utilizados para su fabricación como el efecto de las variables climáticas en la fabricación y colocación de este tipo de mezcla asfáltica. Los microaglomerados discontinuos en caliente son mezclas asfálticas que utilizan cemento asfáltico modificado y árido de gran calidad cuya granulometría es discontinua. Esta mezcla ofrece al usuario mejoras en las condiciones de seguridad, así como una mayor sensación de confort al transitar por caminos pavimentados con esta mezcla debido a su gran regularidad. En Chile se han aplicado principalmente en la zona central y en la Región del Bío-Bío, siendo justamente los caminos aplicados en estas zonas los estudiados en este trabajo de título. La normativa vigente nacional corresponde al Manual de Carreteras e internacionalmente se destaca la normativa española, la cual corresponde al Pliego de Prescripciones Técnicas Generales (PG-3), las cuales fueron analizadas y comparadas punto por punto. Una vez finalizado el estudio fue necesario realizar varias sugerencias para mejorar la normativa chilena, ya que existían varios puntos en los cuales no se tenía una exigencia específica para este tipo de mezcla asfáltica, y además la mayor experiencia española en el uso de los microaglomerados sugiere realizar actualizaciones de algunos valores exigidos en ciertos puntos del Manual de Carreteras. Además fue posible concluir que esta tecnología no presenta mayores impedimentos para extender su uso al resto del país, con excepción de las regiones del extremo sur de Chile, ya que por sus bajas temperaturas y condiciones de viento intenso, no es recomendable su aplicación en estas regiones.Se concluye finalmente que el comportamiento de los microaglomerados aplicados en Chile ha sido bueno, entregando las características funcionales esperadas para este tipo de mezclas asfálticas. Sin embargo se sugiere realizar un seguimiento más extenso a los caminos considerados en este estudio, de manera tal de observar de mejor manera su comportamiento a largo plazo.
8

Características funcionais e mecânicas de misturas asfálticas para revestimento de pavimentos aeroportuários

