• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2
  • Tagged with
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Frequência alimentar e níveis de energia e proteína no desempenho de Rhamdia quelen e na digestibilidade determinada com marcador interno e externo

Argentim, Daniel [UNESP] 19 June 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:28:27Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-06-19Bitstream added on 2014-06-13T19:57:55Z : No. of bitstreams: 1 argentim_d_me_botfmvz.pdf: 199469 bytes, checksum: 315c2767e8bc14ae20b4f32a6c08b935 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / As relações entre frequência alimentar e aproveitamento dos nutrientes da dieta pelo jundiá são pouco compreendidas. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a frequência alimentar sobre o desempenho do jundiá e a digestibilidade proteica de duas rações determinada com dois marcadores. Os delineamentos para a comparação entre métodos de determinação da digestibilidade e avaliação do desempenho foram inteiramente casualizados com quatro tratamentos em esquema fatorial 2x2, onde o experimento de desempenho consistiu em oferecer as rações com 28 e 32% PB em três e 24 refeições/dia durante 90 dias; e a comparação de métodos consistiu em testar dois marcadores (SiO2 e Cr2O3) nas duas frequências de alimentação. Os resultados evidenciaram que houve efeito entre frequência alimentar e as dietas influenciando no ganho de biomassa, eficiência alimentar e coeficiente de digestibilidade aparente da proteína e matéria seca. Quando as dietas foram oferecidas 24 vezes ao dia, os jundiás alimentados com a ração R28 apresentaram o mesmo desempenho daqueles alimentados com a ração R32. Não houve diferença (p > 0,05) entre os métodos de determinação de digestibilidade. Concluiu-se o aproveitamento das dietas foi melhor, quando os jundiás foram alimentados 24 vezes ao dia. Constatou-se ainda que o SiO2 é potencial substituto do Cr2O3 nas determinações de digestibilidade / The relationship between feeding frequency and diet nutrients utilization by jundia are scarce. Therefore, this study aimed to evaluate the effect of feeding frequency on silver catfish performance and protein digestibility of two diets, determined by external (Cr2O3) and internal (SiO2) markers. The experimental design for methods of digestibility determination and performance, were completely randomized in a 2x2 factorial design with four treatments, where the performance trial consisted of offering two diets with 28 and 32% CP in 3 and 24 meals day-1 during 90 days; and the evaluation between methods consisted of testing two markers (SiO2 and Cr2O3) in two feeding frequency. The results showed that there was an interaction between feeding frequency and diet, influencing the biomass gain, feed efficiency and apparent digestibility of protein and dry matter. When the diets were offered 24 times a day, jundia fed with R28 diet showed same performance as those fed with R32 diet. No significant differences between the methods of determining digestibility. It is concluded that the use of the diets was better when the jundia were fed 24 times a day. Further, it was observed that the internal marker is a potential substitute for external marker in digestibility determinations
2

Frequência alimentar e níveis de energia e proteína no desempenho de Rhamdia quelen e na digestibilidade determinada com marcador interno e externo /

Argentim, Daniel, 1984. January 2012 (has links)
Orientador: Claudio Angelo Agostinho / Banca: Margarida Maria Barros / Banca: Dalton José Carneiro / Resumo: As relações entre frequência alimentar e aproveitamento dos nutrientes da dieta pelo jundiá são pouco compreendidas. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a frequência alimentar sobre o desempenho do jundiá e a digestibilidade proteica de duas rações determinada com dois marcadores. Os delineamentos para a comparação entre métodos de determinação da digestibilidade e avaliação do desempenho foram inteiramente casualizados com quatro tratamentos em esquema fatorial 2x2, onde o experimento de desempenho consistiu em oferecer as rações com 28 e 32% PB em três e 24 refeições/dia durante 90 dias; e a comparação de métodos consistiu em testar dois marcadores (SiO2 e Cr2O3) nas duas frequências de alimentação. Os resultados evidenciaram que houve efeito entre frequência alimentar e as dietas influenciando no ganho de biomassa, eficiência alimentar e coeficiente de digestibilidade aparente da proteína e matéria seca. Quando as dietas foram oferecidas 24 vezes ao dia, os jundiás alimentados com a ração R28 apresentaram o mesmo desempenho daqueles alimentados com a ração R32. Não houve diferença (p > 0,05) entre os métodos de determinação de digestibilidade. Concluiu-se o aproveitamento das dietas foi melhor, quando os jundiás foram alimentados 24 vezes ao dia. Constatou-se ainda que o SiO2 é potencial substituto do Cr2O3 nas determinações de digestibilidade / Abstract: The relationship between feeding frequency and diet nutrients utilization by jundia are scarce. Therefore, this study aimed to evaluate the effect of feeding frequency on silver catfish performance and protein digestibility of two diets, determined by external (Cr2O3) and internal (SiO2) markers. The experimental design for methods of digestibility determination and performance, were completely randomized in a 2x2 factorial design with four treatments, where the performance trial consisted of offering two diets with 28 and 32% CP in 3 and 24 meals day-1 during 90 days; and the evaluation between methods consisted of testing two markers (SiO2 and Cr2O3) in two feeding frequency. The results showed that there was an interaction between feeding frequency and diet, influencing the biomass gain, feed efficiency and apparent digestibility of protein and dry matter. When the diets were offered 24 times a day, jundia fed with R28 diet showed same performance as those fed with R32 diet. No significant differences between the methods of determining digestibility. It is concluded that the use of the diets was better when the jundia were fed 24 times a day. Further, it was observed that the internal marker is a potential substitute for external marker in digestibility determinations / Mestre

Page generated in 0.1039 seconds