Araújo, Janaina Lima de January 2009 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2009. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2010-03-24T17:32:01Z No. of bitstreams: 1 2009_JanainaLimadeAraujo.pdf: 16806708 bytes, checksum: 511f9884b6c6b2264b5b05bafc0f27b6 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-04-07T21:29:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_JanainaLimadeAraujo.pdf: 16806708 bytes, checksum: 511f9884b6c6b2264b5b05bafc0f27b6 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-04-07T21:29:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_JanainaLimadeAraujo.pdf: 16806708 bytes, checksum: 511f9884b6c6b2264b5b05bafc0f27b6 (MD5) / Esta dissertação apresenta um estudo sobre misturas asfálticas para fins aeroportuários. Foram analisadas três misturas enquadradas na faixa granulométrica denominada Faixa 2, proposta na Especificação de Serviço da Diretoria de Engenharia da Aeronáutica (DIRENG). Estas misturas foram denominadas AZR, DZR e BZR, quando suas curvas granulométricas passavam, respectivamente, acima, dentro ou abaixo da zona de restrição da metodologia Superpave. A seleção e caracterização dos materiais seguiram, de um modo geral, os procedimentos e atenderam os requisitos mínimos normatizados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) e pela DIRENG. A avaliação da aderência pneupavimento foi realizada por meio da avaliação da macrotextura (método Mancha de Areia), microtextura (atrito medido com Pêndulo Britânico) e drenabilidade (Vazão obtida com Drenômetro). Estes ensaios foram realizados em placas especialmente compactadas no laboratório para esta finalidade. As misturas foram caracterizadas por meio de suas propriedades mecânicas, dadas pela resistência à tração por compressão diametral (RT), pelo módulo de resiliência (MR) e pela vida de fadiga. Estes ensaios foram realizados em amostras cilíndricas compactadas na prensa Marshall. Os experimentos conduziram a revestimentos asfálticos satisfatórios em relação às características funcionais e mecânicas. Com os valores de módulo de resiliência e a vida de fadiga determinados em laboratório, foram definidos os parâmetros necessários a um projeto de pista aeroportuária baseado em critérios mecanísticos de acordo com o método da FAA (Federal Aviation Administration), codificado no programa FAARFIELD (Pavement Airport Design). Para tanto, tomou-se como estudo de caso a segunda pista do Aeroporto Internacional de Brasília inaugurada em 2005, analisando-se sua estrutura de projeto e o revestimento com os três tipos de misturas formuladas em laboratório, além da mistura de fato aplicada na pista. As respostas das estruturas simuladas com o programa foram comparadas com a obtida no método de dimensionamento tradicional baseado no CBR, utilizada no projeto executivo. A análise mecanística revelou que a aeronave A319-100 e a que produz mais danos às estruturas analisadas, enquanto que a metodologia tradicional prescreve a aeronave MD-11 com base no seu maior peso bruto. Para a estrutura atual e, considerando-se o tráfego projeto e os parâmetros mecânicos adotados, previu-se uma vida de fadiga total de cerca de oito anos. Para as três misturas estudadas, os resultados mostram um melhor desempenho da mistura DZR para as condições de tensão geradas pelo tráfego previsto e a espessura adotada de 14 cm no projeto. Entretanto é possível se projetar pistas com qualquer das três misturas, adotando-se uma espessura adequada aos seus respectivos critérios de fadiga. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This dissertation presents the results of a study about hot ix asphalts (HMA) to be used as surface course of airport pavements. Three mixes were designed according to the specifications for dense mixtures (Grade 2) of the Brazilian Bureau for Aeronautics Engineering (DIRENG). The mixes were designated as AZR, DZR and BZR, if their grading curve passed above, through or below the restriction zone of the Superpave methodology, respectively. The materials were characterized using the norms prescribed by DIRENG and by the Brazilian Department of Infrastructure for Transports (DNIT) and the results satisfied the limit values required by these institutions. The functional characteristics related to tirepavement adhesion were investigated by means of tests to evaluate macrotexture (Sand Patch Test), microtexture (British Pendulum Test) and surface drainability using the Flowmeter. These tests were carried out on slabs specially compacted in the laboratory. The mechanical characteristics of the three mixes were evaluated by means of Indirect Tensile Strength, Resilient Modulus and Fatigue tests on Marshall samples. All designed and tested mixes presented satisfactory results with respect to their functional and mechanical characteristics. The mechanical properties obtained from laboratory and field tests were used as input of mechanistic analyses using the new method proposed by the Federal Aviation Administration (FAA) of the USA, which is coded in a program called FAARFIELD (Pavement Airport Design). The second runway of Brasilia International Airport, which was inaugurated in 2005, was used as a case study. Its structured was reanalyzed using the as built project and the three HMA designed in laboratory. The response obtained from the mechanistic approach was compared with the results predicted with the conventional method based on the California Bearing Ratio (CBR), used in the original design. The tensional analyses revealed that most of the fatigue damage impaired to the runway was due the airbus A319-100, contracting the project aircraft MD-11 adopted in the conventional CBR method, which is based on the gross weight of the airplane. The analyses forecasted a fatigue life of about eight years for the new runway, considering the traffic estimates and material parameters adopted in the project. Among the mixes designed in laboratory, that designated as DZR showed the best performance considering the level of stresses generated by the predicted aircraft traffic and the HMA layer thickness of 14 cm adopted in the project. However, it is possible to apply any of three the mixes if the appropriate surface layer thickness is computed according to the fatigue life curves for each mixture.
9

Avaliação dos efeitos de produtos rejuvenescesdores em misturas asfálticas

Silva, João Paulo Souza 04 April 2011 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2011. / Submitted by Max Lee da Silva (bruce1415@hotmail.com) on 2011-06-27T19:36:37Z No. of bitstreams: 1 2011_JoãoPauloSouzaSilva.pdf: 10204148 bytes, checksum: 83e80910a5d705ea535d80580b5966ec (MD5) / Approved for entry into archive by Guilherme Lourenço Machado(gui.admin@gmail.com) on 2011-06-28T12:09:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_JoãoPauloSouzaSilva.pdf: 10204148 bytes, checksum: 83e80910a5d705ea535d80580b5966ec (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-28T12:09:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_JoãoPauloSouzaSilva.pdf: 10204148 bytes, checksum: 83e80910a5d705ea535d80580b5966ec (MD5) / A reciclagem é um tema que vem ganhando bastante espaço em diversas áreas da engenharia. Um dos principais fatores que alavancou a preocupação com o assunto está relacionado com a disposição final dos resíduos. Quando se reaproveita um material em obras civis, indiretamente se está contribuindo para a preservação da natureza. Dentro deste contexto, a reciclagem de revestimentos asfálticos é um assunto que desperta grande interesse, mas que requer estudos mais aprofundados. Desta forma, a presente tese tem como objetivo estudar os efeitos de produtos rejuvenescedores no comportamento de misturas asfálticas utilizando material fresado de revestimento asfáltico envelhecido, visando sua aplicação em reciclagem de revestimentos de pavimentos rodoviários. Para tanto, inicialmente foram realizados diversos ensaios de laboratório no material fresado. Posteriormente foi extraído ligante residual para conhecimento de suas características físicas, químicas e reológicas, de modo a determinar o grau de deterioração em que se encontrava. Em seguida foram adicionados ao ligante residual, rejuvenescedores a base de alcatrão (RejuvaSeal) e outros a base de óleo de xisto, conhecidos comercialmente com AR-5, AR-250 e AR-500, nas taxas de 15, 20 e 25%, de modo a verificar qual teor seria apropriado para recuperar as características originais do ligante. Foram ainda confeccionadas misturas asfálticas com 100% de material fresado proveniente da Estrada Parque Indústria e Abastecimento de Brasília-DF. Utilizou-se os mesmos agentes rejuvenescedores e taxas de aplicação e em seguida as misturas asfálticas recicladas tiveram as propriedades mecânicas (módulo de resiliência, resistência à tração, estabilidade e fluência Marshall e vida de fadiga) determinadas em laboratório, de modo a verificar os benefícios que os rejuvenescedores proporcionam a esta mistura reciclada. Também foi realizado estudo do efeito selante de agente rejuvenescedor à base de alcatrão frente ao ataque químico de agentes agressores como água, gasolina e combinação destes. Outro aspecto considerado foi a avaliação do efeito do calor e do ar, utilizando a estufa RTFOT, no envelhecimento do CAP desde o início da usinagem até o início da compactação em campo, por meio do Modelo de Arrhenius. Finalmente, foram realizadas algumas simulações numéricas, com a utilização do programa KENLAYER, para se verificar o comportamento estrutural de projetos de pavimentos para diversas misturas recicladas com adição de rejuvenescedores. Entre as diversas conclusões obtidas neste trabalho tem-se que a mistura contendo 20% de AR-5 apresenta o melhor comportamento quando comparada a uma mistura nova do tipo CBUQ. As análises físicas, químicas, reológicas e mecânicas mostraram que a reciclagem de material fresado de revestimento asfáltico utilizando rejuvenescedor é uma solução tecnicamente possível e ambientalmente correta para pavimentação. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Recycling is a theme that has gained a lot of space in various areas of engineering. One of the main factors that triggered the concern about the matter is related to the disposal of waste. When reuses material in civil works indirectly if it is contributing for the preservation of nature. Within this context, recycling asphalt pavement is an issue that arouses great interest, but that requires further study. Thus, this thesis study the effects of rejuvenating products in the behavior of asphalt mixtures using milled material of asphalt coating aged, for their application in recycling of coatings road pavements. To this end, many were initially performed Laboratory tests in the milled material. Was subsequently extracted asphalt residual knowledge of its physical, chemical and rheological, to determine the degree of deterioration that was. Were then added to the residual asphalt, rejuvenating the basis of tar (RejuvaSeal) and other base oil shale, known commercially with AR-5, AR-250 AR-500 and, at rates of 15, 20 and 25%, so check what content would be appropriate to recover the characteristics original asphalt. Asphalt mixtures were also made with 100% of milled material from EPIA road in Brasilia-DF. We used the same rejuvenating agents and rates application and then recycled asphalt mixtures had the mechanical properties (resilient modulus, tensile strength, Marshall Stability and creep and fatigue life) in certain laboratory to verify the benefits that rejuvenating this provides the recycled mix. Was also conducted study of the effect rejuvenator sealer tar-based front to chemical attack of aggressive agents such as water, gas and combination thereof. Another aspect considered was to evaluate the effect of heat and air, using the greenhouse RTFOT, aging of the CAP since the start of machining to the early compaction in the field, through the Arrhenius model. Finally, we performed some numerical simulations using the program KENLAYER, to verify the structural stability of projects recycled flooring for several mixtures with added rejuvenating. Among the various conclusions reached in this study is that the mixture containing 20% AR-5 has the best performance when compared to a new mixture. The physical, chemical, rheological and showed that the mechanical recycling material coating using asphalt rejuvenating solution is technically feasible and environmentally friendly paving.
10

Geotêxteis em separação de camadas de pavimentos

Susunaga, Maria Paula Salazar 12 March 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2015. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-06-23T18:01:31Z No. of bitstreams: 1 2015_MariaPaulaSalazarSusunaga.pdf: 3453819 bytes, checksum: dbee716659e2670d444558e3d8eea5cc (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-06-23T20:58:07Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_MariaPaulaSalazarSusunaga.pdf: 3453819 bytes, checksum: dbee716659e2670d444558e3d8eea5cc (MD5) / Made available in DSpace on 2015-06-23T20:58:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_MariaPaulaSalazarSusunaga.pdf: 3453819 bytes, checksum: dbee716659e2670d444558e3d8eea5cc (MD5) / As principais funções de um pavimento é permitir o tráfego de veículos com conforto e segurança para os usuários. Para tanto, sua estrutura deve ser projetada de modo a garantir tais condições ao longo de toda a sua vida útil. As estruturas de pavimentos têm evoluído significativamente, nas últimas décadas, incluindo a utilização de materiais alternativos e de novos materiais para a melhoria do seu desempenho. Os geotêxteis são um tipo de geossintético utilizados em obras de engenharia, sendo usados nas funções de drenagem, filtração, reforço, separação e proteção. Por exemplo, podem ser utilizados na separação entre camadas de pavimentos com a finalidade de reduzir a impregnação do material de base por finos oriundos do subleito. O uso desses materiais como elementos separadores pode aumentar significativamente a vida útil de bases de pavimentos rodoviários e ferroviários. Esta dissertação visa estudar o comportamento de três geotêxteis não tecidos como elemento de separação entre camadas típicas de um problema de pavimentação. Para isso, foi utilizado o equipamento EGS, capaz de simular carregamentos cíclicos. Foram realizados oito ensaios, dos quais dois sem o geotêxtil, para servirem como ensaios de referência. Foram utilizadas duas condições de compactação do solo de subleito (subleito compactado e sem compactação), visando verificar a influência da compactação na intensidade de migração de finos do subleito para a base (brita). Transdutores de pressão em duas posições no subleito permitiram medir os acréscimos de poropressões durante os ensaios. Ao final dos ensaios de carregamento cíclico foram realizados ensaios adicionais, visando quantificar o nível de impregnação do geotêxtil por partículas de solo de subleito e a perda de resistência à tração dos geotêxteis. Os resultados obtidos mostraram que a presença do geotêxtil como elemento separador melhorou a dissipação de poropressões geradas no subleito devido aos carregamentos superficiais e minimizou a impregnação da brita por finos. Além disso, menores recalques superficiais foram registrados nos ensaios com geotêxteis, uma vez que a presença deles diminuiu a penetração de grãos de brita no solo de subleito. De forma geral, o desempenho dos sistemas com geotêxtil foram semelhantes para os três geotêxteis utilizados. Entretanto, o geotêxtil com maior gramatura foi o que apresentou menor perda de resistência à tração após os ensaios de carregamento cíclico. / The main function of a pavement is to allow the traffic of vehicles with confort and safety for the users. To do so, is structure must be designed in order to guarantee such conditions throughout its life. Pavements structures have evolved significantly during the last decades with the use of alternative construction materials of new materials to improve pavement performance. A geotextile is a type of geosynthetic used in geotechnical and geoenvironmental works in functions such as drainage, filtration, reinforcement, separation and protection. As an example, geotextiles can be used as separators in pavements to minimize the contamination of the base soil with fines from the subgrade. The use of geotextiles as separators can increase significantly the life of highway and railway pavements. This dissertation investigated the behaviour of three nonwoven geotextiles as separators between typical soil layers of a pavement. The equipment EGS capable of applying cyclic loads was used in the tests. Eight tests were executed, being two without geotextile to serve as reference tests. Two situations were adopted for the subgrade soil, with and without compaction, to evaluate the effects of subgrade compaction on the intensity of the migration of fines from the subgrade to the base soil (gravel). Pressure transducers were installed at two positions in the subgrade to assess the excess of pore pressure during the tests. Additional tests were carried out at the end of the tests with cyclic load in order to quantify the impregnation of the geotextile separator with fines from the subgrade and the loss of tensile strength of the geotextiles. The results obtained showed that the presence of the geotextile separator improved the dissipation of pore pressure excesses in the subgrade soil caused by the loads at the system surface and minimized the impregnation of the gravel by fines from the subgrade.In addition, smaller surface settlements were obtained in the tests with geotextile, because its presence reduced the penetration of gravel particles in the subgrade soil. In general, the performance of the systems with geotextile was similar for the three geotextiles tested. However, the geotextile with the greatest mass per unit area was the one with less tensile strength loss after cyclic loading.

Page generated in 0.044 seconds